Primo ou noivo, quem tirou meu cabaço?

Um conto erótico de Loirinha
Categoria: Heterossexual
Contém 501 palavras
Data: 03/04/2023 07:21:43
Última revisão: 24/10/2023 04:13:46

Como seria bom ter o poder da onisciência. De saber das coisas em nossa volta. Imagine como tudo ficaria muito mais simples ou fácil. Ou não? De ter dúvidas que nos faz refletir sobre os acontecimentos?

Desde criança brinquei com meu primo Angelo. Na adolescência, nossas brincadeiras ficaram mais picantes na fase de descobertas da sexualidade. Começou com ele querendo ver minha preciosa e eu curiosa pelo seu bilau. Depois, mão naquilo, masturbações recíprocas, beijos nos seios e assim por diante. Até esfregarmos as coisas, sexo nas coxas e tudo mais.

Apesar de desejarmos bastante, penetração era limite proibido. Minha mãe dizia que só mantendo a virgindade, eu poderia me casar. Angelo vivia tarado, querendo e tentando. Até que certa vez me propôs:

- Lika, deixa eu colocar um pouquinho. Se entrar só a pontinha, não tem perigo de tirar teu cabaço.

Eu não deixava, é claro. Mas ele insistia tanto que, como era gostoso, resolvi ceder. A xaninha úmida facilitou tudo. Acabei recebendo a cabeça da vara dentro de mim. Nossa, era bom demais! Quando ele forçava, apesar de desejar muito, eu protestava:

- Tira, Angelo! Não podemos, tira!

Isso se repetia sempre. Era difícil resistir. Teve vez que não conseguiu segurar o gozo e quase ejaculou dentro, enchendo os grandes lábios de sêmen. Que susto!

Até que ele arrumou namorada e paramos de fazer. Eu também conheci o Edson e com dois anos de namoro, resolvemos noivar. Depois de experimentar as delicias do sexo com o primo, nosso namoro que quente. Sempre que estávamos a sós, valia tudo. Com meu noivo fiz o primeiro boquete. Também, fui chupada o que me deixava louca de tesão.

Numa dessas acabamos transando pra valer. Ele brincando na entradinha com a pica dura. Eu mais do que molhada depois do oral e esfregação. A coisinha lá embaixo estava pegando fogo, piscando até. Foi quando entrou um tanto. A coisa dura avançando dentro das minhas carnes era incrível! Deitada no sofá, até empurrei o quadril para entrar mais. E como entrou! Nossa, quando ele começou socar, fui ao paraíso! Estava me entregando, tornando mulher.

- Ahhh, mete amor, mete! Ahhh, ahhh, que delicia! Ahhh, ahhh, ahhh...

Ele metia com vontade, invadindo minhas entranhas virgens. O naco de carne entrava e saía, alargando o canal, até então nunca preenchido. Acabei tendo mais um orgasmo, o melhor de todos! Só então caí na real do que estávamos fazendo. Meu noivo estava me fodendo pra valer! Lembrei que ele poderia gozar me engravidando. ¨-Foda-se¨, pensei. Estávamos de casamento marcado e pouco importava. Relaxei até sentir que ele ejaculou, enchendo meu buraquinho de gala!

Olhei a porra transbordando na buceta, contudo, não vi resquício de sangue. Será que tenho hímen complacente? Lembrei que não sangrou com o primo também. Nas tantas vezes que ele ejaculou na entrada. Primo esse que vive querendo me pegar. A sua namorada nunca foi com minha cara e morre de ciúmes de mim.

Ficou a dúvida: Qual deles foi meu primeiro homem? O que vocês acham?

*****************************

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 344 estrelas.
Incentive Loirinha gostosa a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.
Foto de perfil de Loirinha gostosaLoirinha gostosaContos: 3Seguidores: 148Seguindo: 0Mensagem Aprendiz de escritora, gosto de ler contos picantes.

Comentários

Foto de perfil genérica

Gostei do seu conto. Realmente as delicias da adolecencia são inesquecíveis e tirar o cabacinho é uma das melhores coisas da vida. Independente com quem vc perdeu, o importante é foi bom para vc. Mas, nem sempre sai sangue.

0 0
Foto de perfil genérica

Oi Lika. Seu noivo foi o primeiro, sem dúvida.

0 0
Foto de perfil genérica

Sem dúvida foi o primo. Pow, deixar brincar na entradinha sempre tem aquela de entrar um pouco mais, daí o cabaço já era!

1 0
Foto de perfil de Majases ♠️♥️♠️

Adoramos a narrativa excitante e safadinha.

Melhor será com os 2 te pegando e a namorada esperando a vez dela.

Jasmim e Mário

jccmpeixe@hotmail.com

1 0
Foto de perfil de Francisco L (Paco)

Sua safadeza é uma delícia! Escreva mais contos linda! Desejamos ainda mais descobertas da sua sexualidade! Quanto a dúvida… pouco importa quem tirou a sua virgindade, considero muito mais franco que o primeiro seja aquele que banhou seu virgem útero de porra!

1 0
Foto de perfil genérica

Olá Loirinha gostasa! Oh dúvida cruel, quem foi? Só você para saber... De qualquer forma foi ótimo!

1 0
Foto de perfil genérica

Um conto maravilhoso! Você escreve muito bem. De uma forma sensual e muito excitante. Parabéns! bepaulobe@gmail.com

0 0
Foto de perfil de Dyh

Ameeeei, você escreve muito bem e consegue algo muito interessante: em poucas palavras descrever a história toda, sem deixar lacunas, muito bom!! Quanto à perguntinha final, acho que o primo foi o primeiro homem, a virgindade da penetração pode até ter sido tirada com o noivo, mas o que rolou com o primo já foi sexo, e foi bom - o que é melhor hehe

1 0
Foto de perfil genérica

Difícil dizer. Tem uma expressão francesa, acho que é demi virgin, para que faz a sacanagens que você fazia com o primo. Mas será que isto tem importância? Você gozou com os dois, então...

0 0
Foto de perfil genérica

Esse primo foi o felizardo demais,amei o conto

claudertelles@gmail.com

0 0
Foto de perfil genérica

Eu acho que seu primeiro homem foi seu primo, porque foi com ele que descobriu as primeiras sensações da sua vida sexual

1 0
Foto de perfil genérica

Se o primo meteu a cabeça dentro...

Ele foi o sortudo sem sorte.

Tirou seu cabaço e não teve a honra de ser o primeiro a transar contigo!

Agora merece uma boa metida, não acha?

Conte aí se ele teve essa chance ou oportunidade depois.

1 0
Foto de perfil genérica

Kkkkk acho foi o primo o primeiro mais não totalmente foi meio a meio kkkk então o noivo ficou na vantagem kkkk coloco tudo parabéns goste do conto.

1 0
Foto de perfil de Coroa libertina

Menina, não esquente a cabeça. Para o noivo, sempre diga que foi ele. E para o primo, se for conveniente, que foi ele. Isso de ser o primeiro só é importante para o homem. Para nós, o que vale é se foi bom ou não. Continue escrevendo. Beijos da Vanessa.

1 0

Listas em que este conto está presente