Eu, minha esposa e meu amigo da adolescência 31

Um conto erótico de Julioepatricia
Categoria: Grupal
Data: 18/08/2018 13:47:39
Nota 10.00

Fiquei com a Fabi deitado também na outra cabeceira. Ficamos de casais trocados, apesar de bem juntos por conta do espaço. Minha vontade era ficar com a Pat, mas não dei o braço a torcer. Se ela estava bem ali com o Beto, eu ía ficar bem com a Fabi também do lado de cá. Meu contato com a Pat ficou só com os pés, passando nas pernas dela e vice-versa. Fabi falou:

>>”nossa, melhor pós plantão de todos os tempos”, e rimos.

-“hoje foi demais mesmo. Gostei muito da experiência”, e olhei pro Beto, que falou.

>”pra mim também, apesar da Pat ter judiado de mim de dia, a noite foi maravilhosa”.

--“tadinho, vou fazer mais isso não tá?”, falou rindo pra ele e deu um selinho, e continuou: “amor, o que vocês fizeram no banho pra demorar tanto?”

Eu tive que rir, e fui sincero:

-“ficamos falando de vocês o tempo todo, a Fabi me instigando pra imaginar o que vocês estavam fazendo”, e dei um beijinho na nuca da Fabi. Beto falou:

>”e a gente tomou banho rapidinho pra não te deixar preocupado”.

Gostei da preocupação dele comigo. Fabi continuou:

>>”eu queria que vocês tivessem demorado, e eu ia chamar o Julio pra ver vocês do buraco da fechadura (a fechadura do banheiro nem tem buraco, mas entendi). Você ia gostar, Julio, de ver os dois escondidinho fazendo bobiça?”, falou pra mim mas olhando pra eles, instigando mais ainda.

-“eu ía acabar arrombando a porta. Não ia prestar rsrs”.

>>”você tem que experimentar pra saber, e a melhor pessoa pra isso é o Beto, por que você confia nele”.

-“é, quem sabe um dia, mas por enquanto eu não cheguei nesse nível não”, e Pat finalmente me defendeu:

--“amor, é complicado mesmo. Fabi, eu confesso que senti uma pontinha de ciúmes de você com o Julio no banheiro”.

Senti um alívio com a fala da Pat. Finalmente ela entendeu um pouco do que eu sinto. Fabi sorriu pra ela, entendendo o sentimento, e perguntou ao Beto:

>>”e você, amor, sentiu ciúmes também?”

Beto riu pra ela, por que ela já sabia a resposta, e falou:

>”você sabe, nega. Se for com o Julio, você pode fazer o que quiser. Mas eu não deixo com mais ninguém”.

Fabi levantou o corpo, saindo dos meu braços, e o Beto fez o mesmo, e se encontraram pra dar um beijo, e os dois falaram ‘te amo’ um pro outro, e voltaram pra mesma posição. Achei aquele gesto muito legal dos dois, e do Beto também em relação a mim. Fabi que antes estava meio que de conchinha comigo, voltou deitada de barriga pra cima, pra poder falar olhando diretamente pra mim, mas alto o suficiente pra Pat ouvir tudo:

>>”Julio, eu acho que o Beto te ama mais do que a mim”, e riu olhando pra ele, e continuou: ”e ele confia muito em você, por isso que ele não tem ciúmes”.

Eu tive que ir lá cumprimentar o Beto também:

-“poxa, Beto, eu te amo da mesma forma. Irmãos pra sempre né?”, e demos as mãos. Quando voltei pra perto da fabi, ele falou:

>”Julio, depois daquele fim de semana na casa da praia a Fabi não cansa de te elogiar, por que você mete bem e tal. No início eu queria até que meu pau diminuísse de tamanho”, e deu uma risada larga.

E eu adorei o testemunho. Pode glorificar de pé, igreja!

>>”verdade, Julio, você é muito gostoso e sabe meter muito bem. E o Beto tem esse pau maravilhoso que deixa qualquer mulher louca, mas ele sabe que ele tem que meter com carinho, por que as vezes bate lá no útero, não é Pat?”

