Flavia, transformei minha inocente esposa em puta

Um conto erótico de PauloeFlavia
Categoria: Heterossexual
Contém 1671 palavras
Data: 12/11/2023 10:45:10

Após alguns meses tendo nossos relatos escritos pela Flávia, decidi relatar uma de nossas últimas aventuras, para quem ainda não leu nenhum relato nosso meu é Paulo 43 anos casado com Flávia há 18 anos, ela é uma Loira de 39 anos, 1,70 altura, 68 quilos, cabelos compridos até a cintura, seios maravilhosos e uma tatuagem de uma fênix que ela fez fazem pouco mais de 4 meses, aliás este é o tempo também que minha doce e inocente esposa se tornou em uma verdadeira devoradora de homens. Após eu a incentivar a dar para outro homem no caso nosso amigo Alex, eu não imaginei que ela se tornaria tão devassa, está mulher só pensa em sexo, parece que até como em sua tatuagem ela renasceu, com a diferença que ela renasceu com sede de sexo. Eu jamais imaginei que ficaria tão insaciável, provocante, sexy e safada como ela ficou.

Ela se tornou uma mulher cheia de atitude, confesso que após ela me surpreender me algemando e dando para o nosso amigo na minha frente eu fiquei um pouco assustado, mas foi quando ela decidiu dar para outros caras além do nosso amigo que eu perdi o chão, cheguei até a pensar que ela me deixaria e viveria uma vida de solteira, mas para minha surpresa, quanto mais puta a Flávia se torna mais carinhosa, amorosa é até meiga comigo ela fica, transamos quase todos os dias, ela goza comigo como nunca havia gozado antes, eu falo para ela que ganhei uma nova mulher, e ela fala que jamais imaginou vivenciar estas experiências maravilhosas, Flávia se tornou tudo o que um homem deseja, uma dama na sociedade e uma puta na cama.

Após os relatos anteriores percebi que Flávia estava cada vez deliciosa, ela exala sensualidade , sem ser vulgar ela consegue aliar sensualidade e elegância, na festa da empresa percebi claramente isso os homens olhavam para ela com desejo, mas ao mesmo tempo com uma certa admiração.

E eu percebendo que minha mulher vive em um estado de sensualidade quase total, decidi fazer uma surpresa para ela.

Na segunda-feira avisei a ela que sexta iriamos sair para jantar e após isso passaríamos a noite em um motel, mas que tinha uma condição, iríamos ficar sem transar até sexta, inclusive ela é claro, queria que na sexta aquela mulher estivesse pegando fogo mais do que o normal. É claro que ela relutou um pouco mas aceitou, na verdade ela falou que eu não iria aguentar e realmente foi difícil segurar, safada e provocadora do jeito que ela está foi uma missão quase impossível, mas resisti com louvor.

Chegando na sexta-feira acordamos com um fogo absurdo, mas fomos trabalhar, durante o dia ela ficou mandando mensagens para me provocar, em uma delas ela disse:

Meu gerente está me chamado para almoçar, amor você sabe que a trepada com ele não foi das melhores, mas é melhor do que esperar até a noite.

Falei para ela : o trato não foi esse, me espere até a noite.

Na sequência ela mandou um vídeo da buceta dela completamente melada e disse;

Olha o meu estado, está noite tem que valer muito a pena, você se prepare para dar conta, senão eu entro em qualquer quarto do motel e devoro o primeiro que aparecer kakakaka

Flavia como trabalha como autônoma e conseguiu ir para casa mais cedo para se arrumar, eu sempre confiei no bom gosto dela para se vestir, chegando em casa ela já estava pronta, quase tive um treco, ela estava com um vestido vermelho longo, mas completamente colado ao corpo, uma fenda lateral mostrando uma de suas pernas e como sempre um decote maravilhoso e as costas eram como se fosse nuas mas ao mesmo tempo com algumas amarrações, o cabelo preso estilo rabo de cavalo ou seria cavala? Calcinha minúscula e um salto alto perfeito, ela estava transpirando sexo, ela olhou para mim e disse comprei esse vestido especialmente para hoje, meu pau ficou duro na hora a vontade era de desfazer toda aquela produção e devorar aquela mulher ali mesmo, ela ainda para me provocar me deu beijo delicioso e pegou no meu pau e chegou até o meu ouvido e com voz meio rouca disse:

Espero que você esteja pronto porque hoje eu estou pegando fogo. Faltou pouco para eu devora-la ali mesmo, mas resisti e fomos ao restaurante.

