Me tornando uma safada nas mão do meu Sogro(ex)

Um conto erótico de Alicia
Categoria: Heterossexual
Contém 3497 palavras
Data: 04/11/2023 11:36:09

Olá, Meu nome é Alicia tenho 20 anos, sou magrinha, branca de cabelos pretos e venho trazer meu primeiro conto aqui que também foi a primeira vez que eu fiz uma coisa que eu diria mudou minha vida e meu jeito de ser, no caso o título já da um certo spoiler esse é um meio que um conto duplo e MUITO longo mas vamos ao que interessa rs.

Na época eu costumava ser uma menina muito quietinha, meio tímida, comportada e inocente, apesar de ter mudado bastante acho que ainda sou um pouco e acho que quem me ve deve pensar um pouco disso também kkk eu era o tipo de pessoa que abominava caras tipo tarados porém raramente eu conseguia detectar um por causa da minha inocência, continuando, nessa época apesar das características acima eu diria que eu tinha um libido até que altinho, não correspondia muito quem eu era, e para resolver essa libido eu acabei arrumando um namoradinho, ele era um menino bonzinho que eu achava que combinava bem com meu jeitinho quieta tímida e comportada.

Veja mais contos no meu blog: https://casadaloucaporsexo.blogspot.com/

Minha casa na época era um ambiente bem caótico, meus pais estavam brigando muito eu não gostava de ficar lá então comecei a passar os fins de semana na casa desse meu namoradinho, acontece que na casa dele o clima não era tão diferente, a diferença é que no caso dele os pais deles haviam acabado de se divorciar e ele estava morando com o Pai dele. O Pai dele, ou meu sogro, tinha 52 anos, gordinho bem estilo de tiozão de boteco nos finais de semana estava sempre bebendo, saía e voltava bêbado e sempre me secava muito, as vezes fazia piadinhas no limite do apropriado, era um tarado e me incomodava, eu tentava evitar ele o máximo possível porém confesso que até aqui isso me incomodava menos que as brigas na minha casa.

O que acontece é que tinha outra coisa que estava me incomodando muito, que era o meu namoradinho, eu procurei alguém que eu achei que combinava comigo e até que combinava, ele era gamer, eu também gosto de video game mas não quando eu estava na casa dele, quando eu ia la eu queria ser a principal atenção dele, o que acontece é que depois de 2 semanas de namoro ele frequentemente me deixava de lado la pra ficar jogando com os amigos dele. Um dia eu e meu namorado estávamos terminando de jantar, quando meu sogro chega em casa bebado (como sempre) porém acompanhado, ele estava com uma moça de no máximo uns 24 anos, muito linda e gostosa, um completo contraste, uma moça nova absurdamente linda com um velho barrigudo pinguço, ela estava com um vestido bem curto e um baita decote.

Veja mais contos no meu blog: https://casadaloucaporsexo.blogspot.com/

Meu sogro apresentou ela como uma moça do trabalho dele que ele levou pra casa porque a casa dela era perto e o bar que eles estavam era longe, que ele não deixou ela em casa por causa de Blitz e que ela iria pedir um uber mais barato dali pra casa dela. Eu olhei para o meu namorado que estava completamente indiferente, não mostrou interesse nenhum na moça e pareceu não ligar para situação. Em coisa de 2 minutos eu e meu namorado subimos para o quarto (casa tinha 2 andares), chegando no quarto eu perguntei a ele o que ele havia achado da situação, ele disse que não achou nada, perguntei o que íamos fazer, e adivinha… ele me vira e fala que agora ia jogar com os amigos.

