SEM ESPAÇO NO CARRO MINHA MÃE FOI SENTADA NO COLO DO MEU AMIGO DA ESCOLA!! PART 5

Um conto erótico de Rafael
Categoria: Heterossexual
Data: 25/02/2019 22:20:52
Nota 8.20

O conto anterior teve alguns erros ortográficos porque não tive tempo de revisar, estava com muita vontade de escrever e acabou com alguns erros. Prometo que esse conto não haverá erros novamente.

Este conto é uma sequência do conto "Minha mae rebolou o rabo de biquini no colo do meu amigo da escola na frente do meu pai!! PART4"

Logo depois da foda no banheiro a festa continuou, minha mãe já estava praticamente caindo de tão bebada, meu pai interveio e falou pra gente ir dormir. Eu e Doug continuamos lá de frente pra piscina, subimos no campo pra jogar uma bola e depois fomos dormir.

Era domingo, o nosso último dia lá naquela chácara, acordamos tarde e fomos almoçar. Minha mãe estava com dor de cabeça, toda cheia de ressaca da noite anterior. Muita gente começou a ir embora, bem cedo, já eram quase 16hrs e muita gente já tinha vazado.

Curtimos a piscina a tarde inteira, minha mãe estava comportada, estava com um shortinho jeans e uma blusinha normal, nada demais até então.

Eram quase 18hrs quando decidimos ir embora, arrumamos nossas coisas e íamos partindo. Nos despedimos das pessoas que ainda estavam por lá. A viagem era um pouco longe, pois a chácara ficava no interior e nós moramos na capital. Por isso saímos cedo de lá.

Junto com a gente também estavam indo embora a esposa do Ricardo e o marido dela. Iríamos pegar a estrada ao mesmo tempo. Mas foi neste momento que surgiu o problema, o carro do Ricardo não funcionava, estava com algum problema no motor.

Meu pai tentou ajuda-lo e até outros colegas tentaram, mas não havia como, tiveram que chamar um guincho.

Ricardo iria ficar, mas meu pai o convenceu a ir com a gente pra capital:

- Melhor tu vir com a gente, manda o motorista tocar pra capital... Aqui não tem ninguém de confiança. - Disse meu pai ao Ricardo.

- Não sei não, vai ficar muito caro essa porra ai.

O motorista do guincho o interrompeu e falou o seu valor, Ricardo conseguiu negociar e fez um preço legal.

Foi ai então que começou outro problema, como o Ricardo e sua esposa iriam no mesmo carro? Não tinha espaço, o carro do meu pai é um HrV de 5 lugares, não teria como eles irem com a gente. Meu pai então deu a ideia:

- Claro que dá pra ir, meu! Alguém vai no colo de alguém, tem problema não! - Disse meu pai tentando convencer o Ricardo a ir com a gente.

- Sei não, acho melhor pedir um uber, vai ficar desconfortável pra vocês ai! - Ricardo rebateu tentando não parecer inconveniente.

- Que desconfortável o que, rapaz!! 2 horinhas só a gente tá lá, pode vir com a gente!- Meu pai tentou mais uma vez convence-lo.

Ricardo ainda estava indeciso, mas minha mãe entrou no meio e falou:

- É Ricardo!! Alguém senta no colo de alguém e da certo.

- Não sei, não quero que pese pra vocês... o que você acha amor? - Disse Ricardo se dirigindo a esposa dele.

- Ah, querido... Não sei, acho que é melhor a gente ir com eles, se não a gente só vai sair daqui amanhã. - Respondeu a esposa tentando convencer o marido.

- Ok então, nós vamos com vocês. Tá combinado. - Decidiu Ricardo.

Agora que eles decidiram só falta o mais importante: Quem iria sentar no colo de quem?

Nós estávamos de frente para a chácara, numa espécie do estacionamento. Minha mãe então perguntou:

- Então, quem que vai ir sentado no colo de quem? - Perguntou ela curiosa.

- Eu não vou sentar em colo de homem, já to avisando... - Eu já tirei o meu da reta.]

Todos riram, Doug logo após minha fala disse também que não sentaria no colo de ninguém.

Meu pai tentou fazer um acordo:

- Olha, eu vou ir dirigindo, o Ricardo vai r no passageiro, vcs 4 que se decidam.