--“ai amiga, você já tá me deixando com tesão de novo rsrs. Eu falei a mesma coisa pro Julio”, e olhando pra mim: “o pau do Beto enche a mão da gente. É uma delícia pra segurar, pra chupar, mas pra transar tem que ser com cuidado mesmo senão machuca, e o Julio pra mim tem o pau no tamanho perfeito, e eu já te disse que você é bom de cama, né amor?”, terminou a fala olhando pra mim.

Sim, eu acho que sou. Minhas namoradas anteriores também elogiavam. Mas é sempre bom ouvir pra reforçar, então falei:

-“é bom ouvir isso, por que tem aquele lance de que tamanho é documento, e não dá pra competir com o Beto né?”, e ri.

--“ahh, amor, mas não precisa de pinto gigante pra satisfazer a gente não. O Beto é gostoso por que faz com carinho, mas eu não daria pra um desconhecido com um pau desse tamanho, por que pode machucar mesmo”.

Beto deu aquele abraço na Pat, ela virou o rosto pra ele e riu, se beijaram, e ele falou:

>”você também é uma delícia. Adoro comer vocês duas”.

Fabi virou pra mim e perguntou:

>>”e você, gostou de mim?”

Se é pra ser sincero, então vamos lá. Passei a mão no rosto dela e falei:

-“adorei, Fabi. Você é gostosa demais, e todas as vezes que transamos sempre me deu moral. Delícia de mulher, você”, e dei um beijão nela, tipo de início de namoro, com as linguas dançando, e ela pediu pro Beto:

>>”amor, eu também quero transar com o Julio igual vocês fizeram hoje. Você deixa, Pat?”

--“você promete cuidar dele com carinho?”, e olhou pra mim, que respondi pra Pat enquanto passava a mão nos seios da Fabi:

-“te amo, delícia”.

Pat riu também, pra mim e pra Fabi. Concordou sem precisar falar nada. Fabi tava com carinha de sono, então falei:

-“Fabi tá morta de sono. Vamos dormir?”

--“vamos, como a gente vai fazer?”

O chese era desconfortável pra dormir. No meu quarto só tinha uma cama de solteiro e um colchão, e não quis oferecer essa opção pro Beto e Fabi, e também não queria os dois transando a noite na cama dos meus pais, então sugeri:

-“vocês duas podem dormir na cama dos meus pais. Eu e Beto dormimos no meu quarto por que são colchões de solteiro”.

Beto já se adiantou e falou:

>”não, Julio, eu passei praticamente o dia todo aqui. Vou dormir em casa e amanhã cedo eu volto, senão minha mãe vai achar que eu troquei ela pela Fabi”, e deu uma risadinha.

Tudo bem, ficou combinado assim. A cama dos meus pais é daquelas maiores (King, com 2 metros de largura), e as duas foram colocar uma roupa pra dormir e trocar os lençóis da cama dos meus pais pra eles não perceberem. Ficamos eu e Beto pelados na sala, e eu falei pra ele:

-“Beto, desculpa eu sentir ciúmes de você no lance do banho. Mas eu confio em você também, beleza?”

>”eu sei, cara. Fica tranquilo, a gente não fez nada no banheiro, e eu te juro que nunca vou fazer nada de ruim pra você e nem pra Pat”.

A gente se deu um abraço, pelados. Naturalmente jogamos o corpo um pouco pra lado, mas o pau dele roçou em mim e o meu nele. Não teve cunho sexual nenhum. Estou citando pra mostrar que naquele momento, o membro de um encostar no outro era insignificante perto das nossas juras de amor fraternal.

-“cara, você é o melhor irmão que alguém pode ter. Eu juro também nunca magoar você”.

>”eu sei disso”, e ao nos afastarmos ele falou: “olha, pode ficar a vontade com a Fabi se rolar alguma coisa. Só deixa ela inteira pra mim, tá?”, falou sorrindo.

-“tá bom, cara. Você é demais rsrs”.

