Nova vizinha é tesão.

Um conto erótico de SexUrb 22
Categoria: Heterossexual
Contém 835 palavras
Data: 12/10/2023 20:02:32

Olá, pessoal da CDC!

Os fatos relatados são reais,nomes fictícios.

Eu Bruno, moro nesse endereço desde 2018 e uma vizinhança bem tranquila. Até, tenho algumas vizinhas gostosas mas, nunca investi para não ter muito problema futuro. Enfim, vamos aos fatos.

Há cerca de três meses mudou-se para casa ao lado,uma moreninha aproximadamente 1,60, cabelos cacheados castanhos escuros, olhos também castanhos claros que contrastam bastante com seu tom de pele e cabelos,a mulher é bonita mesmo. E tempo, que não parava em casa nos finais de semana, porém,no sábado passado diaresolvi que não ía sair. Fazendo algumas coisas,tipo, arrumando a casa (homem solteiro)faz isso também rsrsrs...

Me surpreendo quando vejo a vizinha(Luana) pegando sol em seu quintal,com um biquíni pequeno fio dental branco com estampa,que a deixava mais gostosa do que é. Não pude evitar e não tinha muito como, olhei e ela também me olhou e disse: aproveitando um pouco tempo para pegar um sol,já que não poderei ir a praia. Eu sorri,e respondi: também não posso, cheio de vontade mas hoje prometi minha mãe de levá-la para resolver algumas coisas dela, aproveite que o sol está muito bom. Ela parou me olhou,levantou-se de sua cadeira e andou até próximo de minha direção e de forma bem provacante, requebrou sua bundinha bem torneada e malhada,se aproximou e sem eu esperar falou: não seja por isso,quer me acompanhar no sol e na piscina? Meio surpreso, falei: olha que aceito, hein!

Ela:mas, é para acertar. Se não, será uma imensa desfeita.

Como aprendi com meu pai,nunca fazer desfeita para nenhuma mulher no mundo, aceitei logo.

Falei: vou trocar de roupa e te chamo aí.

Rapidamente,tomei banho, troquei de roupa e chamei Luana que logo me atendeu.

Dois beijinhos no rosto,um bom dia e começamos a conversar sobre vários assuntos, trabalho,casa ,vida , estudos etc...

Até que,papo vai,papo vêm e a pergunta aparece.

Luana: Bruno, você não tem namorada?

Eu: Não,faz tempo, optei por ficar solteiro. Trabalho muito, não tenho tanto tempo a oferecer,para não ficar atrasando a vida de ninguém.

Ela sorriu,e respondeu: cara, também estou nessa mesma vibe. Mas,as vezes a gente precisa ter um alguém kkkk ,me entende?

Eu: sim, perfeitamente e concordo com você. E pergunto:e você tem esse alguém? Ela sorriu novamente, diz sem nenhuma cerimônia. Não,mas, comecei investir agora nesse alguém, que parece disponível ou não? Não respondi.

Puxei sua mão e a beijei,ela retribuiu com vontade. Começamos a nos abraçar mais intensamente,as mãos correndo nossos corpos e logo fiquei de pau duro,ela pegou por cima da sunga e disse: o que temos aqui? É disso que preciso muito.

Então,falo: é todo seu agora.

Ela:sorri, aperta com força e punheta por cima da sunga.

Ela:É todo meu?

Eu:Nesse momento,sim.

Ela: vamos mudar de lugar, que chupar muito esse pau.

Meus caros,e que chupada! Luana, habilidosa como poucas no boquete, chupando, lambendo, mordiscando de leve,parecia que ía estourar de tanto tesão e de tão duro que ela deixou.

Então,parti para chupar também sua buceta,que estava toda melada, agachei, coloquei uma perna em meu ombro e chupei com força seu clitóris,com uma das mãos apertando e fazendo carinho eu sua bunda,por sinal muito dura. Que bunda perfeita! Cheguei,seu biquíni para o lado e pincelei a ponta de meu dedo em seu cuzinho,ela soltou um gemido baixo e falou assim, aí mesmo.

Tão logo, passei o dedo em buceta e meti no seu cuzinho,ela soltou novamente um gemido,seguido de grito baixo,me chamando de cachorro e sorriu ...

Posicionei ela,na cadeira de praia,abri suas pernas, colocando as uma em cada braço e chupei novamente sua buceta e desandou seu cuzinho por baixo de sei corpo, chupei, chupei muito até que ela anunciou que ia gozar,continuei chupando,ela gemendo, puxando meu cabelo,o que ela conseguiu pegar kkkk, Então,fico de joelho, aproximo seu corpo para frente da cadeira e vou metendo a piroca de vagar, Luana, aperta minhas costas com as unhas, aí,meti tudo de uma vez,ela novamente geme dessa vez mais alto e sorrindo.

Vou aumentando os movimentos,com mais força e intensidade,ela geme pedindo mais...para meter mais. Ficamos alí por uns minutos e anuncio que vou gozar. Ela diz que se eu quiser posso gozar dentro mas,vou tirando devagar e gozo no clitóris dela ,para escorrer e alisando com a mão para espalhar em toda sua buceta, não satisfeito,pego o dedo e coloco em sua boca, Luana chupa meu dedo, limpando-o . Levanto ,levo meu pau até sua boca,ela chupa todo deixando limpo.

Ficamos alí, conversando, entramos na piscina e marcamos uma nova saída.

Já era praticamente hora de lavar minha mãe para o compromisso.

Espero que gostem. Tivemos uma nova saída,no mesmo dia,a noite.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 27 estrelas.
Incentive Sexurb22 a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de Sexurb22 Sexurb22 Contos: 11Seguidores: 12Seguindo: 60Mensagem Hétero /1,65 altura,moreno /cabelos castanhos e olhos castanhos claros.

Comentários

Foto de perfil de Jomara

Tem alguma casa, ou apartamento aí pelas redondezas? Você ia poder se divertir com uma jovenzinha e com uma coroa, se é que você gosta!

1 0
Foto de perfil de Sexurb22

Opa! Sempre aparece casa ou apto pode vir, gosto muito de aprender. Bjs e obrigado pela leitura.

0 0
Foto de perfil de Lady Diva

Show de transa esta, Bruno. Essa vizinha é do meu time. Das que quando acham alguém interessante vai logo com tudo para o ataque. Ao ganhar um oral caprichado desses, aí então é que a coisa fica bem melhor. Nem preciso dizer que gostei do conto. Bjs, Val.

1 0
Foto de perfil de Leo_2023

Bem objetivo, sem enrolação e muitíssimo excitante, como foi a trepada com Luana! Três estrelas.

1 0