Casa dos Contos Eróticos

O Primeiro Ménage da Minha Esposa Dani

Autor: Erick
Categoria: Grupal
Data: 08/11/2017 19:47:09
Nota 9.33
Ler comentários (9) | Adicionar aos favoritos | Fazer denúncia

Minha esposa Dani já tinha me feito de corno, ao passar uma noite inteira com o Beto, seu ex. E fui eu mesmo que, sem pensar direito, a havia liberado, então eu não poderia reclamar. O negócio então foi curtir a situação. Pena que eles não fizeram nenhum registro daquela noite, nem uma foto sequer. Então eu sempre a pedia pra relembrar os momentos daquele encontro.

Como eu já era oficialmente um corno, resolvi aceitar numa boa e passei a frequentar sites do gênero (corno, cuckold,

swing etc), pra conhecer melhor esse universo e até mesmo trocar ideia sobre o assunto com outras pessoas. Acabei me encorajando a propor à Dani que chamasse o Beto pra um jantar lá em casa. Ela, a princípio, disse que não, achava que eu iria ficar com ciúmes e não curtiria. Tive que jurar que não ficaria com ciúmes e que faria de tudo pra curtir o nosso primeiro ménage.

Eu já estava totalmente decidido a fazer um ménage e preferia que fosse com o Beto porque já era alguém conhecido (tinha medo de convidarmos um estranho e a pessoa ser violenta ou usuária de drogas, por exemplo). Ela sugeriu, então, que eu mesmo entrasse em contato com ele, pra agendarmos. Fiquei um pouco nervoso com a situação, mas liguei pro cara, que foi super educado e agradável.

No dia combinado, deixei tudo preparado. Cerveja gelada, petiscos, roupa de cama limpa e até uma lingerie nova pra Dani. Chegando perto da hora, tomamos um banho juntos e "preparei" a Dani: passei creme em seu corpo, raspei seus pelos pubianos, coloquei-lhe a lingerie, enfim, deixei a linda, gostosa e cheirosa, prontinha pra recebermos a nossa visita. Ela fez questão de colocar uma vestido chique, parecendo que ia a uma festa, com salto alto e tudo mais.

No horário combinado, o Beto chega: de bermuda e chinelo, com cara de que tinha acabado de jogar um futebol. Confesso que aquilo me brochou, vi que ele não estava valorizando a ocasião como a gente. Vai ver é porque, pra ele, não seria nenhuma novidade comer a Dani. E ele ainda chegou dando um beijo na boca dela, o que achei um absurdo, parecia que estava me desrespeitando de propósito. Mas como eu não havia combinado nenhuma "regra", não comentei nada.

A Dani estava meio sem graça com a situação, o que só foi amenizado depois de algumas cervejas, que tomamos sentados à mesa da sala. O Beto era até bom de papo, mas quase não falava comigo, as atenções eram todas pra ela. E, como parecia estar meio com pressa, não demorou pra propor a gente ir pro quarto. Bem, era pra isso que o chamamos, então fomos pro quarto.

Ele foi logo tirando-lhe o vestido, deixando-a apenas com a lingerie. Jogou-a na cama e foi pra cima. Eu não sabia se deitava com eles ou se ficaria observando inicialmente. Ele também não dava espaço, parecia querer ela toda só pra ele, então deixei os dois e fiquei de camarote. O pau dele estava tão duro que já saia pra fora da bermuda. Ao ver aquilo, a Dani não se conteve e foi logo se aproximando pra chupar. Mas, antes, fez questão de olhar pra mim e dizer: "amor, daqui pra frente não tem volta, você tem certeza que quer isso?"... Eu afirmei que sim, com a cabeça, e fiquei apreciando aquele espetáculo.

Ela chupava com muita vontade, cuspindo e babando no pau, chupando as bolas e tudo mais. Tive que me manifestar quando ele forçou demais a cabeça dela, fazendo-a lacrimejar. Pedi pra pegar leve e ele: "relaxa corno, ela gosta disso"... E era verdade, ela parecia estar adorando. Sem muita cerimônia, o Beto tirou a bermuda e a camiseta e foi pra cima dela pelado. A vontade era tanta que nem tirou-lhe a lingerie e já foi forçando o pau na boceta, colocando a tanga de ladinho.

Nessa hora me sentei na beirada da cama e também fiquei com o pau pra fora, passando a me masturbar enquanto assistia àquela cena incrível. A Dani, então, puxou-me para perto dela, e passou a me chupar, enquanto o Beto a fodia. Eu nã acreditava naquilo, estava finalmente fazendo um ménage com minha esposa. Trocamos de posição diversas vezes, sempre dando um jeito de ela me chupar enquanto dava pra ele, que não parecia querer dividi-la. Não me importei, pois queria mesmo era vê-la sendo fodida.

Quando a Dani já estava ficando cansada, depois de vários orgasmos, o Beto, então, gozou em sua boceta, deixando-a completamente melada e encharcada. Saiu de cima e já foi pro banheiro se limpar, sem falar nada. Enquanto isso, eu aproveitei e também fui pra cima dela, enfiando meu pau onde o Beto tinha acabado de gozar. A Dani parecia nem sentir meu pau, já que além de ele ser bem mais avantajado que eu, a boceta estava completamente molhada de porra por dentro. Antes mesmo de o Beto voltar do banheiro, eu gozei, num dos momentos mais prazerosos e inesquecíveis da minha vida.

Sem muito papo, ele se despediu e ficamos eu e a Dani lá deitados, imóveis, pensando no que tinha acontecido. E eu sabia que aquela seria apenas a primeira das muitas experiências de swing que viríamos a ter.

Abraço.

Erick.

Comentários

26/11/2017 18:36:24
Erick, muito bom e excitante , sou de Sampa .. mauriciopadula@gmail.com
12/11/2017 22:59:47
Ver a esposa sendo devorada por outro macho é algo muito prazeroso. Se pensarmos que são estes momentos que nos equilibra na vida, não devia ser nenhuma surpresa estarmos em momentos como este
11/11/2017 13:09:46
Delicia de conto, é muito bom liberar a esposa, aos poucos estou relatando as aventuras da minha esposa putinha e tb tenho um blog para maridos liberais ... https://clubedosmaridoscornos.blogspot.com.br/ .
11/11/2017 09:52:37
Cara, muito bom teu conto. Realmente, a maior dificuldade para o menage é achar o parceiro certo. O conhecido dá essa segurança e vocês tiveram bons momentos com esse Beto. Nota máxima com louvor. A minha japonesinha já deu para quatro e narrei aqui todas as vezes. Quando puder, comente eles. Abs.
09/11/2017 08:19:25
Amei o seu conto e quero ler e ver fotos de todos outros caso o tenha. Adoro fotografar, filmar e fazer book desses melhores momentos. Caso interessar é só retornar: fotografoliberal@yahoo.com.br
09/11/2017 05:40:43
A Dani é perfeita!!!!
09/11/2017 04:44:47
Adoraria conhecer a Daniela e vc. Sou do RJ tulipsensbr@gmail.con, vc gostou de ser corno?
08/11/2017 20:19:38
Tua gata é maravilhosa demais. Ser corninho é o máximo.
08/11/2017 19:52:38
bomm.. gostei..aquitemimports@gmail.com

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.