Casa dos Contos Eróticos

Amando No Internato 7

Um conto erótico de Bruninhooo
Categoria: Homossexual
Data: 10/07/2018 17:32:29
Nota 10.00

Antes de descer do carro eu pude admirar o Drake através do vidro escuro, ele estava lindo, com uma blusa polo branca contrastando com a sua pele negra,com os braços musculosos de fora,um Nike no pé e um boné azul virado pra trás. Eu desci do táxi e fui caminhando até ele que ficou surpreendido.

Drake - Uau...você tá incrível. Disse de boca aberta.

Que comecem os jogos.

Eu - Obrigado rsrs, você também tá lindo.

Drake - Bem...antes de te levar pra onde eu quero,nós podíamos dar um passeio pelo Central Park. Que tal?

Eu - Pode ser, será divertido.

Então nós fomos caminhando pelo park e começamos a conversar e eu pude conhecer o Drake melhor.

Drake - Em que cidade do Brasil você morava?

Eu - No Rio De Janeiro,eu nasci lá.

Drake - E porque decidiu vir morar em Nova York e ainda mais estudar em um colégio interno.

Eu não iria contar do meu drama com o Jairo e com os meus pais,pois eu não queria expor as minhas fraquezas,então menti.

Eu - Eu queria viver novas experiências,já estava cansado da mesmice.

Drake - E você pensa em fazer faculdade aqui também?

Eu - Pra falar a verdade eu ainda não sei,estou vivendo um dia de cada vez,mas me fala um pouco de de você.

Drake - Bem...eu nasci aqui em Nova York,mas meus pais são de Atlanta,eles são donos de uma rede de lojas de roupas e acessórios esportivos,sou o capitão do time de futebol americano,acho que é isso rsrs.

Então nós passamos por um senhor que estava vendendo sorvete e Drake perguntou.

Drake - Vai querer um sorvete?

Eu - Pode ser...

Então eu escolhi o sabor flocos e ele o de chocolate e depois do Drake ter pago,nós fomos caminhando e conversando e depois de termos terminado o sorvete ele disse.

Drake - Nossa tem uma sujeirinha aqui.

Eu - Onde?

Drake - Deixa que eu tiro. Disse me beijando.

Aquele era o melhor beijo que eu já havia recebido,era um beijo com pegada que fez as minhas pernas ficarem bambas,mas logo eu me lembrei do meu plano e me soltei dele.

Eu - Não Drake, melhor não fazermos isso. Disse me fazendo de tímido.

Drake - E porque não? Eu quero e você também e nós dois estamos solteiros. Falou me pegando pela cintura e me beijando novamente.

Dessa vez eu me entreguei ao beijo por mais tempo,mas tudo fazia parte do plano e logo eu me soltei dele.

Eu - Não Drake,por favor.

Drake - Tudo bem...se você prefere assim eu respeito, quero te provar que eu sou um cara legal meu loirinho lindo. Disse acariando os meus cabelos.

Eu - Nossa,eu mal mudei o visual e já ganhei um apelido.

Drake - Você ficou muito mais lindo desse jeito.

Eu - Obrigado. Disse sem graça.

Drake - Vem comigo,vou te levar até aquele lugar que eu te falei.

Então nós saimos do Central Park e fomos andando até um estacionamento e o Drake abriu a porta do carro dele pra mim, era uma Mercedez preta linda,com certeza os pais dele deviam ter muito dinheiro,para terem dado esse carro pra ele.

Ele dirigiu até um prédio altíssimo e nós descemos do carro,entramos no prédio e pegamos o elevador que nos levou até o último andar onde havia um belíssimo restaurante.

Eu fiquei impressionado com a beleza e o luxo daquele lugar, as paredes eram de vidro o que dava uma bela vista para a cidade de Nova York,haviam lustres de cristal e flores raras decoravam as mesas e alguns cantos do restaurante. Uma recepcionistsa nos levou até a nossa mesa e depois que ela saiu eu disse.

