O começo do caso com o tio Silva

Um conto erótico de Tiké Pinto
Categoria: Gay
Contém 1071 palavras
Data: 08/11/2023 10:04:10
Última revisão: 08/11/2023 10:06:37

É hora de continuar a cronologia, após "Primeira vez foi com meu tio". Havia relatado que tivemos mais uma relação, oral, pouco tempo após, finalizando com uma gozada na minha boca, totalmente saboreada e engolida.

Porém, não foi imediato que começamos a trepar com frequência. Rolou uma dúvida entre ambos, um clima estranho, sensação de não podermos mais nos relacionarmos. Ficou mais de um mês sem rolar nada entre nós. O tio Silva ficava deitado no sofá em casa as vezes e ficávamos sozinhos, já que minha mãe ia trabalhar. Eu o observava, desejava, mas não tinha coragem de retomar. Ia pro banheiro e batia uma punheta pensando no pau do meu tio. Mas não aguentava mais aquilo.

Um dia, o acordei e, mesmo com medo da recusa, disse com voz trêmula:

- quero que você volte a me comer, sei que você quer também

- querer eu quero, mas será certo?

- o certo é que estamos cheio de tesão e passando vontade, não podemos mais ficar assim. Ficamos sozinhos quase sempre aqui.

- sim, não esqueço dessa bundinha gostosa e de como você foi safada ao engolir toda minha porra na semana seguinte.

Enquanto ele terminava essa frase, avancei minha mão por cima da sua bermuda e senti que seu pau já estava duro. Meu tio era casado, mas não rolava sexo em seu casamento há algum tempo.

- nossa, você já tá duraço.

- só de você falar que quer dar pra mim já me excitou, quero muito essa sua boca e bunda gostosas abusando da minha rola.

Não perdi tempo, abaixei a bermuda do titio e comecei a fazer um boquete devagar, colocava tudo na boca e subia sem pressa, sugando seu instrumento. Lambia a cabeça, o saco. Estava com muito tesão reprimido durante aquele mês. Queria aquela rola como não desejei nada parecido até aquele momento. Foram horas de punheta lembrando das duas primeiras relações. Chupava e me esbaldava naquele pau maravilhoso, reto, grande e não grosso. Tio Silva tinha 20 cm de rola reta, ideal pra comer um cuzinho. O tesão era tanto, que nem subimos pro quarto, ficamos ali mesmo, no chão da sala, no tapete. Liguei a tv e coloquei um porno hetero pra deixá-lo animado. Percebi que gostou, mas enquanto as coisas esquentaram, nenhum dos dois nem olhou mais pra tv.

Depois de um boquete bem demorado, tio Silva me mandou ficar de quatro. Entreguei a camisinha, que tentou me convencer a não usar, afinal na primeira vez que transamos, no litoral, não havia usado, foi tudo muito rápido, improvisado e surpreendente. Porém, o convenci que era importante pra nós dois, pelo menos naquele momento. Essa pequena discussão não o fez perder a ereção, concordou, encapou e foi metendo devagar comigo de quatro. Eu o afastava pra trás e pedia pra esperar até me acostumar com a dor. Foi enfiando devagar até chegar ao fundo do meu cú, entrou tudo, deixou parado lá dentro até eu o liberar. Não demorou muito, a dor deu lugar ao prazer e ele começou o vai e vem bem gostoso, tirando a rola quase inteira e colocando de novo. Sentia 20 cm de rola abusando plenamente do meu ânus. Pedia pra ele tirar totalmente algumas vezes, pois adorava quando saia e entrava a cabeça inteira. Cada vez que tirava, a rola parecia que entrava mais fundo, meu cú estava cada vez mais aberto e eu delirava de tesão cada vez mais.

Pediu então pra eu deitar de bruços e veio por cima de mim. Já gostava muito dessa posição, que se tornaria a minha favorita. Sentir o corpo do macho encima de mim com aquela rola me estocando é maravilhoso, gemia e pedia mais. Pedia para que não parasse.

