Obsecado pelos seios da irmã, enfim matou sua tara. Parte 3

Um conto erótico de Rody1967
Categoria: Heterossexual
Contém 4346 palavras
Data: 23/10/2023 08:50:55

Continuando.....

.Minha tara por seios começou na adolescência com minha irmã, mas nunca consegui ir além de espiar pelo buraco da fechadura.Como minha mãe acabou liberando seus peitões para eu me aliviar,acabei esquecendo dela,pelo menos até agora.Minha irmã Luciana havia se casado e tinha um casal de filhos,seu marido era um mala sem alça,vivia viajando por causa do trabalho,ele é caminhoneiro,quando estava em casa,só tinha tempo para os filhos e amigos.Certo dia disse que ia para o nordeste e levou o casal de filhos para essa viagem,ficariam quase 15 dias fora.Minha irmã Luciana acabou ficando sózinha e puta da vida,nisso convidou minha mãe e minha familia para um almoço na sua casa,era um sábado e todos fomos.Muito papo e muita bebida,sua casa tinha uma piscina,então fomos preparados para passar o dia,eu era o único homem na casa,estavam minha esposa,minha mãe e irmã e minha única filha Camila.Como contei no conto anterior,estava comendo minha mãe,pelo menos uma vez por semana,estava na melhor fase da minha vida.Tinha uma esposa bonita e gostosa,boa de cama e agora minha mãe que deixava eu fazer tudo que quisesse.Fui o primeiro a colocar uma sunga e cair na piscina, depois fiquei esperando e uma por uma foi entrando na água. Primeiro foi minha mãe, de maiô,mas mesmo assim era uma delicia,tive que me controlar para não agarrar ela ali mesmo.Depois minha esposa,de biquini ,deliciosa como sempre,logo em seguida minha irmã, ai foi foda,ela também de biquini e seus peitões eram sem dúvidas os melhores de todas,também pudera,puxou a nossa mãe. A buceta e a bunda lembravam minha mãe, quando mais jovem,uma cavala de mulher,e por fim minha filha,como era ainda uma menina,nem dei muita atenção a sua chegada.Mas como dizem,nunca substime o poder de sedução das mulheres,Camila veio e estava usando um maiô branco sem estampas,fiquei olhando disfarçadamente e como tinha olhado as outras,reparei no corpinho dela,mas ate então sem nenhuma malicia.Seios em forma de pêra,meio gordinha, bunda arrebitada e uma bucetinha que quando molhasse o maiô,iria aparecer certinho sua rachinha,como minha filha havia crescido,por ser gordinha estava muito gostosinha. .Dei um vacilo e ela notou meu olhar de guloso para cima dela,sorriu,pulou na água e veio me abraçar de frente,senti seus peitinhos encostarem no meu peito e sua bucetinha prensar meu pau.Abracei ela forte e sei que ela adorou esse abraço,pois sempre acabava voltando e me abraçando outras vezes,teve um abraço que ela acabou sentindo meu pau duro e me olhando nos olhos,sorriu com carinha de safada.Aquela minha filha estava se comportando como putinha na piscina,pediu para eu ensinar ela a boiar,lá fui eu ser torturado mais um pouco,ela ficou de barriga para cima e acabei tendo que apoiar uma das mãos na sua bunda.Por ser gordinha,sua bunda era gostosa de se ver e de tocar.Ela de olhos fechados e braços abertos,deu uma rebolada na minha mão, o maiô já estava enterrado na sua bunda,fez meus dedos entrarem no seu rego,Camila abriu os olhos e olhando para mim disse:

- Acho que nunca vou aprender a boiar pai!

- Vai sim filha!E não tenha pressa,estou adorando te ensinar!

.Ela deu uma rebolada na minha mão:

- Eu também estou adorando pai!

.Percebi que nós dois queríamos a mesma coisa,notei seus peitinhos ficarem com os biquinhos durinhos,e não era de frio,olhando sua rachinha,fiquei tarado como nunca havia ficado ainda por minha filhinha.Ela abriu novamente os olhos e me pegou olhando sua bucetinha:

- Pai,o senhor acha que tenho um corpo bonito?