Eu - Drake esse lugar deve ser muito caro,como que eu vou pagar isso.

Drake - Eu nunca deixaria,se eu convidei eu pago.

Nós ficamos ali até tarde da noite,a companhia do Drake era realmente agradável e a comida era ótima e no fim da noite ele me levou pra casa.

Drake - Pronto. Disse estacionando em frente a minha casa.

Eu - Muito obrigado,a noite foi ótima.

Drake - Foi incrível mesmo, a minha vontade era passar a noite inteira do seu lado.

Eu - Eu também,mas infelizmente eu não posso...nos vemos segunda na escola. Disse me virando para abrir a porta do carro,mas ele segurou o meu braço.

Drake - E o meu beijo de despedida?

Eu - Beijo não se pede.

Drake - Não?

Eu - Beijo se rouba.

Drake - Então não seja por isso.

Então o Drake segurou a minha nuca com a mão direita e envolveu a minha cintura com o braço esquerdo e me deu um beijo de tirar o fôlego. A língua dele invadia a minha boca,me deixando totalmente vulnerável e a mercê dele,eu não pude fazer outra coisa a não ser me entregar as nossas bocas se exploravam,mas quem estava no controle era ele.

Eu já estava completamente excitado e o meu cuzinho não parava de piscar de tanto tesão e pelo o volume que se formava na calça do Drake,pude perceber que ele estava muito exitado também,volume esse nada pequeno e o nosso beijo só parou depois que o nosso ar decidiu faltar e eu pude recobrar a consciência.

Eu - Drake...olha...

Drake - Eu tô apaixonado por você Bruno.

O ar que eu estava recuperando voltou a faltar naquele momento, o Drake disse que estava apaixonado por mim,o meu plano era seduzi-lo,mas não achei que fosse chegar tão longe e parte de mim não sabia se podia confiar no que ele disse ou não,as minhas experiências passadas me ensinaram a não confiar nos homens.

Eu torcia para que aquilo fosse mentira,até porque eu era apaixonado por outro garoto,que infelizmente não me notava,mas por outro lado se ele estivesse realmente apaixonado isso seria ótimo para os meus planos,mas eu também não queria ferir os sentimentos de ninguém. Meu Deus que indecisão!

Eu - Drake? É verdade isso?

Drake - Claro que é,na primeira vez que eu te vi naquele banheiro,eu achei que fosse só atração,mas isso foi crescendo e eu percebi que é paixão.

Eu - Nossa Drake...eu nem sei o que dizer...

Drake - Eu sei que você não sente o mesmo por mim,mas eu não ligo,eu posso fazer você me amar com o tempo.

Drake - Deixa eu te amar loirinho? Deixa eu ser teu namorado?

Por mais que eu não fosse apaixonado por ele e apenas sentisse uma atração física,era impossível não se dereter com aquelas palavras,qualquer um se dereteria, mas parte do meu cérebro dizia que ele estava me enganando e só queria brincar comigo e depois de me comer iria me descartar igual todos fizeram. Eu nunca estive tão confuso na minha vida.

Eu - Drake...eu preciso de um tempo pra pensar.

Drake - Tudo bem,eu entendo...

Eu - Eu vou entrar agora,já tá tarde.

Nós nos despedimos com um abraço e ao entrar em casa eu fui direto para o meu quarto e comecei a chorar,era um turbilhão de sentimentos,dúvidas e pensamentos juntos.

Eu passei boa parte da noite em claro pensando naquilo e só fui dormir com o dia quase amanhecendo e só acordei por volta de 1 da tarde e eu já tinha uma decisão tomado uma decisão. Depois de ter feito a minha higiene matinal eu desci para a cozinha ainda de pijama e tinha um bilhete da minha tia na porta da geladeira,dizendo que eles haviam saído,mas não quiseram me acordar e que voltariam rápido.