- não para, não para. Quero que goze na minha boca, mas não agora... Continua... Delícia.

Levantou e sentou na cadeira, pedindo pra que eu sentasse na rola dele. A princípio, sentei de costas pro tio Silva e cavalguei deliciosamente. Ele segurava na minha cintura e falava em tom de indignação misturado com tesão:

- nossa, que safada que você é, nunca podia imaginar. Gosta de rola de verdade. Nunca vi alguém gostar tanto de pica assim. Isso porque você acabou de começar a dar. Senta nessa rola, vai!!!! putinha do tio!!!

Virei de frente pra ele, sentado, sem tirar a pica do meu cú e cavalguei mais intensamente. O tesão era tanto que nenhum dos dois pensou em conforto, estávamos ali, na sala, trepando no chão e na cadeira, com duas camas de casal a disposição no andar de cima. Cavalgava com vontade, extasiado. Aquilo era gostoso demais e, diferente da primeira vez, podíamos aproveitar pra variar posições e ritmo. O meu amor por rola aumentava ainda mais. Depois de um tempo, anunciou que ia gozar. Levantei rapidamente e ajoelhei abrindo a boca:

- goza na minha boca, quero tudo, não desperdiça nada, vou engolir tudo.

Tio Silva gozou intensamente, foram uns 6 jatos, que caíram todos dentro da minha boca. Tomei tudo, o que o deixava perplexo:

- você nasceu pra ser puta, impressionante. Que delícia!!!

Não podia ter feito elogio melhor. Fomos pro banheiro pra eu poder gozar também, não queria sujar toda a sala. Não demorou muito e jorrei muita porra, dentro do box. Foram uns 6 jatos enormes também. Nós limpamos e ele foi embora pra sua casa. Não combinamos como iríamos continuar, mas ficou claro que continuaríamos dessa vez. Foi intenso, maravilhoso e delicioso. Depois que ele saiu, bati 3 punhetas seguidas, gozando muito em todas elas. O tesão não acabava mais, tinha descoberto que era uma safada e desejava muito aquele pau, sempre.

Nos dias seguintes, rolava conforme estávamos sozinhos, sem programar. Às vezes, por causa do risco de chegar alguém, ele relutava, mas sempre conseguia seduzi-lo, metendo a mão na sua rola ou deixando porno rolando na tv. Nunca conseguiu escapar. As vezes, o via passando na rua da minha janela, saia apressado chamando pra vir em casa e pedia pra que me comesse.

- agora não posso, tenho que ir.

Tarde demais, se entrava, não saia sem me dar pica, fazia de tudo pra que não escapasse. E sempre consegui.

Em breve, vou contar mais algumas que ficaram marcadas em minha alma.

SE CHEGOU AO FINAL, COMENTE, CRITIQUE E DÊ AS ESTRELAS QUE ACHA QUE O CONTO MERECE, LEMBRANDO, TODAS AS HISTÓRIAS QUE CONTEI OU CONTAREI SERÃO REAIS. AS OPINIÕES E AVALIAÇÕES SÃO MUITO IMPORTANTES PARA CONTINUAÇÃO DAS PUBLICAÇÕES.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 38 estrelas.
Incentive Milena CD a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil genéricaMilena CDContos: 9Seguidores: 26Seguindo: 40Mensagem Sou homossexual desde criança, mas a primeira vez foi só aos 18 anos. Tive um caso com um tio, o mesmo que tirou minha virgindade. Saí com travestis por longo tempo. Tenho companheiro de foda atual que é insaciável e me destrói na cama. E, a partir do dia 04 de novembro de 2023, assumi um nome feminino, Milena. Hoje, sou uma cdzinha em evolução, querendo um dia me tornar trans, dependendo muito das dificuldades sociais envolvidas. Os contos do presente, serão assinados por Milena CD, os do passado, continuarão como Tiké Pinto, especificando o gênero correto no momento de cada relato. Independente de nomenclatura ou aparência, me sinto mulher, convicta, é o que vale. Começar a relatar em contos foi uma tremenda descoberta pra mim. Vou tratar de todos os momentos sexuais citados aqui, muitos já foram publicados. Espero que gostem. Comentem, critiquem e deixem suas estrelas, se gostarem, é muito importante pra quem escreve saber se estão lendo e gostando.