- Sim filha!Muito bonito!

- Será que um dia vou ficar que nem a mãe?Com aquele corpão!

- Tenho certeza que vai Camila!

- Mas meus seios são tão pequenos!Acho eles estranhos !

- Para com isso Camila!Seus seios são lindos!E vão ficar maiores e mais lindos ainda!

- O senhor nunca viu!Como pode dizer sso?

.Aquela ingenuidade estava me atiçando e me seduzindo também:

- Estou vendo eles na minha frente e são lindos!

- Só lindos?O que mais pai?Quero saber!

- Para com isso Camila!Vai me colocar numa fria ,se sua mãe souber desse nosso papo!

- Diz logo pai,eu não vou falar nada para ela,pode confiar!

.Olhando aqueles peitinhos redondinhos e durinho,acabei sedendo:

- Eles são bonitos e devem ser bem gostosos de chupar filha!Tá satisfeita!

- Sério pai!Nossa!Me diz uma coisa?Qual a graça de chupar seios?Não sai

leite!

- Ta curiosa demais menininha!

- Só me explica!

- Os seios da mulher não precisa sair leite para o homem gostar!É uma parte da mulher que deixa tanto o homem como a mulher excitados!Entendeu?

- Quer dizer,que qualquer homem que mamar em mim,vai ficar ficar excitado?

- Sim!Mas não quero que deixe ninguém mamar ai ,entendeu!Só depois dos 18 anos!Estamos entendidos?

- Nem o senhor?

- Como assim eu?

- Se deixasse,o senhor mamaria em mim?

- Para com isso Camila!Que papo é esse?

- O senhor disse que eles devem ser gostosos de chupar!Não quer matar essa curiosidade?

- Camila,Camila!Vai me colocar em enrascada!

- Quer ver eles,ai vai poder dizer o que acha!

- Ta louca!Aqui na piscina não, menina!

- Como o senhor é bobinho!Claro que não!Em casa,o que acha?

- Vamos ver Camila!

.Não sei o que deu em mim naquele momento,alisei e apertei sua bunda com gosto e disse:

- Agora chega de boiar,outra hora continuamos ta bom!Vou tomar uma cerveja!

.Ela me abraçou de frente agradecendo e roçou sua bucetinha no meu cacete e sentiu ele super duro de novo,o que estava acontecendo com essa menina,e também comigo,se estivesse sózinho com ela,chuparia aqueles peitinhos até cansar e aquela bucetinha também.Em pouco tempo naquela piscina, já não via minha filha como uma menina inocente e ingenua,via uma putinha no cio e tenho a certeza que se a agarrasse,poderia fazer o que quiser.Acho que a palavra " Se",não existia mais,pois eu fiquei tarado nas sua atitudes, e na primeira chance sozinho com ela em casa,vou seduzir e pelo menos chupar ela todinha,isso eu garanto que vou fazer.Nun rápido pensamento,imaginei ela sentada no meu colo rebolando e deixando em mamar nela,nossa,como eu queria bater uma punheta naquele momento,fui sózinho para a parte mais funda da piscina me acalma,meu pau ate doia de tanto tesão.Camila veio e sentou na borda da piscina perto de mim e disse:

- Quarta feira não tenho aula,o senhor pode sair mais cedo do trabalho?

- Porque Camila?

- Para o senhor cuidar de mim, que acha?

- Ta bom!Eu saio mais cedo sua danadinha!

-Ebaaaaa!

.Minha filhinha estava me dando mole com certeza,agora não tinha mais volta,meu cacete não ficava mole, puxei minha esposa que estava na piscina e abracei ela de costas:

- Olha como seu biquini me deixou,sua safada!

- Nossa!Tudo isso por minha causa!Que delicia!

.Ela rebolou e apertou com força,quase enfiei nela ali mesmo,fiquei disfarçando na água até me acalmar, minha mãe mergulhou e apertou meu pau por baixo da água, acabei voltando a ficar duro de novo .Três mulheres na piscina me deixando tarado, só faltava agora minha irmã se insinuar pra mim,isso da minha parte nunca aconteceria,pois nunca tive intimidades com ela.Passamos um dia agradável e na hora de irmos embora,minha irmã disse:

- Pedro?Você sabe mexer com encanamento?

