P1: Meu pai gosta de ser corno...

Um conto erótico de João e flor
Categoria: Heterossexual
Contém 1397 palavras
Data: 03/10/2023 06:27:45

Minha mãe é loira, lábios carnudos, um quadril largo, uma bunda média, coxas gostosas e peitos medianos para pequenos... ela tem 38 anos e mede 1,70 de altura, 8cm mais baixa que eu...

Um dia estava passando pelo corredor pela tarde e ouvi o celular de minha mãe tocando no móvel ao lado da cama... fui pegar pra levar pra ela. Quando vi que era uma mensagem de um homem estranho...

- Oi, flor. Podemos nos ver hoje? O corninho deixa?

Caralho... era isso mesmo que estava rolando? Minha mãe chifrando meu pai?

Abri a conversa para olhar mais a fundo. Conforme fui subindo a conversa, era uma mensagem pior que a outra...

- Noss... Florzinha, não consigo esquecer aquela chupada.

E logo após a foto da rola dele toda melada... acho que ele tinha batido uma...

Subindo mais nas conversas, achei o que suspeitava... minha mãe estava na frente de um espelho tirando a foto com seus peitos pra fora... meu pai estava atrás, deitado na cama...

No começo pensei em como ela podia ter mandado essa foto... meu pai logo atrás dela... e o cara... ele não ligava por ela ser casada?

Fiquei olhando pra foto e quando menos percebi estava encarando os peitos dela... eram lindos, com os bicos rosadinhos... quando me dou por conta, estou arrumando meu pau dentro da bermuda... ele já estava bem acordado...

Continuei vendo as conversas...

- Porra, Flor... você tem que me dar essa bucetinha de novo... faz mais de uma semana... to me acabando aqui...

Continuei... rolei as conversas mais pra cima e lá estava... minha mãe de quatro em cima da cama abrindo a bucetinha com dois dedos... pela jeito era meu pai que tinha tirado a foto... eu ainda não tinha entendido o por que deles tirarem tantas fotos... vendo as conversas me perdi no tempo... quando me deparo com uma voz...

- O que você esta fazendo aí?

Eu me virei assustado, de barraca armada e tudo... ela pegou o celular da minha mão, ligando a tela, viu a foto que ainda estava aberta...

- Porra... filho...

- Eu que falo isso, mãe... como a senhora pode fazer isso?

- Isso o que?

- Trair o pai assim, ainda mandando as fotos que pelo jeito ele tirou...

- Olha... é complicado, filho...

- Como complicado? A senhora trai ele...

- Não, filho... a gente gosta disso...

- E-ele gosta de ser chifrado?

- É, filho... ele gosta de ver outro homem me comendo...

- Credo, mãe. Isso é jeito de falar...

- Hahahah para, filho... olha pra você... eu cheguei aqui, tu tava alisando o pau por cima da bermuda e sou eu que não posso falar besteira...

- Ah, mãe... não é isso, não...

- Como não... tu já tava todo duro aí pra mamãe hahahah. Relaxa filho... eu estava com muira raiva quando te vi aqui... mas não adianta mais... você já viu mesmo...

- Porra, mãe... eu não esperava ver isso... não esperava que o pai tivesse esse fetiche também...

- Éh, filho... as pessoas nos surpreendem as vezes...

- Mas é que isso é foda...

- Não, filho... foda é tu chegar no quarto e ver teu filho quase batendo uma pra ti...

- Olha, mãe... esquece isso...

- Hahahah tá... eu vou tentar... mas tu não enviou a foto pra ti, né?

- Hahah não, mãe...

- Ah, que bom, rapaizinho... aliás zão, né? Safado heheheh

Ela colocou a mão na minha perna...

- Não fica achando que a mamãe é uma puta, tá? É que seu pai gosta de me ver dando pra outro e...

- Mas a senhora não faz isso só por ele, ou faz?

- Como assim, filho?

- A senhora gosta de outro de comendo...

- Ah... gosto...

- Então, com todo respeito, mas pra mim isso é puta...

- Aih, filho... mas eu só dou pra quem eu quero e se o teu pai concorda... Eu não dou pra qualquerTu nunca deu pra ninguém que o pai não saiba?

- Não, ele sempre escolheu junto... ele gosta disso hahahah

- E pelo jeito a senhora também...

- Ah, fazer o que, né? É bom dar pra alguém diferente...

- Mas como vocês fazem isso? Tipo... o pai vê tudo?

- Não... só as vezes eu mando um vídeo pra ele... ou conto quando chego em casa hahahah

- Noss... mãe, a senhora é muito putinha hahahah

- Aih, filho... puta não...

- Hahahah mas a senhora gosta dessa putaria toda

- Ah... todo mundo gosta de uma putaria... tu também... não parava de olhar pra minha buceta aí...

- Hahahah poh... mas a senhora tem uma bucetinha linda também...

- Viu, safado... é só dar corda que tu fica todo assanhado... mas agora eu tenho que continuar fazendo minhas coisas...

Ela foi, levando a celular...

