Sem Calcinha na Loja de Sapatos

Um conto erótico de Bunny
Categoria: Heterossexual
Contém 1592 palavras
Data: 20/01/2023 15:47:09

Seguindo os desafios dos leitores, um safadinho tinha me dado a ideia de ir numa loja de sapatos sem calcinha.

Aquele clima de ficar sentadinha na frente do vendedor igual uma cinderela provando sapatinhos com a ppk de fora.

Os contos que eu escrevo aqui, sempre tento filmar algo pra postar depois pros leitores. Trabalho com cam e to sempre criando algo pra render conteúdo

Quem quiser, pode me seguir no instagram @bunnyblond6 ou mandar um alo pra bunnycontos@gmail.com por favor sejam educados e podemos nos entender quanto ao envio dos videos.

Mas vamos ao conto de hoje,,,

Com um vestido tubinho, sandálias de salto e nenhuma calcinha, sai de casa rebolativa e pronta pro crime.

Resolvi ir ate um shopping tentar provocar em alguma loja por la, e chamei um uber pra ja ir provocando no caminho rs

Sentadinha no banco de trás de uber, de vestidinho e perninhas cruzadas, eu mexia distraída no celular, deixando a minha pepekinha exposta de frente pro pobre motorisa.

De oculos escuros, eu conseguia reparar quando o motorista olhava ou não pelo retrovisor, pra dar uma espiadinha básica na minha bucetinha de fora.

Quanto mais ele olhava, mais eu abria as pernas, porque era exatamente pa isso que eu tinha saido de casa naquele dia.

Pros amantes de exibicionismo, tenho um video sem calcinha no uber, que pedi autorização pro motorista, pra poder filmar. Já escrevi um conto sobre isso também.

Por isso que quem quiser esses videos, so mandar um alo. Bunnycontos@gmail.com ou @bunnyblond6 no instagram

Com as perninhas abertas e a xotinha de fora, eu brincava mexendo no celular, enquanto o motorista olhava cada vez mais descarado pelo espelho retrovisor.

O silencio naquela corrida só causava um clima maior de tensão sexual entre uma exibida e um pobre trabalhador fazendo seu trampo.

Eu chegava a dar uma passadinha de mão nas minhas pernas/coxas, só pra dar aquele ar de quaaaase passar a mão na bucetinha.

Nesse clima de silencio e exibicionismo, chegamos no shopping e me despedi do motorista na maior tranquilidade de quem havia feito uma boa ação naquela dia rs

Batendo perna no shopping, eu seguia nos poc poc poc dos meus saltos no chão e as reboladas quebrando o quadril pelo caminho.

Fui até uma loja de sapatos, pra tentar botar o plano do leitor em ação.

Entrei na loja e de cara fui em direção em um vendedor homem. Porque era importante que a minha vitima fosse do género masculino rs

Toda de vestidinho tubinho periguete, decote generoso nos seios e sandalia de salto, eu usei a minha voz mais meiga pra pedir ajuda pra conseguir um tênis pra treinar na academia.

Sentei na cadeirinha, tirei minha sandália e esperei o vendedor voltar com duas caixas com pares diferentes pra eu provar.

De vestidinho tubinho, sentada na poltroninha na frente do vendedor. Ele se agachou exatamente na frente das minhas pernas e foi ajeitando os cadarços do tênis pra vestir no meu pezinho

Aos leitores podolatras, eu calço 35.

Sentadinha na poltrona, eu estiquei o pezinho, entre abrindo as pernas, flexionando o joelhinho e esticando meu pezinho na frente do vendedor.

A propria cinderela esperando o sapatinho de cristal. Porem, uma cinderela sem calcinha...

Com as perninhas abertas, de vestidinho curtinho, eu tenho certeza que a minha xaninha apareceu dando alo na cara do vendedor.

Ele esticou as mãos pra vestir o tenis no meu pezinho e parou por meio segundo. Deu aquela congelada de susto

Ali, eu tive a certeza que ele viu a minha bucetinha toda de fora...

Ele congelou por meio segundo e tentou fingir naturalidade, vetindo o tênis no meu pezinho e explicando as vantagens daquele calçado.

Eu só sorria toda sapeca na frente dele, abrindo mais ainda as pernas, quase que falando sem falar nada "to nem ai pra esse tenis, só quero mostrar a minha xotinha"

E mesmo sem eu falar nada, ele entendeu só pelo meu sorriso de putinha exibicionista.

As pessoas em volta na loja. O vendedor agachado na minha frente. As minhas pernas abertas. A minha bucetinha toda de fora.

Obrigada ao leitor que deu essa ideia, porque foram minutos de muita adrenalina e tesão naquela loja cheia de pessoas em volta sem perceber o que estava acontecendo.

Me levantei pra olhar o tênis pelo espelho da loja e dei aquela puxainha no vestidinho pra baixo. Dei uma voltinha e sentei de novo na poltrona

Ainda tinha o outro par pra provar. Dessa vez, o vendedor já sabia o que esperar, e chegou a segurar meus pezinhos quase que fazendo uma massagem.

Ele foi me contando de outros modelos, que ele poderia buscar no estoque se eu quisesse. Eu só sorria e quase falava "traz a loja inteira que eu vou botar essa pepeka pra jogo" kkkkkk

Ele segurava meu pezinho de forma delicada e abria as minhas pernas de proposito. Ele entendeu que eu tava ali pra causar.

