Vânia- A corredora do Parque Ibirapuera

Um conto erótico de Comedor_de_coroagostosa
Categoria: Heterossexual
Contém 1422 palavras
Data: 26/10/2023 15:55:44

Boa tarde leitores do CDC!

Decidi que vou colocar algumas histórias para vcs desses últimos 2 anos depois de ter terminado meu namoro. Costumo sair com 1 mulher diferente por mês.

Meu nome é Rogério, tenho 37 anos e sou de São Paulo. Sou descendente de japonês, tenho 1,76m, 71kg. Não sou sarado, porém tenho um corpo em forma por conta da corrida e musculação.

Sempre tive atração por mulheres mais maduras e como parte da minha sedução, meus encontros sempre são acompanhados de um jantar, almoço ou um café.....por conta desse meu estilo meus amigos me apelidaram de "Gastoso"( misto de gastador com gostoso) kkkk

O relato que trago hoje aconteceu em setembro deste ano quando fui correr no Parque do Ibirapuera. Era um sábado de manhã, fui fazer minha corrida rotineira do fim de semana, só que nesse dia com um pouco menos de 3km acabei sofrendo uma distensão muscular. Como estava um pouco distante do portão 10 resolvi caminhar até lá. O bom da caminhada é que vc aprecia mais a paisagem e vê melhor as pessoas. Num determinado momento, passou uma mulher na faixa dos seus 50 anos com um sorriso lindo voltado para mim. Naquele momento eu queria correr para ir atrás, mas a musculatura não permitia. Então tive a idéia de continuar a caminhada para ver se eu cruzava com ela. Dito e feito. Um tempo depois avistei ela novamente, tbm andando, pois já estava finalizando a corrida dela. Nos cruzamos novamente e trocamos olhares e um sorriso, isso me deu coragem de abordá-la para conversar. Seu nome era Vânia, tinha 52 anos, loira, ±1,70m, corpo fit e muito bem cuidada, do jeito que eu gosto. Falei para ela que tinha gostado do sorriso dela quando nos cruzamos da primeira vez e começamos a conversar um pouco sobre o treino e outras amenidades. Depois que passou a fase de amenidades, decidi convidá-la para tomar um café da manhã comigo. Fomos até uma padaria artesanal que eu gosto muito ali na Al. Campinas e lá pude conhecer melhor essa delicia de mulher. Vânia me disse que já foi casada, seu casamento tinha terminado durante a pandemia, e que tinha 1 casal de filhos que moram fora do país. Falou que estava aprendendo a se relacionar com outras pessoas, porém que não queria se envolver de forma séria pq depois de 25 anos de casada, queria curtir um pouco a vida. Do jeito que falou as coisa, estava numa fase de ir em baladas público 40+, as mesmas que eu vou de vez em quando.

Comemos e conversamos bastante, ficamos 1 hora e meia na padaria e quando nos despedimos dei um abraço apertado e envolvente, falei ao pé do ouvido que gostaria de vê-la novamente. Nisso depois um beijo bem gostoso e intenso. Voltei para casa feliz com o resultado e mais tarde por WhatsApp perguntei quais eram os planos dela para a noite de Sábado.

Ela falou que não tinha planos então a convidei para sair. Combinei de pegar ela na casa dela às 20:00.

Chegando no prédio dela avisei que havia chegado e ela disse que desceria em 1 min. Quando Vânia chegou, estava linda! Vestida com um vestido preto discreto, mas que moldava o corpo dela, e com um scarpin preto. Dei um beijo ainda na frente do prédio e a conduzi para dentro do meu carro. Assim que entrei não resisti, dei mais um beijo e logo fomos ao restaurante.

Nosso jantar foi bem gostoso, conversamos, trocamos carinhos, passei a mão em seu corpo e a beijei bastante. Como o negócio estava pegando fogo, sugeri irmos para um lugar mais sossegado.

Fomos até o Motel Swing ali na Marginal Pinheiros...um dos meus preferidos. Ela havia me dito que já fazia anos que não ía a um motel.

