PAPAI E TIO GERALDÃO, OU SERIA PAPAI E TIO CAVALÃO - FINAL

De repente, papai pediu pra chupar o cu do meu tio, que mesmo não sendo muito fã, para evitar maiores complicações rapidinho virou a bunda pro meu coroa, que antes do cunete não cansou de elogiá-lo

- Hã... ? Escondendo o ouro, heim Geraldão? Quê isso, meu Deus? PUTZ... !!! Que butão tesudo e cabeludo é esse, cunhado? QUE TESÃO DA POOOOORRAAAA ... !!! ISSCHHHHSSSSS ... !!! Esse seu anel não é um cu, é “O” cu, viu cunhado... !!! Além de lindo, tesudo e perfeito ainda é muito cheiroso... !!! Huuummmm... !!! Pisca ele, pra mim, Geraldão... !!! Pisca, macho... !!! HUUUUUUMMMM... !!! PUTA QUE PARIU... !!! QUE DEELÍÍÍÍÍÍÍÍCIIIIIIIIA DE TOBA, CUNHADO... !!! !ssschhhssss... !!! Quase gozei com as piscadas do bicho, “véi”... !!! Huuummmm... !!! Deixa eu dar uma cuspida nele pra você piscá-lo pra mim, cunhado... !!!

Esse namoro ainda foi longe! Só terminou quando meu tio resolveu dedar meu paizão, que de ponta cabeça, a cada dedada que tomava no cu, contorcia, gemia e urrava alucinado de tesão.

- AAAAAAAIIIII MEU BUTÃO, BENZINHO ... !!! AAAAAIIIIIII ... !!! UUUUUIIIIII ... !!!! DEDA MEU CU, CUNHADO ... !!! DEEEEDAAAA, AMORZINHO ... !!! DEEEEEEDA ... !!! AAAAAAAAIIIIIIIIIIIIIII ... !!! UUUUUIIIIIIIIIIIII ... !!! ATOLA ESSE DEDO TODO NO MEU CU, MACHO... !!! ATOOOOOOLA... !!! AAAAIIIII... !!!!

- Está gostando de tomar dedada no toba, cunhadinho...??? “Tá”, passivinho... ??? Então toma mais uma, benzinho ... !!! TOOOOMA... !!! Toooma dedada no cuzinho, safadinho... !!! TOOOOOOMAAAAAAA... !!! Pisca, bem... !!! Pisca o cuzão, pro seu cunhadinho... !!! Piiiiiscaaaaaa “Moooooziiiiinho”... !!! Aaaaaaaaiiiiiiiiii ... !!!! Isscchssssssss ... !!!

E conforme a previsão do meu titio Geraldão, um

minuto depois, o coroa ficou de quatro e pediu rola, pro titio.

- Tenho que dar o braço a torcer, pra você Geraldão! De fato, você é bom pra “caraí no negócio”, viu cunhado? “Tô” que não me aguento mais, de tanta vontade de te oferecer meu cabaço! Dá uma olhadinha no estado dele, cara! Já viu cu tão nervoso assim, macho? E tão cabaço, peludo e cheiroso como o meu? Já torou algum, cunhadinho? Já, amorzinho? Huuummm... !!! Issschhhssss... !!!

- Modéstia a parte, sei tesar um macho direitinho, viu cunhado? Até o dia de hoje, graças a Deus, nenhum macho conseguiu me negar o cu, vira e mexe eles pedem mais rola no cu. Agora cu guloso, cabeludo e tesudo como o seu, confesso que nunca nem vi, viu “Dolfinho”? Vou caprichar pra descabaçar o bicho. Só vou estourá-lo todinho por dentro. Por fora, vai continuar tão lindinho como está agora, viu passivinho? Palavra de Geraldão!

- Então, me dá rola, “véi”? Dá? Mete ela toda no meu cu, Geraldão ... !!! Mete, macho ... !!! Isschhhssss ... !!! Vem meu bem ... !!! Vem ... !!! Vem romper o lacre do meu cu, com seu pirocão cunhado ... !!! Vem, macho ... !!! Vem ... !!!

Claro que depois te tanto cu doce feito por papai, tio Geraldo não perdoou. Pintou e bordou bastante com ele e só lhe carcou a bunda, depois que ele implorar pela sua rola

- Pìrou, Rodolfo? Está achando que vai faturar minha rola nessa facilidade toda, cunhado...?? Na-na-nina-não, benzinho... !!! Se não caprichar muito mais que isso pra pedir pau no cu, com certeza vai continuar cabaço, cunhado.

- Cunhado você pode fazer a gentileza de tirar o cabaço do meu cu? Pode, macho?

- Ainda não gostei, viu cunhado? Com certeza, você pode caprichar muito mais.

- Cunhaaadiiinhooooo... ??? ...

