Pausa/ término do Namoro - Coach do Crossfit

Um conto erótico de Carlinha
Categoria: Heterossexual
Contém 875 palavras
Data: 14/05/2024 16:42:55

Estava em um relacionamento sólido, porém sabíamos de uma possível ida do Alexandre para o Canadá.

Nosso combinado foi namorar até o último dia dele aqui e retomar quando voltasse, se fosse da vontade de ambos.

Último do Alê, a noite ele viajaria. Transamos muito? Sim! De ficar "assada" e lembrar dele após 3 dias. Fiquei com a buceta de "férias" por um mês. Até decidir me matricular no crossfit por um tempo.

No início, o aluno do espaço fica separado do restante da turma. Eu fazia aula no último horário da manhã. As 11h e sempre com mais duas amigas.

Comecei fazendo de calça e top, mas o calor do espaço me fez aderir ao short e ao top. Suava demais.

No final de uma das aulas não podemos sair pois chovia muito. Eu ia com minha amiga, que deixava o carro no prédio de outra amiga pra irmos as três juntas. Nosso objetivo era estimular uma que queria e precisava perder peso. A chuva começou durante o "treino ou wod" e só piorou. Terminamos e não tinha como sair sem não se encharcar. E não queríamos isso.

O coach, treinador sugeriu que ficássemos lá para esperar ao menos amenizar. Almoçamos no restaurante ao lado, sugestão dele e voltamos ao local. Ficamos as três sentadas conversando e um tempo depois ele chegou e se juntou ao assunto. E o assunto namoro, solteirisse chegou. Amiga 1, tinha acabado de casar, e duas de nós estávamos sem namorados. Amiga 2 perguntou dele que falou solteiro de uma forma pacata. Chuva melhorou e eu disse que ia assim mesmo, uma brincou: amiga sua roupa vai molhar e... não completou ficou no ar e ele olhou sorrindo.

Os treinos continuaram, eu ia 2x na semana pois continuava na musculação. Leo sempre se aproximava, olhava, falava, uma atenção a mais que eu não tinha despertado pra nada. Até minha amiga falar que ele tava interessado. E de fato notei passei a dar trela e trocávamos olhares discretos.

Ao final de uma das aulas fiquei esperando minhas amigas irem ao banheiro. Ele se aproximou e elogiou meu desempenho agradeci e disse que só ficaria mais um mês pois os horários me atrapalhavam, ele disse: que pena. Respondi: é, só tenho mais um mês aqui, olhando nos olhos dele. Ele sorriu e disse: - precisa aproveitar ao máximo. Eu disse: - me ajuda? Ele sim!

Mais tarde recebo uma mensagem: oi Carla. É Leonardo do crossfit. Tudo bem? Consegue fazer uma aula amanhã às 20:30?

Respondi que sim.

Ele: disse que ia te ajudar a aproveitar.

Esqueci de comentar com minhas amigas.

No dia seguinte fiz musculação logo cedo e fui trabalhar. Cheguei em casa por volta de 17h, comi e dormi um pouco. Peguei o carro da minha mãe emprestado, o cross não era perto da minha casa, coloquei um shortinho verde cana e um top preto, coque no alto da cabeça e fui para aula. Cheguei e ele me recepcionou bem, fiz a aula toda e no final estava muito suada ficando em frente ao ventilador. Era a última turma e as pessoas indo embora ele perguntou se eu podia esperar. Esperei.

Enquanto isso fui ao banheiro, joguei água no rosto, passei um papel toalha nos peitos que estavam suados. Quando saí já não tinha mais ninguém, lógico que tinha sacado a dele. Ele baixou as portas.

Estava sentado em um banco de madeira, sentei e olhei pra ele sorrindo e me olhando da mesma forma, perguntei: o que quer falar comigo, olhando fixo em seus olhos e mordendo meus lábios.

Ele colocou a mão em direção a minha cintura, perguntou se podia eu sinalize que sim. Me pegou pela cintura e me beijou, sendo correspondido. Perguntei das câmeras, ele me mostrou a direção que nenhuma pegava onde estávamos.

Naquele dia só ficamos nos beijos, ele baixou meu top, me puxou pro colo dele chupando meus peitos. Eu mexia meu quadril deixando bem a minha buceta encostada no pau dele, por cima da roupa. Acho que por ser baixinha sempre me colocam no colo rs.

Tentou pegar em minha buceta, mas falei que estávamos muito suados. Ele me pediu pra chupar mesmo assim, e disse: você só tá salgada e tá cheirosa. Não precisa chupar meu pau, só quero chupar sua bucetinha.

Fomos para sala de avaliacao, ele me colocou sentada na mesa e tirou meu short caindo de boca na minha buceta que estava com pelinhos nascendo. Eu gozei na boca do coach. Ele colocou o pau pra fora que bati punheta e ele terminou gozando em meus peitos, mas não transamos. Fomos ao banheiro que era ao lado e ele me ajudou a limpar a gala ( porra) e mamou em seguida.

Eu precisava ir embora. Saí de lá quase satisfeita. Não fiz aula no dia seguinte com as minhas amigas e ele começou a trocar mensagem comigo.

Na semana seguinte fui na terça as 11h com as meninas e ele continuava a me tratar como antes. Não contei as meninas o que rolou.

Fomos a praia e conversando disse a ele que tinha vontade de transar na unidade que ele dava aula e era sócio.

Ele: vamos transar lá!

Mulher decidida assusta meninos ou "homens imaturos".

Um beijo!

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 12 estrelas.
Incentive Carlinha_ssaba a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil genéricaCarlinha_ssabaContos: 29Seguidores: 34Seguindo: 1Mensagem Baiana, que adora viver Intensamente. Meus contos são relatos reais que aconteceram em minha vida. Apesar de gostar muito de sexo, gosto do clássico rsrs. Só me relacionando com homem e um por vez. Rsrs dúvidas e sugestões manda no e-mail: carlinha.ssa69@gmail.com

Comentários