No carnaval com a mãe.

Um conto erótico de Jéssica e Felipe
Categoria: Heterossexual
Contém 818 palavras
Data: 04/10/2023 00:01:31

Minha mãe é uma ruiva, peitos e bunda medianos, mete 1,67, eu sou mais alto, 1,73 ou 4. Ela tem 39 anos, uma pele branca e olhos azuis...

Nós tínhamos decidido sair na noite de carnaval e ir para uma festa que teria na rua, em frente a nossa casa... estávamos bebendo e dançando. Começou a tocar um funk, bem de putaria mesmo, talvez por estar mais alta, ela começou a rebolar a raba... eu não gostava tanto desse tipo de música...

- Que foi filho... não ta gostando?

- Sei lá, mãe, não sei...

Ela então começou a dançar comigo e rebolar a bunda na altura da minha virilha...

- E agora? Não ta bom? Hahahah

- Olha, mãe... não é bom tu fazer isso...

- Nada... é carnaval... aproveita bobo...

Ela continuava... até que pegou minha mão e colocou na sua cintura...

- Vai, filho... dança comigo...

Eu comecei a dançar com ela, não queria estragar a noite dela que estava se divertindo tanto... mas conforme ela foi se esfregando em mim, meu pau começou a ficar duro... começou uma parte da música que falava em quadradinho e em um desses quadradinhos ela jogou a bunda encima de mim. Não deu outra, ela percebeu que eu estava duro...

- Hahahah tu ficou excitado?

- Poh, mãe... foi mal... mas é que tu tava esfregando muito...

- Hahahah tu é um tarado...

Ela continuou requebrando em mim...

- Tu vai continuar?

- Porque não? Isso é normal, filho.

Eu pensava pra mim como ela podia estar falando algo assim... talvez fosse por causa do álcool... ela quis ir embora, então fomos... no caminho ela ficou falando sobre o carnaval e tal, até que ela chegou nessa parte...

- Hahahah aih filho... como tu pode...

- O que?

- Tu de barraca armada pra mim...

- Tu ficou roçando a bunda em mim, queria o que?

- Ué, mas eu sou tua mãe, tu não era pra sentir algo...

- Ah... ma...

- Tu me acha atraente?

- Claro, a senhora é linda...

- Linda e gostosa?

- Hahahah é bem gostosa hahahah

- Safado...

- Mas é verdade...

Chegamos em casa, eu tomei um banho e fui dormir, no outro dia ia ter carnaval de novo... nós fomos...

De novo tocando músicas de putaria... dessa vez ela já começou a rebolar em mim... eu então coloquei as mãos na cintura dela, ela me olhou por cima do ombro com um sorriso bem safado...

- Isso, filho... hoje tá aproveitando a festa...

- Hoje eu vou, mãe...

Não deu muito tempo e meu pau ficou duro de novo... ela notou e começou a rebolar de baixo pra cima...

- Safado... já ta duro de novo pra mamãe...

Daí eu cheguei perto do ouvido dela...

- Também... tu ta um tesão nessa sainha...

- Hahahah gostou, é?

Ela começou a fazer um quadradinho de novo, eu aproveitei o embalo pra beijar seu pescoço...

- Aihh safado...

Continuei dançando, esfregando meu pau nela... agora eu já tinha saído da brincadeira, eu queria realmente comer ela... ela tava me dando um tesão da porra, mas como eu faria pra ela sair da brincadeira e querer dar pra mim? Beijei ela no pescoço de novo...

- Hahahah safado... assim a mamãe fica toda molhadinha hahahah

Levei minha mão na bunda dela e apertei puxando pra cima...

- Aiiih... para...

Ela disse, olhando por cima do ombro, com um sorriso safado no rosto. Aproveitei que estava perto da boca dela e dei um beijo, ela saiu fora...

- Hahahah acho que ti atiçei muito hoje, melhor a gente parar...

Então fomos embora do carnaval... em casa, eu ia tomar banho...

- Filho... tu me acha gostosa?

- Pra caralho, mãe...

- Hahah é? Tu ficou com vontade de me comer aquela hora?

- Pior que fiquei... queria muito te comer...

É melhor tu ir tomar banho... eu fui tomar banho e tentar esquecer isso tudo... mas me lembrava do que tinha acontecido no carnaval e meu pau não queria baixar... do nada escutei a porta abrindo, era minha mãe pelada...

- Tem espaço pra mim, aí?

Ela entrou sorrindo e agarrando meu pau...

- Aproveita, filho... mas eu só vou te chupar tá?

Ela se abaixou e começou a me chupar... era gostoso demais...

- Ahhhh... tu é grande...

Ela engolia todo... engasgava na pica...

- Aaahhhh gossstosoooh...

Ela tirava o pau da boca e batia punheta...

- Aiihhhh filho... issoooh... goza pra mamãe...

Eu não aguentava mais, a visão dela ali me chupando e batendo uma pra mim era maravilhoso...

- Ahhh eu vou gozar... aaahhh

Gozei longe no box, mas a água levou tudo pro ralo...

Ela levantou... eu lavei os peitos dela e chupei passando a lingua na auréola...

- Aiiih... não faz isso comigooooh

Eu me abaixei...

- Agora é minha vez...

Comecei a chupar... ela gemia gostoso e empurrando minha cabeça contra a xota dela...

- Ahhhh chupaaaah gossstosoooh aaaaiihhhhh

Ela gemia gostoso e rebolava na minha cara... depois de um tempo começou a gozar e tremer as pernas...

- Porrah filho... tua lingua é uma delícia...

Terminamos tomando banho nos agarrando...

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 70 estrelas.
Incentive AninhaBoobies a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de AninhaBoobiesAninhaBoobiesContos: 19Seguidores: 112Seguindo: 0Mensagem Publico alguns contos de incesto que recebo por e-mail. Não sei se são verdadeiros, alguns parecem e tem fotos. Nenhum é com menor de idade ou bizarrices, todas as pessoas desejam o mesmo, sexo.

Comentários

Foto de perfil genérica

Tem que comer mesmo. Gostosa comer muito manda foto danieloliveirabarcelos@gmail.com

0 0
Este comentário não está disponível

Listas em que este conto está presente

Sexo em família Fantasia e tesão
Já fiz com quase todas primas
Incesto/madrasta
mãe, filho, tia, avó, madrasta, sobrinha.