A casada da academia

Um conto erótico de Professor sucesso
Categoria: Heterossexual
Contém 1432 palavras
Data: 09/07/2024 15:08:01

Olá meu nome é Pedro minha idade é 29, tenho 1,89; cabelo castanho escuro, olhos cor de avelã e bem branquinho corpo atlético não muito forte mas, consigo deixar as mulheres "animadas" o relato aconteceu por volta do ano passado, como de costume fui treinar na academia perto de casa que geralmente é lotada no horário que frequento, neste estava de folga decide ir na parte da tarde aproveitar que tinha tempo e na parte da noite iria planejar uma aula que alias sou professor.

Na minha chegada na academia fui cumprimentando os conhecidos e após comecei o treino, inusitadamente cheguei numa máquina que não havia ninguém e iniciei uma série, alguns poucos segundos depois me deparo com uma mulher chamando minha atenção que estaria fazendo nessa máquina e que mulher uma perfeição sem dúvidas uma das mais gostosas que já tinha visto naquela academia, loira de olhos verdes com uma bunda grande deliciosa de deixar qualquer homem de pau duro e seios médios dava pra ver que era de silicone. Logo ela falou: "espertinho" aproveitou que eu sai para ir ao banheiro e roubar meu lugar, rapidamente falei: não tinha ninguém quando cheguei mil perdões quando fui tirando minha garrafa de perto para sair minha surpresa Ela: pode revezar comigo não tem problema abrindo um lindo sorriso, nisso falei: então muito obrigado. Nisso começamos a conversar sobre o clima e o barulho de uma construção que estava tendo próximo da academia nesse meio da conversa ela solta: esse horário único que tenho para treinar próximo ao meu trabalho e fico menos cansada no dia. Continuou falando sobre o calor ela estava com uma blusa folgada com mangas e estava pingando de suor para a minha loucura ela tirou na minha frente que revelou um top que ficava maravilhosos com aquela par de seios deliciosos. Não conseguia parar de olhar aquela deusa na minha frente para minha tristeza tinha acabado a série naquela máquina e foi em direção a outro logo que terminei fui atrás quando cheguei lá, ela: achei que você estava abusado da minha companhia, no mesmo instante eu disse: Essa companhia eu queria para qualquer hora. Nesse momento pensei fui muito ousado ela vai me repreender, ela sorriu e continuou fazendo o exercício, depois me perguntou com o que eu trabalhava e ficou surpresa por se tratar de um professor escolar ela disse que imaginava um policial ou um personal pelo meu corpo bonito, eu fiquei extremamente confiante depois dela falar isso também e disse: você também têm um corpo sensacional, ela me deu um olhar muito safado e sorriu.

O treino estava acabando fomos para mais duas máquinas não conseguia parar de olhar aquela deusa me controlando para meu pau não ficar duro por de baixo do short, conversa vai conversa vêm fui mais ousado pedi para trocarmos whatsapp ela sorriu e passou. Chegando em casa fiquei louco para conversar e tentar alguma coisa com aquela mulher maravilhosa, na parte da noite fiquei ocupado com o trabalho só fui mandar uma mensagem tarde já era por volta de 12:00 da noite mesmo assim mandei uma mensagem ela retornou fiquei maluco e começamos a conversar sobre muita coisa em comum animais, viagens, experiências de vida em uma parte da conversa me relatou que tinha suspeita do marido ter traído ela, que para mim era uma coisa impossível trair aquela deusa, continuamos conversando no decorrer da semana, eu já tinha falado que saí de um relacionamento a pouco tempo. Sempre conversamos ela postava o treino me perguntava se a roupa estava boa para treinar, eu também fazia o mesmo.

Na semana seguinte tive outra folga e falei que iria a tarde ela disse que ia esperar para treina junto, quando cheguei na academia ela estava toda de vermelho conjunto colado minha cabeça só imaginava tirando aquelas peças de roupa, logo que me aproximei ela me deu um beijo no cantinho da boca e me elogiou como estava cheiroso eu só pensava em rasgar aquela roupa para beijar aquele corpo escultural, num determinado momento ela passou entre eu e a máquina com aquele bumbum grande roçando em mim não aguentei segurar o meu tesão e meu pau começou a subir ela percebeu chegou perto e falou: Nossa eu fiz isso tudo? eu falei sem pensar: Uma bunda gostosa dessa como não. Ela se aproximou quer ver sem a calça ? imediatamente fiquei com a boca seca não sabia o que falar e fui tomado por um tesão incontrolável e falei quero: chupar ela toda, a minha deusa falou então vamos sair daqui né com um sorriso safado delicioso. Logo fomos para o meu carro nesse momento começamos a nós beijar sem controle finalmente aquela casada ia ser minha meu pau estava marcado muito o short ela sem pensar começou a passar a mão com carinho por cima, meu tesão só aumentava no caminho do motel.

