Casa dos Contos Eróticos

Minha mãe professora e meu melhor amigo

Um conto erótico de ThomasCelt
Categoria: Heterossexual
Data: 11/10/2018 02:21:59
Nota 8.25

olá meu nome é Thomas e o que vou relatar aqui aconteceu comigo de verdade, eu atualmente tenho 21 anos , sou branco tenho 178 de altura e 72 kg , sempre gostei de esporte e com isso meu físico sempre foi em dia, e minha mãe é solteira me teve com 18 anos e por ter me tido nova ela é muito atraente , hoje em dia tem 39 anos é parda quase branca , tem 177 de altura não é nem muito magra nem muito gorda , loira dos olhos pretos , mas o que chama mais atenção nela é a bunda , confesso para vocês é muitoo grande , ela nunca fez academia nem nada tudo isso por causa da genética boa , até ela meio complexada com isso por chamar muita atenção dos homens em geral.

Ocorre que tudo começou nos meus 16 anos, minha mãe é professora do ensino médio e por ela ser muito atraente não demorou muito para eu ouvir "piadinhas" dos meu amigos mais velhos em sala, comentários como " ainda vou ser seu padrasto", " cara sua mãe muito gostosa", "queria ter uma mãe assim" , eu não ligava muito no começo ficava um mister de ciúmes e raiva , mas ela também não ajudava andava com sua calça jeans atolada na bunda e o que já era muito grande ficava maior e empinava mais ainda, já cheguei a presenciar alguns caras tirando foto da sua bunda enquanto ela se abaixava, mas nunca cheguei a implicar com ninguém.

Por conta das piadas eu vivia isolado pelos cantos , exceto pelo meu melhor amigo Pedro , nós fazíamos quase tudo juntos , era trabalho em grupo , no refeitório , estudos enfim, pedro era um moreno , sempre foi o maior da classe, vivia em academia , praticava diversas lutas, apesar da sua pouca idade, já tinha porte de verdadeiro homem e despertava sempre o interesse da mulherada , Pedro era um dos únicos que respeitava minha mãe , pelo menos na minha presença. Por pedro gostar de esportes assim como eu , e por conta de eu morar bem perto do mar , nós resolvemos que íamos aprender a surfar , com isso Pedro frequentava muito minha casa por ele morar distante da praia

No começo foi tranquilo, pedro chegava na minha casa, mal cumprimentava minha mãe , chegou a confessar que por vergonha de ela ser professora dele , mas com o tempo ele foi perdendo mais a vergonha . Minha mãe nunca se preocupava com o que vestia em casa e por isso sempre ficava bem à vontade sempre , andava com micro shorts que mostrava a poupa da bunda inteira , com vestidos curtos que dava para ver tudo e até de roupas intimas pela casa, e eu fazia o mesmo nunca tivemos problemas ou vergonhas.

Certo dia no sábado eu combinei com o pedro que ele ia dormir em minha casa assim poderíamos surfar o final de semana inteiro eu pedi permissão a minha mãe , ela não gostou muito da ideia por ele ser aluno dela também e poderia comentar algo em sala que não goste , após muita insistência ela permitiu, pois era primeira vez que um amigo meu ia dormir lá em casa. Quando chegou a tarde no sábado , Pedro bate à porta com a mochila de roupas , após cumprimenta-lo chamo para entrar, ele pergunta por minha mãe , digo que está dormindo no quarto dela e peço para que faça silêncio pois não gosta de ser acordada.

Pedro:e ai mano pronto para pegar essas ondas o final de semana inteiro?

Eu: claro que sim cara, sobe lá no meu quarto deixa a mochila lá e desce para comermos algo.

Pedro subiu no meu quarto, só que eu tinha esquecido que meu quarto fica ao lado da minha mãe , e sempre que minha mãe dorme é com uma camisola bem fininha quase transparente que fica tudo a mostra, lembrei que a porta do seu quarto estava aberta que dei uma conferida antes de atender a porta.Eu estava em baixo preparando os matérias para cairmos no mar quando notei que Pedro estava demorando para descer dei um grito pelo seu nome e ele apareceu nervoso , estava com uma cara que tinha feito algo errado de cínico.

Eu: e ai cara tudo bem ? pronto para pegar essa ondas ?

Pedro: tudo sim mano, pq da pergunta ?

Eu: nada não mano , você demorou para descer , vamos nessa!

Antes de ir para o mar com pedro, eu tive que subi para meu quarto para pegar mais parafina para passar na prancha que tinha acabado, quando cheguei na porta do quarto da minha mãe , pude vê-la toda aberta com seu rabo enorme para cima descoberto com uma calcinha preta de renda que mal dava para ver, pois sua bunda estava atolada nela , na minha mente veio : “agora descobri porque pedro estava demorando tanto, que filha da puta vendo minha mãe com roupas íntimas, agora tudo faz sentindo”, fechei a porta do quarto peguei a parafina e partimos à praia.