- Sei um pouco!Porque?

- Minha caixa de água está com vazamento e meu marido não sabe mexer com isso,será que podia dar uma olhada!E o chuveiro do meu quarto está queimado e vazando!

- Posso arrumar sim!

- Pode ser amanhã cedo?Se puder é claro!

- Claro luciana!Amanhã estarei aqui!

.Nos despedimos e fomos embora,em casa já me preparando para dormir,fui dar um beijo de boa noite em Camila,coisa que sempre fazia todos os dias,mas agora era diferente.Depois da piscina,passei a sentir uma certa atração,a via como uma mulher e não mais como minha filhinha.Entrei no seu quarto,ela estava coberta com um lençol fino e não dava para ver seu corpo,ela percebeu minha presença e se virou:

- Oi pai!

- Vim dar boa noite para você!

.Me aproximei e fui dar um beijo na sua testa como sempre fazia,só que Camila fez biquinho,estava querendo um selinho.Que menina danada,fui até na porta e me certifiquei que minha esposa estava deitada,voltei e se ela queria um selinho,iria ganhar muito mais.Aproximei e a beijei na boca,que lábios macios e doces,ela correspondeu e até fez carinho nos meus cabelos,olhei nos seus lindos olhinhos cor de mel e sai, que loucura,Camila estava me seduzindo facilmente. Voltei para quarto e fui me deitar ao lado da minha esposa,nesse momento o telefone toca:

- Pedro!O cano da água estourou,está vazando a doidado!O que eu faço?

.Era minha irmã Luciana e estava desperada,ela morava a uns 20 minutos de casa,peguei o carro e fui para sua casa,chegando lá,minha irmã estava de camisola e sem sutiã e de calcinha atolada,que tesão de mulher,olhei o vazamento e era muita água, subi na laje e dei um jeitinho provisório,avisei minha esposa que dormiria ali,e começaria cedo o reparo,ela aceitou numa boa.Ajudei a limpar e secar toda aquela água, mas sempre olhando aquela cavala de 41 anos,ela me pegou olhando para os peitos dela e para sua buceta,nem se constrangiu,apenas sorriu pra mim:

- Desculpa ter tirado você da cama!Eu não ia pedir para um estranho,vir na minha casa a essa hora!Entende?

- Claro!Fez certo em ligar pra mim!Um estranho com certeza estaria pensando besteiras!

- Besteiras?Como assim?

- Ué!A essa hora do noite, uma cavalona vestida de camisola ,ficaria dificil resistir!

- Sei!E você?Conseguiria resistir?

.Não estava acreditando, minha irmã me seduzindo,seria verdade ou apenas brincadeira,resolvi tirar a prova:

- Quer a verdade?

- Claro!

- Não estou resistindo nem como seu irmão, imagina se fosse um estranho então?

- E se você fosse um estranho?O que faria?

- Se mostrar o que faria,você brigaria comigo com certeza!

- Experimenta!

- Tá falando sério!Olha,olha,Luciana!Então vire se tiver coragem eu te mostro!

.Ela ficou de costas,que bunda gostosa ela tinha,fiquei ainda na dúvida se partiria para cima dela ou não:

- E ai?Vai amarelar Pedro?

.Aquilo foi como se me chamasse de frouxo, não aguentei e agarrei ela por trás,apertei seus peitões com as duas mãos e a encoxei,fiquei sarrando ela e beijando seu pescocinho:

- Não sabia que meu irmãozinho era tão tarado assim!

- Vou te mostrar como estou tarado por você!