- Gente, vamos resolver isso, mas antes deixa eu ir me trocar porque esse calor tá de matar!! - Disse minha mãe indo pro carro buscar algo pra se trocar, pegou algo e foi pro banheiro da chácara.

Eu não entendi muito bem...afinal ela já estava de shorts, não tinha porque se trocar, mas tudo bem.

Ficamos discutindo sobre quem iria no colo de quem, o guincho já tinha partido, chegaria provavelmente primeiro que a gente. Minha mãe depois de algum tempo voltou, ela estava vestida com um vestidinho todo fresco, pretinho, com duas pequenas alcinhas segurando aqueles peitos suculentos. Ela tava muito gostosa naquele vestido, não falei nada e nem pensei em nada relativo a ela e o Doug. O vestido parecia ser fresco mesmo, achei que era por isso que ela estava usando.

Pois bem, ela já chegou perguntando:

- Eai gente?? Decidiram??

- Não, ainda não. - respondemos a ela.

- Eu tava pensando aqui em ir no colo da Raquel (nome da esposa do Ricardo) mas acho que ela não vai aguentar kkk!! 60 kilinhos em cima de você, não da né amiga? - Perguntou minha mãe a esposa do Ricardo enquanto sorria.

- Nem fudendo! Hahahaha!! Melhor ir alguém no colo dos meninos. - Respondeu a esposa de Ricardo.

- Aaah... Então eu vou ir no colo do Doug que tal? - Disse minha mãe com um sorriso de orelha a orelha.

- Fica no meu colo mãe, coitado do Doug ele ta cansado. - Tentei fazer com que ela não fizesse aquilo, a vadia tava com um fogo do caralho, puta que pariu.

- Não da querido, você gosta de dormir nas viagens, vou acabar te atrapalhando... - Retrucou minha mãe.

- Mas... mãe... - Antes de eu terminar de falar ela me interrompeu.

- O que você acha Doug? Não tem problema né? - Perguntou ela ao Doug.

- Não sei... Vocês que sabem. - Doug respondeu timidamente.

- Então é melhor assim, eu vou no colo do Doug e vocês no banco tranquilos, se quiserem podem até dormir! - Disse minha mãe ainda com um sorriso grande no rosto.

Meu pai e o Ricardo tinham descido até a chácara para buscar algo, voltaram e meu pai perguntou:

- Eae, decidiram???

- Sim. Vou no colo do Doug, amor. Não tem problema? - Perguntou minha mãe ao meu pai.

- Não, claro que não. Dougzera é quase irmão do Rafa, não é Doug? - Respondeu meu pai com o carisma de sempre.

Doug ficou meio sem graça,meu pai disse:

- Melhor irmos pessoal, acho que vai chover.

Fomos em direção ao carro, Doug entrou primeiro, sentou na ponta direita, Raquel entrou e sentou no meio, fui e sentei no canto esquerdo. Meu pai sentou no motorista e o Ricardo no passageiro. Minha mãe entrou e sentou no colo do Doug, sentou de ladinho perto do joelho dele. Meu pai descontraiu o ambiente:

- Não vai ficar de pau duro hein, moleque!! - Disse ele rindo junto com o Ricardo.

- Não.. que isso... - Doug respondeu timidamente.

- Vamo bora pessoal, pegar essa estrada se não a gente só vai acabar chegando de madrugada!! - Meu pai começou a dirigir.

Começou a escurecer e estávamos na estrada, até aquele momento estava tudo normal, minha mãe estava comportada, Raquel estava mexendo no celular e o Ricardo e meu pai conversando sobre o trabalho. Decidi cochilar um pouco, pois faltava muito chão pra chegar em casa. Coloquei a cabeça encostada no vidro e comecei a dormir.

Comecei a escutar uns suspiros e de repente abri os olhos. Dou meu lado estava a Raquel, esposa do Ricardo, e minha mãe do outro lado subindo e descendo no colo do Doug, eu estava meio grogue do sono, mas eu pude ver bem, minha mãe estava sentando na rola do Doug. Raquel veio no meu ouvido e cochichou bem baixinho:

- Fica quietinho... tá?