Estava eu la deitada assistindo meu namorado jogar com os amigos, com um pouquinho de raiva pois não estava tendo atenção que queria, resolvi ir tomar uma água la embaixo, por um momento esqueci do meu sogro e sua acompanhante, no andar de baixo havia um quarto de visitas, uma sala com TV, cozinha e area externa. No momento em que eu estava na escada descendo eu escuto meu sogro “vamos aqui, mais seguro mesmo achando que eles não vão sair de la tão cedo” e escuto barulho da porta do quarto de visitas, chegando no andar de baixo, ninguém na cozinha nem na sala, fui buscar minha agua e resolvi tomar minha agua assistindo a Tv da sala, pois estava de saco cheio de ficar vendo meu namorado jogando, que estava num volume baixo para meu sogro perceber que alguém tinha decido, observando as coisas e até então ouvindo apenas o som da tv meu olho trava em uma coisa que me deixa em choque, uma calcinha, bem pequena inclusive, não demora muito, nem da muito tempo de assimilar o que eu estava vendo e começo a escutar os sons vindo do quarto de visitas, gemidos, batidas de bunda, ela perguntava “quem é sua secretaria preferida?”.

Eu estava incrédula de como uma moça jovem tão bonita estava fazendo aquilo com um cara igual meu sogro, porém eu estava com um certo tesão acumulado e curiosa, resolvi ir pelo quintal até o corredorzinho externo para onde dava a janela do quarto de visitas, estava tudo muito escuro, para minha surpresa a cortina estava aberta e eu consegui espiar, aquela linda jovem sendo devorada por um tiozão barrigudo ela completamente submissa e pedindo mais, além disso outra coisa que foi quase que um outro choque foi quando percebi que eles estavam fazendo no pelo, eu até então só tinha feito com preservativo as poucas vezes que transei com meu namorado.

Completamente impressionada com o que eu tinha acabado de ver, não vi até o final, pois não queria que soubessem que vi e por isso subi rápido pro quarto do meu namorado, que aparentemente nem sentiu minha falta se é que notou que eu sai, resolvi ir tomar um banho, eu estava toda molhada por causa do que eu tinha visto, cheia de tesão e a minha cabeça estava em parafuso pois pra mim aquilo era muito errado… mas ao mesmo tempo muito bom, me peguei me masturbando no banho me colocando no lugar daquela moça e cheguei a gozar mais gostoso comigo mesma pensando nessas coisas “erradas” do que quando transando com meu namorado.

Veja mais contos no meu blog: https://casadaloucaporsexo.blogspot.com/

Passei a semana inteira com a cabeça em parafuso, uma hora eu pensava naquilo e deixava me levar, outra hora tentava não pesar e as vezes eu pensava que o errado não era bom, mas esse pensamento de que não era bom foi o que menos veio, muito porque minha cabeça um certo dia foi além do meu sogro e neste momento eu não estava preparada pra isso ainda. Chega sexta feira a noite vou pra casa do meu namorado, apesar da previsão de calor fazia frio aquela noite, eu já com pensamentos não tão inocentes e também na expectativa de fazer algo com meu namorado (coisa que não tinha rolado na semana anterior) eu estava com um shorts bem curto, mas estava com um moletom comprido que cobria os shorts, parecia que não tinha nada por baixo… Como eu disse anteriormente eu evitava ao máximo meu sogro praticamente nem cumprimentava, nem olhava na cara e mal compreendia as piadinhas que ele tentava fazer pois quando ele começava eu já estava subindo a escada quase no quarto do filho dele. Quando eu e meu namorado abrimos a porta da casa nos deparamos com meu sogro jantando sozinho sem camisa. Em uma situação dessas anteriormente eu nem teria cumprimentado ele iria ignorar completamente.

Meu sogro nos cumprimenta com um simples “boa noite” acho que esperando que a gente mal fosse responder, porém automaticamente eu acabei parando e respondi de volta “Boa noite seu Marcos(nome ficticio) tudo bem com o Sr.?” ele meio surpreendido, imediatamente responde “desculpe estar assim (sem camisa) esqueci que hoje era sexta e que voces vinham, estou meio esquecido ultimamente haha” e levanta meio que para ir em direção a camiseta que estava em uma bancada próxima, mas assim que ele levanta ele para me olhando e pergunta ” ta esquecida também? veio sem as partes de baixo? (o moleton estava cobrindo meu shorts) nesse frio ainda hahah” eu ri junto com ele e falei que eu estava de shorts e não estava com tanto frio nas pernas, nisso eu levantei o moletom mostrando meu shorts curtíssimo e um pouco da minha barriguinha até quase o umbigo, minha cabeça entra em parafuso (Meus Deus, credo o que eu estou fazendo? junto com a sensação de ser o centro da atenção de alguém ( coisa que eu não era do meu namorado) mas em um nível que eu me senti mostrando um bife para um leão).