Comentários

Foto de perfil de Goianomachoalfa

Vc insistiu pra ele colocar camisinha porque queria porra na boca né sadada..mande fotos suas prof.tavao@gmail.com

0 0
Foto de perfil de Tito JC

Quem vai dar importância a um filme pornô na TV, quando pessoalmente coisa tá bem mais quente?...rsrs.. Muito Bom! Sexo intenso e cheio de erotismo. Abraços!

1 0
Foto de perfil genérica

Realmente maravilhoso os seus contos. Me dá muito tesão e já Bati um pensando em com esse cuzinho todo aberto pra mim kkk

Bjosss 😘

0 0
Foto de perfil de Loirinha gostosa

Fiquei feliz com teus comentários nos meus. Esse tio estava precisando e não havia como resistir aos apelos do sobrinho. Primor de conto, gostei. Bjus.

2 0
Foto de perfil genérica

Obrigado, se eu tivesse nascido mulher fisicamente, pois me sinto mulher a cada dia, eu ia dar demais, ia ser muito mais safada hehe. Delícia os seus contos, beijos da Milena.

1 0
Foto de perfil genérica

Show! Delicia de conto. Seus contos são bem escritos e com detalhes sempre me dá tesão e é punheta garantida

1 0
Foto de perfil genérica

Obrigado, tento transmitir a realidade com detalhes, bom saber que estão gostando ♥️ pra mim virou um hobby bem gostoso.

0 0
Foto de perfil genérica

MUITO BOM. SEM DRAMAS DE CONSCIÊNCIA.

1 0
Foto de perfil genérica

Jamais, maioria dos dramas é invenção de uma sociedade moralista. Não dou Ibope pra isso.

1 0
Foto de perfil genérica

Delicioso .

2 0
Foto de perfil genérica

Obrigado, espero que as demais experiências que ainda vou relatar continuem causando a mesma impressão e sentimento. Beijos.

0 0
Foto de perfil de Jota_

Muito bom saber do seu começo com o tio!

2 0
Foto de perfil genérica

Obrigado, vou lembrar de mais umas duas ou três com ele. Depois vou partir para a época das trans. Foram dois longos períodos, tanto com o tio Silva quanto saindo com trans, mas vou relatar só as que lembro com detalhes, ou seja, as mais top e inesquecíveis. De resto, enquanto tiver transando com o W, certamente haverá novas histórias. Fora o grande fetiche do bukkake, não vou desistir dele não. Bjs.

2 0
Foto de perfil de Jota_

Hahaha foco no plano que vc consegue realizar o fetiche!

1 0
Foto de perfil de Amandha CD Putinha Sul de Minas

Hummm... aí sim... liberando o tesão juntos... Que deliiiciaaa ... 20cm?... que delícia de tio... queria um tio assim...rsrs

3 0
Foto de perfil genérica

Era um pau bem gostoso, não era grosso, totalmente reto. Arregaçava o cuzinho, mas só tinha prazer, qualquer resquício de dor se transformava em tesão. Gostava muito daquela rola. Beijos Amandha ♥️

3 0
Foto de perfil genérica

Ah se tivesse um tio assim. Tinha um primo que até provocou, mas desviava dele, tinha a língua meio solta. Ainda bem, pois alguns anos depois a família dele jogou umas merdas no ventilador e se tivesse rolado algo, com certeza viria a tona.

3 0
Foto de perfil genérica

Quase fomos pegos duas vezes, a filha dele acho que desconfiou (ou soube mesmo) uma vez, viu o lubrificante e demoramos pra atender.

2 0