Chegando lá deixei ela entrar primeiro enquanto fiquei trocando ideia com o manobrista, fiz de propósito só para ver a reação dos caras no restaurante, todos olharam, era difícil não olhar, além de bonita e bem vestida, sua atitude sensual é algo que atrai muitos olhares, eu brinco com ela que ela não anda, desfila, isso mesmo antes de ser liberada já era assim, sempre chamou atenção.

Sentamos na mesa jantamos e ela doida para saber o que de tão especial tinha nesta noite, eu falei para ela curtir o momento, ela como sempre fazendo carinhos em mim, me beijando falando putarias ao pé do ouvido e eu retribuindo é claro.

Me levantei fui ao banheiro e quando voltei ela já estava com um cartão de um cara que antes de ir embora passou o telefone para ela, parece que a atitude dela atrai essas situações, é claro que aquilo deixou ela mais tesuda, antes de sairmos ela foi ao banheiro, paguei a conta e fiquei na porta esperando, quando ela volta me da um beijo e pega na minha mão e me entrega a sua calcinha e diz:

olha o estado disso.

Nossa a calcinha estava encharcada , entramos no carro e ela falou:

Amor eu preciso chupar o seu pau eu não estou aguentando de vontade.

Eu: do jeito que eu estou vou gozar muito rápido.

Ela: não tem problema no motel te chupo de novo.

Enquanto eu dirigia ela foi me chupando em pouco nas de 1 minuto eu estava enchendo a boca dela de porra, ela não deixou cair uma gota sequer, ela engoliu tudo, fiquei impressionado com a prática dela, é claro que nos últimos meses isso tinha se tornado algo comum para ela.

Ao chegarmos no motel ela descobriu o motivo da surpresa, nosso amigo Alex já estava nos aguardando, essas mulher ficou eufórica ao ver ele, fazia mais de 1 mês que eles não se viam e eu liguei para ele para poder comer ela, mas desta vez a surpresa não era só ele, iriamos os dois desfrutar daquela puta.

Quando ele há viu, assim como eu ele ficou transtornado ela estava maravilhosa mesmo.

Ela deu um belo beijo nele o que eu achei ótimo porque ela tinha acabado de engolir minha porra, achei engraçado, a putaria começou, essa mulher estava desesperada, ajoelhou e foi logo chupando o pau do seu amante, na sequência ele chupou a buceta dela enquanto eu chupava os peitos dela, chupamos ela deliciosamente até ela gozar, a boca do nosso amigo ficou toda melada, ela gozou demais, afinal de contas uma semana sem meter.

Após esta gozada maravilhosa ela montou em nosso amigo e começou uma cavalgada maravilhosa, mas para sua surpresa eu cheguei por trás dela apontei meu pau no seu cu e fui empurrando, ela estava completamente entregue, ela não conseguia falar apenas gritava e gozava, eu nunca tinha visto ela daquele jeito, ela estava transtornada, conforme fui bombando em seu rabo delicioso ela deitou seu corpo sobre nosso amigo, colocando um de seus peitos na boca dele, e aí você podem imaginar, ela que adora ter os peitos chupados com um pau na buceta e outro no cu deixaram aquela mulher completamente preenchida e satisfeita, começamos a bombar com força ela tremia de tanto que gozava, eu falava para ela sabia que você ia gostar, você é muito puta ela olhou para trás e disse; a culpa disso é sua seu corno, neste momento o Alex começou a urrar estava gozando na buceta dela eu na sequência comecei a bombar mais forte naquele cu e enchi ele de porra, ela gritava, temia e rebolava como uma louca, foi uma cena maravilhosa.

O problema é que está mulher estava insaciável fomos todos para a piscina da suíte do motel e ficamos lá tomando vinho enquanto isso Flavia já ficava se esfregando hora em mim, hora no Alex, em menos de 15 minutos já estávamos de pau duro.

Flávia foi para cima do Alex ele a colocou um canto da piscina de frente para ela e começou a meter nela , ela estava deliciosamente louca, eu fiquei observando, quando ela olha para mim e fala; o que você está esperando quero ser preenchida totalmente de novo.