.A virei de frente e a beijei na boca,arranquei até suspiro dela,fazia tempo que nera beijada dessa maneira, abaixei as duas alças da sua camisola e deixei seus peitões nús,apertei com vontade e depois mamei,estava realizando um sonho desde a adolescência.Apertei sua buceta e senti que estava fervendo,estavamos na cozinha ainda,a peguei no colo e joguei no sofá, ali mesmo fui direto para o seu bucetão,afastei a calcinha para o lado e vi uma buceta linda,toda depilada e com lábios perfeitos e pequenos.Meti a lingua como um esfomeado,já estava molhada a danada,enfiei até no fundo e chupei:

- Minha nossa Pedro!Faz tanto tempo que não sou chupada assim!Nossa como isso é errado!Mas como é bom!Que lingua e essa Pedro!

.Luciana rebolava na minha boca e apertava minha cabeça contra sua buceta,era muito tesão acumulado,seu gemidos denunciavam que fazia tempo que não se sentia assim:

-MeuDeus,Pedro,continua,continua,não para,não para!Vou gozar!

.Ela ergueu a cintura e gozou,era uma potrancona no cio,busquei todo seu gozo na ponta da língua,engoli com prazer:

- Ahhhhh Pedro!Eu gozei e cheguei ao orgasmo ao mesmo tempo!Menino,onde aprendeu a ser tão gostoso assim?

- Quando estou com uma mulher que amo,procuro fazer o melhor para ela,pois depois sei que ela vai me agradecer do mesmo jeito!

.Ja fui tirando toda minha roupa e posicionando a cabeça do cacete, na entrada da sua bucetona melecada de saliva e gozo

- Ai Pedro!Será que devemos fazer isso?

.Fiquei passando o pau nos lábios, colocando e tirando a cabeça e dizendo:

- Vai amarelar Luciana?Olha só o que vai deixar de ganhar!

.Nessa hora foi uma mistura de prazer e ao mesmo tempo engraçado, pois ela me chamou assim:

- Seu peste!Para com essa putaria de colocar só a cabeça e tirar!Mete de uma vez e satisfaz sua irmãzinha carente!

.Ergui suas pernas e penetrei de uma só vez,a bichinha gemeu de dor,pois além de fazer tempo que não transava,meu cacete era maior que do frouxo do cunhado corno:

- Você está me rasgando por dentro!Aiiiiiiii!

- Quer que eu pare?

- Por tudo que é mais sagrado,se parar eu te mato!Me fode ,arregaça sua irmã!Quero ser judiada hoje!

.Essa palavra judiada,ouvi da minha mãe, e já que ela queria se judiada,vou ter o maior prazer e transformar ela na minha mais nova puta.Ergui mais suas pernas e soquei até o talo e fiquei metendo forte,apertava seus peitões e a beijava:

- Ai seu louco!Que pensa que esta fazendo!Vai me deixar gamada!

- Isso que quero!

.A coloquei de quatro no sofá e soquei forte no bucetão,seu cuzinho começou a piscar,passei o dedo cheio de saliva e enfiei todinho nela,ela colocou a mão para trás e senti tentando tirar meu dedo do seu rabo:

- Ai Pedro!Ai não, por favor!Nunca dei atrás para ninguém!Dói muito!

.Nem deu ouvido,metia na frente e atolava o dedo atrás,e de quebra comecei a puxar seu cabelo como uma verdadeira vagabunda de zona.Nós dois suávamos de correr água, e por ter bebido muita cerveja,estava demorando para gozar,então mudamos de posição. Sentei no sofá ,fiquei balançando meu cacete e chamando ela:

- Vem aqui irmanzinha!Vem cavalgar no cacete do seu irmão!

.Ela sorrindo e gostando do tratamento,sentou e começou a cavalgar e rebolar como uma vagabunda experiente,seus peitões que quando adolescente, morria de tesão, estavam a meu dispor novamente,abracei forte seu corpão e mamei naquelas belezuras:

- Nossa!Arrumei um bebezão que adora mamar!

.Eu apertava aquela bundona e voltei a enfiar o dedo no cú,dessa vez deixou sem questionar,que loucura pensava eu,estava mamando e metendo na minha irmã, coisa que jamais podia imaginar acontecer um dia:

- Ai Pedro!Desse jeito, vou acabar gozando de novo!

- Então goza comigo!Estou quase gozando!Mas quero gozar desse jeito!

