Viinho - Parte 2

Um conto erótico de Alicinha
Categoria: Heterossexual
Contém 808 palavras
Data: 09/06/2024 19:44:57

Durante a semana continuei a conversar com Luís. Treinávamos na mesma academia, encontrei com ele e a namorada lá, ela falou: olha amor, a menina que mora no seu prédio. Ele falou: ela mesmo. Ela falou comigo e ele também. Me senti estranha por aquilo, mas logo pensei: não tenho intuito de terminar o namoro deles então desencanei. Estava vestida com calça preta, top preto, tênis branco e o cabelo solto rs. Nesse dia era treino de pernas, sempre que podia olhava para ele pelo espelho e o safado discretamente sorria. Terminei o treino e saí correndo para casa, o trecho curto, mas suficiente para ouvir duas músicas de 3 minutos rs.

Cheguei em casa tomei banho e enquanto me arrumava pra faculdade respondia as mensagens do namorado, dos meus pais e chegou uma mensagem de Luís dizendo que foi no horário proposital pra me vê.

Fui pra aula e não peguei no celular. Naquela noite dormir cedo e nos falamos rapidinho. No dia seguinte fui pra academia no primeiro horário pois o dia seria bem atribulado, próximo ao meio dia Luís mandou mensagem perguntando por mim e eu falei que tinha ido cedo. Na terça a noite sai com meu namorado pra jantar e acompanhar ele ao aeroporto pra uma viagem de 5 dias do curso dele de Engenharia.

Quinta, feriado, a namorada de Luís era enfermeira e estaria de plantão. Encontrei com ele na piscina sozinho. Não nos aproximamos, apenas cumprimentamos, afinal não podíamos nos expor. Ele me chamou pra almoçar, eu sem saber qual a justificativa daria em casa e pra minha sorte meus pais tinham saído. Me arrumei e fui almoçar com ele.

Ao entrar no carro estava empolgada, paramos para abastecer e ele me beijou o que me deixou excitada e vi o volume da bermuda dele, a vontade era tão grande que coloquei a mão no pau dele enquanto nos beijávamos ainda por cima da roupa. Fomos almoçar em um restaurante distante das nossas residências. Rsrs. Durante o almoço nos comportamos e após pedir a conta ele perguntou: você já foi há um motel? Eu disse que não rs. Perguntou se eu queria ir com ele, e eu disse sim.

O motel era diferente do que via em filme, o local tinha piscina banheira... Ao chegar ele sentou na cama e me colocou no colo me beijando, sem parar de beijar nos deitamos e aos poucos colocando a mão por dentro da minha blusa descendo os beijos para o pescoço. Tirou minha blusa me beijando, tirou o sutiã e chupou meus peitinhos, mamava. Ele dava umas mordidinhas tão deliciosas que aquilo me arrepiava, desceu por minha barriga e quando chegou no meu umbigo lambeu e soprou rs. Tirou minha saia, só me deixando de calcinha, tava excitada demais. Beijou minha bucetinha por fora e logo tirou minha calcinha, falou que ela era linda rsrs chupou gostoso. Gozei na boca dele com gemidos alto. Me deu uma moleza e ele disse: descansa que sou paciente rs. Descansei, até rápido e beijei ele, a boca tava com cheiro e gosto da minha buceta. Tirei a blusa dele, e quis retribuir a chupada maravilhosa rs.

O pau dele era grosso e médio, deu um trabalho pra caber na boca, mas depois que peguei o embalo e ele me guiava. Fazer boquete, é um dom, ele disse apenas pra ter cuidado com os dentes. Chupei ele com gosto, ficava lambendo a cabeça da rola até que percebi que tava ficando molhada demais e parei rs. Ele pegou a camisinha e meteu em mim no frango assado. No início foi devagar e aumentando a frequência, depois ele tirava o pau quase todo e socava de novo e assim eu fui sentindo uma sensação diferente perceptível que eu ia gozar pois eu gritei que ia gozar rs. Gozei e ele gozou. Ficamos deitado um tempinho e tomamos banho. Após o banho deitamos e dormimos, acordei, beijei ele na nuca e logo recomeçamos rs. Dessa vez ele pediu pra ficar por cima, camisinha deu trabalho pra colocar rs pau grosso rs. Fiquei por cima e ele segurando minha cintura e meu peito. Eu gozei cavalgando na rola dele, e ele demorou, mas gozou. Descansamos e meu celular tocou, era meu namorado rs. Tinha acabado de dar a buceta pra outro homem rs. Luís percebeu e sentou atrás de mim, falei com Felipe que me perguntou onde eu tava rs, disse que ia começar o filme no cinema rs.

Fomos pra casa e estava nas nuvens. Afinal tinha gozado com uma rola dentro de mim, gozado na boca dele e tinha chupado o pau dele rs. Os dias se passaram e antes do Felipe chegar transei com Luís de novo, porém uma rapidinha na escada de emergência quando chegava da faculdade de vestido. Rs.

Até mais!

ich.alicinha@gmail.com

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 23 estrelas.
Incentive Alice_intensa a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil genérica

Conto excitante. Espero que continue escrevendo. Te convido para ler os meus.

0 0
Foto de perfil genérica

Parabéns, a vida é pra ser vivida e aproveitada nos momentos certos. Se for bom pra você, que seja feito, feliz do Luiz.

0 0