Depois de muito tentar, enfurecido e com o cu latejando de tesão, papai começou a implorar para ser descabaçado.

- Fode meu cu, pelo amor de Deus, cunhado ... !!! Eu te imploro, roludo ! Me dá rola, macho ... !!! Cooooome meu cu, Geraldão ... !!! Coooooome Cavalão ... !!! Pelo amor de Deus ... !!! Eu imploro, cunhado ... !!! Me fode, “véi”... !!! Foooode meu rabo ... !!! Foooode ... !!!

- Fodo sim, bebezinho... !!! Vou foder ele todinho, viu amorzinho? Huuuummmm ... !!! Isschhhsss... !!! Regaça ele pro seu cunhadinho, “Dolfinho”... !!! Regaça, “mozinho”... !!! Assiiiiiiiiim, danadinho... !!! Assiiiiiiiim mesmo, benzinho... !!! Schuuusss.... !!! deixa eu dar uma cuspidinha, pra lubrificar seu buraquinho, “ Dolfinho”... !!!

- Huuummmm... !!! Aaaaaiiiii... !!! Que cuspida gostosa, cunhado... !!! Huuuuuuummmm... !!! Aaaaaaaaiiiiiiii... !!! Uuuuuuiiiiiiii... !!! Enfia logo macho... !!! Enfiiuiiiia , macho... !!! Atooooloaaa tudo, cunhado... !!! Atoooola ... !!! Coooome meu cu, Geraldão... !!! Coooooooome, Cavalão... !!!

- Claro que como seu cuzinho, benzinho... !!! Agora mesmo, amorzinho... !!! Prooonto... !!! Tá sentindo, cunhadinho? Tá sentindo meu pau alargar seu buraco, “Dolfinho”? fazer força pra vomitar o cacete do cu, é bom cunhadinho... !!! Faz força pra fora, que empurro o bicho para dentro...!!! OOOPAAA !!! Sentiu isso cunhado ? Sentiu a cabeça da minha rola entrar e romper o lacre do seu cu, benzinho ? Huuummmm.... !!! Isschhhsss... !!! QUE TESÃO DE CU ... !!! Isschhhsssss.... !!!Huuummmm ... !!!

- Huuummm... !!! Issschhhssss... !!! Tem certeza que já tirou meu cabaço, macho... ??? Aaaaiiii... !!! Uuuiiiii... !!! Huuummm... !!!

- Isschhhsss.... !!! Uuuiuiii... !!! Absoluta! Por quê? Aaaaiiiii.... !!! Schuuusss... !!! Já está com saudade dele, benzinho... ??? Toooomaa, Rodolfo... !!! Toooooma rola no cu, cunhado... !!! Huuummm.... !!!! Issschhhhss... !!!!

- AI ..., AI ... AAIIII ..., AAAAAIIIIIIIIIIII ... !!! UUUUUYUUIIIIIIIIIIIIIII ... !!! Huuummmm ... !!! Porque se for verdade, você só está pobre porque quer, Geraldão! Meu cunhadinho não é só experiente e profissional pra tirar cabaço, com certeza além de PHD, você é o maior expert no assunto do mundo, tesão ... !!! Estourou todas as pregas do meu cu com esse seu caralho de jumento e eu não senti nem uma pontadinha de dor sequer, picudo. AI, AI, AAIII...!!! AAAAAIIIIIIIIIIIII ... !!! UI, UI, UUIIII ... !!! UUUUIIIIIII... !!! QUE TESÃO NO CU CU, MEU DEUS... !!! Aaaaiiiiiiii ... !!! Uuuiiiiiiii ... !!! Cooooooome cunhado ... !!! Cooooome meu cu, maaaacho ... !!! Aaaaaaaiiiiiiii ... !!! Ui ...., Ui ..., Uuuiiiii ... !!! Uuuuuuuuiiiiiiiiiii... !!! Fooooode, Geraldão... !!! Fooooooode tuuuudo, Cavalão... !!!! Foooooooode ... !!! Sooooooocaaaa ... !!! Raaaaaaaaasga ... !!! Reeeegaaaaça, starado... !!! Reeeegaaaaaaçaaaa meu cu, maaaaacho... !!! Aaaaiiiiiiiiii ... !!! Uuuuiiiiii... !!! Isschhhsssss ... !!!

Algum tempo depois, excitadíssimo, tio Geraldo anunciou que ia gozar e em seguida encharcou o cu do papai de esporro grosso e quente e papai não se fez de rogado, com o cu completamente atolado na baita do meu tio, ele também não só esporrou gostoso, como se lambuzou todo com sua gala quente e cremosa.

Segundo Tio Geraldo, eles passaram mais dois dias trepando, nunca mais se foderam, mas garante que em breve foderá o cu do coroa novamente. Será que vai ter repeteco?

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.