Dei gostoso para o amigo pretinho do meu irmão - part. 2

Um conto erótico de Japinha
Categoria: Heterossexual
Contém 1498 palavras
Data: 11/02/2024 13:02:37

E aqui vai a sequência da parte 1 do conto do dia em que dei gostoso para o amigo pretinho do meu irmão.

Após entrarmos em meu quarto, Matheus fechou rapidamente a porta, a atmosfera tornou-se ainda mais íntima e intensa. Matheus não perdeu tempo em se entregar ao desejo que nos consumia, rapidamente me agarrando e me levando em direção à cama. Ele me colocou na posição de quatro, tirando seu shortinho lentamente enquanto admirava a visão irresistível à sua frente.

Matheus — Você é tão linda assim. (Já com a voz rouca de tesão.)

Ele sorriu com malícia, seus olhos famintos devorando cada centímetro do meu corpo exposto, começou a dar tapas, apertar, beijar e morder minha bunda com vontade, explorando cada curva e contorno com devoção, o que me fez ficar o mais empinada possível para ele. Minha respiração ficava mais pesada conforme ele se aproximava vagarosamente da minha bucetinha, os lábios ansiosos para provarem o sabor do meu desejo.

Eu — Oh... Isso é tão bom... (Gemendo de prazer enquanto sentia ele se aproximar cada vez mais.)

Matheus começou a me chupar, alternando entre minha bucetinha e cuzinho, me levando à beira da loucura com cada toque habilidoso de sua língua e dedos. A sensação de prazer era avassaladora, enquanto Matheus explorava cada parte sensível de meu corpo, levando-me a um estado de êxtase inebriante. Cada movimento era uma promessa de prazer, fazendo-me eu me perder nas sensações deliciosas que ele proporcionava.

Enquanto Matheus explorava cada centímetro do meu corpo com sua língua e dedos, eu me encontrava em um estado de êxtase absoluto. Cada carícia, cada beijo, era como uma descarga elétrica de prazer que percorria todo o meu ser. Eu só conseguia gemer e pedir mais, meus pedidos eram atendidos com prontidão, conforme Matheus intensificava suas carícias, alternando entre chupar minha bucetinha e lamber meu cuzinho, dando tapas em minha bunda, me abrindo toda para ele.

Matheus — Você é tão gostosa, eu poderia fazer isso a noite toda...

E era o que eu realmente queria, suas palavras roucas ecoavam em meus ouvidos, aumentando ainda mais minha excitação. Cada movimento dele era calculado para me levar ao limite, e eu me sentia completamente entregue ao momento, perdida nas sensações que ele me despertava.

Eu — Oh... Eu estou tão perto... (Falava entre gemidos)

O calor dentro de mim continuava a crescer, enquanto Matheus me levava cada vez mais perto do ápice do prazer. Eu me entregava completamente ao momento, deixando-me levar pela onda avassaladora de sensações que ele provocava em mim. Cada vez que sua língua tocava minha pele sensível, eu sentia meu corpo se contorcer de prazer. Meus gemidos ecoavam pelo quarto, preenchendo o ar com uma tensão erótica palpável. A sensação de seus dedos habilidosos se movendo em sincronia com sua língua era avassaladora, me levando a novas alturas de prazer.

Eu — Isso... continua… eu estou tão perto... (Dizia entre meus gemidos)

Meu corpo pulsava de desejo enquanto Matheus intensificava seus movimentos, me deixando à beira do êxtase. Cada sensação era amplificada, cada toque parecia aumentar minha excitação até o limite. Eu sentia como se estivesse flutuando em um mar de prazer, completamente entregue à habilidade e desejo de Matheus.

Finalmente, eu senti a tensão atingir o seu ápice, meu corpo tremendo com a iminência do orgasmo. Com um último impulso, eu me deixei levar pela onda avassaladora de prazer, meus gemidos soavam mais alto, então abafei com um travesseiro, deixei me ir, gozei com Matheus me chupando, ele continuou por um determinado tempo ali, enquanto eu me recompunha, então tomei a iniciativa e troquei de posição com ele. Agora era minha vez de liderar. Ele se deitou e eu me ajoelhei ao seu lado, começando a beijar sua boca, ainda sentindo o gosto de mim mesma em seus lábios. A excitação pulsava em cada célula do meu corpo enquanto eu me movia para explorar cada centímetro do corpo de Matheus.

Eu — Você é tão delicioso... (Falava entre os beijos)

Eu desci pelo corpo de Matheus, beijando e mordiscando cada parte, até chegar em seu calção. Comecei a tirar lentamente, revelando o que estava escondido por baixo. Meu coração quase pulou do peito ao ver aquele pau rígido e latejante em minha frente, com seus impressionantes 20cm, grosso e cheio de veias, com uma cabeça do tamanho de um morango.

Eu — Uau... é incrível.

Eu comecei a acariciar aquele membro magnífico, minhas mãos mal dando conta daquele tamanho. Mas eu encarei o desafio com determinação, dando beijinhos por todo ele antes de começar a chupar suas bolas, bati com o pau dele em meu rosto, podendo sentir o peso daquele pau. Em seguida, eu passei a língua por toda a extensão do pau de Matheus, antes de finalmente colocá-lo na boca o máximo que pôde. Eu fiquei mamando a cabeça, forçando a fazer uma garganta profunda o máximo que conseguia. Matheus segurava firme meu cabelo, mas não forçava, me deixando à vontade para experimentar e me entregar ao prazer que ele proporcionava. A sensação de ter aquele pau duro e pulsante em minha boca era indescritível, e eu estava determinada a explorar cada centímetro dele. Enquanto eu me dedicava a dar prazer a Matheus, ele não conseguia conter seus gemidos e palavras de excitação.