Dias se passaram... era estranho olhar pro meu pai e saber daquelas coisas... mas quando eu olhava pra mãe, agora eu estava imaginando ela pelada, com aquela raba pulando...

Até que um dia eu passei na cozinha e ela estava varrendo...

Então ela balançava a bunda pra um lado e outro...

Era uma oportunidade única, o que podia dar errado, a gente já tinha falado um monte de putaria...

Passei, e quando ia passando dei um tapa naquela raba, ela balançou gostoso...

- Aih, filho...

- Que foi mãe?

- Mão pesada...

- Quer que eu bata mais leve? Hahah

- Tu ta muito assanhadinho esses dias...

- Eu sou o mesmo...

- Sei... mas agora com tapa na minha bunda...

- Poh, mãe... tava rebolando tão bem que mereceu...

- Ah é assim? Vou falar pro teu pai então...

- É capaz dele ter uma ereção hahahah

- Hahahah idiota...

Fui e dei outro tapa enquanto ela varria...

- Ahhh safado...

- Pelo jeito esse foi melhor...

Ela sorriu por cima do ombro...

- Os dois foram bons heheh

Sai dali e fui pro meu quarto... um tempo se passou e eu vi ela deitada na cama dela, mexendo no celular...

Cheguei e peguei forte na bunda dela com as duas mãos e balancei pra cima e pra baixo...

- Aiiih, filho... não faz isso...

- por que não?

- Por que eu sou tua mãe, oras...

- Relaxa, mãe... eu sei que a senhora gosta...

Meti a mão entre as pernas dela, bem na bucetinha...

- Que isso? Sai tarado...

- Que foi mãe?

- Como assim, o que foi? Tu com a mão na minha buceta...

- Mas a senhora gosta...

- Tu é meu filho, nao pode fazer isso...

- A senhora gosta dos meus tapas... me olha com uma cara de safada e agora não quer nada?

- Eu só entrei na brincadeira... não achei que ia querer me comer...

- Por que não? Olha pra senhora... é gostosa pra porra...

- Hahaha a é? Mas sou tua mãe, me respeita e sai daqui...

Depois disso passou uns dias... eu não desisti... continuei dando tapas, a safada me olha com uma cara de safada como se a gente nem tivesse conversado sobre eu querer comer ela...

Numa tarde, meu pai tinha saído fazia meia hora... eu estou em meu quarto quando entra minha mãe... de calcinha e sutiã...

- Que isso, mãe?

- Tu não queria? Chegou a tua hora...

Eu pulei da cama, ela tirou o sutiã...

- Olha, safado... teu pai não pode nem sonhar com isso!

- Ele não vai...

Meti um beijo na boca dela e ela retribuiu... começou a passar a mão no meu pau...

- Depois eu que sou o safado...

- Desde aquele dia eu quero esse pau... tu tava certo... eu sou uma putinha mesmo...

- Éh... agora eu vou dar o que tu merece, putinha...

Joguei ela na cama, e meti por trás na bucetinha dela...

- Aaaaahh... pooorrraaaaah...

Eu dava tapa na bunda dela... pra deixar roxo mesmo...

- Bateh bateee saaaafaaaadddooooohh... bateeeee naaaa tuaaaa cadeeeeelaaah... aaaaahhhh

Eu metia com força na bucetinha dela... eu estava com raiva de não ter comido antes mesmo...

- Caraaaalhooooo... filhoooo daaaaa puuutaaaaah

Não demorou muito e ela gozou...

- Aaaaah souuuuu umaaaa putaaaah... vouuuu gozaaar....aahhhhh

Depois eu tirei, e comecei a foder a bunda dela...

- Vai... pirocudoooh comee o cuzinhooo issoooooh

Eu já ia gozar, não podia deixar de encher aquele cuzinho de porra...

- aiiiih filhooooh tu encheu meu cuzinho de porra..

- Nossa, a senhora é muito gostosa...

- Que bom que gostou... por que eu amei teu pau também hahahah eu quero todo dia...

Ela se levantou e a porra começou a escorrer perna a baixo...

- Olha... a lambança que você fez...

- a culpa é tua por ser gostosa assim...

- Não conta pra ninguém que eu te dei tá? Tu é o único que teu pai não sabe... hahahah ela saiu pro banheiro.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 100 estrelas.
Incentive AninhaBoobies a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de AninhaBoobiesAninhaBoobiesContos: 19Seguidores: 112Seguindo: 0Mensagem Publico alguns contos de incesto que recebo por e-mail. Não sei se são verdadeiros, alguns parecem e tem fotos. Nenhum é com menor de idade ou bizarrices, todas as pessoas desejam o mesmo, sexo.

Comentários

Foto de perfil genérica

Adorei o seu conto e gostaria de saber mais sobre sua mãe e as transas dela. E queria receber fotos dela. Meu e-mail é adriano_sp_pv8@hotmail.com

0 0
Este comentário não está disponível

Listas em que este conto está presente

Fantasias fetiche
Muito excitante