Não falei nada, apenas acenei que SIM com a cabeça, ela voltou no meu ouvido e falou baixinho:

- Olha como ela senta gostoso no seu amiguinho... Tá gostando? - Ela me perguntou com uma voz manhosa.

Meu pau ficou super duro, eu fingia dormir mas estava com o olho entre aberto, olhei para o lado e vi minha mãe rebolando no colo do Doug, ela provavelmente estava sem calcinha, só o vestidinho e ele só tirou a rola pra fora e socou na bucetinha dela.

Meu pai e o Ricardo não estavam dentro do carro, o carro estava parado. Olhei pro lado e vi que estávamos num posto de combustível.

Raquel estava com um shortinho e uma camiseta branca, ela colocou sua mao no meu pau sobre a bermuda e cochichou no meu ouvido:

- Que delicia... você tá todo duro, tá gostando de ver ela rebolando?? - Ela apertava meu pau com força, fazia movimento de punheta sobre minha bermuda.

Eu estava com um tesão absurdo, acenei novamente que SIM com a cabeça e ela voltou a falar:

- Fica quietinho, tá? Fingi que tá dormindo...

De repente minha mãe para de quicar, ela vira de ladinho mas com o pau dele ainda dentro da bucetinha... Meu pai e o Ricardo chegam e entram no carro.

- Pronto, chegamo!! - Disse meu pai.

Minha mãe continuava sentada no colo do Doug, eu estava todo duro e com a cabeça encostada no vidro, Raquel estava sentada toda comportadinha, que vagabunda... Ela tava pegando no meu pau há uns 2 minutos atrás, agora tá pagando de santinha.

Meu pai voltou a dirigir, fingi acordar, perguntei se já tínhamos chegados só pra caçar assunto...

Olhei pro lado minha mãe estava de lado ainda sentada no pau do Doug, de vez em quando eu conseguia ver ela indo atrás e pra frente no colo dele, que vadia do caralho, meu pai tava ali na frente ela sentada no pau do meu amigo.

Olhei pra cara da Raquel e ela estava com um rostinho de inocente, com as pernas juntinhas e as mãos na coxa, parecia uma menininha da igreja.

Eu estava com um tesão absurdo então decidi arriscar, peguei a mãozinha da Raquel e coloquei sobre o meu pau explodindo.

Ela me olhou, achei que ficaria brava e tiraria a mão, mas não... Ela me olhou, fez uma cara de putinha e mordeu os lábios, deu um aperto forte no meu pau e depois tirou a mãozinha... veio no meu ouvido e falou:

- Olha pra sua mamãezinha sentando... Olha a cara de ela faz com a rola na buceta... - Ela falou isso e deu uma risadinha safada.

Virei minha cabeça e olhei pro lado, minha mãe estava claramente "desconfortável" meu pai e o Ricardo conversavam, quando ela percebia uma distração, ela ia pra frente e pra trás com o pau dentro da xota.

Aquele clima estava extremamente excitante, minha mãe estava sentada em cima do meu amigo e a amiga dela querendo meu pau, e o que deixava isso ainda mais tesudo era o fato dos dois maridos estarem na frente achando que não estava acontecendo nada

.

Meu tesão era gigantesco, comecei a passar a mão na coxa da Raquel e fui subindo, ela ia tirando minha mão toda vez que eu chegava próximo a sua buceta... Eu olhei pro Doug e vi ele com uma cara de insatisfação, ele não estava confortável, o pau dele tava dentro da buceta da minha mãe com meu pai há 1 metro de distância.

Pensando nisso eu mandei meu pai parar o carro:

- Pai encosta ai, to com vontade de dar uma mijada.

- Porra, tamo no meio da estrada! - Disse meu pai tentando me fazer mudar de ideia.

- Sério, pai. To quase mijando nas calças aqui.

- Também to com vontade! - Disse Doug.

- Vo encosta então, espera ai! - Meu pai nos atendeu, finalmente.

Meu pai encostou o carro no acostamento, Raquel disse:

- O que é aquilo no céu??!! Que estranho!! E apontou o dedo pra direção oposta da qual minha mãe estava sentada.

Todos olharam e inclusive eu, mas eu rapidamente virei pro lado e vi minha mãe saindo de cima do Doug e descendo do carro.

