A Gincana - Parte 21

Da série Gincana
Um conto erótico de Cigana CD
Categoria: Trans
Contém 1461 palavras
Data: 30/03/2024 10:46:36

Chegando lá Papai havia saído, ido no açougue, mamãe estava na cozinha já separando algumas coisa.

- Oi mamãe, bom diaaaaaaa!

- Oi filha, bom diaaaaaaa! Nossa que horas são, acho que estamos meio atrasadas pra tudo né.

- Bom se está falando do almoço, sim, mas pro salão é cedo ainda, o que a senhora tá fazendo, quer ajuda.

- Verdade, falou olhando o celular, viu hora apenas e já foi dizendo o que estava começando, uma torta de morango e creme que eu adoro.

- Mamãe, o papai volta logo?

- Por que a pergunta filha, aconteceu algo?

- Não, é que se formos fazer almoço, perdemos o salão, vamos pedir algo no iFood, ai papai já chega com tudo pronto, é comer e nem louça acumula.

- Boa ideia, pegou, foi escolhendo panquecas, arroz, duas saladas e uma carne de panela.

Pela demora vi que aproveitou leu mensagens e acho que a minha e foi me contando que ela que combinou o almoço com minha sogra e depois anunciaram aos maridos que já providenciaram quem compraria a carne (Papai) e quem compraria a bebida (Sogro) pois ai já ficava tudo gelado lá.

Uma coisa meus pais e os pais do Jr sabiam fazer é um churrasco e mandavam bem na bebida, ficavam bem soltinhos.

Mamãe deixou eu finalizando a sobremesa, foi pro banho ae quando o Delivery chegou, só sobrou eu para abrir, fui lá.

O menino ao me ver, sorriu, me Chamou de LÊ e entregou o pedido, perguntei quanto e ele disse que já tinha sido pago no pedido via pix.

- Como sabe meu nome?

- Lê, estudo na mesma escola que você, mas em outra sala, reprovei de ano 2 vezes, acho que você nunca me viu.

- Hum pode ser, espere, não é o grupinho que fica jogando basquete ali no recreio?

- Sim, esses mesmos, é que com a roupa da empresa e esse capacete dificil reconhecer. Desculpe falou tirando o capacete e mostrando um corte raso no cabelo, estilo na régua.

Ai lembrei, era disputado pelas meninas, pela sua idade e tamanho, realmente ali de roupa de motoboy jamais reconheceria, peguei as coisas e ele safado pegou na minha mão fazendo carinho enquanto estava com as duas mão ocupadas com sacolas e veio e me deu um beijo no rosto se despedindo, mas aqueles quase colados no lábios.

- Obrigada, vou entrar. Falei isso pois percebi papai virando o carro lá na esquina, queria provocar o rapaz, mas o medo de papai que percebi ser ciumento com sua filha falou mais alto.

Fiz de conta que não vi Papai, me virei e sai rebolativa e antes de fechar a parta olhei pro menino e mandei um beijinho com piscada.

Realmente estava louca, me descobri uma safada com os meninos, bom eu adorava provocar todos no colégio, não ia bancar a santa agora, tudo bem que em casa né, rsrsrs.

Estava colocando as coisas na cozinha ouvi o barulho do portão da garagem, papai chegando, foi descendo as carnes pondo na pia, eu fui arrumando a mesa e colocando a comida entre cumprimentar ele com beijinho no rosto com mãos com pratos e talheres e ele perguntou quem era no portão.

- Era o motoboy da comida que mamãe pediu, pra não demorarmos e perdermos o horário no salão.

- E sua mãe aonde tá?

- Deve estar saindo do banho. Bom como ele desconversou, percebi que não viu minha ultima provocação, acho que estava mais preocupado com a moto saindo da frente da casa, na calçada do que com quem atendeu, acho que só viu a moto e o portão fechado.

Mamãe veio com um moleton, rabo de cavalo e pediu para sentarmos comer rápido e olhando pro papai falou.

- AMorziho, faz aquele tempero com ervas, as vasilhas estão já separadas em cima do fogão, tempere, feche com o insulfilme que assim que chegar ajeito melhor.

No salão começamos as duas com depilaçao, limpeza de pele e ai mamãe foi pra cabelos unhas e make e eu pedi as mesmas coisas, mas a menina aproveitou e reajustou sobrancelhas, colocou unhas mais alongadas (pedido meu) e numa cor vermelha.

A tarde, já íamos sair quando mamãe perguntou que roupas eu iria pro churrasco, falei, ela disse não, espere.

Pegou o celular, ligou pra papai, disse que ia demorar mais um pouco, mandou ele tirar uma foto das coisas ajeitadas na geladeira e assim que ele mandou falou.

