Casa dos Contos Eróticos

Reconhecendo mamãe

Um conto erótico de Afra
Categoria: Heterossexual
Data: 11/10/2018 12:34:15
Nota 8.75

Meu nome Afrânio, tenho 28 anos sou solteiro, formado, e bem empregado. Fui abandonado por

mamãe aos 7 anos junto com Papai e minha avó. Aos 17 anos meu Pai, resolveu me contar,ele não dava conta

dela sexualmente, e ela se mandou com um homem mais novo, o amor porem foi curto, e ela e Papai trocavam cartas

uma delas achei constava o novo endereço dela e resolvi reconhece-la. Peguei um ônibus para São PAULO e vim quase

noite cheguei e onde ela morava, era um quintal com mais duas casas, num bairro distante. Ela tinha agora 47 anos

a chamei e ela veio a principio sem me reconhecer, quando me apresentei, me abraçou convidou-me a entrar estava

com um vestido fino, e justo, fiquei bobo, estava conservada, e com ótima aparência.

---- Filho como você esta lindo, já casou? esta noivo?

---- Não mamãe nada disso sou solteiro, namoro muito, gosto de amar e ser amadoAfrânio você gosta de beija-las? Vai pro motel com elas?

Ela perguntava e eu estava sentado ela vinha por traz raspava seus seios em mim, e me falava como você é lindo!!!

---- Mamãe isso é pergunta que se faça? Não somos íntimos, eu levantei da cadeira, e pra sair

fora pedi que me mostrasse a casa era quarto, cozinha e um pequeno banheiro com cortina!! sem porta.

No quarto, voltou a me abraçar, dizendo: como você esta lindo, olha que corpo, alto musculoso, você nada?

Ela agora me agarrava de frente, só ela me abraçava, eu mantinha minhas mãos no meu corpo eu disse: Credo mãe

como a senhora me agarra, tudo isso é saudades, ela na maior cara de pau falou:Afrânio você ficou um macho lindo!!! me da vontade de te dar um beijo daqueles!!!Mamãe para não sou de ferro, a senhora esta bonita, para de me agarrar, vim só

te ver, Papai me contou do seu fogo, isso nos custou caro, se contenhaTeu pai disse quantas vezes eu fiquei na mão? ele gozava rápido, e eu na ficava na mãoMãe isso não é conversa para termos, são aguas passadas, você ainda é bonita pode se

casar novamente e ser feliz, com um homem de 50 anos ou maisDeus me livre, com meu fogo, nem pensar!!

Ela falava abraçada a mim eu sentia suas coxas quentes, seus seios ainda em forma, e ai ela pediu:Filho!! me beija como você faz com suas namoradas de língua e bem apertadoA senhora quer mesmo? ela consentiu eu então a abracei e nos beijamos,meu cacete

raspava na boceta dela, eu sentia o calor daquela mulher ela gemia: Filho tooo te sentindooo teuu caralhoooo a

gente fazia os movimentos de uma foda, encostados na parede do quarto, ela então desceu a mão no meu caralho

dizendo: Como é grande filhoooo é por causa da mamãe ? Você esta tezudo pela mamãe? To molhada amor sinto

teu pau ....me beija.... afastou-se um pouco, tirou o vestido ficando só de calcinha estava semi nuaTira a roupa Afrânio quero te ver mas temos que não fazer barulho a parede tem ouvido

Eu estava louco, fiquei nuzinho, ela também fomos para a cama, nos beijava-mos eu chupava seus seios ela gemia

baixinho dizendo: Filhooooo poeee devagarrr queroo te sentirrr metee mete na mamãe tava doidaaa pra darrr

assimmm fodeee meteee vouu gozarrrr amorrrr euu vouuu ahaaaaaa aiiiiiiii queee caralhoooo foodeeeeeeMãeeee que bucetaaaaa quenteee goza gozaaaa suaaa putinhaaa tooo fodendooo

vouuu te levarrrr comigoooo quero essa bucetaaaa vocee vem? queroo meterr todo diaaaaEu vouuu filhooo querooo no cuuuu me arrombaaa você comee meu cuzinhooo vou

goza seu putoooo mete sem dó soocaaa a picaaaa agarraa a mãeee querooo te chuparrr filhooo vou gozaaaaaa

esporra dentroooo no uteroooo vamo gozaaa juntoooo esporraa filhooo issoooo me lavaaaa lavaaa tuudooo.

