O dia que tudo mudou: Viciei em comer novinhos afeminados!

Um conto erótico de Dr. Orgasmo (Sigiloso)
Categoria: Gay
Contém 3372 palavras
Data: 09/07/2024 11:24:14

Os últimos 6 meses tem sido de grandes descobertas, reviravoltas e coisas que eu jamais havia imaginado acontecer em minha vida e, mais ainda, saber que eu iria adorar.

Esse é meu primeiro conto, sempre me pego lendo histórias aqui um tanto fantasias, outras excitantes, mas hoje vou contar um fato que deu uma reviravolta completa em minha vida esse ano e de lá para cá vem acontecendo uma descoberta após a outra e venho descobrindo coisa maravilhosas. Vamos ao fato!

Quem diria que depois de maduro eu descobriria tanta coisa nova que simplesmente mudou tudo em minha vida.

Bom amigos deste delicioso site, vou me apresentar e falar um pouco de como sou fisicamente para que possam visualizar melhor essa experiência recente que tenho vivido.

Tenho 45 anos, musculoso e todos falam que aparento ter 33 por aí, mas preciso me dar esse mérito, pois me cuido e sempre tive atividade física intensa presente em minha vida. Além de ter sido militar e estudado em colégio militar desde os 14 anos, o que inseriu cedo em minha vida uma rotina de disciplina, exercício físico e esportes. Já pratiquei algumas artes marciais e hoje corro, nado, surfo quando tenho tempo e vou à academia 5 vezes por semana.

Sou moreno claro, 1,89m e com 105 kg e sou mesmo bem musculoso e bonito. Sem falsa modéstia, mas preciso ser justo com todos os anos de esforço.

Vamos aos fatos. Me divorciei faz menos de 2 anos e dessa união viemos duas lindas meninas e a mais velha acaba de fazer 18 anos.

Sempre convive com a casa cheia de meninas, colegas da escola, pois como eu não bebia era o tio motorista da vez, quase sempre.

Além das garotas, sempre tinha alguns meninos, entre eles o Carlos, mas como todos chamavam o Carlinhos.

Carlinhos um menino bonito, loirinho de olhos azuis, mas com traços bem finos e confesso que mais parecia uma menina do que um menino, porém nunca reparei no seu jeito, até três meses atrás, quando tudo mudou.

Como moro perto da praia em Florianópolis, minha filha pediu para comemorar seu aniversário desse ano em minha casa e é claro que deixei e como era seus 18 anos eu não poupei grana nem esforços, pois queria minha pequena feliz.

O aniversário caiu em uma sexta e no dia marcado a casa virou uma grande balada. A mãe veio mas antes das 00:00 foi embora devido a morar longe e eu com as meninas lá me divertindo e os carlinhos e outros rapazes também.

Como eu fiquei até mais tarde, ajudando na festa e me divertindo junto com a garotada e aproveitando para ficar de olho, afinal todo cuidado é pouco com essa galerinha.

Em um dado momento me sentei atrás da mesa de som e o Carlinhos me trouxe um drink sem álcool, algo como um suco mesmo, estava muito bom e como eles sabem que não bebo ele fez essa gentileza. Agradeci e ele ficou conversando comigo falando que a festa estava legal e que as comidas estavam muito boas e também que o DJ era bem legal.

Confesso que não dei muita bola, achei um pouco estranho ele preferir ficar puxando assunto comigo ao invés de ficar com as meninas ou mesmo os rapazes que lá estavam.

Depois de uma certa hora comecei a ficar com muito sono mesmo, já eram umas 2h da manhã então o DJ encerrou o som ao vivo, paguei a ele e resolvi ir descansar eles ainda ficaram lá se divertindo e ouvindo música. Como confio muito em minha filha e a casa tem câmeras e segurança no condomínio, subi e fui para meu quarto e me joguei na cama, daí nem lembro mais!

Bom, depois de algum tempo, algo inesperado aconteceu que mudou todo o curso de minha vida…

Realmente achei que estava sonhando, senti uns arrepios ao ser tocado na região interna da perna bem de leve, como se alguém estivesse tocando com as pontas dos dedos e era uma sensação muito boa. Lembro que no sonho eu estava sendo punhetado por uma das amiguinhas de minha filha, uma que era quase dois anos mais velha que não estava na festa, a Cecília (nome trocado), pois eu não resisti uma vez e acabei me envolvendo com essa garota, que era um verdadeiro furacão, mas isso eu conto em outra vez, pois ainda mantemos contato e transamos muitas vezes, a garota é insaciável e eu adoro isso.