.Sem ela esperar a puxei e nos beijamos de lingua enquanto metiamos,foi muito prazeroso sentir ela gemendo na minha boca e gozando no meu pau,acabamos gozando juntos.Luciana após gozar, deitou no meu peito exausta e ofegante ,acariciei seus cabelos com carinho ,enquanto beijava seu rosto:

- Como queria que meu marido fosse igual a você!Depois dele gozar,chegava até me empurrar para sair de perto dele,raramente eu conseguia gozar,ele ia para o banheiro tomar banho sózinho e depois dormia virado de costas para mim!Eu tinha que finalizar tocando siririca!Acredita?

.Pelo jeito,minha irmã era muito mal amada,eu não entendia,pois ela era nova,bonita,gostosa e pelo menos até agora era fiel,o cara era um trouxa mesmo.Abracei ela mais forte ainda e disse:

- Então agora você vai ter mais motivo para odiar seu marido!

- Porque?O que você vai fazer Pedro?

.Não respondi em palavras e sim em ação,a peguei no colo e fomos tomar banho juntos,quando cheguei no box,antes de por no chão, a beijei na boca novamente.Entramos os dois juntos e com uma água bem morninha,passei sabonete no seu corpo com muito carinho,ela até fechou os olhos e curtindo aquele momento de carinho :

- Pedro, Pedro!Desse jeito,vou ficar mal acostumada!Vai ter que dar assistência aqui também!

- Vou adorar cuidar da minha irmãzinha, sempre que ela chamar!Se ela chamar,e claro!

- Vou te mostrar que eu não tenho dúvidas, que quero você de novo!

.Luciana pegou o sabonete e ficou lavando e alisando meu pau,estava mole,mas o que importa era a intenção,se ajoelhou e mamou meu cacete.Que boca deliciosa,minha irmãzinha sabia fazer um boquete,parecia minha mãe chupando,acariciava as bolas,mas acho que duro não ficaria de novo aquela noite,então ela me surpreendeu:

- Espera aqui!Não sai do chuveiro!

.Se enrolou nun roupão e saiu,voltou rapidinho e com um copo de água:

- Toma Pedro!

.Era o famoso viagra,e pelo jeito era do corno do cunhado:

- Não Luciana!Não vou tomar isso!Nunca tomei!

- E se eu te der algo em troca!Você toma?

- Não quero nada de você!Não sou interesseiro!E não vou tomar!

- E se eu der pra você ,algo que nunca dei para nenhum homem!

- Ta de zoeira comigo?Você disse que sente dor atrás e também tem medo!

- Sim,mas se for feito com carinho e por uma pessoa especial que sempre amei,acho que consigo suportar a dor!Concorda comigo?

.Ela havia me pegado de jeito,só restou abrir a boca e engolir aquele azulzinho,seria o segundo cuzinho virgem da familia que comeria,e isso não tinha preço,e também seria um trouxa que nem o marido dela,se não aceitasse essa proposta.Continuamos nosso banho e fomos para a cama,lá ficamos namorando agarradinhos,ela estava muito carente e era alvo fácil de qualquer homem,sorte minha que era eu que estava ali para cuidar dela.Nessas conversas,me revelou uma coisa que sabia,me deixando surpreso e com medo:

- Sabe Pedro!Promete não ficar zangado comigo?

- Porque ficaria zangado?

- Eu sei de um segredo seu a anos!

- Segredo?Que segredo?Não tenho segredo algum?Ta maluca?

- Não precisa ficar nervoso!Eu sei sobre você e nossa mãe!

- O que você sabe?

- Tudo!Sei que até hoje você mama nos seios dela e bate punheta até gozar!

- Quem te disse isso,sua louca!

- Ninguém me disse!Eu vi!E vi várias vezes quando éramos adolescentes e vi agora também depois de adulto!

.Meu segredo estava descoberto,a unica coisa se a fazer agora era assumir, e tentar descobrir o que mais ela sabia:

- Ta bom!Eu assumo!Mas sempre foi ,porque tanto eu como ela curtimos esse momento nosso!