Beto colocou a roupa dele e foi se despedir das meninas. Foi no quarto dos meus pais, pegou a Fabi e deu uns beijinhos de boa noite, depois foi na Pat e deu um beijo cinematográfico nela, que ela nem esperava, mas abraçou ele e curtiu o beijo, e quando terminou, até fez aquela expressão de boca aberta rindo com o beijão que ganhou. Me cumprimentou a última vez ao passar na sala novamente e foi embora.

Coloquei um short e fui no quarto dos meus pais. As duas estavam terminando de arrumar a cama. Pat estava com um conjuntinho baby doll de algodão, sem calcinha nem sutiã, e Fabi estava de camisola curtinha e calcinha. Dei um beijo na Pat, que me puxou pra me abraçar, enfiou a mão no meu short, eu também fiquei com a mão na bunda dela, e ela falou:

--“te amo, Julio, foi maravilhoso hoje”.

-“te amo também, princesa. Foi demais mesmo”.

E fui na direção da Fabi dar um beijo de boa noite. Ela também veio me abraçar e nos beijamos gostoso, daí fui pra sala, liguei a TV e dei um tempinho no sofá vendo qualquer coisa. Minha vontade era dormir com as duas, e pelo Beto estaria ok, mas não quis ser intrometido. Não sabia se elas queriam dormir a sós e de repente rolar uma brincadeirinha delas. Logo que as duas fecharam a porta por causa do ar condicionado, fui pro meu quarto dormir.

Eu mal tinha pegado no sono, quando senti uma mão na minha cabeça. Abri o olho e vi a Fabi, que estava agachada na minha frente. Ela deu um sorriso me deu um selinho e falou:

>>”vem dormir com a gente no outro quarto”.

Sorri pra ela e fui sentando na cama pra levantar. Ela ficou em pé na minha frente e passou a mão rapidamente nos meus cabelos, e vi aquela bucetinha pelada na minha frente. Ela tinha tirado a calcinha. Do jeito que eu estava sentado, passei as duas mãos na bunda dela e puxei ela mais pra perto de mim, e dei uma chupada no grelo, como se chupa um picolé. Mas eu não queria demorar ali por causa da Pat, então chupei alguns segundos, dei um beijo na periquita e me levantei de pau duro, e falei:

-“você é muito gostosa”.

>>”quando a gente acordar de manhã eu quero você só pra mim”.

-“eu vou adorar”.

Sorri pra ela, demos mais um beijo, peguei meu travesseiro e edredom e fomos pro quarto dos meus pais.

.

.

===

Se você gostou, peço que vote e comente. Se não for membro do site vale a pena se cadastrar rapidamente.

Eu respondo todos os comentários.

Obrigado pela leitura.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
18/03/2019 11:34:24
Excelente
06/02/2019 16:46:17
Melhor série.
27/01/2019 22:22:10
MUITO BOM!!!
03/11/2018 01:49:03
conto muito bom gostei beijos
03/11/2018 01:39:24
O Bicho começou a PEGAR!!!!!!!! hummmmmm
03/11/2018 01:28:19
Excitantemente narrado... Parabéns ! Já está devidamente votado !
03/11/2018 01:05:58
Adorei o conto.Votei
02/11/2018 11:03:03
o delicia de conto....
02/11/2018 10:53:42
mandou gostoso! adorei e votei!
02/11/2018 10:31:32
Delícia de conto. Essa Pat é demais.
02/11/2018 10:11:50
Muito excitante!
14/10/2018 13:28:00
Maravilhoso, 10,0
14/10/2018 13:19:33
Sensacional!
14/10/2018 13:06:52
Seus contos são muito bons, Julio. Bem detalhados, cheios de tesão
14/10/2018 12:44:49
O seu relato está muito excitante, cheio de detalhes ...
14/10/2018 12:29:57
Que tesao de conto....
02/10/2018 06:24:15
Muito bom, você escreve muito bem.
29/09/2018 15:37:04
Delícia. Trio maravilhoso. Me melei todo aqui
29/09/2018 12:38:56
Que mulher deliciosa. Muito bom, nota 10.
28/09/2018 22:57:11
otimo como sempre!!!!!