Voltando ao meu sonho, como eu estava de shorts de futebol, sentia a mão subindo e a ponta dos dedos tocando meu pau, aí acordei e segurei a mão.

O quarto estava escuro, só a luz dos leds do teto meio acessa, mas quando abro os olhos tomo um susto imenso ao perceber que era o Carlinhos!

Lembro que seguei firme na mão dele e falei "que porra é essa muleque?".

O menino gelou, arregalou os olhos e pediu "desculpa tio, por favor me solta"

Cara, fiquei muito puto e bastante nervoso, pois nunca imaginei ser tocado por outro homem, mesmo que um tão pequenino comparado a mim e mais parecido com uma menina do que um rapaz.

Antes deixa eu escrever mais esse garoto. Ele é bem branco, loiro e de olhos azuis e sempre estranhei esse garoto com as meninas o tempo todo, achava que devia pegar todas, mas minha filha sempre falava "ele é um fofo pai". Magrinho, praticamente sem pêlos alguns e com traços bem finos o que hoje eu entendo e já sei que ele é um femboy.

Agora voltando ao episódio.

Ao ver o garoto morrendo de medo eu me dei conta que devo pesar pelo menos 3 vezes seu peso e acho que só meu braço é mais largo do que sua cabeça rs…

Soltei ele e pedi desculpas, apenas que tinha levado um susto. Ele pediu desculpas e ia saindo, aí eu pedi para ele esperar e perguntei o que estava fazendo.

Ele disse que subiu para procurar um banheiro mais tranquilo e abriu a porta do meu quarto sem saber que eu estava lá e ao me ver deitado ficou curioso. Eu perguntei sobre essa curiosidade e ele falou que sempre me achou bem diferente dos outros pais, forte e queria saber como era e foi tocando e ao ver que eu não me mexia contínuo.

Confesso que nunca achei que iria gostar disso, pois sempre tive muito preconceito com relações homoafetivas. Sempre deram muito em cima de mim, acho que por meu porte físico, em todos os lugares sempre fui muito assediado, mas sempre fechava a cara e deixava claro minhas preferência por mulheres, pois adoro lambre uma fêmea e ver ela gozar e se acabar com meu mastro que, modéstia parte, é muito rígido e com 21 cm bem distribuídos.

Bom, para minha surpresa, quando percebi eu estava com o pau muito duro, quase saindo pela lateral do short. Perguntei se ele tinha namorada ou se gostava de alguma das meninas. Ele falou que não, que na verdade nunca tinha ficado com ninguém, tem muita curiosidade sobre os corpos dos homens mais velhos, se um dia ele vai ficar assim e etc.

Percebi que o garoto falava mas não parava de olhar para meu short enquanto eu estava sentado na cama e ele em uma cadeira da minha escrivaninha de frente para mim.

Não sei o que deu em mim, levantei, fui até a porta e olhei para fora, ouvi as risadas vindas do andar de baixo, a música e nada de movimento. Fechei a porta, tranquei e voltei parando de ao lado direito dele com meu pau super duro no shorte já a altura da sua orelha.

Nunca vou esquecer o olhar desse garoto, ele levantou a cabeça com um lindo sorriso e fez uma verdadeira cara de putinha sabe, aquela que se faz de inocente e colocou a mão em cima de meu membro e falou "posso tio?"

Puta que pariu, só falei "é todo seu"

Aí percebi que de inocente aquele moleque não tinha nada, ele abaixou meu short e soltou um "UAU que caralho lindo!"

Foi aí que ele me surpreendeu novamente, achei que iria abocanhar, mas não. Ele se ajoelhou me olhando nos olhos, ficou abaixo de meu mastro, me olhando com meu pau centralizado no rosto e sorrindo. Porra isso parece que mexeu comigo!

Ele foi me olhando, dando beijinhos por baixo, passando a ponta do dedo na cabeça e tirando a babá que já escorria pelo seu rosto e colocando na boca.

