Minha primeira vez

Um conto erótico de Luan
Categoria: Gay
Contém 1421 palavras
Data: 07/07/2024 04:58:50
Última revisão: 09/07/2024 21:56:17
Assuntos: Gay

Oii Pessoal! Vou começar me apresentando, Meu nome é Luan (Nome fictício que irei usar nos meus relatos rsrs) tenho 1,80 cm de altura, atualmente com 20 anos, cabelos castanhos meios ondulado e cacheados, olhos castanhos, pele branca e um corpo tonificado por assim dizer rs.

Então, tudo começou na minha infância, eu tinha altura padrão para os garotos da época, tinha um bumbum grande, e eu pau consideração médio uns 12cm, não tinha malícia ainda e não sabia de nada sobre essas coisas de safadezas.

Então, Eu morava com minha vó, e alguns tios meus ainda visitava frequentemente lá, certo dia meu tio apareceu para apresentar sua nova mulher, que já tinha um filho e esse filho era moreno e um pouco menor que eu,um pouco mais magro também, minha vó e a mulher do meu tio se conheceram e tals, e eu fiquei de longe vendo o filho da mulher do meu tio, o tempo passou e resolvi puxar algum tipo de assunto, e consegui, conversamos e logo viramos amigos, o nome dele era caio (nome fictício), os dias passaram e ele começou a frequentar muito lá, e como eu morava com minha vó, sempre o via, certo dia, meu tio perguntou a vó se caio não poderia ficar e dormir lá, já que ele ia resolver umas coisas pela manhã e não tinha ninguém pra ficar com ele, vó não viu problema e deixou que ele dormisse, eu inocentemente fiquei contente porque era alguém para eu brincar junto, o tempo passou e chegou o entardecer por volta das 17:00h, fomos pra cama sentar e ficar conversando depois de ter brincado a tarde toda, a cama era maior um pouco do que aquelas de solteiro, ficamos conversando, até que a gente se enrolou com o lençol, íamos brincar de dormir kkkk, eu virei para um lado e ele virou para o outro, passado uns minutos, senti ele virando e me encostando ficando de conchinha, ficou alguns segundos e eu fiquei parado, depois ele voltou pro outro lado que estava, eu fui e fiz a mesma coisa, quando voltei para a posição que tava antes, sinto ele encostar em mim novamente só que algo me catucando, logo pensei que poderia ser o pau dele, e era mesmo,e meu pau já começava a ficar duro, fui e fiz a mesma coisa, e ficamos nisso por um tempo, enquanto vó lavava os pratos e não tinha mais ninguém em casa, só eu, ele e vó, com o tempo, senti meu corpo esquentar muito, senti uma vontade de sentir o pau dele que já estava duro, na minha bunda nem que fosse um pouco, enquanto ele estava virando pro outro lado abaixei meu short e minha cueca, quando ele virou me encostou de novo, mas percebeu que eu estava sem o short, e começou a passar o pau na minha bunda e continuei deixando, até que sinto ele apertar minha bunda e abrir um pouco, continuei deixando, queria sentir tudo naquele momento, foi então que ele colocou seu pau na entrada do meu cuzinho, fiquei um pouco aflito, porém deixei sem falar nada e ele também não falava nada, só fazíamos, foi a melhor sensação que já tinha sentido, meu corpo parecia pegar fogo, era a primeira vez que sentia algo assim, ele virou abaixou também o short e a cueca e eu fiz a mesma coisa e passei meu pau no cuzinho dele, era uma delícia, porém queria mais que o pau dele passasse em mim, passamos um tempo revezando as passadas de pau no cuzinho, até que tiramos o lençol e fomos ver se vó ainda estava lavando os pratos, e ainda ela estava, voltamos correndo para o quarto, e ele pediu para tentar enfiar, ainda em pé eu só abaixei o short e me inclinei um pouco para frente

Ele diz:

"Abre a bunda um pouco"

Então abri

Ele com o pau duro tentou enfiar, mas como estava seco e o pau dele era menor que o meu, acho que uns 10cm não conseguia enfiar, mas ficamos assim por um tempo, ele tentando enfiar e eu pegando fogo de tesão, mas não sabia o que era essa sensação ainda na época, mas estava adorando, até que tive uma ideia de lamber o pau dele para molhar e ver se entrava, falei para ele e ele concordou, me abaixei e fiquei de joelhos, com ele ainda em pé, quando vi o pau dele duro, me deu uma água na boca, uma vontade de colocar minha boca lá, minha língua que já estava toda salivada, só queria lamber aquele pau naquele momento e provar o gosto, e assim fiz, passei a língua na cabeça do pau dele que estava toda vermelha, ele se tremeu todo, e passei novamente, tinha um gosto salgado, mas era muito bom, continuei lambendo para molhar bastante, e ele solta um gemidinho bem baixo, notei que ele tava gostando, depois que tava bem melado, fiquei em pé novamente, abri a bunda e disse

"Coloca agora, acho que agora entra, quero muito sentir"

Ele concordou e colocou a cabeça na entrar do meu cuzinho que piscava muito querendo sentir aquele pau entrando.