Fizemos o surf e estava quase escurecendo sentamos na areia nós dois cansados , quando Pedro puxava um assunto da minha mãe:

Pedro: Cara tu não se incomoda dos caras da sala chamar sua mãe de gostosa não ?

Respondi:

Eu: Cara é complicado, me incomoda muito, fazer o que ela é bonita mesmo eu admito, eu não posso fazer nada Pedro só queria mais respeito.

Pedro: É foda mesmo mano, você mesmo tempo tem sorte e azar mesmo tempo ?

Perguntei:

Eu: Como assim cara ?

Pedro: Com todo respeito sua mãe é muito bonita mesmo temos que concordar , ao mesmo tempo que você tem a sorte de vê aquele rabo todo dia tem o azar de outros homens comerem ela pelos olhos. Agora diz aí como ela anda dentro de casa quando vocês estão sozinho ? você já viu ela pelada?

Respondi com raiva:

Eu: Que isso cara mais respeito é minha mãe .

Pedro riu e disse que estava brincando, na minha cabeça ele tinha visto ela dormindo bem à vontade e estava louco de tesão pelo corpo da minha mãe. Nisso estava quase anoitecendo Pedro e eu decidimos ir para casa, chegamos na minha casa minha mãe estava toda arrumada para sair com as amigas, estava com um vestido preto quase chegando no joelho , com um decote nos peitos, e atrás a aquele volume enorme que cobria a sua bunda , eu cumprimentei com um beijo e Pedro não parava de olhar para ela ficou em choque parado admirando minha mãe produzida.

Pedro: Tia a senhora está linda para onde vai assim toda arrumada?

Minha Mãe respondeu em tom de brincadeira : Para com isso menino eu sou sua professora !

Pedro: Não tia é que não estou acostumado em vê a senhora assim desse jeito.

Minha mãe agradeceu com um abraço bem apertado e Pedro que é bobo nem nada já foi abaixando a mão tocando levemente em sua bunda, em vendo aquela cena só pensei em mata-lo de ciúmes. Minha mãe foi saindo do abraço disse que tinha janta pronta e logo em seguida entrou em seu taxi. Pedro e eu estávamos todo sujo de areia da praia ainda , ele sugeriu de ele tomar banho no outro banheiro e eu tomar no meu mesmo, na hora não vi problema algum.

Depois de um certo tempo combinamos de assistir um filme de terror na sala, colocamos o filme Pedro estava sem camisa em um sofá e eu estava com minha roupa de dormir em outro, eu fui no banheiro em que o Pedro tinha tomado seu banho, quando entrei no banheiro vi que as calcinhas da minha mãe estavam tudo reviradas, na hora entendi o motivo de ele querer tomar o banho nesse banheiro, dei uma olhada mais nas roupas dela , vi que a roupa que ela usa para dar aula estava cheia de porra espalhada , identifiquei pelo cheiro forte que vinha da roupa, fiquei com muita raiva da ousadia do Pedro em ter gozado justamente na roupa de trabalho dela , mas fingi que nada tinha acontecido e voltei para assistimos o filme.

Quando estava de madrugada já, minha mãe chegou meio alcoolizada ainda, viu nós assistindo filme na sala acenou e foi direto para seu banheiro. Demorou uns minutos ela desce com sua camisola preta curta , que mal da para cobrir aquela bunda, ela pega um pouco de água e pergunta:

Mãe: Meninos que filme vocês estam assistindo

Prontamente Pedro responde:

Pedro: Atividade Paranormal é de terror vem assistir com a gente tia.

Mãe: Eu tenho um pouco de medo filme de espíritos , mas estou sem sono vou assistir com vocês

Eu já pensei que filha da puta sei bem o que ele quer , ela pegou seu copo de água sentou do meu lado o Pedro que estava em outro sofá sem camisa , logo começou a encarar ela , olhando de cima à baixo , depois de um certo tempo ele começou a pegar no volume que estava seu short e começou a reclamar do calor, demorou uns 10 min o filme tinha acabado, minha mãe reclamou do sono e disse que já ia dormir , Pedro e eu estávamos cansados também então resolvemos subir para dormir também.

Quando estávamos nos deitando Pedro no colchão e eu na minha cama, minha mãe bate à porta e fala :

Mãe: bebê ( ela me chama assim) , quer vir dormir com a mamãe não? Aquele filme me deixou meio estranha de dormir sozinha.

Eu: Po mãe logo hoje que estou com visita ? e o Pedro?

