Descobrindo meu lado puta

Um conto erótico de Bella (Avg)
Categoria: Heterossexual
Contém 980 palavras
Data: 16/11/2023 18:42:38

Descobrindo meu lado puta

Me chamo Kelly tenho 36 anos, branca , cabelos castanhos, seios grandes, bunda grande, corpo esbelto , enfim, uma mulher comum.

Sou casada há 10 anos com Carlos . Por me achar não muito atraente e não chamar a atenção dos homens acabei me casando logo com o primeiro homem que se interessou por mim. No começo era muito amor, carinho, porém no sexo nunca me senti totalmente feliz e com o tempo comecei a ter fantasias, vontade de conhecer outros homens, porém devido minha criação religiosa e minha insegurança nunca me envolvi com ninguém.

Pois bem, o que passo a contar aconteceu em meados de 2018, nessa época, meu marido e eu decidimos dar um tempo no casamento, as coisas não funcionavam mais direito e ele foi embora de casa.

Por não termos filhos, tudo ficou mais fácil pra gente.

Ficamos um ano e dois meses separados e foi quando tudo aconteceu.

Como falei antes eu já sentia vontade de ter outros homens, vontade de conhecer outras rolas e isso me excitava demais.

Comecei a entrar na net e ver filmes e vídeos pornôs, conversar com homens e isso foi me dando mais confiança, porém, mesmo assim ainda me faltava coragem de sair com alguém. Já fazia quatro meses que eu estava separada e louca para transar, me masturbava quase todo dia, mas não era a mesma coisa.

Tudo aconteceu quando precisei montar um guarda roupa em minha casa e pedi para meu primo Edson me ajudar, na época ele tinha apenas 19 anos, mesmo assim não parecia, pois é um rapaz moreno, alto, forte que chama a atenção, mas nunca imaginei que rolasse algo entre nós algum dia até por causa da diferença de idade.

Era uma sexta-feira e ele disse que poderia ir me ajudar depois do trabalho, falei que sem problema.

Edson chegou por volta de seis da tarde em casa e começou a me ajudar.

Eu estava usando um shortinho rosa de algodão, uma camisetinha branca sem sutiã e percebi que ele ficava olhando para minhas coxas, seios e bunda sempre que podia.

Até então não me passava pela cabeça nada com ele, porém o calor do momento e meu tesão começaram a me fazer imaginar coisas.

As horas foram passando e ficou tarde para ele ir embora, então falei pra ele dormir em casa mesmo, nesse momento eu já imaginava várias safadezas com ele.

Edson então foi tomar banho, dei a ele uma camiseta e um shorts que meu marido tinha deixado em casa ainda e depois eu fui também.

Coloquei um baby doll de dormir branco, bem curto e transparente. Pedi uma pizza e ficamos conversando e vendo TV.

Percebi então que Edson estava de pau duro, isso me deu mais tesão ainda, então sem pensar em nada acabei deitando minha cabeça em seu colo e comecei a alisar seu pau por cima do shorts mesmo.

Edson se silenciou , porém não falou nada e então começou a alisar minha cabeça, ombros e foi descendo até minhas coxas e bunda.

Minha buceta piscava de tesão, me ajeitei e tirando sua rola pra fora abocanhei aquele pauzão preto, grosso que deveria ter uns 20cm, bem maior que o do meu marido. Comecei a chupar com gula e Edson gemendo e segurando minha cabeça.

Não deu nem cinco minutos ele começou a punhetar seu pau em minha boca e encheu ela de porra.

Por ser a primeira vez que alguém gozava em minha boca, achei estranho o gosto, porém tomada pelo tesão engoli o máximo que pude.

Então o chamei para o quarto e então começamos a nos beijar, alisar e fomos tirando nossas roupas.

Essa altura Edson já estava de pau duro novamente e então me deitei ele veio com tudo por cima de mim e só de encostar seu pau em minha buceta ele entrou todo de uma vez de tanto tesão que eu estava.

Mesmo não sendo tão experiente, Edson começou a me foder deliciosamente, socando com força, me beijando, sugando meus seios. Meu tesão era tão grande que em pouco tempo, gozei aos berros.

Edson então me colocou de quatro e continuou fodendo minha buceta, ele dava tapas em minha bunda, puxava meus cabelos, me chamava de prima puta e safada, coisas que eu nunca havia tido com meu marido.

Meu tesão era tanto que eu me virei e disse para Edson: - Come meu cú primo safado!

ele não se fez de tímido e tirando da minha buceta começou a empurrar devagar em meu cú que havia sido comido apenas duas vezes até então.

Mesmo sentindo um pouco de dor, eu pedia mais e a dor até me dava mais tesão.

Ele então começou a socar mais forte, bater na minha bunda.

Eu comecei a tocar em minha buceta e me acabei num orgasmo maravilhoso,que há muito tempo não tinha.

Percebi que ele também estava prestes a gozar e então pedi para ele gozar em meu rosto e seios, o que ele fez sem exitar.

Mesmo tendo gozado antes ele ainda soltou bastante porra quente que me deixou toda meladinha e satisfeita.

Após descansarmos, fomos tomar banho juntos e após isso, voltamos para a cama e ficamos conversando sobre a loucura que tínhamos feito.

Pedi a ele que aquilo ficasse entre nós. Naquela noite transamos mais duas vezes e de manhã ainda antes dele ir embora.

Nos meses que se seguiram,

Edson começou a ir em minha casa me foder todo final de semana, ninguém jamais desconfiou por causa do meu jeito de mulher séria e também por causa da idade dele. Depois que meu marido e eu voltamos, não parei de dar para ele, continuo até hoje, mesmo não sendo com tanta frequência como gostaria.

Além disso, tive outros dois machos nesse período, pois comecei a me soltar mais e ter mais segurança e confiança em mim.

#ContosDaBella

#AVG

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 72 estrelas.
Incentive Bella (Avg) a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de Bella (Avg)Bella (Avg)Contos: 12Seguidores: 20Seguindo: 3Mensagem Amo escrever .

Comentários

Foto de perfil genérica

És o tipo de gata que adoro. Leia as minhas aventuras. Eis meu e-mail: envolvente47@hotmail.com

1 0
Foto de perfil genérica

Sempre quis conhecer uma casada como você... Adorei

meupokemongo.03@gmail.com

1 0
Foto de perfil genérica

Bah, que tesão. Não deixe que este corno enrustido chamado Filhótico diga asneira. Deleta ele. Conto tesão mesmo.

4 0
Foto de perfil genérica

Vagabunda ainda transa sem proteção

1 4