meu professor favorito... Capítulo 1

Um conto erótico de Apenas uma sonhadora
Categoria: Heterossexual
Contém 392 palavras
Data: 12/11/2023 23:23:43

A aula havia acabado há 40 minutos. Estava estudando em uma das mesas do corredor que levava às salas, como sempre. O calor me fazia suar levemente. Suspirei.

— Você por aqui, Sara? — Sua voz irrompeu em meus ouvidos. Era ele.

— Ah... — Virei-me para trás. Fitei seus olhos castanhos, seu rosto calmo e tão misterioso. — Tô só estudando, professor.

— Posso falar um momentinho com você? — Sua expressão parecia levemente chateada. O que havia acontecido? Perguntei-me.

— Claro! — Assenti, fechando meu livro e levantando-me imediatamente. — Onde?— Estou muito decepcionado com você, Sara. — Ele tocou em meu ombro, olhando-me com uma severidade surpreendente. Estávamos na sala de aula, vazia após o dia. — Você é uma aluna tão boa... Como pôde tirar 7?

— Desculpe-me... — Baixei a cabeça.

— Não aceito suas desculpas. — Ele levantou meu queixo com sua mão, encarando meus olhos de maneira desconcertante. — Sinto que merece uma punição. — Luciano sorriu de uma maneira inesperada, revelando uma parte de si que não conhecia.

— C-como!? — Murmurei. Sua mão passou para meu rosto, acariciando minha bochecha.

— Não se faça de ingênua, Sara. — Repentinamente, ele colou seus lábios contra os meus, envolvendo-me num beijo trôpego e lânguido.

Luciano envolveu minha cintura e puxou-a contra si, fazendo meu corpo arrepiar. Ele alisou meus quadris, passando para o pescoço.

— Luciano, nós não... — Tentei empurrá-lo, mas ele era forte demais para mim.

— Vai falar de moral agora!? — Ele riu. — Percebi que você estava de olho em mim há um bom tempo. E eu também... Não consigo parar de pensar em você, garota. — Ele apertou minha coxa.

– Você tem razão... — Ofeguei— Sara? — Uma voz fora do meu cenário imaginário me chamou.

— Hm? — Suspirei. Sempre fazia minhas fantasias debaixo do cobertor, de bruços, então minha irmã não percebeu o que estava fazendo.

— Não é nada, só vim checar se já estava dormindo. Amanhã tem aula! — Ela fechou a porta, deixando-me sozinha com meus pensamentos.

"Como eu poderia esquecer disso? Amanhã é dia da minha aula favorita: Biologia."

Eu gostava muito de Luciano. Tinha um interesse especial por homens mais velhos e inacessíveis, como ele. Era alto, forte, com sua pele bronzeada e olhos castanhos... Inteligente, calmo, tudo que poderia desejar.

Nós não conversamos muito, na verdade. Às vezes, ele sorria pra mim, e eu retribuía o gesto. De resto, eram só fantasias noturnas minhas. Mas planejava mudar aquilo, a partir de amanhã. Eu preciso dele.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 9 estrelas.
Incentive Apenas uma sonhadora a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de Apenas uma sonhadoraApenas uma sonhadoraContos: 5Seguidores: 11Seguindo: 1Mensagem

Comentários

Este comentário não está disponível