Quando chegamos no quarto do motel começou um desejo forte dos nossos corpos se esfregando e beijando meu êxtase de ver aquela mulher deliciosa nua finalmente ia chegar ao meu deleite, me empurrou na contra a cama e começou abaixando para tirar a calça leg revelando aquela bunda grande que estava completamente sem calcinha, não aguentando o meu tesão puxei para perto antes de tirar toda e me lambuzei com aquele rabo passando a língua tanto na buceta e no cuzinho não demorou muito até ela começar a gemer e falar que minha boca era deliciosa rapidamente se virou e tirou a blusa mostrando aqueles seios com os bicos durinhos dignos de um silicone sensacional com nenhuma cicatriz me puxando para saboreá-los, enquanto isso apertava com minhas duas mãos aquela bunda maravilhosa sentia todo o calor daquela mulher sem dúvidas uma casada fenomenal, depois de chupar e babar muito naqueles seios deliciosos rapidamente fui tirando meu short meu cacete estava explodindo na cueca.

Nesse momento a minha deusa abaixou e abocanhou meu cacete com uma fome máxima tirou pra fora da boca deu várias batidas na língua e disse: que pau grosso gostoso e voltou a chupa-lo com maestria ia bem fundo na garganta me deixava louco não satisfeita começou á lambe-lo todo até chegar nas bolas chupando deliciosamente dando pequenos estalos me levando a um prazer intenso, naquela hora me vi gozando litros na boquinha daquela safada me controlei peguei aquela safada e virei na cama de modo que sua buceta estava pedindo minha boca, comecei a chupar aquela buceta deliciosa muito quente e o seu mel escorria entre meus lábios minha língua tinha criado vida não parava de ir fundo em sua buceta minha casada gemia e se contorcia de tesão naquele instante ela puxando minha cabeça mais e mais quanto mais eu ia fundo com a língua ela me puxava pra dentro seu mel transbordava na minha boca. Naquele instante já era “hora” coloquei a camisinha me posicionei de frente e tive aquela visão uma loira deliciosa cheia de tesão esperando ser devorada uma verdadeira delicia. Comecei esfregar meu cacete na entrada da buceta cada esfregada ela gemia e pedia pra ser comida me chamava de puto e safado me implorando, então como numa perfeição meu cacete ia inundando toda aquela deliciosa mulher que delicia de vai e vêm ela gemia e pedia sem parar o meu cacete sentia cada centímetro daquela buceta alargado em cada estocada o seu apetite sexual estava aumentando socando fundo chegando no útero e eu em transe fodendo com essa loira sensacional.

Contudo, mudamos de posição ela se colocou de quatro e voltamos a matar o nosso tesão eu puxava ela para perto beijava e continuava socando com força num determinado momento ela urrou de tesão e começou a gozar rebolando sem parar e gritando “que macho gostoso”, logo que se recompôs e para o meu tesão me falou: deita safado vou sentar nessa piroca, com a boca deliciosa deu um bom trato no meu cacete e começou a sentar igual uma égua no cio louca enterrando tudo dentro e me dando uma surra de buceta deliciosa aproveitava pra dar muitos tapas naquela bunda enorme, logo não aguentava mais anunciei que ia gozar rapidamente saiu de cima e tirou a camisinha esperando muita porra quente com a língua pra fora, até que um jato bem grosso começa a sair caindo na sua boca e seu corpo lambuzando com muito prazer. Nesse momento estávamos exaustos e já tinha acabado o horário da academia precisava voltar para o trabalho, com isso tomamos um banho com carícias e fui deixa-los próximo do trabalho nossos outros encontros, relato uma próxima vez.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 6 estrelas.
Incentive professor sucesso a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil genéricaprofessor sucessoContos: 1Seguidores: 1Seguindo: 0Mensagem Escritor de Safaseza

Comentários

Foto de perfil genérica

Que delícia. Adorei demais. As casadinhas são as melhores.

1 0