Depois de ter tomado o meu café da manhã que estava mais para almoço eu liguei para o Drake.

Drake - Oi Bruno,tudo bem?

Eu - Sim obrigado,é que...eu pensei sobre aquilo que você me falou ontem e eu já tenho uma resposta.

Drake - Tudo bem,daqui a 1 hora eu chego ai pra te buscar.

Então eu fui me arrumar para me encontrar com o Drake,agora era hora de realmente colocar meu plano em ação,eu tomei um banho quente e me enrolei na toalha para escolher o que vestir no guarda-roupa,eu optei por um short de malha curto rosa que deixava as minhas coxas grossas de fora e destacava meu bumbum grande e uma regata branca com o rosto do Mickey desenhado,dividi os meus cabelos no meio e os deixei soltos e passei um pouco de gloss nos lábios também.

Eu fiquei usando o celular até que recebo uma mensagem do Drake dizendo que está me esperando e ao sair pela porta de casa lá estava ele me esperando em frente ao carro dele,ele estava lindo com uma bermuda jeans e uma regata preta e ele só faltou babar ao me ver,eu tinha me vestido assim para provoca-lo rsrs.

Drake - A cada vez que eu te vejo você consegue ficar mais lindo e gostoso. Disse me dando um beijo e em seguida me abraçando.

Eu - Obrigado,você também tá lindo e gostoso. Disse acariciando os braços musculosos dele.

Eu - Pra onde você vai me levar?

Drake - Pro cinema e depois nós vamos tomar um sorvete e ai você me fala o que você tem pra falar.

Ele abriu a porta do carro pra mim entrar e deu a volta entrando logo em seguida e me deu um beijo antes de começar a dirigir.

Nós fomos até o shopping onde assistimos um filme de romance no cinema,mas nós passamos a maioria do tempo nos beijando e em seguida fomos tomar um sorvete e eu disse.

Eu - Sabe Drake...eu andei pensando sobre o que você me falou ontem e eu decidi que eu quero tentar.

Drake - Isso quer dizer que...

Eu - Que eu aceito namorar com você.

Ele deu um sorriso enorme ele estava realmente feliz.

Drake - Você acabou de me transformar no cara mais feliz do mundo,vamos aproveitar que já estamos aqui no shopping e vamos escolher as nossas alianças agora.

Nós fomos até uma joalheria e depois de tanto olharmos ele comprou um par de alianças de ouro branco lindas.

Depois disso nós passeamos mais um pouco pelo shopping e ele me levou pra casa,mas é claro que antes que eu descesse do carro nós demos uns amaços.

Eu - Vem me buscar amanhã de manhã,quero ir pro colégio junto com você.

Drake - Claro que eu venho loirinho,eu te buscaria até na China se fosse preciso.

Eu - Fofo. Disse dando um selinho nele.

Depois de termos nos beijado mais uma vez eu desci do carro.

O restante do domingo passou sem grandes acontecimentos e quando eu dei por min já era 6 da manhã de segunda-feira e depois de ter feito a minha higiene matinal e tomado banho eu fui escolher a minha roupa que foi uma calça skinny de um jeans mais escuro,com um rasgado nos joelhos e bem apertada,vesti uma blusa preta de manga longa até os cotovelos,calcei um par all star preto de cano longo e por fim deixei meus longos cabelos loiros divididos no meio,coloquei um cordãozinho de prata e passei um pouco de gloss nos lábios e rímel nos cílios.

Logo o Drake chegou e eu entrei no carro dele,ele estava usando uma polo azul e uma calça jeans com um tênis Nike azul.

Nós entramos na escola de mãos dadas,nesse horário quase todos já estavam no refeitório e as poucas pessoas que estavam pelos corredores nos olhavam surpresas e ao entrarmos no refeitório todos os olhares se voltaram para nós e todos pareciam surpresos.

