Atendendo junto com minha amiga trans ativa por um dia.

Um conto erótico de CuriosoBH
Categoria: Trans
Contém 1710 palavras
Data: 03/11/2023 21:31:51

Olá, vim contar mais uma das aventuras que participei recentemente (halloween última terça feira), pra quem não me conhece recomendo ler meus outros contos, mas um resumo é que sou de BH e participo do meio do swing a uns bons anos, sou BI e solteiro, o que me permite várias aventuras.

Na segunda feiraestava de boas em casa até que vi o storys de uma amiga (Yulia trans 31 anos e somente ativa, branca, bunduda e tem 19cm, ela é uma gp de luxo aqui da cidade ) e respondi flertando e a conversa rendeu com nós dois trocando alguns nudes, mas eu não estava afim de ser passivo e nem ela, então basicamente ficamos falando putaria, até que ela me avisou que no dia 31/10 iria fazer atendimentos especiais onde tudo seria temático, iria deixar seu ap com luz vermelha e iria fazer os clientes entrarem no clima e me mandou foto das saias de colegial que ela havia comprado para os clientes, na hora fiquei super interessado e brinquei falando que adoria ver ela maltratando o cu dos clientes e para a minha surpresa ela me convidou para ficar no ap dela como uma surpresa, que não iria avisar a nenhum cliente e eles iriam ter que dar para ela e para mim.

