Minha Moeda de Troca: A proposta de Ana - Parte 5

Um conto erótico de Mr. Sexo
Categoria: Lésbicas
Contém 1483 palavras
Data: 01/04/2024 13:39:05
Última revisão: 01/04/2024 18:28:18

Ao entrar no elevador Clara encontra Ana, Anderson e sua filha com cabelo molhado. Ela estranha, pois é 1h da manhã e Anita estava mandando mensagem e os três não tinham respondido. E pergunta: - Onde vocês estavam?

- Anderson diz:

Estava com a Ana na casa da minha mãe, e eu encontrei a Amanda na portaria e entramos.

E Amanda complementa:

- Sim, mãe. Eu estava na casa da May. Caiu ketchup no meu cabelo. Eu tive que lavar.

Ana não fala nada.

Clara acredita e diz que Anita estava mal e queria entender o que ela sentia. Eles entram e Anita estava passando mal devido a uma intoxicação alimentar. Como Clara é enfermeira, trata dela sem a necessidade de ir ao hospital, devido ao surto de Covid. Ana vai tomar banho e Anderson chega mais próximo de Clara para ajudar e ela sente o cheiro do perfume da sua filha. Ela fica intrigada e começa a suspeitar de todos. Nesse dia ela decide ficar em casa e não volta para o hospital.

No outro dia Amanda vai até o quarto de Ana e pergunta quando as duas transariam. E Ana confirma que seria naquela noite. No mesmo motel. Ao anoitecer, ambas saem. Anderson fica em casa com Anita e a Clara tinha ido trabalhar. Eles pegam o carro do pai de Ana e partem para o motelzinho. Ao chegar, pagam e entram. Estacionam e as duas sobem para o quarto. Ao entrar, Amanda pega o controle e coloca uma música leve e envolvente. Ana diz: - Bom, vamos lá?

Amanda se senta na cama ficando na mesma altura da Ana. Ela o puxa com força e ao aproximar fica olhando para aqueles olhos verdes vibrantes. E Ana diz:

- O que foi?

E ela explica:

- Você é linda.

Ela da uma risada e começa a beijar. Ana não era lésbica ou bi, mas ela tinha planos e a queria satisfazer de qualquer maneira para usa-la na sua vingança. E começa a beija-la com vontade e mostrando um tesão que no fundo não existia. Suas línguas estavam entrelaças e não cabia mais dúvidas sobre os sentimentos de Amanda sobre Ana. Estava realmente apaixonada. Ana entendendo que poderia abusar futuramente da sua paixão, responde com uma pegada em seu corpo que deixa Amanda sem reação. Ambas se beijam, até que a mão de Amanda vai até a bunda de Ana e começa a dar uns tapas e diz:

- Você é muito gostosa

- E Ana diz:

- Você também.

E Ana começa a levantar a blusinha de Amanda. Ao levantar ela vê aqueles seios duros e com os bicos apontados para seu corpo. E inicia a passar a língua em seu pescoço e vai até o encontro dos seus seios. Ela desprende o sutiã, liberando aquela dois melões para respirar. E ela inicia a lamber o esquerdo. Ela chupava aquele bico como uma mamadeira. O do lado direito é objeto de brincar para a mão de Ana. A loirinha ninfeta da um banho de língua nos dois seios, deixando a Amanda sem reação. Até que ela diz:

- Tenho uma pergunta:

E Amanda diz:

- Qual?

- Você toparia, sei lá, ficar com uma pessoa ou um casal futuramente comigo?

E Amanda espantada diz:

- Não entendi onde você quer chegar, Ana...

E Ana responde:

- Vou ser sincera com você. Depois disso se você quiser ir embora, pode ir. Eu quero me vingar de um corno que fez meu pai ir para a cadeia, e que me fez muito mal. Eu quero tirar tudo que ele gosta. Dinheiro, esposa e bens. Quero vê-lo na sargeta, pois foi o que ele fez conosco. E queria que você me ajudasse, não fazendo mal a ele, mas sim me ajudando a infiltrar na família dele.

E Amanda assustada pergunta:

- Pera, você quer se vingar? É isso? E onde eu me encaixo nessa história?

E Ana explica:

- Ele tem uma mulher e uma que mora com ele e que espera um filho. Não sei se vivem um trisal ou se está apenas com uma. Uma é uma ex-amiga minha, e a outra é uma vagabunda que colocou meu pai na cadeia. E vou confessar, quero que me ajude a seduzir elas. Uma eu sei que gosta de mulher, que é a minha ex amiga, essa vai ser fácil. A outra é mais difícil, mas se tu conseguiu me levar para um motel você também a pode.

E Amanda diz:

- Posso ver fotos?

E Ana pega o celular e mostra as fotos de Paulo, Letícia e Juliana.