Ele começa fazer uma piada, “hahah sabe que quem não tem frio na perna é p..” ele interrompe a piada e se desculpa, eu rindo falo pra ele que tudo bem, e depois falo “deixa eu subir la, fica a vontade, a casa é sua”, ao falar isso percebo que meu namorado já não estava mais lá, ele subiu direto e eu nem percebi, todo esse diálogo com meu sogro meu namorado não viu nem escutou quase nada… os pensamentos “errados” começam a ganhar força, e minha cabeça desparafusar.

Veja mais contos no meu blog: https://casadaloucaporsexo.blogspot.com/

Chegando no quarto do meu namorado ele brinca “se perdeu?” e respondo rindo “um pouquinho rs”… eu estava com muito tesão por causa do pai dele, tentei seduzir meu namorado perguntando o que a gente ia fazer NAQUELE MOMENTO, eram 19:30 ele me fala que iria jogar até quase 23:00 e depois a gente ia fazer alguma coisa, nisso minha cabeça desparafusou mais um pouco, falei pra ele “tudo bem” fiquei um pouquinho ali vendo ele jogar e resolvi descer, lá embaixo o sofá da TV fica de costas para a escada e ele estava la de camiseta, sentado, com a TV ligada mas aparentemente mexendo no celular, fui me aproximando silenciosamente até chegar atrás dele, no celular ele estava mexendo em aplicativo de encontros, como ele não me percebeu fiquei vendo quase por um minuto ele curtindo meninas de 18-25 anos, até que eu resolvi em tom de piada falar alguma coisa “Colocou a camiseta?” eu perguntei, ele assustou escondendo o celular e respondeu ” Coloquei, coloquei, e você veio fazer o que aqui?” expliquei pra ele que o filho dele estava jogando com os amigos e decidi dar uma volta, ele respondeu chateado “Até de fim de semana com você aqui?”, eu respondi “pois é”, ele ainda um pouco pra baixo respondeu “Bom, eu não vou julgar muito o vício dele” pegando um copo de whisky que estava no braço do sofá e me mostrando, logo em seguida ele começou a se desculpar pela piada mais cedo, por estar sem camisa e falou que achava que eu odiava ele por ele ser daquele jeito (e até uma semana atrás eu odiava mesmo rs), eu falei pra ele que estava tudo bem, que eu não odiava ele, o clima estava meio pra baixo ficamos assistindo filme sem conversar e depois de um tempo não me aguentei, perguntei pra ele “A moça ontem demorou muito pra achar uber?” Ele assustou, eu continuei “Não, é porque aqui é bem difícil de achar” ele se tranquilizou deu um baita gole no whisky e disse “Realmente demora muito pra achar, nem todo mundo quer entrar em condomínio”, porém eu continuei com um simples comentário “Ela é uma moça muito bonita né?” e em um momento de guarda baixa e embriaguez ele comenta “Sim, tão bonita que acabou com meu casamento haha”.

Tem um silencio na sala de uns 10 segundos até ele se tocar do que havia dito e ai ele entrou meio que em pânico e começou a contar uma história falando “não isso que você está pensando, eu não faria isso (mentiroso rs), eu dei carona pra ela uma vez e minha mulher ficou muito brava e decidiu acabar com tudo mas a única coisa que eu faço pra moça é dar caronas (ainda mentindo rs)”. Eu mais uma vez tento tranquilizar ele, fiquei morrendo de tesão mas o clima não estava tão bom falei que estava tudo bem e complementei que se ele tivesse fazendo algo além da carona também estaria tudo bem, na hora que eu falei isso eu pude sentir ele confuso pois até então eu era certinha, inocente e correta kkk mas acabei falando que ia deixar ele la mais em paz e subi pro quarto do meu namorado que já estava terminando o jogatina, eu estava com muuuuito tesão, fui transar com meu namorado que pela primeira vez brochou, disse que eu estava muito intensa, que não parecia eu e que ele se sentiu um pouco desconfortável.

