Meu primeiro dono parte4

Um conto erótico de Mimi
Categoria: Heterossexual
Data: 14/03/2019 01:51:25
Nota -

Olá pessoal, estou aqui para continuar contando como foi os dias seguintes no sito.

Só para esclarecer o Claudio quando casou com minha mãe eu era bem novinha...depois de um tempo que ele começou a mexer comigo, ele e minha mãe tem um casamento que eles chamam aberto ela faz o quer e nao se incómoda com que ele faz e nem com quem desde que um nao atrapalhe o outro.

Bem voltando a viagem ,no dia seguinte claudio acordou e logo me fez levantar me levando para o banheiro para tomar banho, pois eu ainda estava suja da noite anterior, ele dormiu comigo e aproveitou até cansar.

Levantamos e fomos para o banheiro, tomamos banho e ele me disse que era para eu ficar peladinha, assim era mais fácil para ser usada.

Saimos e fomos tomar café, chegando na cozinha os amigos dele ja estavam la, entao o Carlos olhou para mim e disse.

-Nossa essa vida é para poucos, tomar café da manhã vendo uma garotinha peladinha e saber que ela vai ser a sobremessa deixa qualquer um de pau duro.

Terminamos o café e fomos para varanda de frente a casa, os rapazes ficaram sentados conversando e eu fiquei em pé de costa para eles encostada na mureta olhando para o jardim do sitio.

Foi quando eu ouvi o Claudio falando: e ai quem vai ser primeiro a abrir esse rabinho.

Quando olho para trás sinto o Marcos encostar em em mim aquela pica enorme 22x7 e sem dó começa a força no meu cuzinho na hora tenter sair mas estava presa entre a mureta e o Marcos, ele segurou com uma mao o meu quadri e com a outra ele enrrolou no meu cabelo puxando minha cabeça para tras e deu uma estocada com força, na hora soltei um grito de dor, meu cuzinho parecia que pegava fogo tanto que ardia, ele continuou a penetrar sem medo ou dó, senti a cabeça batendo no meu intestino, ele me fodia como uma cadela dando estocadas fortes, ele me virou de frente para que todos pudessem ver minha carinha de dor,Lucas na hora se levantou para na minha frente e começou a penetrar os dedos na minha ppk que nessa altura ja estava toda molhadinha de dor e prazer, enquanto Marcos me fodia o cuzinho como se fosse um cachorro no cio, Lucas me penetrava na frente fazendo um vai vem frenético que dava para sentir tocar meu útero.

Logo Marcos começou a gemer e me puxar mais para ele dando a sensação que ele queria entrar inteiro no meu cuzinho, entao ele começou a gozar me enchendo toda de porra.

Tirou o pau meu cuzinho ficou todo aberto e dolorido.Lucas me puxa me levando ate o banco na varanda, senta e me manda vir com as pernas abertas e começa penetrar o pau dele na minha ppk.

Aquilo estava me levando a loucura, sabia que era errado mas eu gostava da situação.

Entao Lucas me sugurou pela bundinha abrindo meu reguinho e chamou O Luís para penetrar meu cuzinho, fizeram DP ate que os dois gozaram dentro mim.

Claudio olhou para mim sorrindo.e disse: -vai ficar assim suja so vai tomar banho quando eu achar que deve.

Ahh e tem mais se quizer usar o banheiro seja para o que for me avise porque um de nós vai acompanhar vc enquanto usa o banheiro, estamos entendido putinha...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.