- Está ok, viu vou fazer umas compras pra nossa filha, algo básico não irei gastar muito, volto as 19hs, peça uma pizza assim que eu te mandar mandar mensagem do Uber.

Fomos as compras, mamãe não queria que eu fosse de shorts, queria uma vestido, e fomos a luta comprar.

Sai de lá com 3 vestidos, um mais lindo que outro e todos bem femininos e curtos, 6 novos jogos de calcinha e sutiã, 3 fio dentais, 2 biquines. Interessante que tudo isso foi mamãe que opinou tamanho, cor etc, foi me dizendo o porque de cada coisa que rimos muito em alguns comentarios dela.

Agora era ir para casa, avisei titia que ia posar na mãe e depois almoçar com eles no Jr e voltava a noite.

Em casa comemos, ao ir dormir mamãe deixou papai na sala vendo jogo e foi comigo pro meu quarto, queria ver novamente como ficou as roupas e definir o look de amanhã.

Ao final ela escolheu um vestidinho floral, com alças e um decote, um sutiã de alças de silicone, com a menor calcinha possível que marcava na minha bunda e no vestido, o saltinho 5 cm baixo mas elegante. Mas ela vez eu experimentar todas as calcinhas se sutiã, alguns ela ja ajustou no tamanho das alças, percebi que ele deixava mais apertado do que eu deixava, mas disse que isso valorizava o tamanho e o decote ficava mais pronunciado, mostrou a diferença no espelho e entendi.

- Filha, durante a aula, no dia a dia pode usar ele mais solto, até da um balanço provocador nos meninos, mas a noite, seja mais fatal, deixe eles firmes e pronunciados, vai ver que os meninos não irão tirar os olhos, alem do que ao menor sinal de excitação sua, os bicos marcam a roupa, dando sinal ao menino que você está a fim dele.

- Nossa mamãe, até parece que tenho namorados, viu tenho só o Jr.

- Tá filha, vou acreditar, um só, a fruta não cai longe do pé, acredite em mim, até achar sua verdadeira paixão, vai sim sair por ai provocando e ficando com muitos meninos, se é que já não tem provocado eles né, pois sua tia me disse que tem dias que vai pra aula igualzinho eu ia, uma biscatinha querendo provocar os moleques punheteiros.

- Nossa mãe, credo eu hein, mas sim verdade adoro provocar os meninos.

- Meninos e meninas né, não se engane, ali todos estão prontos pra te pegar, ou pelo menos pra uns beijos e quem sabe uma ajudinha mais safada Falou isso e eu olhei com cara de dúvida e ela já completou. Lê, to dizendo em você aliviar os meninos ou com uma punhetinha por dentro do shorts ou até um beijinho com leitinho, não se faça de pura, lembra que já falamos sobre isso.

- Ai mãe, fico com vergonha, mas sim, tá bom, hoje mesmo desejei dois meninos, um lá no parque e o motoboy, que é da escola, nossa me dá um fogo ver eles me olhando e percebo o volume nos shorts, o motoboy chegou até a marcar a roupa mais grossa dele, nossa me deu uma coceirinha nos seios.

- É bem isso, eu sei eu era assim, mas cuida hein, doenças e tudo mais, lembra que no meu tempo não tinha, o mais perigoso era ficar muito mal falada, tipo a boqueteira da escola, que por sinal reinei por 2 anos com esse titulo rsrsr. Ai as vezes dá uma vontade de pegar um antigo namoradinho.

- Nossa mamãe e o papai?

- EU e ele já conversamos sobre isso, ele disse que não gostaria, mas não quer me proibir, preocupado com eu me expondo, mas se for consenso ele deixaria, desde que também pudesse escapar. Combinamos que não seria com desconhecido, se fosse pra acontecer seria com alguém que confiássemos.

Bom aquela conversa me aliviou e me deixou pensativa se papai e mamãe já não faziam suas saidinhas, fui tentando lembrar e tinha umas 10 ou 12 vezes nos últimos anos que eles saiam e em 2 ou 3 voltavam bem altinhos e naquela noite; madrugada iam ate cedo namorando. Bom, ri pensando em recuperar o título de boqueteira pra família, olha aonde eu estava já com a cabeça, mas pensei como Jr ficaria nisso tudo, bom tinha que pesquisar melhor isso ao mesmo tempo que discretamente tirar estas dúvidas com Jr.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 14 estrelas.
Incentive Cigana_cd a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil genéricaCigana_cdContos: 105Seguidores: 91Seguindo: 53Mensagem Sou crossdresser, amo tudo!

Comentários

Foto de perfil genérica

Puxa, sei que demorei em continuar, desculpa leitores.

0 0