No sábado acordamos tarde, sai com meu namorado eu fui pra minha casa, não vi mais meu sogro naquele final de semana.

Durante a semana seguinte a cabeça cheia de coisa novamente, e pra ajudar meu sogro me segue no instagram, não satisfeito meu instagram com algumas fotos com o filho dele ele me curte uma foto meio antiga minha sem o filho dele que eu estava tipo de biquíni, foto essa que meu namorado não gostava kkk, isso me deixou um pouco mais maluca, resolvi postar um stories na piscina, ele curtiu quase que imediatamente, reagiu com coração.

Veja mais contos no meu blog: https://casadaloucaporsexo.blogspot.com/

Na quinta feira resolvi sair pra comprar algumas coisas, entre elas uma saia um tanto curta

Chega a sexta feira novamente, nesse dia era aniversário de um dos amigos de jogatina do meu namorado, a gente ia ir no aniversário, meu namorado foi me buscar em casa e depois a gente ia passar na casa dele pra buscar o presente, só que meu namorado atrasou, eu não queria ir nesse aniversário, eu coloquei a sainha uma blusinha mostrando o umbigo e um casaquinho por cima, quando entrei no carro do meu namorado ele não gostou, falou que eu nunca fui de usar roupa assim que não queria que eu fosse daquele jeito, eu complementei falando que eu não queria ir nesse aniversário mesmo. chegando na casa dele estava lá meu sogro limpando a casa sem camisa de shorts de jogar bola, ele reclama “porra! seis não iam pro aniversário? to quase pelado aqui de novo” como a discussão com meu namorado estava um pouquinho forte não tive como dar muita atenção para o meu sogro dessa vez, fomos direto para o quarto onde meu namorado pegou o presente discutimos um pouco até que ele falou o seguinte “Eu sei que você não quer ficar na sua casa nem ir ao aniversário, mas eu vou porque é meu melhor amigo se você quiser fica aqui pode ficar” eu concordei imediatamente, meu namorado pegou o presente e foi embora, ele se despediu do pai dele que se despediu de volta dizendo “boa festa para voceS”.

Desci as escadas, meu sogro na cozinha não me viu, fui assistir TV, escuto ele no fundo resmungando “será se eu esqueci a tv ligada? não estou tão bêbado assim” seguido de um “Ué? o que você está fazendo aqui, vocês não iam pra festa?” eu respondi pra ele que o filho dele foi sozinho, antes dele entender o que eu tinha respondido ele começou meio que querer se desculpar por estar só de shortinhos, eu reforcei novamente “Está tudo bem seu Marcos, você está na sua casa, pode ficar a vontade” ele respondeu “eu vou ficar assim então ok” eu respondi ok. Ele veio até o sofá se sentou perto de mim e falou “eu acho que meu filho não vem te dando muita atenção por causa desses jogos né? Por que voce não foi junto com ele?”, Eu concordei com meu sogro e disse que não fui porque o filho dele não gostou da minha roupa. acho que meu sogro não tinha reparado na minha saia direito enquanto limpava a casa, agora sentado do meu lado quase me abraçando com aquela barriga de chopp ele viu, e comentou “Nossa mas você está uma d… muito linda, como que alguém não gosta disso?”

– Você gostou – eu perguntei

– Gostei – ele respondeu

-Que bom que eu fiquei aqui então né? pelo menos aqui alguém gosta haha

– Gosto e não é pouco ele respondeu rindo

Eu me levantei saindo do quase abraço dele mas fiz isso para dar uma voltinha pra ele ao dar a voltinha minha saia deu uma leve levantada mostrando minha bunda. Ele estava parecendo um leão prestes a dar o bote, ai ele me sentou do lado dele de volta quase abraçado e falou “semana passada eu menti pra você” e em seguida contou sobre a moça.