- Eu sei disso!Sempre vi amor e carinho entre você, nesse momento principalmente!Eu sentia inveja!Mas nunca falei para ninguém sobre isso!

- Porque sentia inveja?Queria estar no lugar da mãe?

- Sim!Queria deixar você mamar em mim!Queria ser amada daquele jeito!Mas também batia uma vontade de mamar na mãe também!Achava isso estranho e me deixava super excitada

.Nessa hora, Luciana chorou nos meus braços,apertei ela forte:

- Você vai ser sempre amada por mim e por nossa mãe !Mais amada ainda por mim!Se quiser,posso armar para matar a vontade de mamar na mãe!Aceita?

- Eu quero!E sei que você vai querer também, né safado!Vai querer comer nós duas ao mesmo tempo,né safado!

- Não sei se a mãe deuxaria eu comer ela!

- Para Pedro!Eu sei que anda comendo nossa mãe!

- Sabe?

.Aquele clima estáva meio pesado,então resolvi dar uma quebrada,ergui ela um pouco e comecei a mamar nos seu peitão, nisso o viagra começou a fazer efeito,meu pau estava na entradinha da sua buceta,foi só dar uma empurradinha para entrar tudo:

- Pedro!Cada vez que coloca esse mostro em mim,sinto um tesão do caraio!

.Comecei a meter e mamar nela deitados de frente,ela rebolava tão gostoso no meu pau,mas do nada se levantou,e foi na cômoda,pegou um creme de penetração vaginal e me disse assim:

- Esse creme o corno usa para me penetrar na frente ,pois era muito incompetente para conseguir me deixar excitada e lubrificada!Quer usar ele para ser o primeiro a comer meu rabinho?

.Nem precisou dizer mais nada,a coloquei de quatro e comecei a chupar seu cuzinho,que delicia passar a língua nas suas preguinhas,chegava até escorrer saliva de tanto que eu babava e enfiava a lingua naquele rabinho.Ela por sua vez,rebolava na minha lingua:

- Que experiência deliciosa Mano!Nunca fui chupada desse jeito!

.Era chegado a hora de comer aquele cuzinho virgem,mas eu tinha outra método para ela,deitamos de conchinha,assim ela ficaria mais relaxada e eu poderia acalmar de outras maneiras.Lambusei meu cacete e seu cuzinho,encaixei a cabeça na portinha e empurrei,entrou fácil, ela sentiu dor,mas foi só a cabeça.Ajeitei atrás dela e virando sua cabeça disse:

- Quero tirar a virgindade do seu rabinho,beijando sua boca!

.Ela só balançou a cabeça positivamente,comecei a beijar e chupar sua língua, nisso já fui empurrando,ela tentou ir para frente,mas a segurei.Abri um pouco suas pernas e meti os dedos na buceta, ela ficou mais relaxada,dava uma empurrada no pau e parava,ela gemia e deixava. Meus dedos estava melecados, ela se excitava muito e soltava bastante fluido,o Otário do cunhado e que não sabia mesmo deixar a putinha excitada.Empurrei mais um pouco e ela colocou a mão entre nossos corpos,parecia querer me empurrar para sair dali,mas acabei entendendo que ela queria apenas controlar a penetração.Deixei ela fazer isso,ela colocou a mão na minha bunda e puxou para cima dela,conforme entrou mais um pouco,ela segurou meu corpo.Nisso,fomos indo no seu ritmo, e pouco a pouco foi entrando,quando faltava menos da metade,ela me puxou de uma vez até entrar tudo:

- Ahhhhhhh,que dor gostosa!Seu pauzudo!Satisfeito!Acabou de tirar a virgindade da sua irmã!

- Que rabo delicioso mana!Vou querer sempre comer ele!Essa bunda firme e macia,esses peitões saborosos e essa boquinha então, amei beijar!

- Eita!Não vai se apaixonar por mim hein?Ainda tem sua mulher e nossa mãe para você dar conta!

- Verdade!Será que aguenta ficar de quatro?

- Sim!Mas não tira!Vamos nos virar!