A partir de agora eu vou virar essa escola de cabeça pra baixo.

Healer: Fico feliz que esteja gostando e pode ficar tranquilo,pois vem chumbo grosso,tiro,porrada e bomba! Kkkk.

Valtersó: Realmente Derick se mostrou canalha,mas pode ter algo a mais por trás disso,Marcus e Drake ainda trarão surpresas rsrs

Kaw: Ele já vai começar a bater de frente e muito haha.

Arrow: E os jogos começaram haha.

Grilo Falante: Eu vi os seus comentários em “Eu Te Amo Porra!!!“ você é rápido na leitura hein kkk. Todos os integrantes desse internato tem motivos para serem como são e esses motivos serão descobertos aos poucos rsrs e Bruno tá pronto para jogar com todos kkk.

Vit.Will: Que a vingança comece.

Rtzornsk: Fico feliz que esteja gostando. Beijão.

Muito obrigado por lerem e um grande beijo a todos.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/07/2018 11:11:38
Caraca!!!!!! Amo essas tramas de vingança,, mas acho o Bruno ainda imaturo e ingênuo para isso. Ele ainda tem seus conflitos porque a índole dele não é essa, e isso provavelmente ainda vai atrapalhar a ele. Realmente precisamos entender as histórias e motivos de cada um para podermos julgar, por enquanto a visão está muito superficial e não dá pra ter certeza de nada, mas independente disso, continuo com asco desse Derick... kkkkk Tomara que o Bruno tenha uma cabeça boa para ogar só com os que não prestam.... E eu continuo achando que o Marcus está apaixonado por ele e ele pelo Marcus.... Quando a história é boa não dá prá parar de ler... Devorei o "Eu te amo porra" e adorei!! A forma de você escrever é envolvente demais e nos deixa ansiosos para chegar no final..... Obrigado por nos presentear com os seus contos!
Kaw
12/07/2018 05:17:40
Meu fi, esse Brunno ainda vai da pra metade da escola e vai sair no lucro
11/07/2018 23:47:40
Muito bom essa tomada das férias, só espero que antes das ações ele saiba quem presta ou não, embora nem sempre da tempo de saber à tempo kkkk. Quero ver isso tudo Bruninhooo, o porrada vai comer solta kkkk.
11/07/2018 23:42:25
amando a historia continue quero saber o que vai acontecer... mas aki... se sua outra historia? espero continuacao dela... um abrasso... vc escreve muito bem...
11/07/2018 16:33:55
Eu to shippando esse casal, mas ainda com algumas desconfianças. Quanto aos babacas, espero que se ferrem muito. Na verdade eu to prestando bastante atenção nesse amigos do Bruno. Estou gostando bastante sim! Parabéns pelo conto!
11/07/2018 08:10:39
11/07/2018 08:10:38
Espero que não se machuque ainda mais.
10/07/2018 20:45:58
Espero que o Bruno não se machuque e saiba o que está fazendo.....
10/07/2018 19:43:25
BOM, VAMOS LÁ. SE BRUNO ESTÁ USANDO DRAKEAPENAS PRA FAZER CIÚME OU PIRRAÇA EM DERICK ESPERO QUE SE FERRE. ESTÁ ME PARECENDO QUE DRAKE ESTÁ MESMO GOSTANDO DE BRUNO. E SE POR ACASO DRAKE TB ESTIVER APENAS USANDO BRUNO, ESPERO QUE SE FERRE TB. AMBOS VÃO SOFRER E FAZER SOFRER. ISSO NÃO É LEGAL. MAS SINCERAMENTE GOSTARIA QUE REALMENTE FOSSE AMOR O QUE OS DOIS SINTAM.
10/07/2018 18:29:04
que prazer que me deu de ler esse capitulo hoje, bruno lacrou na vingança, mas talvez ele posso acreditar um pouco no drake , talvez ele queira algo sério mesmo.