Ele forçava muito, ate que sinto entrando, nos escutamos passos vindo em direção ao quarto, nos vestimos de pressa e ficamos fazendo coisas aleatória

Era vó, que tinha vindo ver o que a gente estava fazendo, já que estávamos calados, e ela voltou e foi para sala assistir televisão

Escoramos um pouco da porta e ficamos do outro lado para ela não ver, já que o quarto ficava de frente para a sala

Eu fiquei louco para sentir aquele pau no cuzinho naquele momento, mas como caio ia dormir lá, nos poderíamos tentar enfiar de noite que era mais tranquilo

Então falei para ele e ele concordou, meu cuzinho ainda piscava e minha boca salivava muito, mas pedi para lamber agora que era a vez dele

Ele abaixou e eu coloquei o pau pra fora, duro que nem pedra, ele passou a língua várias vezes e não gostou muito, porém continuou, até que chupou a cabeça do meu pau

Que delícia, eu delirava naquele momento, mas tentava não gemer e fiquei gemendo baixinho, ele olhou para mim e perguntou:

"Gostou que eu chupei?"

"Então vou continuar, mas vou querer no meu depois"

Eu acenei com a cabeça concordando e ele continuou chupando

E eu delirava muito, era uma sensação que não tinha sentido antes, e ele chupava bem, parecia que ele já tinha chupado antes, ele babou todo, se levantou, abaixou o short novamente, virou de costas e abriu a bunda e falou

"Sua vez de tentar colocar"

Subiu mais fogo ainda no meu corpo, meu pau estava duro que nem pedra e todo babado

Fui e coloquei meu pau na entrada do cuzinho dele e forcei com força e entrou a cabacinha e ele deu um grito, mas eu também sua boca na hora, eu disse:

"não grita se não vó vai escutar"

Ele respondeu:

"Tira que tá doendo"

Então eu tirei, ele disse que não tinha gostado, então a gente parou e ele falou

"Agora me chupa , que eu te chupei já"

Então me abaixei e ele com o pau duro ainda, comecei a chupar a cabeça do pau dele, mas era minha primeira vez e eu não sabia como fazer direito, então ele disse

"Chupa sem os dentes, tá machucando"

Então fiz, comecei a chupar só com os lábios, ele parecia gostar, se tremia e gemia baixinho, de repente ele segura me cabeça e fala

"Continua com a boca assim"

E começou a puxar minha cabeça pro pau dele, fazendo um vai e vai, bem rápido, ele fodia minha boca com força

"Abre a boca"

Eu abri e ele continuou

Apesar de não ser grande dava um encômodo de engasgar

Mas eu estava amando, eu queria mais e mais, e sem saber já tava virando uma puta dele sem ninguém saber

Quando eu ia me engasgar ele parou

E vó começou a andar muito pela casa e paramos e fomos brincar para não ser visto e deixar o resto para de noite.

Se quiser me ajudar so mandar um pix (leru816@gmail.com) fazer esses contos é a forma que acho de fazer renda extra podem mandar qualquer valor já ajuda, mas lembre é so uma doação, ninguém é obrigado a nada, podem mandar seus relatos, tambem e se quiser uma conversa quente sobre também, estarei la, beijos meus amores.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 34 estrelas.
Incentive Luan_Leru a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil genéricaLuan_LeruContos: 4Seguidores: 6Seguindo: 0Mensagem Olá sou uma pessoa humilde, tenho 180 cm, sou comprometido porém ainda não casado no momento, tenho um corpo tonificado e adoro uma safadeza.

Comentários

Foto de perfil genérica

Que delícia e que inveja desses garotos. Sempre fui muito safado e sonhei com isso toda minha infância e juventude e nunca consegui.

1 0
Foto de perfil genérica

É uma delícia mesmo, queria ter aproveitado mais, é uma sensação sem igual. Bjs espero ter gostado!!

1 0
Foto de perfil de Amandha CD Putinha Sul de Minas

Que delícia... dois garotos se descobrindo... deu muuuiiito tesão... tô amando essa história ... louca prs saber mais

1 0
Foto de perfil genérica

Já tem a segunda parte, vou tentar trazer mais o mais rápido possível, espero que goste 😘

1 0
Foto de perfil genérica

Ah, as descobertas na adolescência. Que maravilha é o despertar dos desejos dos nossos corpos com outros corpos iguais ao nosso. Conte-nos mais...

1 0
Foto de perfil genérica

Sim sim, já tem a segunda parte, espero que goste😘

0 0