Trai com meu filho roludo...

Um conto erótico de Ângela e Airton
Categoria: Heterossexual
Contém 429 palavras
Data: 24/10/2023 03:11:08

Descrição:

Sou ruiva do olho verde, pele clara, médios, bunda grande e quadrio largo... tenho 1,60.

Nossa história:

Eu sempre fui muito putinha, desde novinha não saia de cima de uma rola, sempre dei facinho... mas não achei que teria tesão no meu filho... mas quem mandou ser gostoso como é... sempre tive tesão em incesto, era hora de partir pra conseguirdia eu estava a beira da piscina... meu filho estava na água...

- Filho... vem cá...

Ele veio até mim...

- Passa protetor nas costas da mamãe?

Ele começou a passar... então eu desatei o biquini e tirei as cordinhas pro lado...

- Já que a tua mão é boa... já me faz uma massagem.

Ele começou a me massagear... quando parou...

- Passa na minha bunda também...

Ele passou e ao findar me virei, mostrando meus peitos pra ele...

- Poxa filho... tuas mãos são muito boas. Termina de passar aqui também...

Ele passou pela barriga...

- Pode passar nos meus peitos... fica a vontade...

Ele começou a passar, apertando meus peitos... e eu soltei um sorriso safado pra ele...

- Aproveita, filho...

uma vez ele apertou e eu não me contive... soltei um gemidinho...

- Que delícia, filho...

- Tá boa a massagem?

- N-não... a visão do teu pau heheheh

- Não tem como conter, mãe...

- Se não me mostrar vai ter que parar de me massagear...

Ele baixou a frente da bermuda me mostrando aquela maravilha... a cabeça tava lisinha...

- Que delícia, filho... depilado...

- Elas gostam assim hahah

- Eu sei... eu também heheheh...

Fiz um sinal com o dedo...

- Vem aqui...

Ele aproximou o rosto e eu dei um beijo na boca dele...

- Tu é tão gostoso... eu não me contenho...

- A senhora é um tesão...

Ele me beijou o pescoço todo...

- E como fica o outro agora? Hahahah

- Ele nem vai saber...

- Mas depois de hoje eu só vou pensar no teu pau...

- E vai só pensar?

- Não! Eu quero ele todinho em mim.

Ele meteu a mão dentro da minha calcinha...

- Aqui não, filho... lá em cima...

Subimos pro quarto, ele me beijando... chegando lá tirei meu biquini...

- A senhora é muito gostosa...

- Eu sei... vem meter em mim...

Eu deitei em posição de frango assado e ele veio meter, socou forte na minha xaninha... caralho... eu gritava igual uma putinha... ele não aguentou muito e lambuzou toda minha barriguinha...

- Caralho... tu mete gostoso, filho...

- A senhora que me da esse tesão.

- Quando teu pai não tiver aqui, é só me procurar quando precisar hahahah

- A senhora também...

- Olha o que promete... se deixar eu não saio de cima.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 71 estrelas.
Incentive Suzi_ppk a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de Suzi_ppkSuzi_ppkContos: 10Seguidores: 62Seguindo: 0Mensagem [Você encontra minha história aí no perfil, o resumo está beeeem curto e nem perto do ocorrido, mas da pra entender como esse perfil começou. ] Resumo: Uma noite meu namorado não estava no clima... vi meu irmão na sala, ele tava bem duro, como eu gosto de uma rola... foi aí que minha história no incesto começou... agora conto as histórias de mães, irmãs e filhas que gostam de se manter em família.

Comentários

Foto de perfil genérica

Mamãe putona, liberou a Buceta pro filhinho trepar e gozar muito arrombando.

Precisa liberar o cuzinho tambem pro filho rasgar o toba enchendo com muita porra.

0 0
Este comentário não está disponível
Este comentário não está disponível
Foto de perfil genérica

Q coisa ridícula, uma mãe vagabunda traindo o marido com o próprio filho. Essa é puta mesmo

1 1
Foto de perfil genérica

Ótimo relato, mais, mais uma vez,deixe seu contato pra gente

0 0
Este comentário não está disponível