Trepei com a Rose , filha de um amigo meu

Um conto erótico de Denar
Categoria: Heterossexual
Contém 627 palavras
Data: 18/10/2023 05:43:41

Eu trabalhava em uma empresa , ela possui um vasto terreno e lá varias pessoas moram , ali ,inclusive um casal onde o homem era cheio de ser comedor e a mulher dele uma vadia , dava pra vários caras da empresa , o casal tem 3 filhas , gostosas , mas eu louco pela do meio moreninha alta , uma ninfetinha , mas vários caras queriam pegar ela , mas um carinha que trabalhava lá começou a namorar com ela e eu ficava babando por ela , eu tinha amizade com a família toda ,eu moro no bairro vizinho da empresa e eles também tem casa no bairro , certo dia os pais dela se separaram e a mãe e as 3 filhas vieram morar aqui no bairro , bom , então como eu tinha amizade e a mãe dela queria dar pra mim , eu frequentava a casa dela , mas sempre estava lá a Rose , a qual eu era afim , eu aproveitava para beijar e abraçar ela ,a mãe dela percebeu porque me flagrou beijando a filha dela na boca ,então ela falou safadinho você né , mas ela aceitou de boa , sempre eu via a mãe dela pelada mas eu queria a filha , certo dia eu estava de moto e a mais nova pediu para que eu desse uma volta de moto com ela , a Rose me disse vai leva ela pra dar uma volta depois sou eu, então fui ao chegar em uma rua escura parei a moto ela desceu, coloquei no cavalete e ela sentou eu sentei de frente pra ela e comecei a beijar ela , com o cacete duro como ferro , ela de saia , eu a puxei ela pra mim e chupei os peitos , puxei a calcinha de lado e coloquei o cacete na porta da bucetinha dela , ela pediu coloca devagar , senti a bucetinha molhadinha , então acertei a direção coloquei as mãos na bunda dela e fui puxando , a vara foi entrando lentamente , quando entrou puxei ela até o pé da vara e segurei , mas ela deu um pulo para trás e tirou o cacete de dentro , fiquei louco ela falou vamos embora eu louco de tesão , mas ela disse vamos ou vou a pé , então fui embora , com o cacete todo molhado da buceta dela , cheguei lá a Rose disse é minha vez , eu louco por ela , disse vamos e sai com ela , falei vamos ao motel e ela falou não , mas fui pra tentar a sorte , cheguei , pedi o quarto entramos e ela de boa, quando entrei no quarto , beijei tanto ela na boca , retirei a roupa dela , que corpinho magrinho lindo um violãozinho , beijei todo corpinho dela e arranquei a roupa toda meu cacetão surgiu durissimo , ela pegou ele e disse nossa enorme , mas eu disse e vai comer vc , ela sorriu , me punhetou um pouco eu chupei a vulva dela , lambi o rabinho dela e no enlace com , ela eu estava meio apaixonado e consegui encostar o cacete na bucetinha e empurrar devagarinho , até entrar tudo dentro daquela linda gatinha , fudendo e beijando a boca dela , mas eu queria de 4 , nossa aquela coisinha de 4 a bundinha linda , coloquei o cacete na portinha da buceta e ela disse não goza dentro , falei sim , não vou , mas quando peguei no quadrilzinho enterrei a vara até o pé e comecei a bombar, mas segurei o pescoço dela e beijava a boca dela e ela gemendo ,, logo ela disse vou gozar , eu tambem quase gozando a puxei e segurei com o cacete enterrado , de maneira a ela não escapar e dei uma bela gozada que enchi a bucetinha dela , nossa ali segurei até sair a ultima gota , ela assustou e falou voce gozou dentro falei sim eu queria, foi um risco, fomos embora , tentei comer ela outras vezes mas ela não quiz mais.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 39 estrelas.
Incentive Denar a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil genérica

É o que sempre falo: Tá a fim da mulher, vai em cima, canta na moral. É muito mais jogo que ficar cercando e depois entrar sorrateiro no motel para forçar a foda. Mulher gosta de homem de atitude e pegada

0 0
Foto de perfil de Gordinho bb

Não comeu mais oq vacilou, se tivesse gozado fora ou melhor na boca dela,era ela que ia te pedir pra comer ela, kkk

1 0