O filho da mãe estava me seduzindo…

Cara, eu que sempre achei um Macho Alfa, pegador e que adoro mulheres simplesmente fiquei encantado com aquele menino.

Ele lambia meu mastro, passava a ponta dos dedos em minhas bolas, e quando finalmente ele colocou na boca fazia uns movimentos que me fez urrar de prazer. Nunca imaginei que eu pudesse sentir isso sendo mamado por outro homem, mas eu não conseguia ver o Carlinhos ali com o um homem, ele parecia mesmo uma fêmea querendo ser domada.

Lembro que ele começou a mamar de forma tão delicada que me apoiei na escrivaninha, ele sentou-se na cadeira que tem rodas e ficou mamando eu de olhos fechados nem percebi que ele tinha tirado a roupa, mas não me importei e voltei a recostar na escrivaninha e travar o abdômen para meu pau ficar ainda mais duro e ele segurava com as duas mãos e as vezes circulava a cabecinha com a língua e ora com uma das mãos e só quem é homem que sabe o quanto uma punheta assim é gostosa.

Cara quando abri os olhos vi os olhos do menino brilhando ao me ver ali parado daquela forma, foi aí que vi seu pau branquinho, lisinho bem pequeno e estava bem duro. Acho que o meu dava uns 4 a 5 do dele em tamanho e uns 4 de largura ou mais. Achei estranho, pois com 18 anos meu pau já era bem grande.

Bom, não resisti e segurei esse menino pelos dois ombros, levantei ele e pulou em minha cintura quase que se apoiando em meu pau que ultrapassa sua bundinha. Ele me olhou nos olhos, me segurando com as duas mãos na lateral do meu rosto e falou "me come tio, quero muito ser sua putinha" e aí o inimaginável aconteceu, ele me beijou e eu correspondi como se fosse uma bela mulher ali me beijando. Confesso que eu já não via diferença alguma, que o beijava com tanta fome e desejo que nem ligava mais para absolutamente nada.

Nesse clímax, em um beijo alucinante cai sobre ele em cima de minha cama, comecei a lamber seu pescoço e o menino praticamente virou uma fêmea ali, gemendo como uma putinha do mais alto nível.

Que loucura eu estava experimentando meus amigos e amigas, só em escrever esse relato para vocês, sinto meu pau pulsando e babando toda a minha cueca aqui…

Após esse beijo o coloquei de lado e fui mordiscando seu pescoço, nuca, orelhas e o menino está bem cheirosinho, liso e adorei isso. Percebi que ele travou as persianas em volta de meu membro e ficou fazendo movimentos para frente e para trás e estava super melado devido a meus líquidos não pararam de jorrar devido a minha excitação.

Como adoro lamber minhas fêmeas até elas gozarem muito, eu fiz o mesmo com ele, fui beijando suas costas até chegar aquela bundinha incrivelmente lisinha e depois descobri que ele se depila.

Coloquei deitado de barriga para baixo com um travesseiro na barriga e fiquei louco ao ver o cuzinho dele bem liso e rosa como de um bebezinho, nossa que coisa linda. Não resisti e coloquei a ponta da língua bem no centro e o moleque soltou "Puta que pariu, que delicia tio, me fode por favor"

Mas fiz como faço com todas as mulheres que já fiquei, nada de obedecer e gosto mesmo de castigar. Comecei a lamber em torno do seu cuzinho, colocava a língua dentro, quase que enviada toda ela e ele gemendo com voz feminina me deixava ainda mais louco.

Tomei coragem e peguei em seu pauzinho que estava muito duro e todo babado, mas ainda estranha o pequeno tamanho, mas percebi que ele estava gostando muito, pois a quantidade de líquido que saia era maior que do meu pau, parecia que tinha feito xixi.

Depois de um tempo fazendo isso o coloquei de lado e cuspi na mão e apertei meu pau para sair mais líquido, passei em seu cuzinho e deixei meu pau na portinha, me deixei sobre aquele príncipe totalmente entregue e com a bundinha empinada, não forcei a entrada, só me deitei sobre ele, lambendo sua orelha, seu pescoço e ele só falava "me fode tio" que delicia de homem voc6e é…

Parecia que a cada lambida que eu dava ele mesmo forçava a bundinha para trás e meu pau escorregava, tirei umas duas ou três vezes para pincelar mais líquido meu e dele que eu estava segurando o pauzinho dele muito babando e depois voltava a por, senti naturalmente meu pau escorregando e como eu já tinha muita prática em comer cuzinhos de minhas namoradas, basta deixar fluir que em algum momento a resistência é vencida.

