Sobre minha irmã #03 - Sozinhos no fds 1

Um conto erótico de Robson
Categoria: Heterossexual
Contém 720 palavras
Data: 26/10/2023 12:24:36

No dia seguinte, acordei pensando na minha irmã e no que tinha acontecido naquela madrugada. Minha irmã parecia ter gostado do carinho mais ousado, mas não durou tanto porque ela não quis esperar o final do filme que a gente estava assistindo. Isso me deixou em dúvida se ela tinha mesmo curtido. No café da manhã, trocamos alguns olhares, mas ficamos em silêncio. Depois, durante o dia, ela ficava desviando o olhar toda vez que eu encarava ela. Fiquei achando que talvez tínhamos ido longe demais.

No entanto, depois de um tempo, as coisas foram voltando a normalidade e voltamos a conversar sobre assuntos do dia a dia. Passou uma semana e a semana seguinte seria de provas. Ficamos em dúvida se a gente ia passar o fim de semana na praia ou não. A casa de praia era pequena e não tinha internet instalada lá. Ficava complicado para fazer trabalho e estudar. Então nossos pais acharam melhor que a gente ficasse para estudar enquanto eles iam passar o fim de semana na praia. Deixaram um dinheiro pra gente ir em um restaurante perto do prédio ou pedir comida pra entregar.

Foi a primeira vez que ficamos alguns dias sozinhos. Nossos pais saíram na sexta no começo da noite e só voltaram no domingo também no começo da noite. Ao mesmo tempo que tinha que pensar em estudar para as provas, também pensava se ia rolar algo com a minha irmã. Na sexta à noite ficamos estudando cada um no seu quarto. De vez em quando, eu ia no quarto dela dar uma olhada. As vezes, ela estava estudando sentada, escrevendo em uma escrivaninha, as vezes ficava lendo deitada, na maior parte do tempo de bruços. Estava de camiseta e shortinho como costumava ficar em casa normalmente.

Já cansado de estudar e de observar minha irmã, fui na sala assistir alguma coisa na tv antes de ir dormir. Algum tempo depois, ela também foi. Disse que estava cansada e perguntou o que tava passando. Eu disse a ela que nada e passei o controle da tv a cabo pra ela procurar. Tava passando um filme estilo comédia que já a gente já tinha visto diversas vezes. Ela me perguntou se podia ver. Eu disse que achava legal e ia ver também. Perguntei se ela queria pipoca e fui na cozinha rapidamente fazer.

Quando voltei, vi que ela estava deitada de camisola no sofá. Tinha buscado o travesseiro e o cobertor, que estava usando para cobrir as pernas. Cheguei com a pipoca, ela se sentou e começamos a comer. Ela falou que tava sem sal e se levantou para buscar. Deu para perceber que ela estava que nem o dia que tinha ido na festa, apenas de camisola e calcinha. Fiquei animado.

Ficamos comendo a pipoca e falando sobre o filme. Quando a pipoca acabou, ela voltou a se deitar. Ficou novamente de lado de frente para a tv com a bunda virada para mim e parte das pernas no meu colo. Depois de alguns minutos, comecei a fazer carinho nas pernas dela e subindo para as coxas até chegar no bumbum. Outra vez, comecei dando pequenos beliscões. Quando apertei mais forte, ela tirou a minha mão. Perguntei se tinha doído. Ela disse que não, mas disse algo que me deixou excitado: - Faz carinho. Respondi: - Claro! Desculpa!

Entendi como um sinal verde para repetir o que fizemos naquele dia que ficamos sozinhos de madrugada e fiquei massageando o bumbum dela sempre por baixo do cobertor. Com o filme já perto do fim, fiquei segurando a calcinha dela para o lado com uma das mãos enquanto que com a outra mão alisava entre as nádegas dela até tocar no cuzinho.

Fiquei massageando o cuzinho dela com o dedo e depois dedando um pouco mais forte. Perguntei se estava doendo e ela olhou para mim e respondeu que não. Eu estava muito excitado nessa hora porque a minha vontade era tirar o cobertor de cima dela e comer a bunda dela, mas estava ótimo do jeito que estava. Era sinal que ela curtia o que eu estava fazendo.

Quando acabou o filme, ela disse que era melhor a gente ir dormir porque já estava tarde e cada um foi para o seu quarto.

Pensei que ia ser mais difícil estudar no outro dia.

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 84 estrelas.
Incentive user0505 a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil de Leon-Medrado

A sequência está muito boa. E gradual, muito bem realista. Gostei. Reflete mesmo essas incertezas, desejos contidos, inseguranças e ao mesmo tempo cumplicidade entre os dois. 3 estrelas.

1 0
Foto de perfil de Solepa

Estou lendo um após o outro . . . adorando.

1 0
Foto de perfil de Morfeus Negro

A sua história está bem legal, mas este capítulo foi muito curto.

1 0