Eu esporrei horrores, estava a dias sem meter, melamos a cama, fiquei ainda dois minutos dentro dela, ela tinha

gozado gostoso, que fogo. O gostoso é que a gente fodia falando bem baixo.

A cama era de casal, ficamos nus lado a lado, com ela perguntando baixinho: Você gostou

dorme aqui hoje pra desbundar peço na vizinha um colchão emprestado. Fui junto buscar, ela me apresentou e

voltamos tomamos um banho rápido e fomos pra cama, seriam umas dez da noite, estávamos nus, nos beijávamos

direto, ela então desceu me mordendo de leve o peito, minha barriga, e caiu de boca no meu caralho,ah....como

chupou, melava a pica de cuspe, e engolia o máximo, até engasgar.eu pedia: Para mãe vou acabar gozando!!!

Deitei de costas apoiado com a cabeça no travesseiro, ela fazendo sinal de silencio,montou

no meu caralho, e foi entrando aos poucos fechava os olhos, percebi pois a luz do quarto permanecia acessa, queria

ver as reações dela, que falava baixo: Filhoooo tooo entaladaaaa na tua picaaaa ta no fundoooo segura minhas

mãos querooo sentarrr esfregar meu cuzinhoooo nos teus pelos ahaaaaaaa hugeeeeeeee vouu gozarrrr meteee

filhooo esporraaaa la dentrooooo to indoooo de novoooo ela soltou das minhas mãos e deu os seios pra chupar,eu

ja quase gozando comecei a espirrar minha porra: Maeeeee vouuu tooo gozandooo que bucetaaaa vouu te lavar

senteeee ahaaaaaa tomaaaaa goza mãeeee comigooo vaiiiiii uiiiiiiiiiiiii tomaaaa . Pela manhã saímos o barulho

das pessoas no quintal, aborrecia quando ela falou: Filho tem um hotelzinho vamos quero ter liberdade com você

não era longe dali, paguei entramos tinha uma cama boa, em minutos ela estava nua, eu idem, deitei veio por cima

abocanhou meu caralho, dizendo: Deliciaaa filhooo mas não goza quero sentir no meu cuzinho ,chupou mais e

deitou de bruços e disse: Fodeeee comeeeeee minhaaa bucetinhaaa e depois poe no cu vai amorrr mete mete

eu fodia e ia até o útero, sentia a buceta morder .....vouuu gozarrrr vouuuu mete meteee filhoooo ela agora

falava alto, mas nãoo gozaaa deixa só a mamãeeee vouuu molharrrr meuuu caldoooo tirei meu cacete

e apontei no cuzinho ela quase gritou: Issooooo filhoooo comeee meu cuuuuu empurraaaaa aiiiiiiii...entrouuu

meteee fundooooo assimmmm eu punha e tirava a cabeça da pica o cuzinho piscava, ela: nãooo tiraaaa empurraaa

põeeee até no sacoooo meu deus....vouuu gozarrrr fodeeee filhooooo tooo gozandoooo amorrr que caralhoooo

fode sem dóoooo enfiaaaaa faz doerrrrrr filho meteee amorrrrr ...meu caralho entrava e saia eu estocava com

vontade pra machucar ela só dizia: Issooooo putooooo fodendoooo a mãeeee elaaa deixaaa gozaa comigooo ele

estaaaa pulandoooo soltaaaa a porraaa no meuuuu cuuuu ahaaaaaa lavaaaa tiraaaaa tudooooo lavaaaaa .

Gozei e cai em cima dela meu pau ainda esporrava, eu estava entregue, já havia metido a

noite e de madrugada, ela era insaciável, só um homem bem preparado sexualmente para aguentar.

Para terminar a tirei dali foi morar comigo no meu apto, e continuamos pois ninguém ia

desconfiar de mãe e filho solteiro, ....e como ela cuida de mim!!!!!

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/10/2018 15:24:20
Uau! Que mãe fogo essa, hein? Nossa! Mas foi uma delícia ler as safadezas gostosas dela com o filho. Gostei do conto, forte e sexy. Conto 10, preciso falar mais? Um beijo!
11/10/2018 19:15:07
Delicia
11/10/2018 15:23:36
Tudo bem...bom conto..porem acentuação ajuda muito
11/10/2018 13:23:53
Hehehe mãe pra todos os serviços,rsss