Me mandou me virar e comprar uma fantasia (isso as 20h da noite) e que o primeiro cliente dela seria as 11h, então perguntei qual fantasia ela queria e ela disse que seria legal ir de Michael Myers (filme halloween) que é basicamente um macacao e a máscara, então na manhã fui cedinho a 1001 festas comprar a máscara e comprei um macacao azul genérico nas lojas de EPI, as 10:30 cheguei no prédio dela, deixei o carro e subi, nos cumprimentamos com um beijo gostoso e ela já me mandou ir tomar banho e vestir o macacão sem cueca e assim eu fiz, quando terminei voltei para a sala e apartamento dela já estava no clima, deixou a luz baixa e todos os leds em vermelho, acendeu alguns incensos e ficamos falando besteira até o primeiro cliente chegar, ele chegou por volta de 11:20, quando o interfone tocou ela me pediu para colocar a máscara e ir para o quarto e fica em um dos cantos imóveis, porque ela queria ver a cara de surpresa do cliente (praticamente todos os clientes dela são conhecidos de outros programas, como ela cobra mais caro os clientes são mais selecionados), então assim eu fiz, fui até o quarto e fiquei em pé próximo a cama como uma estátua, não demorou muito e ouvi ela mandando ele ir tomar banho, quando o cliente saiu do banho ela o puxou ainda pelado falando que iria colocar roupa de puta nele, vi ela entrando e fiquei o máximo parado possível como uma estátua, vi o cliente entrando e ela dando tapas na cara dele chamando de putinha e entregou uma saia de colegial para ele e uma calcinha, ele nem abriu a boca e vestiu, terminando de vestir ele já se ajoelhou no chão (ela já devia ser capacho dela a um bom tempo), na hora que ele ajoelhou Yulia riu e foi até ele dando tapinhas na cara dele e falando que hoje ele seria puta de uma forma diferente e mandou ele olhar em volta, quando ele olhou me percebeu no quarto e ele não conseguiu esconder o susto, ele tentou se levantar mas Yulia deu um tapão no rosto dele, falando que puta não tem escolha e que hoje ele poderia ser uma boa putinha e aguentar dois paus ou poderia ser uma má putinha que iria ter o cuzinho arrombado da mesma forma porém com mais força, o cliente da Yulia só balançou a cabeça com sinal de positivo e se acalmou, Yukia me chamou para perto e começou a sessão de humilhação com o cliente, abriu a parte de baixo do meu macacão deixando minha rola pra fora (que essa hora já estava mais que dura kkkk), Yulia puxou a calcinha dela e botou aquele pau lindo pra fora que já estava duro também, ela pegava o meu pau e o dela falando que isso sim era pau de homem e não a mixaria que ele tem (o cliente), e ela concordava e falava que o que ele tem não satisfaz nem a esposa, Yulia foi pra frente dele e começou a bater com o pau na cara dele e me chamou para fazer o mesmo e assim eu fiz, no quarto só ouvíamos o barulho das rolas batendo no rosto dele e Yulia começou a cuspir no rosto dele e mandando ele colocar a língua pra fora, quando ele foi abrir a boca ela socou o pau na boca dele até o fundo, com ele engasgando e babando tudo, ele nem se recuperou e fiz o mesmo, mandamos ele abrir a boca e ficamos fodendo a boca dele, revezamos enquanto um pau estava na boca dele o outro estava batendo no rosto dele, após um tempo Yulia mandou ele fica de quatro no chão e começar a beijar os pés dela e assim ele fez, com ele de quatro dei a volta ficando atrás dele e puxei a calcinha dele pro lado e cuspi no seu cuzinho e ainda em pé comecei a forçar o dedão do meu pé contra o cuzinho dele ( Não muito apertado, porém não tão arrombado), quando Yulia viu isso pude ver o pau dela pulsar e me mandou trocar de lugar com ela, com o cliente dela lambendo meus pés e ela enfiando o dedão dela no cu dele, após alguns minutos ela mandou ele ficar de quatro na cama e começou a chupar o cu dele e eu aproveitei para ir para a frente e fazer ele me chupar, não demorou muito e Yulia já estava fodendo ele enquanto ela provocava ele com humilhações e o safado gostava, porque enquanto mais ela o humilhava mais ele gemia e mamava meu pau, Yulia fodia o cu dele igual fodemos uma buceta, ela percebeu que iria gozar e mudamos fui comer o cu dele e não alivei para ele, já iniciei metendo tudo, fui enfiando e batendo na bunda dele e ele gemia e Yulia fodia a boca dele e as vezes ela o engasgava e tampava o nariz dele, e ele gemia e suspirava, até que aumentei o ritmo e senti o safado se tremer todo, nessa hora Yulia começou a rir falando que a putinha tinha acabado de gozar dando, eu continuei metendo até que percebi que iria gozar, avisei Yulia e ela mandou o cliente ajoelhar e abrir a boca, gozei na boca dele e não demorou muito pra Yulia gozar também, ela pegava a porra que caiu no rosto do cliente e jogava até a boca dele, assim que ele engoliu tudo Yulia pegou ele pela mão e levou ele até o banheiro me chamando para ir também, mandou ele se ajoelhar e começou a mijar nele (pra ser sincero esse é um fetish que não curto e na hora me assustei), vi o cliente abrindo a boca e pedindo mais e comecei a mijar também, depois disso Yulia continuo humilhando ele por um tempo e mandou ele tomar banho, quando ele saiu Yulia mandou ele vestir outra calcinha e já puxou ele pra cama, com o cuzinho dele já arrombado ela alternava entre eu e ela metendo forte, até que ela se deitou na cama e mandou ele sentar e assim ele fez, após um tempo Yulia segurou o pescoço dele e disse que agora ela iria ver se ele realmente é uma puta, me mandou ir para trás e forçar a entrada no cu dele, ela queria muito fazer uma dp com ele, e enquanto eu forçava a entrada o cliente dela gemia e falava que era uma puta, não demorou muito e meu pau entrou, quando a cabeça passou o cliente dela deu um gemido e se inclinou deitando sobre ela, ficamos parados uns minutos pra ele se acostumar, após um tempinho começamos a meter sincronizados (quem já fez dp sabe o quão gostoso é um pau passando no outro dentro e ainda sentindo o cuzinho), ficamos assim até que o cliente acabou gozando novamente mas dessa vez na barriga da Yulia, Yulia ficou puta (mas tudo é um personagem, mas na hora achei estranho), mandou ele se levantar e lamber a barriga dela limpando toda a porra, quando ele terminou ela mandou ele se vestir e ir embora e ele se levantou e foi tirar a calcinha, Yulia deu um tapão nele mandando ele ficar de calcinha e ele respeitou e vestiu a roupa social para ir embora, ele parou na porta do apartamento pegou o celular e fez o pix pra ela com um agrado a mais pela surpresa, ele fez e ela mandou ele se ajoelhar e beijar os pés dela pedindo perdão e assim ele fez, após uns 5 minutos assim ela me chamou pra perto, mandou o cliente ficar de joelho novamente e começamos a foder a boca dele até gozar, ela me mandou gozar no rosto dele e assim eu fiz e ela fez o mesmo, esporrou todo o rosto dele, abriu a porta e mandou ele embora, disse que dá próxima vez era pra ele vir com um plug e falando alto despediu dele, ele super envergonhado (porém dava pra ver a excitação dele), ela fechou a porta rindo e me chamou para tomarmos banho e descansar um pouco, tomamos banho juntos falando besteira mas como ela é somente passiva e eu não queria ser passivo naquele dia ficamos só na broderagem, uma mamada aqui e outra lá, deitamos os dois no sofá e fomos assistir um filme, o próximo cliente dela era somente as 15h, esse ela me disse que era um novinho rico da Savassi e que era pra me preparar, porque esse gostava de apanhar e de pés.

Pedimos comida e ficamos ali até o próximo cliente, mas o conto já está gigante, depois conto o como foi com o segundo.

Se for de BH e queira ser feito de puta me chama no safadobemdotado@outlook.com

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 9 estrelas.
Incentive CuriosoBH a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários