Ex santa, agora puta

Um conto erótico de Renata
Categoria: Heterossexual
Contém 493 palavras
Data: 26/10/2023 06:52:37
Última revisão: 26/10/2023 06:53:26

Desde que me entendo por gente me dedico a satisfazer os desejos mais íntimos dos homens e mulheres de meu redor. Minha vida é cheia de aventuras e descobertas, e só posso dizer que eu adoro cada momento.

O dia em que me encontrei com aquele homem foi bem especial. Logo quando me viu, ele me olhou com aqueles olhos carregados de desejo. Ele me tocou com suas mãos firmes e me deu um beijo que me deixou querendo mais. Ele me abraçou e me apertou contra seu corpo forte. Eu podia sentir sua excitação aumentando com o passar do tempo e aquilo me deixou tão excitada que eu nem conseguia mais respirar.

Nós nos deslocamos para o quarto onde ele me deitou sobre a cama. Ele estava nu, seu corpo quente me dando um prazer infinito. Ele começou a me beijar, primeiro suavemente, depois com mais intensidade. Sua língua quente explorando minha boca me deixou louca de desejo. Eu sentia um calor intenso em meu corpo quando aquela língua começou a dar voltas em meu pescoço.

Ele desceu suas mãos por meu corpo, explorando cada centímetro de mim. Suas mãos eram firmes e seus dedos me davam pequenos toques que me faziam arrepiar. Ele desceu sua boca até meu peito, lambendo e chupando meus mamilos. Seu hálito quente me enchia de prazer, e eu gemia alto de excitação.

Ele desceu sua boca até minha barriga, me deixando louca de desejo. Meu corpo estava arrepiado e eu queria que ele me desse mais e mais prazer. Ele começou a me beijar entre minhas pernas e eu gemia cada vez mais alto. Sua língua quente me dava voltas, me deixando louca de tesão.

Então ele me penetrou devagar, com sua ereção me dando prazer. Ele começou a me beijar enquanto me penetrava, e eu quase perdi a cabeça. Eu mal conseguia respirar, tudo era tão intenso e prazeroso. Ele me beijava e me tocava enquanto me penetrava, me deixando cada vez mais excitada.

Nosso movimento era cada vez mais intenso, e eu sentia o meu corpo se arrepiando. Eu queria gritar de tanto prazer, mas eu estava sem voz. Então, ele me deu um beijo intenso e eu senti meu corpo tremer de prazer. Nós gozamos juntos, e eu senti que aquela experiência iria me marcar para sempre.

Eu sou a santinha a puta, e eu adoro isso. Meu trabalho é dar prazer, e eu posso dizer que só faço isso melhor a cada dia. Eu amo cada momento que passo com meus clientes, e eu sei que eles também adoram cada segundo que estão comigo. Eu amo o meu trabalho, e eu sei que ele me dá muito prazer. Quer se divertir vendo meus packs? me procure 41,996,236,561, vc vai amar as fotos e videos peladinha q separei pra vc, se me enviar msg por esse conto, vai ganhar um videozinho de presente, também pode me procurar no insta renatavosnk

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 6 estrelas.
Incentive Re334 a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil genérica

Conto bem escrito... Curto, objetivo, mas sem deixar de ser excitante. rotassc@hotmail.com

0 0
Foto de perfil genérica

Que delicia, adoraria saber mais bjs

felipemeto88@outlook.com

0 0
Foto de perfil genérica

Pode me enviar o vídeo diromi@gmail.com

0 0