Matheus — Isso, minha putinha... Chupa bem gostoso...

Suas palavras enviavam arrepios pela minha espinha, alimentando ainda mais o fogo que ardia dentro de mim. Eu me sentia irresistivelmente excitada com o domínio que Matheus exercia sobre mim, entregando-me completamente ao prazer. Eu me esforçava ao máximo para satisfazer os desejos de Matheus, movendo minha boca com habilidade e determinação. Cada sucção, cada movimento de língua era calculado para levá-lo à beira do êxtase, e eu estava determinada a fazer dele uma experiência inesquecível para ambos.

Ele gemia de prazer, seus dedos se entrelaçando em meu cabelo enquanto ele se entregava ao prazer avassalador que eu proporcionava. A sensação de tê-lo em minha boca era intoxicante, e eu me sentia poderosa em minha capacidade de levá-lo à beira do delírio.

Eu — Eu quero te fazer gozar tanto na minha boquinha... (Sussurrei entre os movimentos)

Minha voz era um sussurro carregado de desejo, alimentando ainda mais a paixão que ardia entre nós dois. Com cada movimento, eu me aproximava mais e mais do objetivo de levá-lo ao ápice do prazer, determinada a levá-lo a novas alturas de êxtase.

Com maestria e desejo ardente, eu combinei chupar e masturbar Matheus, olhando em seus olhos, levando-o cada vez mais perto do ponto de não retorno. O calor entre nós atingiu outro nível e eu me entreguei completamente ao prazer de proporcionar prazer a ele.

Eu — Isso... eu quero sentir você gozar para mim... goza na minha boquinha, goza na boquinha da sua putinha...

Minhas palavras provocativas ressoaram pelo quarto, alimentando ainda mais os nossos desejos. Eu continuei a acariciá-lo com habilidade, minha boca e mãos trabalhando em conjunto para levá-lo ao ápice do prazer.

Então, não demorou muito para Matheus me dar meu merecido prêmio. Com um urro de prazer que ecoava como o rugido de um touro, ele jorrou uma quantidade abundante de seu leite quente, cobrindo meu rosto e parte de seu corpo.

Matheus — Oh, porra... isso... é demais...

Mesmo após ele terminar, eu continuei a mamar, deixando o pau dele todo limpinho, demonstrando meu desejo de satisfazê-lo completamente. Cada movimento era carregado de devoção e prazer, e eu me sentia completamente envolvida pelo momento.

Após um tempo delicioso mamando Matheus, eu percebi que seu pau continuava duro e pronto para mais. Com um desejo insaciável pulsando em meu interior, eu me levantei da cama e me dirigi ao armário, determinada a tornar meus desejos realidade.

Com os dentes, eu rasguei o pacote da camisinha e a segurei entre os lábios, para preparar Matheus para a próxima fase de nossa aventura erótica. Com passos decididos, retornei à cama, onde ele aguardava com olhos cheios de desejo. Sem hesitar, eu coloquei a camisinha em seu pau, enquanto ainda lhe dava uma boa chupada, aproveitando cada segundo da sensação quente e pulsante em minha boca.

A camisinha era claramente pequena para o pau imponente de Matheus, agasalhando-o apenas até a metade. Mas eu estava determinada a não deixar nenhum obstáculo impedir o prazer que nós dois buscávamos. Com a camisinha no lugar, eu saí da cama e me posicionei de quatro no sofázinho que fica em meu quarto, exibindo minha bunda empinada e convidativa para Matheus.

Eu — Vem... me fode gostoso. (Falei olhando para trás, com um olhar provocante)

Minha voz estava carregada de desejo e anseio, enquanto eu fazia um gesto com o dedinho, convidando-o para se juntar a mim nessa dança erótica. O desejo pulsava em cada célula do meu corpo, e eu estava pronta para receber Matheus em minha profundidade, desejando sentir cada centímetro de seu pau duro dentro de mim...

Por enquanto, é só isso até aqui, encontro vocês na continuação deste conto. Um beijinho da Japinha de vocês. 😘❤️

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 15 estrelas.
Incentive Japinha20 a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de Japinha20Japinha20Contos: 13Seguidores: 27Seguindo: 8Mensagem Prazer, eu sou a Japinha, como o nick já diz, sou descendente de japoneses, tenho 20 aninhos e 1,60 de altura, corpo bem cuidado de academia, com curvas definidas, um bumbum redondinho e empinado, e peitinhos médios, sou bastante travessa, extrovertida e amante de diversão. Não tem medo de explorar minha sexualidade e estou sempre em busca de novas aventuras. Tenho uma paixão especial por sexo e adoro compartilhar minhas experiências e aventuras. Decidi usar o site como uma forma de compartilhar minhas histórias e experiências com outros entusiastas do prazer.

Comentários

Foto de perfil genérica

Que delicia, adorei a atitude, continue assim

felipemeto88@outlook.com

1 0
Foto de perfil de Baianinho23

Nossa que delícia de conto, vc sabe bem detalhar os acontecimentos

1 0
Foto de perfil genérica

Excelente conto muito excitante gostoso D + deixa eu admirar toda essa sua beleza Japinha geraldoobaoba53@gmail.com

1 0
Foto de perfil de Japinha20

Obrigada 🤭🥰 me chama pelo telegram: Mahueda

0 0