Arregaçada e humilhada por um moleque

Um conto erótico de Victória
Categoria: Heterossexual
Data: 17/02/2019 01:33:37
Nota 10.00

lá Meu nome é Victoria, mas todo me chamam de Vic.

Essa história aconteceu quando eu tinha 19 anos nessa época eu tinha 1,74 de altura, e 57 quilos Seios pequenos, bumbum pequeno para médio e tinha cabelo loiro.

Eu tinha voltado a poucos meses de um intercâmbio e quando voltei sai por várias semanas seguidas em festas com meus amigos, acontece que meus pais queriam que eu começa-se a fazer algo a respeito do meu futuro o que acabou gerando brigas e discussões então meu pai cancelou meu cartão de credito e disse que não me daria mais nada até que eu tomasse jeito, fiz que não liguei e disse que não precisava dele.

Só que após algumas semanas meu dinheiro guardado já estava acabando meus amigos até me bancaram pra continuar saindo com eles mas depois pararam de me chamar pra sair até que me vi meio isolada estava sem dinheiro pra sair com meus amigos e não tinha nenhuma intenção de pedir desculpas ao meu pai.

Então um dos meus amigos o Alan foi lá em casa conversar comigo ele disse que ele tinha um amigo que era MC e tinha visto uma foto minha e queria que eu participasse do clipe dele e que me pagaria, achei ótimo estava precisando da grana e nem precisei ir atrás agradeci ao Alan e pedi que ele marca-se o encontro.

O lugar era uma mansão muito bonita e lá estavam várias garotas algumas delas famosinhas de Internet, mas a maioria eram mulheres com corpos bem volumosos.

Quando cheguei lá o empresário dele me recebe e me encaminha ao cómodo onde o Vitor que era o MC, estava. Então ele pede para que os outros saiam e nos deixem a sós, então ele começa dizendo.

-Vic, posso te chamar de Vic né?

Sem deixar eu responder ele continua.

- O Alan é um amigo meu de infância eu vi a sua foto a uns meses e desde então queria te encontrar, quando sair meu empresário vai acertar os detalhes do pagamento com você espero que aceite, nos falamos depois ok?

Ele de novo nem esperou eu responder e apontou a saída da porta já se virando para o espelho.

Quando sai o empresário dele veio falar comigo e apenas me mostrou um papel com o valor que seria o pagamento, um valor bem alto pensei, mas era grana fácil então aceitei a proposta.

Quando as gravações terminaram falaram que o Vitor queria falar comigo de novo então me dirigi até o camarim dele, quando cheguei lá ele tinha acabado de sair do banho e estava só de toalha então ele me perguntou o que eu achei do trabalho e eu respondi:

-Eu gostei nunca tinha participado antes de um clipe

Então ele disse:

-Posso garantir que você participe de outros ou não depende se voce vai aceitar minha proposta.

Então eu perguntei qual proposta era e ele respondeu:

- Você é bem gostosinha magrinha, queria experimentar uma coisa diferente já cansei de arregaçar essas rabudas de clipes já.

Eu demorei um pouco pra reagir ao que ele tinha falado, mas então eu disse:

-Eu não sou puta nenhuma e voce é só um moleque que se gaba e aposto que nunca nem chegou perto de uma vagina antes.

Então quando me virei para ir embora ele segurou o meu braço e me puxou para perto dele, chegou perto do meu ouvido e disse:

-Vamos fazer o seguinte nos transamos aqui e se eu acabar com você não te pago nada.

E eu respondi:

- E se acontecer ao contrário.

Ele respondeu:

- EU multiplico por 10x o valor, mas só acaba quando eu disser ok?

Ele então vai até uma mesa e pega lá uma mochila e me joga, quando abro estava cheia de dinheiro.

Não que eu precisa-se de dinheiro vinha de uma família rica mas não queria voltar atras e pedir desculpas ao meu pai e o Vítor não parecia lá grande coisa (Descrição: Ele tinha por volto de 1,79 e parecia pesar uns 64 kilos e tinha 16 anos) então não ia dar muito trabalho.

Então aceitei fomos para um quarto da casa e comecei a tirar a roupa ele de longe ainda de toalha apenas observava, quando comecei a tirar já vi um volume surgindo então falei:

-E aí vai ficar só ai parando olhando ou o que.

Quando acabei de falar ele venho na minha direção e na minha frente tirando a toalha, quando ele tirou o pal dele saiu para minha surpresa era enorme o maioria que eu já tinha visto até então com uns 21 centimetros, ele então coloca a mão por trás da minha nuca e me puxa pra perto do seu rosto e começa a me beijar na boca, então vamos andando pra trás e caímos na cama com ele por cima então ele começa a me beijar pelo pescoço e vai descendo pelos meus seios, barriga depois vai até os meus pés e começa a subir pela minhas pernas e a parte interna da coxa em quanto com as mãos vai mexendo pelos meus seios, então começa a me chupar, eu já estava molhada de tesão mas não queria gozar tão rápido quando começo um movimento pra sair dali ele me segura pela cintura e continua, eu tento sair mas já não conseguia ou não queria sair dali, então ele coloca dois dedos dentro do meu anus e continua a me chupar logo depois sobe um calafrio pelo meu corpo, seguro forte os lençois e começo a gozar intensamente quando acabo então ele se levanta da cama e diz:

-E aí magrinha aguenta mais.

Então eu digo:

-Só estamos começando.

Ele da um sorriso cafajeste vai até a comodo e poe uma camisinha volta e sobe em cima de mim e começa a me beijar e a passar a mão pelo meu corpo, então ele enfia a cabecinha em mim, solto um grunido de dor, era muito grossa, então ele sorri e coloca quase tudo, nisso dou outro grito só que mais alto e digo:

- Vai com calma.