Ele realmente estava dando apenas carona pra moça que era recepcionista onde ele trabalha, essa moça tinha 23 anos e casou com 18, estava frustrada porque o esposo não conseguia engravidar ela, o meu sogro insatisfeito com a esposa sendo um velho tarado tirou proveito disso e passou a transar direto com a recepcionista, a ideia dela era engravidar do meu sogro e falar que o filho era do esposo dela, Porém o meu sogro revela que fez vasectomia e que isso não ia se sustentar por muito tempo pois ela não iria engravidar dele também e nesse meio tempo a minha sogra descobriu e separou dele.

Veja mais contos no meu blog: https://casadaloucaporsexo.blogspot.com/

Depois de me contar isso ele comentou “semana passada você havia dito que se eu tivesse fazendo mais coisas com ela não teria problemas né?” eu falei pra ele que sem problemas e fiz minha confissão, falei pra ele que eu já sabia pois havia espiado eles, ele ficou surpreso e perguntou o que eu havia achado daquilo, eu fui honesta disse que achei super errado mas que tinha ficado curiosa e pensava naquilo toda hora, ele começou a acariciar minha coxa com uma mão e me abraçou com a outra, e falou no meu ouvido que também estava curioso a meu respeito ultimamente, eu já completamente rendida nas mãos daquele velho safado perguntei “é mesmo?” ele acenou que sim com a cabeça e completou, as vezes o super errado é super gostoso, ao falar isso ele retira o pau de dentro da bermuda, um pau bem mais gostoso e veiúdo do que o do filho dele.

Ele leva a minha mão até o pau dele e eu começo a bater uma pra ele e ele me pergunta “era isso que você estava curiosa?” depois de dizer isso ele levanta minha blusinha, eu estava sem sutiã, ele começa a chupar meus peitos e dedar minha bucetinha, pouco tempo depois ele para e pergunta “está curiosa para sentir o sabor da pica do sogrão?” eu nem respondi, apenas cai de boca na mesma hora depois de mamar um tanto ele, ele puxou meu cabelo pra eu parar de chupar, falou para eu ficar de 4 no sofá, eu obedeci e na mesma hora ele veio meio que me imobilizando com bastante força e falou no meu ouvido “vou te foder no pelo pq sei que você ta curiosa pra isso também” e imediatamente enfiou o pau na minha buceta e começou a me comer forte, eu estava delirando e já havia gozado várias vezes, até que ele começa a urrar e socar fundo e de repente ele goza dentro de mim, foi a primeira vez que alguém gozou dentro de mim e foi meu sogro, um velho bêbado barrigudo. Ele ficou sentado cansado no sofá e eu subi para o quarto do meu namorado onde eu tomei um banho e fiquei por la mesmo esperando meu namorado voltar, meu sogro não falou comigo mais nesse dia.

Na semana seguinte foi como se nada tivesse acontecido, meu namorado estava mais atencioso, não cheguei a dialogar com meu sogro, na próxima semana meu namorado decidiu jogar com os amigos dele e meu sogro me comeu mais uma vez no banheiro de visitas no andar de baixo enquanto meu namorado jogava no quarto dele, mas foi uma rapidinha sem muito diálogos e interações ele estava muito bêbado me perguntou apenas se o filho dele estava jogando, entramos no banheiro e ele me comeu de pé comigo apoiada na pia, passaram se mais duas semanas depois disso sem nada acontecer e meu sogro então veio me falar que queria mudar de vida, que ia parar de beber, que que estava fazendo terapia, que havia contado para secretaria dele que ele não ia engravidar ele e que achava melhor a gente não transar mais, eu já não estava mais me entendendo muito bem com meu namorado resolvi terminar e nunca mais vi os dois… Mas essa experiência me mudou por completa, hoje em dia por causa disso de santa tenho apenas a carinha rs.

Veja mais contos no meu blog: https://casadaloucaporsexo.blogspot.com/

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 20 estrelas.
Incentive Vanessa Louca por Sexo a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil genéricaVanessa Louca por SexoContos: 168Seguidores: 172Seguindo: 1Mensagem

Comentários

Foto de perfil genérica

Delicia, quero transar com vc tbm. Sou um cara de mais de 40 com cara de novinho kkkkk

0 0

Listas em que este conto está presente

Roberto13
Histórias