Mãe: Tem problema não ele pode vir também , Pedro que vir ?

Pedro respondeu : Claro tia

Falei com raiva : E tem espaço para todo mundo na sua cama mãe?

Mãe: Vamos dar um jeitinho.

Eu levantei meio sonolento peguei minhas coisas, pude ver o Pedro empolgado pegando as coisas dele e formos direto para o quarto da minha mãe chegando lá já fui me deitando, nessa hora minha mãe tinha ido no banheiro, Pedro ficou na beira da cama reclamando do calor, minha mãe chega e pergunta o que houve Pedro diz que estava com bastante calor, ela sugere que ele tire o short para que ficasse mais a vontade, nessa hora eu olhei para cara do Pedro ele estava com a cara mais sem graça e disse: melhor não tia. Minha mãe disse : você que sabe fique a vontade e deitou do meu lado , Pedro deitou logo em seguida. Minha mãe ficou no meio entre eu e o Pedro , fiquei só imaginando o que Pedro poderia aprontar naquela situação, depois de um certo tempo minha mãe se meche e vira o rabo para Pedro , ele já cheio de tesão tira o short nesse momento podia escutar ele desabotoando o shorts e encosta o corpo contra a bunda da minha mãe , aquele volume estava todo no rabo dela, começo a sentir Pedro inquieto com movimentos devagar de vai e vem , minha mãe em nada reage, eu vendo Pedro excitado já com aquela situação me viro e começo a ver o que ele estava fazendo com os olhos cerrados.

Pedro estava agarrado a bunda da minha mãe de cueca , Pedro não satisfeito levantou um pouco a camisola deixando o rabo todo descoberto , nessa hora Pedro tirou sua cueca deixando de fora seu membro duro exposto, não demorou muito ele já colocou entre a bunda da minha mãe pude vê ele roçar membro duro nela, não demorou muito ele começou a tirar a calcinha dela bem devagar e ficou admirando aquela buceta rosa raspadinha de mulher madura na frente dele, ele voltou a deitar e ficou só roçando o membro contra a bunda dela. Quando deu 2 minutos de sarrada naquela bunda , sinto minha mãe se mexendo de novo , agora ela ficou em uma posição em que o pau de Pedro ficasse completamente atolado na bunda da minha mãe, era só o sinal que Pedro estava esperando para comê-la.

Pedro não se esforçou muito e conseguiu alcançar seu grelo, enfiando todo seu pau, nesse momento ela soltou um grunhido baixinho, Pedro começou devagar a enfiar e tirar e foi ficando mais rápido, ela começou a gemer baixo do meu lado, Pedro começou a bombar aquela buceta freneticamente até que ela se mexe novamente tirando seu pau, vira para Pedro e começa a chupa-lo, Pedro se contorce de tanto tesão e sussurra:

Pedro : chupa essa piroca sua putinha, hoje você vai ser minha aluninha vou te ensinar como fuder de verdade.

Mãe: me ensina vai !!

Nessa hora eu já estava com muito excitado de ver meu melhor amigo fuder com ela, e o pior era uma puta na cama, depois de chupa-lo, ela virou o rabo para cima para que Pedro pudesse monta-la , ele depois de algumas tentativas afinal não era uma bunda pequena, ele consegue chegar na sua buceta Pedro meteu sem piedade a cama estava balançando muito , até o momento que ele deu um tapa em sua bunda e sem querer me mexi, os dois voltaram se deitar. Não demorou muito ela virou o rabo novamente para Pedro começou a transar com a bunda dela , metendo quando chegava no seu cuzinho ele voltava , senti o movimento de vai e vem da cama, Pedro deu um gemito alto e repetinamente parou, depois de um certo tempo minha mãe vai ao banheiro e volta a dormir. Eu acordo por volta de 5:30 da manhã e deparo com cena da minha mãe de bruços com o rabo todo de fora deitada no peitoral de Pedro pelado. Me masturbei e voltei a dormir. Continua, deixa comentários....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
11/10/2018 21:28:15
Faltou o incesto nesse conto continue
11/10/2018 19:16:33
viajou muito ..kkkk
11/10/2018 19:08:44
Otimo,agora so falta saber se vc entrou na transa tbem
11/10/2018 08:27:28
Estava indo bem, mas a coroa ter chamado os dois pra dormir com ela e ter rolado tudo isso, ficou forjado demais
11/10/2018 08:15:50
Uauuuuu! Delicioso e excitante! Tive que me aliviar após lê-lo. Ansioso pela continuação!
11/10/2018 08:14:48
Uauuuuu! Delicioso! Tive que me aliviar depois de lê-lo! Ansioso pela continuação!