fazendo programa em casa

Um conto erótico de Doug xv
Categoria: Homossexual
Data: 13/03/2019 14:44:41
Nota -
Assuntos: Sexo, Gay, Homossexual

Olá me chamo Douglas e o conto de hoje e verídico sou traveco tenho umas tetas bem fartas e vivo de programas, Sempre combinava com os caras e ia no motel ou onde eles queriam fazer o encontro, mas agora meu pai decidiu que eu ficasse em casa fazendo os programas por questão de segurança. Dai combinei com um cara no whatts app e meu pai quem recebia o meu cliente enquanto eu ficava no quarto só de calcinha a espera do cara. esse era um moreno alto, ele chegou e nos conversamos um pouco, depois ele disse dance um pouco enquanto ele tirava sua roupa, no dia estava de calcinha fio dental bem enfiada na bunda, e com as tetas aparecendo, ele logo veio e se encostou em mim, pude notar seu pau duro entrando no meu rabo, estava de pau duro, apesar de ter tetas eu não tirei meu pau eu estava gostando e rebolava pra sentir mais seu pauzão, ele disse agora quero que chupe meu pau, então comecei a cair de boca me ajoelhei e comecei a chupar, ele arregaçou a cabecinha pra mim chupar e lamber, eu fazia bem babado pude notar no seu olhar que estava gostando da minha boca, depois disse sente no meu pau quero te comer seu traveco, sentei e comecei a rebolar gostoso, rebolava e beijava ele pra tornar prazeroso pra ele ele me puxava pra chupar minhas tetas, depois ele pediu va na parede e fique empinada, agora vou entrar no seu rabo com meu pau nossa dei um grito, mas depois fui me acostumando meu pau estava tao duro que cheguei a gozar de ele estar fundo no9 meu rabo eu gemia e dizia sou sua mete mais forte, me come estou aqui pra isso vai, ate que ele disse ajoelhe e gozou na minha cara. depois ele disse vamo outra vou pagar dobrado, eu disse vamo , então chupa vai me ajoelhei de novo e comecei a lamber sua porra primeiro, depois a chupar sua cabecinha e babar em seu pau ele disse você e muito boa, eu disse muito obrigada, continuei o boquete, depois ele disse fique de quatro, ele então começou a meter e comer meu cu com forca e disse que ia finalizar no meu cu dessa vez, eu rebolava e gritava de prazer e gemia , e dizia come e goze no meu rabo, ele metia cada vez com mais força e eu gemia até que ele gozou , enchendo meu rabo de poorra.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.