Voltamos para a cama desta vez eu por baixo e nosso amigo começou comer o cu dela. Nossa neste momento pude ver a cara de satisfação dela a casa bombada que dávamos parecia que ela ia ter um troço eu nunca tinha visto uma mulher tão satisfeita ele olhou nos meus olhos e disse:

Amor eu nunca gozei tanto na minha vida, obrigada pela surpresa eu te amo meu corninho.

Nossa aquilo me deixou louco e Alex bombava com uma violência, mas antes de gozarmos ela falou:

Eu quero que os dois gozem nos meus peitos, me encham de porra, hoje eu que ser tratada como uma puta .

Quando ela falou isso ficou de joelhos, acariciando os dois paus e batendo uma até nós gozarmos naqueles peitos maravilhosos.

Eu já não tinha mais forças já tinha gozado 3 vezes em uma noite, mas a Flávia queria mais, eu nunca tinha visto ela tão insaciável daquele jeito, acho que deixa-la quase uma semana sem sexo deixou ela daquele jeito.

Fomos todos tomar um banho, ainda na ducha ela ajoelhou e foi chupando nosso amigo, demorou um pouco mas logo ele estava de pau duro novamente, fiquei apreciando eles meterem mais durante a noite, foi uma noite maravilhosa e minha inocente esposa agora provava que tinha mudado de nível e que realmente era um caminho sem volta, afinal de contas transformei minha esposa em uma puta.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 48 estrelas.
Incentive Paulo e Flavia a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil de Super Canalha

Eu acredito que quando o corno expressa que pareceu ter algum poder de influencia sobre as putices da fêmea, uma coisa banal e até broxante, o bom mesmo é quando ele fica surpreso com a iniciativa e a feminilidade exacerbada da puta ao encarar novas picas sem se conter por pudor ou algma ideia pobre de lealdade a marido, namorado, oque for, como se este tivesse algum poder sobre ela.

0 0
Foto de perfil genérica

Acho que cada casal tem sua dinâmica, o que serve para um pode não servir para outro, mas obrigado por acompanhar nossos relatos.

Beijos Flavinha

0 0
Foto de perfil genérica

Eu entrei no perfil de vocês vi outros contos mas nenhum com esse nome . São interligados ou seja cada um deles é sequência do outro?

0 0
Foto de perfil genérica

Olá segue a sequencia dos relatos da forma como eles aconteceram e foram publicados.

Minha esposa e nosso amigo

Minha esposa e nosso amigo (segundo encontro).

Eu, nosso amigo e meu marido uma noite inesquecível

Eu e meu amigo, um fim de semana maravilhoso (Flavia)

Obrigada por acompanhar espero que goste.

Beijos Flavinha

0 0
Foto de perfil de Beto Liberal

É bom demais essa escalada de sensualidade delas quando se sentem liberadas.

Parabéns pela surpresa, o presente foram os três que ganharam

0 0
Foto de perfil genérica

Verdade eu estou cada vez mais safada, com este calor que está fazendo parece que o tesão fica mais aflorado ainda...

Beijos Flavinha

0 0
Foto de perfil genérica

Conto lindo. Que cumplicidade!! Que exemplo de casal que se ama. Continuem. Amem-se loucamente.

0 0
Foto de perfil genérica

Delícia de conto, parabéns

0 0
Foto de perfil de Velhaco

Chega ser Ilário ela dizer q queria ser tratada como uma puta kkkkkk

1 0
Foto de perfil genérica

Tua gata é simplesmente o máximo, o sonho de todo o macho alfa que também adora ser corninho. Leiam as minhas aventuras. Eis meu e-mail: envolvente47@hotmail.com .

0 0
Foto de perfil genérica

Oi pessoal,aqui é a Flavia, deixei meu corninho escrever o último relato,m mas logo tomo as rédeas de novo e volto a escrever, aliás este ulmk realmente ocorreu a pouco mais de uma semana, ainda posso sentir a sensação de ter 2 paus me preenchendo, foi maravilhoso, espero que gostem do nosso último relato.

Beijos Flavinha.

0 0
Foto de perfil de Hugostoso

Boa Paulo, top!

Isso é cumplicidade!

Beijão Flavinha, bora gozar!

👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

⭐⭐⭐

0 0
Foto de perfil de Hugostoso

Cada dia mais safada!

😈😈😈😈😈😈😈

0 0
Foto de perfil genérica

Hugo seu safado não perde um relato nosso, obrigado.

Beijos Flavinha

1 0