Quando senti meu pau escorregando para dentro daquele menino, fui ao céu e voltei ao ouvir ele falando "me fode tio, que delicia, mete por favor"”

Achei bem corajoso por parte dele, afinal sou muito bem dotado, mas não forcei, deixei ir se acostumando e depois de uns minutos comecei a bombar bem devagar e aumentando o ritmo.

Chegou um minuto que o cuzinho vira uma bucetinha e fica uma delícia de se meter.

Que delícia meus amigos, comi aquele menino de diversas posições feito um urso sedento, mas o que mais gostei foi ficar de pé, pegar ele com uma mão na barriga e outra no pescoço e ele todo empinado para trás e eu gemendo feito louco olhando para o espelho e a putinha de olhos fechados e boca aberta entregue, dominado e só pedindo para ser comido e falando "Vai tio, vai tio, dode fode por favor me fode" cara senti que ia gozar e só então me dei conta que não me preocupei com preservativo, mas confesso que por ser novinho e devido a ver esse moleque crescer nem me preocupei tanto.

para minha surpresa quando eu falei que ia encher o cuzinho dele de leite ele falou, vai tipo, goza em meu cuzinho, quero sentir seu leitinho dentro de mim…

PQP, parece que fui possuído por algo que eu fodi feito louco aquele menino, segurei meu gozo e ao bombar fiquei em choque ao ver o moleque gozando sendo fodido pelo cu, nem sabia que isso era possível, ele gemeu tanto que eu não resisti e gozei junto…

Cara, olha, foi tão gostoso que eu não consegui parar de meter nele e continuei até gozar novamente.

Quando dei por mim que olhei no relógio já estávamos a quase 1h no quarto fodendo e engraçado que ninguém veio procurar ele.

O filho da mão sabe fazer uma cara de putinha, de menina tão linda que ao me deitar exausto de barriga para cima e pau meia bomba ele se deitou do meu lado, ficou com a perninhas balançando para cima e me tocando com as pontas dos dedos rindo e falando "que delicia tio espero que queira repetir outro dia"

Para ficar ainda melhor ele olhou meu pau e ainda foi mamar mais para limpar.

Após me limpar todo, ficou parecendo uma menina ao meu lado sorrindo e começou a conversar e me contar algumas coisas que eu comecei a ligar alguns pontos e ficar surpreso.

Uma dessas coisas foi me contar que nunca tinha dado o cuzinho, que já pegou em alguns paus, mamou mas que nunca tinha tido coragem de dar, que era apaixonado por mim fazia mais de 2 anos, pois ele sempre estava em minha antiga casa ainda quando eu morava com a mãe das meninas.

Ele também me falou que minha filha sabia, que ela até ajudou ele a ir lá me ver, nesse momento gelei e perguntei como assim! Ele falou que ele tinha colocado um pedacinho de um comprimido em meu suco que achava que eu ia dormir, mas calculou mal devido ao meu tamanho e peso e que minha filha combinou com ele, pois queriam ficar à vontade na festa.

Ele falou a ela que iria conferir se eu estava dormindo ai fiquei novamente com raiva, pois o moleque me dopou e ainda estava combinado com minha filha, foi um mix de raiva e vergonha.

Aí ele falou "relaxa tio, ela sabe de tudo e está de boa" por isso ela nem veio aqui, nem devem ter notado direito minha ausência. A doçura daquele femboy era tanta que eu relaxei e fui me deitar falando que era melhor ele descer e no outro dia nós conversamos melhor, já que a maioria deles ficaria lá no fim de semana.

O sacana ainda me deu um beijo e falou "obrigado tio" foi uma delícia e espero que queira repetir, pois se quiser serei sempre seu. Aí saiu do quarto e eu apaguei novamente agora com o efeito do remédio mais o relaxamento de duas gozadas intensas.