Deu pra ver certinho a hora que o pau do Doug meio bomba saiu inteiro da buceta da piranha...

Meu pai vendo o que a Raquel tinha apontado falou:

- É a Lua, poxa!! Tá doida??!! - E riu junto com o marido dela.

- kkkkk!! É mesmo!! To meio desnorteada pela viagem!! - Falou ela rindo junto com eles.

Sai do carro e fui pro meio do mato junto do Doug, tirei meu pau pra fora e comecei a mijar, Doug me olhou e falou:

- Caralho viado, tá excitado porra?!! kkkkkkkk!! - E começou a rir.

- Sonhei com uma gostosa agora no carro, mano! To com um tesão do caralho! - Respondi a ele.

- Se loco mano, sua mãe ta matando minhas coxas... Ela é muito pesada, da não.

Que filho da puta, ele tava comendo ela até agora e vem mandar uma dessa?

Respondi dando uma risadinha forçada:

- É... Deve tá sendo dificil mesmo.

Mijamos e depois voltamos pro carro, antes de entrar reparei que minha mãe e a Raquel conversavam alguma coisa, mas não sei o que era.

Pois bem, a partir dai a viagem seguiu normalmente, chegamos em casa tranquilamente e tudo deu certo.

Eu estava me divertindo com a situação, o tesão estava falando mais alto do que a culpa, mas eu queria entender de fato o que estava acontecendo. Por que a Raquel pegou no meu pau? Por qual motivo a Raquel ajudaria minha mãe?

Naquela semana eu iria descobrir...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/03/2019 12:18:15
Pelo que eu tô vendo sua mãe vai acabar contando ou vc contando e vc vai aceitar tudo por causa do tesão, vou me decepcionar se for isso mesmo, acho traição imperdoável ainda mais quando é uma mãe com seu amigo te traindo assim.
14/03/2019 02:09:30
Cadê a continuação?
07/03/2019 12:20:07
Alguém sabe de outros contos com o mesml contexto? São meus preferidos e difíceis de encontrar.
07/03/2019 12:18:23
Queremos continuação Rafa, to louco pra saber oq rolou, posta ai mano, nota 10
07/03/2019 10:12:09
E aí,Rafael? Kd a continuação? Seu conto é show,ficou de bronca com as críticas e desistiu? Seja fiel ao que escreve e continue a postar,pois sua história tem tudo pra ser ainda mais surpreendente
05/03/2019 11:15:39
Ta top mano, continua pf e fode essa vadia da raquel hahaha
04/03/2019 15:54:18
Vingadorxxx vá da seu cu seu lunático.
03/03/2019 14:30:06
Bom
03/03/2019 00:56:17
Muito bom!
27/02/2019 16:51:32
Oxi kd a continuação?
26/02/2019 18:56:59
E como o outro brow falou em que mundo uma mulher casada em uma situação de falta de espaço no carro entre escolher sentar no colo de filho ou do marido iria escolher sentar no colo de outro homem e transa a menos de 1 metro de distancia muito fantasiosa.
26/02/2019 15:38:19
ótimo amiga da sua mae e bem puta heim
26/02/2019 14:14:58
Ótimo conto cara, estou esperando pelo próximo e espero q agora vc pegue essa Raquel tbem
26/02/2019 12:18:33
Falta vc descrever sua mãe vê a amiga dela....
26/02/2019 12:14:51
Man teu conto ta excitante confesso porem......porra isso nunca ia acontecer no mundo real,é bem obvio que fantasia e bem fora da realidade,alguém ai diz em que mundo uma mae casada e com o marido no carro e o filho tbm ela iria sentar no colo de outro cara ????????parei de ler por ai kkkkkk
26/02/2019 11:47:39
Tá jóia o conto! romarmo2005@hotmail.com
26/02/2019 09:34:07
Cara,muito boa essa parte. Seu conto é show,bem variado em situações. Como vc é um voyeur de primeira,não acho que é vc que vai comer a Raquel. O astro do relato é Doug e ele vai ganhar o grande prêmio na próxima.
26/02/2019 09:28:14
show de bola, ótimo conto
26/02/2019 09:23:27
Obrigado
26/02/2019 07:39:09
Só quero ver se vai ter a continuação, pois onde li só tem até este capítulo