Casa dos Contos Eróticos

Isabella – A policial mais gata e gostosa =D - Capítulo 44

Um conto erótico de Pekenina
Categoria: Heterossexual
Data: 10/10/2018 19:01:02
Nota 9.00

Manu continua por aqui =D

Meu cunhado não podia dar a melhor noticia dessa segunda. Falei para Dani ficou super feliz também. Nos despedimos e seguimos cada uma para o seu caminho, antes de ir pra casa resolvi passar em uma floricultura e comprar um buque de rosas vermelhas para minha morena, depois passei na cacau show e comprei uma cesta de chocolate com um urso grande do jeito que minha morena gosta e partir para casa em uma alegria só.

Cheguei em casa já estranhei dois armários de preto em frente ao portão, abri o portão fui entrando com o carro na garagem, até que:

Seguranças: Boa tarde, senhorita Manoella!

Eu: Boa tarde!

Entrei estacionei o carro, desci peguei as coisas e subir. Entrei em casa minha sogra estava na sala assistindo TV com a Isa deitada em seu colo dormindo só de cuequinha e camiseta enquanto minha sogra fazia cafuné em seus cabelos.

Eu: Boa tarde sogra! Tudo bem por aqui? – Falei indo colocar as coisas em cima da cama no quarto.

Sogra: Boa tarde Manu! Tudo sim e você como esta minha filha?

Eu: Que bom! Estou bem, um pouco cansada.

Sogra: Vai tomar um banho minha filha pra você descansar um pouco. Já deixei a janta pronta pra vocês é só depois esquentar e comer.

Eu: Obrigada sogra não precisava se preocupar. O que significa aquilo lá fora sogra? – Perguntei curiosa.

Sogra: Que isso minha filha você ia chegar casada, ainda ter que fazer as coisas, já dei uma adiantada para ajudar. Aquilo lá fora é coisa do seu sogro, que disse que vocês precisam de segurança por um tempo pelo menos.

Eu: Meu sogro é fogo, mas tudo bem, até acho melhor por causa da Isa. Fico preocupada com ela, até pela profissão de vocês são muito visados.

Sogra: Sim minha filha, complicado. Sempre falo para Isabella não ficar se expondo, morro de medo por eles.

Eu: Também não gosto dela se expondo e nem ficar falando para os outros.

Sogra: Minha filha vai tomar banho, aproveita que Isabella está dormindo.

Eu: Ela deu muito trabalho sogra? – Perguntei curiosa.

Sogra: Não, ela dormiu praticamente o dia todo, efeito dos remédios.

Eu: Que bom.

Fui tomar banho, deixei a água cair sobre meus ombros para relaxar um pouco antes de dar um cheiro na minha preta. Terminei de tomar banho coloquei uma samba canção e uma camiseta, passei meu perfume preferido que minha morena tanto ama. Fui para sala, minha morena ainda dormia no colo da minha sogra toda linda.

Aproveitei para conversar com minha sogra.

Eu: Sogra gostaria que você e meu sogro viessem jantar aqui em casa sexta-feira, preciso comunicar uma coisa para vocês, mas logico se vocês não forem fazer nada.

Sogra: Não vamos fazer nada não. Apenas na parte da manhã que vamos terminar de levar as coisas para o sitio para minha festa aniversário no sábado.

Eu: Ah sim. Então podemos combinar umas 18h?

Sogra: Pode sim Manu, combinado.

Eu: Beleza.

Isabella foi despertando toda linda como sempre, abriu aqueles olhos azuis enormes que sou apaixonada =D

Isa: Mô você já chegou, porque não me acordou? – Perguntou toda manhosa.

Eu: Já cheguei faz um tempinho bb. Porque você precisa descansar e estava dormindo tão linda vida.

Isa: Ah amor podia ter me acordado, quero ficar o tempo que puder juntinha de você.

Eu: Oh meu amor, vem cá. – Falei sentando do lado dela e envolvendo ela no meu abraço.

Sogra: Bom minhas amoras, vou indo deixar Manu descansar que você trabalhou o dia todo está cansada.

Eu: Que isso sogra! Mais uma vez muito obrigada pela ajuda e pela adiantada nas coisas ai. – Falei levantando para me despedir dela.

Isa: Desculpa pelo trabalho mãe. – Disse ela fazendo biquinho.

Sogra: Que trabalho minha filha. Mamãe sempre vai cuidar de você e do seu irmão sempre que precisar.

Isa: Obrigada mamiis gata. – Disse ela dando um beijo no rosto da minha sogra.

Nos despedimos e minha se foi. Ficamos sentadas no sofá agarradinhas, pois minha morena não queria me largar. Fiquei fazendo carinho no rosto da minha princesa enquanto ela assistia desenho (viciada real galerinha),

Eu: Mor vamos comer?

Isa: Não estou com fome Mô. – Disse ela fazendo dengo no meu colo.

Eu: Mor você precisa comer um pouquinho pra tomar remédio. – Falei dando um selinho nela.

Isa: Mas mozinho estou sem fome. – Disse ela fazendo carinha de coitada.

Eu: Tudo bem, mas não vou te dar o presente que comprei pra você.

Isa: Ah mozinho, assim é covardia. Você está me chantageando. – Disse ela fazendo biquinho.

Eu: Não estou não, apenas não vou te dar o presente ué. – Falei fazendo carinho em seu rosto.

Isa: Lógico que está mô. – Disse ela toda bravinha.

Eu: Estou não meu amor. – Falei dando outro selinho nela.

Isa: Amor para de me provocar.

Eu: Oxi mor não fiz nada. – Falei sem entender.

Foi quando Isabella sentou no meu colo, pegou minha mãe e levou até o seu sexo.

Continuaa...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
12/10/2018 22:59:00
Que legal claudia 31 =D Ficamos felizes.
11/10/2018 18:18:15
Viciada na história de vcs
11/10/2018 11:54:40
Essa Isabella parece um bebê seja mas mulher, mas madura.