O que posso dizer a vocês sobre isso é que nesse fim de semana eu consegui meter nele ainda mais uma vez e nos últimos 3 meses já comi esse menino pelo menos 7 vezes e descobri que gosto muito de ser um Macho Alfa de um Gay novinho, lisinho com traços femininos estilo femboy e passei a desejar conhecer outros e decabaçar os que ainda se sentem em dúvida.

Foi nessa que acabei tirando a virgindade de um amigo dele que eu nem desconfiava e que ele perguntou se eu queria e isso eu conto em outro relato.

Se vocês pensam que é só isso estão muito enganados, após esse fim de semana Carlinhos começou e me contar tudo que aprontaram, como as meninas gostam de se pegar às vezes e que minha filha adora pegar meninas e meninos, muitas vezes ao mesmo tempo e isso começou a despertar em mim um interesse que até então eu nunca havia sentido, até me sinto mal as vezes.

Eles começaram a frequentar muito mais minha casa por eu morar sozinho e um dia minha filha abriu o jogo que sabia sobre eu e o Carlinhos, que me amava muito e que para ela isso era normal e que adorava saber que o amigo estava adorando ser minha fêmea.

Nesse dia a conversa nos levou a um caminho que hoje não sei mais como frear, pois ela estava com mais 2 amigas em minha casa e quando revelou isso as outras também falaram que sabiam e que era de boa.

Nesse dia outro capítulo começou a ser escrito em minha vida, quando uma das amigas dela me fez um pedido, que tinha curiosidade de ver um pau de um homem feito, isso na frente de minha filha e a safada falou, eu também pai… Vou parar essa parte aqui e se muitos lerem, voltarem e pedirem paro para narrar o que vem acontecendo com esse trio.

Sou um homem abençoado em todos os sentidos e vou criar coragem para contar a todos vocês, pois eu fiquei super excitado, babado e me masturbei pelo menos 3 vezes lendo esse meu relato e espero que todos vocês curtam ler o tanto quanto eu curti escrever.

É isso meus amigos, tomei coragem para contar e quero deixar aqui aberto para outros que querem experimentar um macho alfa e que querem ser dominados e tratados como uma verdadeira fêmea na cama.

Sou de Florianópolis e região, se você é um novinho que quer experimentar isso manda uma mensagem que entro em contato e vamos conversando para ver se rola.

Se você é uma mulher que queria também experimentar um homem que sabe fazer uma fêmea gozar de verdade, que se preocupa muito mais em dar prazer do que receber, me chama que o sigilo sempre será absoluto.

Estou aberto a novas experiências!

Quem diria…

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 45 estrelas.
Incentive Dr. Orgasmo a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil genérica

Nada me preparou para esse conto incrível!!!

Simplesmente fantástico!!!

Ansioso para os próximos

Você escreve super bem, posta fotos parecidas de vocês, pra apimentar.

Conta mais de você e do novinho.

Parabéns demais!!!!

1 0
Foto de perfil genérica

Que bom que gostou, relutei bastante em postar.

Vou sim continuar a contar minhas experiências.

0 0
Foto de perfil genérica

Show! Sou maduro depois que comi um Viadinho novinho vicei não quis parar mais é muito gostoso. a mamada é deliciosa.

1 0
Foto de perfil genérica

Como eu gostaria de ter tido na minha adolescência (há uns 50 anos) uma experiência como a do Carlinhos. Eu era muito socialmente hétero, pra tentar viver meus desejos. Um conselho aos jovens: não façam o que eu fiz, me arrependo amargamente até hoje. E mesmo após tendo tido, seguramente, mais de 300 paus em minha vida, esse desejo nunca sumiu.

1 0
Foto de perfil de Tito JC

Muito bom cara!!! Adoro foder um novinho também e escrevo muito sobre isso... Quando tiver um tempinho venha conferir meu perfil e conhecer meu personagem Lukinha e você vai ver como esses putinhos podem ser sedutores... Posta mais, fiquei curioso em ler sobre o amigo que ele levou para você descabaçar. Abraços!!!

1 0
Foto de perfil genérica

Arrombei uma assim bem novinha mesmo

1 0
Foto de perfil genérica

Pior, ou melhor, é que já foram mais dois amigos deles e estou já com medo de todos os meninos do bairro serem assim, rs...

Cara estou adorando fazer de fêmea esses "Femboys"

1 0