A mulher da minha vida capítulo 29

Um conto erótico de leo
Categoria: Heterossexual
Data: 14/03/2019 18:36:31
Última revisão: 14/03/2019 21:52:36
Nota -

Olá há todos, essa parte foi quando voltei da minha viagem depois de 2 anos longe da minha ninfa.

Assim que desembarquei do avião, logo quem vejo a minha espera, a minha morena, a minha ninfa a morena mais linda do mundo, teve de tudo nesse reencontro: beijos, abraços , carinho, paixão, saudades, choro de emoção, tudo junto, um mixer de sentimentos é amor pegamos um táxi e fomos para minha casa, sentamos e conversamos muito sobre o que queríamos é o que iríamos fazer de nossas vidas, falanos em casamento, é sobre a reação dos pais da Mariana, se iam aceitar ou não nosso casamento.

O tempo ia passando sempre nós lutando pelo nosso amor, com muita determinação e sem desistir do nosso amor os pais da Mari não foram mais contra nosso casamento disseram que nao iriam mais proibibir ainda não eram totalmente a favor, más não faziam mais objeções.

Um tempo depois com tudo mais tranquilo é um clima melhor entre meus sogros com relação ao nosso casamento, marcamos tudo para nosso casamento, a festa foi linda perfeita foi uma cerimônia reservada para amigos más foi algo lindo casamos na igreja foi tudo lindo de mais a Mari com vestido branco de noiva estava uma vetdadeira princesa.

Depois viajamos para comemorarmos nossa lua de mel em um lugar lindo põe lindo o lugar, digno de um verdadeiro conto de fadas ela a princesa e eu seu príncipe ela ria e me beijava e dizia meu principizinho seu chato mais lindo te amo.

Estávamos em um hotel onde marcariamos nossa nova etapa como recém casados e desfrutariamos um pouquinho de nosso amor.

No hotel jantamos e brindamos a nossa felicidade.

Ai mari disse agora podemos curti nosso Amor um pouco seu safado disse ela rindo e provocando caminhou até o banheiro me chamou com o dedo e disse já liguei o chuveiro, vem aqui pro nosso banho de amor meu chatinho gostoso eu fui até lá o tesão já falava mais alto, estavamos muito empolgados entrei no banheiro e a agarrei pela cintura, ela beijou meu pescoço, acariciou meu corpo todo e deu uma mordida gostosa em minha boca, dei um beijo molhado e quente nela e fui retribuido com um gemido baixo de satisfação. Fazia muito tempo que estávamos com vontade um do outro. Ainda grudados nos beijavamos intensamente, começamos tirando mossas roupas rapidamente não podiamos esperar mais o amor a paixao é o tesão nós incendiavam, mais do que tudo, ela agarrada em meu pescoço, enquanto eu segurava sua cintura

Ela me pegou pela mão e foi andando comigo para dentro do box, até minhas costas encostarem na parece fria, enquanto seu corpo quente me pressionava ainda mais.

Demos um beijo demorado, começei a beijar seu pescoço, descendo para os seus seios, lambendo-os bem de leve, fazendo seu corpo todo arrepiar. Fiz isso mais umas três vezes e comecei a chupa-la demoradamente, ela passando suas mãos por todo o meu corpo. Em seguida, fui para o seu seio e depois para o outro seio, lambendo deliciosamente. Nisso, sua buceta já estava implorando por meu pau, e meu pau implorando por sua linda e gostosa bocetinha, comecei a masturba-la enquanto ela gemia deliciosamente sem pensar duas vezes, ela se ajoelhoeu para beijar o meu pau, lambia a cabecinha chupava e depois o enfiou por inteiro em sua boca gulosa , sem parar de olhar em meus olhos em nenhum momento. Ela o chupava sem parar, o colocava todo em sua boca até chegar a garganta, bem devagar, só para me provocar é arrancar intensos gemidos de prazer. Aos poucos ela ia aumentando o ritmo e meu corpo acompanhava o movimento intenso. Ela já parecia sem folego, mas ainda o queria em sua boca, o chupava com mais força, até que num impulso, eu gozoei. Ela engoliu tudo, lambeu meu pau é o deixou limpinho é se levantou.

Eu olhei para ela sorrindo de satisfação e a beijei ardentemente, acariciei e lambi o seu corpo inteiro como se dependesse dela para saciar a minha sede. Ela era incrível, eu estava adorando tudo aquilo, ela ali comigo, totalmente disponível para mim. Enquanto ela se perdia em minhas caricias, eu beijava suas coxas, dando leves mordidas, subindo até seu clitóris, dei uma leve lambida fazendo ela se arrepiar, puxei seu corpo e a coloquei encostada na parede dei uma mordida forte em sua bunda e fui beijando, lambendo, passando minha mão em sua bunda gostosa ela implorava por mais. Inclinou seu corpo e abriu suas pernas para que seu bumbum ficasse bem empinado chupava seu cuzinho metia minha lingua nele ela gemia loucamente apaixonadamente, a virei a deixando de costas na parede . Meti minha língua em sua doce bocetinha minha lingua escorregava por toda a sua bocetinha de tão excitada que ela estava, ela gemia alto e quanto mais ela gemia, mais eu pressionava minha língua contra a sua bocetinha, chupava metia toda a lingua dava voltinhas com a lingua chupava seu clitóris com a pontinha da minha língua lambia com intensidade, com vontade, a fazendo perder o chão. Ela dizia me chupa amor estou vendo estrelas chupa seu safado gostoso ela estava quase chegando a um orgasmo intenso e eu para provoca-lá nesse momento parei, levantei e enfiei meu pau com força dentro dela, ela Gozou. Gozou intensamente.

Eu continuei dentro dela, me movimentando e acariciando seu corpo,falando geme minha putinha safada gostosa ,ela me beijava loucamente ela ainda estava com tesão, desejando aquele pau duro dentro dela cada vez mais fundo. Nesse ritmo, não demorou muito e eu gozei e ela junto comigo. Sentamos no chão, cansados, ela em meu colo, sem notar a água caindo em cima de nós. Ofegante, eu sussurrava em seu ouvido a todo tempo o quanto ela era linda e incrível. Nenhum dos dois tinha tinha feito amor tão gostoso e intenso como agora e com certeza queríamos mais. Nos recompondo, nos demos conta que o chuveiro ainda estava ligado, terminamos nosso banho, um ajudando o outro a se limpar, entre massagens, beijos e amassos, admirando a beleza um do outro. Naquele banho que com certeza foi o melhor de nossas vidas.

Trocamos mais alguns beijos é declarações naquela lua de mel perfeita naquele banho que foi inesquecível a peguei nos braços é a levei para o quarto onde dormimos agarrados esperando por mais muito mais no dia seguinte da nossa lua de mel.

Bom aos que lerem ou comentarem ou derem suas opiniões desde já eu agradeço por lerem.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.