Ele então enfia tudo de uma vez só eu dou um grito muito alto, talvez tenham ouvido lá em baixo até, então ele começa um vai e vem bem rápido, eu tento me conter mas naquele momento sensação de dor e prazer se misturam, então ele coloca minha perna nos ombros e tira tudo de uma vez e coloca com força me empurrando contra a cabeceira da cama me empresando não demora muito e começo a babar e gozar pela segunda vez, meus olhos se reviram ele coloca a mão em volta do meu pescoço e aperta e continua com as estocada e começa outro orgasmo seguido de outro, ele vai diminuindo o ritmo até que finalmente para, então ele se levanta e olha para mim como se admira-se o que tinha feito, eu tentava recuperar o fôlego do que me acabara de acontecer, então ele pega no meu cabelo e me puxa para fora da cama, tento levantar meio sem jeito e sem forças, ele me coloca na sua frente e fica me encarando por uns 30 segundos, então ele me solta e para a minha surpresa minhas pernas começam a bambear e caio de joelhos no chão ainda babando, então olho pra cima ele não parecia surpreso, então ele fala:

-E aí loirinha quer mais?

Eu precisava do dinheiro e não queria admitir a derrota pra esse moleque mas eu já estava exausta e sabia que não tinha mais forças naquele momento pra outra então digo:

-Ta bom voce venceu ok

Então levanto meio sem jeito e vou em direção as minhas roupas me sentido derrotada, por ter perdido pra um moleque de 16 anos, mas eu não sabia que ainda não tinha acabado, quando eu estava chegando lá ele por trás pega no meu cabelo de novo e me puxa me jogando no chão e diz:

-Onde a loirinha pensa que vai ainda não acabamos não.

Eu digo que já chega já admiti derrota então ele me pergunta se eu lembrava e só ia acabar quando ele disse que tinha acabado. Então vem até mim me coloca me segurando na frente dele de novo dessa vez olha pros meus seios e diz:

- Ta precisando ganhar uns quilinhos olha esses peitinhos miudinhos alias foi muito fácil acabar com você, vou arrombar esse cu seco seu.

Nessa hora saíram lágrimas do meu rosto já não bastava ele ter me ganhando ainda estava me humilhando e falando que queria fazer anal então eu disse:

-Olha para faço qualquer coisa mais no cu não.

Então ele falou:

- Fica de joelhos e me chupa agora porra.

Então fiquei de joelhos e comecei a chupar, era humilhante, mas sabia que era melhor que ele enfiar aquele pal na minha bunda que era virgem, minha amiga tinha me dito que já tinha dado de presente pro namorado, mas que tinha doido muito.

Então ele me puxa e da um forte tapa na minha cara e grita:

-Chupa direito sua vadia

Após alguns minutos chupando ele tira o pal, da minha boca e me poe de quatro, então ele se posiciona atras de mim e diz:

- A putinha não sabe chupar um pal direito então vai levar no rabo mesmo, não que isso não fosse acontecer de qualquer jeito.

Então ele enfia, logo no começo dou um grito de dor muito alto e começo a falar:

-Vitor por favor tira ta doendo muito meu cu é virgem por favor tira.

Então ele diz:

-Então sou o felizardo que vai te abrir pela primeira vez, e alias depois de mim nunca mais alguém vai conseguir meter aqui de tão largo que vai ficar.

Então ele começa a enfiar mais e mais, meus olhos lacrimejavam eu gemia de dor e já não conseguia sair mais nenhum som da minha boca que fosse entendível.

Ele continuava bombando mais e mais então ele da uma pausa e tira tudo e depois coloca de novo só que sem a camisinha então continua a bombar fortemente e diz:

-Esperava mais de você

Então eu digo:

-Ta chega para ta bom.

Então ele diz:

-Pede com jeitinho como a putinha que voce é quem sabe eu pare.

Então eu comecei a falar:

Por favor Vitor para eu imploro.

Ele diz:

- Me fala o que você é fala sua vadia.

Então ele aumenta o ritmo me segurando pelo quadril.

E eu respondo:

- AAAAAAAAA Eu sou fraca arrego.

Ele diz:

-Fala aí o que mais você é em fala.

Eu respondi:

- Eu sou fraca, magrela AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA e sem peito agora por favor para.

Então ele pegou meu braço imobilizou nas costas e deu mais 3 bombadas e goza na minha bunda.

Então ele foi até a calça dele e pego 4 notas de 100 e colocou na minha boca e disse:

- Ta pago o programa.

E saiu pela porta me deixando ali.

Na semana seguinte o Alan veio até a minha casa e me perguntou como foi o clipe, aparentemente ele não sabia o que o Vitor tinha feito e o Vitor não contou pra ninguém, mas nunca esqueci como fui derrotada tão facilmente aquele dia e depois decidi mudar a minha vida para que aquilo nunca acontecesse de novo.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/03/2019 15:09:34
Vai ter continuação ?
18/02/2019 22:38:26
Nota 10. Quando puder, leia meu novo conto. Bjs
18/02/2019 22:38:13
sensacional
17/02/2019 18:55:40
Delicia
17/02/2019 12:04:28
Ótimo conto Victoria,será que podemos trocar contato,estarei esperando sua resposta no meu email (fantochegrego@hotmail.com)ate o próximo
17/02/2019 07:04:15
Nossa esses novinhos é shoow
17/02/2019 07:00:24
Gostei mas acho que faltou detalhar melhor.
17/02/2019 06:17:39
Gostei exitante fiquei de pau duro se quiser conversar. cleniltongomes@hotmail.com