Peguei a suite SPA e ao adentrar no quarto já a abracei por trás e comecei a beijar seu pescoço e a roçar meu pau em sua bunda. Que delícia de bunda que a Vânia tem, encaixava certinho em mim. Sentia ela com a respiração ofegante e a soltar leves gemidos de prazer. Tirei seu vestido e a deixei de calcinha e salto alto. Seus seios, eram lindos e pequenos, cabiam facil em minhas mãos. Apalpei gostoso e fiquei mexendo nos biquinhos que logo enrijeceram. Tirei minha roupa e fiquei pincelando o meu pau na bundinha dela com a aquela calcinha tanguinha rendada preta. Um tesão de mulher. A coloquei sentada na cama e fiz questaode me ajoelhar para tirar seus sapatos. Claro que como um bom podolatra, não podia deixar de apreciar os pézinhos 36 dela. Cheirei, beijei, lambi e chupei os dedinhos. No começo ela até achou estranho, mas no fim adorou. Deitei ela na cama e foi a vez de tirar aquela calcinha que na frente dava para sentir que estava bem úmida. Assim que tirei, já fui chupar aquela bucetinha linda e com um pequeno filete de pelos. Maravilhosa! A buceta dela estava bem molhada e eu só me lambuzava com aquele mel. Passei um bom tempo chupando e arranquei os primeiros gemidos de Vânia. Como gosto de torturar as mulheres com quem eu saio, parei e voltei a beijar a boca e as outras partes do corpo de Vânia. Logo depois ela tomou a atitude e foi me retribuir com um oral gostoso....ainda que esteja fora de prática estava bem gostoso pq ela lambia bem o corpo do meu pau e sugava gostoso. Para uma mulher de 52 anos, me surpreendeu...pq saí com algumas dessa faixa etária que eram bem recatadas e não sabiam fazer direito.

Tive que pedir para parar pq senão iria gozar ali. Então coloquei de 4 e antes de meter em sua buceta, passei a minha lingua em seu cuzinho e buceta. Que delicia de cuzinho, clarinho e fechadinho....cara de ser virgem. Rsrsrsrs

Bom coloquei meu pau pra dentro e comecei num ritmo calmo e cadenciado até ela se acostumar. Enquanto comia a sua buceta comecei a ensaiar a acariciar e penetrar seu cuzinho com meus dedos. Como não houve recusa, coloquei um dos meus dedos em seu cuzinho e aumentei o ritmo das estocadas em sua buceta. Vânia começou a ficar em delirio...começou a dar uns gemidos um pouco mais alto e a falar para continuar com as estocadas pois estava gostando. Não tinha como não obedecer. Fiquei comendo a Vania nessa posição até a hora que começou a bater a vontade de gozar. Quando parei virei ela para comer no papai e mamãe....gosto dessa posição pq sinto que entra mais fundo e ainda posso ficar beijando sua boca, seu pescoço e ter um contato visual com ela. Penetrei fundo em sua buceta e senti que Vânia começava a me trazer mais para o seu corpo e a me prender com suas pernas. Quanto mais eu sentia, mais eu a judiava até explodirmos em gozo. Que mulher incrivel! Conversamos um pouco na cama e a abracei....depois fomos aproveitar a banheira.

Na volta da banheira já fomos novamente para a cama e ficamos masturbando um ao outro...nisso meu pau já estava duro novamente e partimos para um 69. Enquanto a Vânia me chupava, eu abusava daquela bucetinha e de seu cuzinho. Só de lembrar já me deixa louco aqui.

Depois disso ela veio sentar em mim, cavalgou bem gostoso, esfregou sua vulva na minha região pélvica e gemia enquanto eu acariciava os seus seios. Que cavalgada gostosa que ela dava, tanto que não aguentei e gozei novamente. Para não deixar Vânia ficar sem gozar.....voltei a chupar a sua buceta e penetrei meus dois dedos fazendo um movimento do tipo "vem cá". A mulher começou a ficar doida nessa hora....pegou a minha cabeça e a colocou mais colada da sua buceta, se contorcia na cama, ficou bem ofegante e depois deu um gemido alto de prazer.

Ficamos desfalecido na cama, apenas abracados e até cochilamos. Fomos acordar com o telefone tocando.

Em 15 min tomamos um banho e fomos embora.

Deixei Vânia em sua casa, me agradeceu pelo carinho e atenção que dei a ela o dia todo e pela noite. Terminamos com um beijo.

Saí com Vânia mais umas 2 vezes.....que mais pra frente contarei como foi.

Vc mulher madura, solteira/casada e que quer viver novas experiências, ser bem tratada e receber prazer, me mande um email: robdantasmg@gmail.com lá podemos conversar e nos apresentar melhor. Espero o seu contato😘

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 15 estrelas.
Incentive Rogério_37_SP a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil de BAIANO DO SUL

Meu amigo, venha pra Bahia que vc vai ver que as mulheres mais velhas não são nada de recatadas. São a verdadeiras atrizes porno

0 0