E eu entendi que ele queria enfiar a cara no meio da minhas pernas kkk

O safado buscou mais dois pares diferentes, e eu fiquei la sonsinha abrindo as pernas e escancarando a minha bucetinha.

Enquanto ele botava os sapatinhos de cristal no meu pezinho de cinderela, usei a minha cartada de sempre de contar que era cam girl e gostava de render conteudo pros meus seguidores.

Acho que nessa hora tudo fez muito mais sentido na cabeça dele. Cheguei a mostrar um video no meu celular, do meu treino na academia, sem calcinha.

Também escrevi conto aqui no site, sobre esse dia na academia. E também tenho esse video de sainha, sem calcinha na academia, pros leitores que ficarem curiosos.

Dei meu cel na mão dele, enquanto eu amarrava o tenis no meu pezinho. Ele me via de sainha sem calcinha na academia e me olhava com cara de tarado, quando me devorando ali mesmo.

O vendedor tentava quebrar o gelo perguntando como era trabalhar com cam. Eu basicamente gosto de me exibir, e os safados gostam de me ver nessas situaçoes

Por isso to sempre tentando render conteudos novos.

Comprei meu tenisinho, dei um abracinho no vendedor e pedi um email dele, pra eu mandar um video bem safadinha de presente. E eu mandei mesmo...

Só pena que nunca vou ver a cara dele assistindo rs

Sai da loja de sapatos e fui numa outra loja de roupas. Queria comprar uma blusinha e tentar filmar algo no provador

Rodei bastante no shopping até achar alguma loja de roupas femininas que tivesse um vendedor homem. Era importante um safado pra me atender.

Achei uma loja, achei uma blusinha verde linda e pedi pra provar no provador.

Era um provador desses de cortina, que deixava um vão no chão, mostrando os meus pezinhos de fora.

Como eu tava de vestidinho, tive que tirar a roupa toda, pra experimentar a blusinha, ficando pelada no meio do provador

Pelo vão da cortina, eu via o vendedor do lado de fora me perguntando se tava tudo ok por ali

Enquanto isso, eu tava peladinha, com meu cel na mão fazendo videos me filmando pelo espelho.

Eu falava que tava provando as blusas, e esfregava a minha mão na bucetinha meio metro do lado do vendedor da loja

Filmei um video mostrando os peitos e bucetinha no meio do provador, com o vendedor do meu lado.

Uma viradinha pra botar a raba no espelho, uma abridinha na bunda e aquela empinada pros leitores tarados.

Já tinha meu conteudo pros leitores safados, mas faltava provocar o pobre vendedor.

Puxei uma calcinha da bolsa e vesti pra nao ficar tão descarada, botei uma das blusinhas, e dei uma meia puxada na cortna do provador.

De calcinha fio dental micro enterrada na bunda, mas eu digo enterrada mesmo!!!

A blusinha com a barriguinha de fora e a maior cara de sonsa sapeca do mundo, abri metade da cortina e perguntei pro vendedor o que ele achava

A cena foi tão descarada, que a primeira coisa que o vendedor fez, foi olhar pros lados pra ver se alguém tava por perto.

Foi o instinto natural de quem sabia que aquilo ali tava indo por um caminho beeeem safado rs

Ele voltou a olhar pra mim e tentava fingir que tava tudo bem, falando do modelo da blusa, ignorando que eu tava de fio dental e raba de fora na frente dele

Agradeci, fechei a cortina e voltei a me vestir. MaaaaaaaasssssssssssLembram do vão da cortina que deixava os pés de fora?

Eu tirei a calcinha e deixei ela cair pelos meis pes....

O vendedor tava ali do lado de fora e eu tenho CERTEZA que ele viu...

Meus pezinhos, a minha calcinha enrolada nos tornozelos e uma dançadinha rebolando na frente do espelho.

Tem coisas que são mais sensuais e provocativas se não mostrar. O vendedor so viu uma calcinha enrolada nos meus pés, e ele já entendeu q eu tava peladinha ali na frente.

Vesti meu vestidinho tudubinho, escolhi uma das blusas pra comprar e.... Deixei a calcinha no chão dentro do provador.

Paguei a blusa e fui embora, mas tenho a certeza que o vendedor achou o presente que deixei pra ele no chão do provador de ruopas rs

Aguardo novas ideias e novos desafios dos leitores. Um leitor me pediu pra tenta ir sem calcinha na praça de alimentação do shopping.

Vou tentar...

E quem quiser meus videos ou so mandar um alo

bunnycontos@gmail.com

ou @bunnyblond6 no instagram

ou @bunnyblond5 no twitter

bjuusss e até o próximo conto

Siga a Casa dos Contos no Instagram!

Este conto recebeu 22 estrelas.
Incentive Bunny Love a escrever mais dando estrelas.
Cadastre-se gratuitamente ou faça login para prestigiar e incentivar o autor dando estrelas.

Comentários

Foto de perfil de ray

Incrível Bunny, adorei e agradeço quem deu a ideia.

Sempre imaginei uma cena assim na loja de roupa.

Só que a da loja de sapatos nossa fantástico.

0 0
Este comentário não está disponível
Foto de perfil genérica

ahh coelinha...vc ainda vai matar alguém do coração hein kkkkk.

Adoro seus relatos de exibicionismo... e fico invejando os sortudos que acabam se tornando suas "vítimas"...kkkk

0 0

Listas em que este conto está presente

Loiro_londrina
Top demais gostei muito dos Contos