Amanda diz:

- Realmente mulheres lindas, o cara é bem apresentável, mas não ficaria com ele.

E Ana diz:

- Cuidando delas, eu faço o restante.

Amanda retruca:

Tipo, cuidando delas é seduzir? E Ana assinala com a cabeça afirmando.

E para surpresa de Ana, ela diz:

- Você sabe que eu sou uma pessoa que gosta de recompensas. O que você me daria em troca?

E Ana diz:

- O que você quer?

Amanda diz:

- Metade do que você arrancar dele. E Ana novamente confirma.

E Amanda:

- Está bem. Então volta aqui porque não terminamos. E volta a beijar aquela ninfeta. Ao voltar, ela já começa a subir o top de Ana. Ao levantar e tirar, ela vê aqueles seios pequenos, mas com bicos lindos, e começa a lamber. Uma de suas mãos vai até o short de Ana e começa a desabotoar. Ao tirar toda a roupa de Ana, Amanda vê que era uma ninfeta perfeita, toda durinha e cheirosa. Ela pega e faz Ana deitar de quatro na cama. Ao ver aquele grelo enorme, não pensa duas vezes e começa a brincar. Jogava ele para todos os lados e chupava com gosto, parecendo que estava brincando com um chiclete. Ana se retorcia de prazer, e Amanda vendo aquela cena, ficava com mais tesão. Ela pega dois dedos e enfia na sua buceta e começa a lamber o cuzinho lindo de Ana. Ana estava sentindo o mesmo prazer do dia que fez ménage com a Letícia. Amanda estava afundando seus dedos enquanto escorria um mel delicioso pelos seus dedos. Ana começa a ficar com muito tesão e se deita na cama, e Ana se vire, fazendo um 69. As duas estavam se afundando na buceta da outra. Ana estava gostando daquele sexo, e mesmo não sendo bi, começa a entender que está curtindo cada vez mais uma mulher. Ficam por 10 minutos assim. Amanda se levanta e se deita em cima de Ana e volta a beijar.

Ana olha para aquele rosto perfeito e diz: - Você não tem limite né? E Amanda retruca:

A vida é uma só. Vamos aproveitar. E voltam a se beijar.

No meio dos beijos. Amanda diz: - Putz, podia ter pego meu cinto para fuder a sua buceta né? Ana ri e diz que vai ter uma próxima.

Amanda aproveita e diz:

- Deixa eu fazer uma pergunta. Me responde se você quiser... Qual é o seu maior fetiche?

Ana fica olhando para ela e diz:

Ja fiz ménage, ja transei com desconhecido, com mulher e com o meu primeiro namorado eu transei até no balão. Acredito que não tenha mais.

Amanda ri e diz: - Todos tem um fetiche para realizar.

Ana diz:

- Verdade, talvez uma orgia. Acho que falta isso para experimentar. Ou um swing, quero conhecer um dia. E você?

Amanda responde:

- Quero você e seu pai ao mesmo tempo.

Ana se assusta com a ideia e diz:

- Não vou transar com meu pai.

Amanda diz:

- Não disse isso. Não quero que relacione entre vocês. Quero que apenas vocês possam me dar prazer.

E volta a beijar. O tesão volta a aumentar e Amanda se levanta, se senta na cara da Ana e faz ela chupar aquela buceta molhada e suculenta. Ana devorava como um gato bebendo seu leite. Passa 10 minutos assim e elas invertem o papel. Ana que senta na cara de Amanda e começa a rebolar na cara dela. Como a Amanda sabia dar prazer a uma mulher, ela dá um banho fazendo ela gozar. Ana tremia de tanto prazer. Ao gozar, ela deita na cama. As duas estão cansadas e satisfeitas com o prazer. E voltam a conversar:

Ana: - Posso contar com você?

Amanda: - Pode sim.

Ana: Depois te mostro meu plano.

As duas tomam um banho e voltam para a casa. Ana fica pensando na proposta de Amanda durante o percurso. Ao chegar, elas entram e todos estão dormindo. Cada um vai para o seu quarto. Ao se deitar, ela começa a procurar contos eróticos de incesto ou pai e filha. E encontra um grupo de Telegram. Ela entra e vê relatos de situações. Ela lê alguns, até que decide postar nesse grupo uma mensagem: - Recebi uma proposta de uma amiga para transar comigo e meu pai. O que eu faço? No privado, Miriam a chama. No mesmo momento ela recebe uma foto do pau de Julio. Ana diz: - Eu, você e a Letícia?

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 30 estrelas.
Incentive Mr Sexo a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil de Velhaco

Essa vingança da Ana só cairia bem se seu pai Anderson fosse uma cara injustiçado, mas ao meu ver ficará algo fora da casinha,.já q o pai nunca valeu nada, sempre foi um canalha,um homem sem caráter, se vingar de algo errado não faz sentido

0 0