.Fizemos um malabarismo e conseguimos,agora era hora de meter de verdade,segurei sua bunda e comecei a meter devagar e fui aumentando o ritimo:

- Puta que pariu Mano!Que dor gostosa!Esse cacetão está me rasgando,mas da prazer também!

.Agarrei seu cabelos e disse:

- Pedi?Pedi vara no cú!Pedi sua puta?

- Soca esse caraio grosso no meu cú seu safado!Faz comigo,que nem você faz com sua esposa e com nossa mãe!Anda seu pauzudo gostoso!

Agora sim iria judiar dela,enquanto puxava seus cabelos,dei tapas naquela bundona,que doia tanto minha mão, como suas nadegas:

- Ahhhhhh!Uhhhhhhh!Que delicia!Bate ,bate,bate seu safado!E isso que queria?Foder sua irmãzinha!Continua estou quase gozando!Fode meu cú!Fode!

- Estou quase gozando também sua vagabunda!Vou encher esse cuzinho de porra!Quero ver seu rabinho pingar meu leitinho!

- Essas coisas que fala só me dá mais tesão ainda!To gozando!To gozando!Meti forte agora,vai,não para!Ahhhhhhhh!

.Como ela se comportava como puta,adorei esse jeitinho,gozamos juntos e caimos na cama exaustos,jamais poderia imaginar que tinha uma vagabunda tão safada adormecida dentro da minha irmãzinha.Dormimos daquele jeito mesmo,nús,suados e satisfeitos pelo amor insano que fizemos, apartir de agora ela seria minha amante,igual minha mãe. No outro dia acordei antes,ela dormia de barriga para cima, seus peitões deliciosos estavam pedindo para serem chupados, não resisti e comecei mamar na Luciana.Abri suas pernas e penetrei sua buceta,ela acordou nesse momento:

- Que isso menino?Não cansa não?

- Com um mulherão desse,nua na minha frente,não tem como!

.Com eu gostava dessa posição, meter e mamar ao mesmo tempo,ela cruzou as pernas nas minhas costas e disse:

- Me faz gozar nessa posição, maninho?

- Claro!Só me avisa quando estiver vindo!

.Os bicos dos seios estavam vermelho de chupar,meti o dedo no seu cuzinho e isso fez ela gemer mais alto ainda.Acho que ficamos uns 15 minutos só naquela posição,e Luciana falou:

- Meu Deus Pedro, estou gozando e sentindo orgasmo de novo,que loucura de homem!

.Acelerei as metidas e gozei logo depois dela:

- Agora eu sei o motivo da nossa mãe estar tão alegre ultimamente!Me diz uma coisa Pedro!Você já comeu o cuzinho da nossa mãe!

- Claro!Fui eu que tirei o cabacinho dela!Já tirei o cabacinho das três mulheres da minha vida!

- Eita garanhão!Só falta então comer o cuzinho da Camila,para fechar o ciclo!kkkkk

- Que isso Mana!Ta louca!

- Não menospreze minha inteligência Pedro!Eu vi você de pau duro,acariciando a bunda dela na piscina!Vi também que ela estava gostando!Logo,logo você vai comer ela,tenho certeza!

- Nossa mana!Ao jeito que você fala!

- Fica tranquilo Pedro!Não acho errado!Antes você do que um vagabundo qualquer!E outra coisa!E só combinarmos, e libero a casa para você e ela!

- Minha irmã é maluca mesmo!Que nem eu!Vou ver e te aviso!

- Quer saber de outra loucura minha?

- Diga!

- Se topar,eu quero que tire a virgindade da minha filha também!Ela com certeza é virgem e muito ingênua!Aceita?

.Minha sobrinha era uma loirinha linda e muito gostosinha, parecia uma paquita,e puxou a mãe, tinha um belo par de peitões:

- É sério mesmo,o que está falando!

- Sim!Aceita?

- Seria um trouxa se não aceitasse!

- Combinado.......

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 70 estrelas.
Incentive Rody1967 a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil genéricaRody1967Contos: 122Seguidores: 226Seguindo: 2Mensagem Heterossexual ,ativio e muito viril.

Comentários