GOSTO DE GOZAR NOS VESTIDOS DA MINHA MÃE

Um conto erótico de Gustavo
Categoria: Heterossexual
Data: 14/03/2019 00:07:09
Nota 10.00
Assuntos: Tara, Heterossexual

Oi, tudo bom gente? Eu vou contar nesse relato pra voces de uma tara que eu tenho pelos vestidos da minha mãe, vou usar nesse conto o nome "Gustavo". Tenho 33 anos, moreno, cabelo preto, 1 metro e 77 de altura, solteiro e moro com minha mae. não sou muito bom para fazer amizades, sou meio tímido, a mulherada não se aproxima muito de mim por causa da minha timidez, aí, arrumar namorada fica complicado, kkk. Por causa disso minha maior referencia de mulher é minha mãe, ela tem 50 anos, separada, um metro e 68, branca, cabelos preto, gordinha, tem peitos grandes, é bem gostosa mesmo. já vi ela pelada várias vezes. Tenho muita vontade de comer ela, mas eu não tenho coragem de fazer isso, pois, sei que ela não aceitaria nem de brincadeira uma coisa dessas. então, para me aliviar, comecei há uns 4 anos a me masturbar usando os vestidos dela. No começo eu só me masturbava usando um vestido longo dela, e era bem de vez em quando mesmo, sempre eu gozava dentro do vestido e guardava no lugar. Um tempo depois comecei a querer bater punheta em todos os vestidos dela, ela tem 12 vestidos a maioria longo, alguns são curtos, eu curto mais os longos, poque sempre que eu gozo o meu semem escorre e marca bem o vestido, chega a deixar manchas enormes. E isso me dá muito tesão. Aí, eu fui gozando em um por um dos vestidos dela até chegar no ultimo. Mas quando eu cheguei no último vestido eu tava tão viciado que não conseguia parar de gozar nos vestidos. As vezes eu eu gozo nos vestidos dela sentando na frente do PC vendo um vídeo dela pelada, mas por muito tempo eu só gozava nos vestidos na frente do espelho, curtia muito me ver batendo punheta loucamente e ejaculando gritando alto. Me lembro muito bem da primeira vez que gravei um vídeo no meu celular de eu batendo punheta em um vestido da minha mãe. Era um vestido meio apertado e longo, parecia que eu era gordo, era também o que me deixava com mais tesão ainda. coloquei o celular pra gravar num tripé, vesti o vestido e comecei a bater punheta, sempre bato punheta com o pau dentro do vestido, pois gosto de gozar no tecido do vestido e ver o tamanho da mancha de porra depois, costumo bater punheta meio que fazendo o pau bater na minha coxa esquerda, pois faz um barulho alto de batida bem parecido com o barulho de uma foda de verdade, demora mais para gozar, pois não deixa agente gozar rápido, por que é menos tesão, mas que dura mais tempo. Esse vestido eu demorei uns 50 minutos para gozar nele, mas quando eu gozei fui pro céu, de tão gostoso que foi, no final eu acelerei as batidas do meu pinto na minha coxa esquerda, comecei a gemer alto e gozei, desse vestido pra frente eu não consegui parar mais.Fiz videos de gozadas em todos os vestido da minha mãe, cheguei a postar na internet, mas resolvi tirar, pois, fiquei com medo de dar problema. Teve outro vestido dela que eu fui pro céu de tão gosto que foi gozar nele, foi um vestido brando longo com uma camada por baixo de cor branca como o vestido, esse também eu gravei um vídeo, mas nesse eu decidi falar palavras obscenas pra minha mãe, tipo, que eu queria comer ela, que ela era uma puta, que tava querendo meter que nem louco na buceta dela, coisas assim, no final, eu gozei fartamente e respingou semem até no chão, vejo esse vídeo até hoje quando gozo nos vestido da minha mãe. Eu gostei muito dessa punheta, porque eu demorei muito pra gozar, aí fiquei um tempão com tesão, foi gostoso demais. Certa vez há uns 2 anos fiz minha mãe comprar um vestido vermelho "O qual to usando agora" só para eu gozar nele, é um vestido vermelho longo, com varias camadas por baixo, também gravei um vídeo batendo punheta nele. Infelizmente hoje minha mãe não compra mais vestidos, ela fala que é muito caro e não compensa, mas pelo menos eu tenho 12 vestidos pra gozar dentro direto, o ruim também é que ela tá percebendo as manchas de porra nos vestidos e começa a reclamar. Eu fico com muito tesão nesses momentos, pois ela fica reclamando sem saber o porque dos vestidos dela sempre estarem sujos, sendo que ela nem usa eles. Ela não sabe da minha tara pelos vestidos dela e jamais vou deixar de gozar nos vestidos dela e manchar eles de semem. Bom galera, então é isso por hoje. Espero que voces gostem do conto. É tudo verdade o que contei aqui, eu recomendo, se caso voces curtam vestidos, gozem dentro deles, é maravilhoso. Batam punheta batendo o pinto na coxa esquerda, dá menos prazer, mas a punheta dura muito mais tempo, dando um tesão mais prolongado, é ótimo para gozar em vestidos. Um abraço e até mais!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
14/03/2019 20:52:55
Vivinha me chama no email Casadosafado37@Hotmail.com
14/03/2019 15:57:59
Delicia de conto, querido. Apesar de tudo, se eu fosse tua mãe, ia preferir que tu gozasses dentro de mim, ao invés dos meus vestidos. Rs. Fui que iniciei o meu filho e contei aqui no conto ¨Mãe e filho: um tabu proibido¨. Nota dez e beijocas.
14/03/2019 11:16:20
FETICHE DIFERENTE, MY FRIEND. EU JÁ TIVE FASE EM QUE GOZAVA NAS CALCINHAS DA MAMÃE. ESSA DE GOZAR EM VESTIDOS PRA MIM É NOVO. DÁ UMA LIDA NOS MEUS CONTOS COM A MAMÃE. PRA ESTE DOU NOTA MIL! VALEU!
14/03/2019 07:04:38
Interessante, diferente. Continue. E manda o vídeo dela pelada e das punhetas... cwb53@bol.com.br