Casa dos Contos Eróticos

Punheta da cunhada

Um conto erótico de LadiesMan G
Categoria: Heterossexual
Data: 10/08/2018 01:10:32
Nota 10.00

Olá leitores! Sejam muito bem vindos ao meu primeiro conto erótico.

Tudo que irei contar aqui de fato aconteceu e por motivos óbvios, irei usar nomes fictícios.

Me chamo Gabriel, tenho 19 anos, 1,93 de altura, pele clara, cabelos negros e olhos castanhos.

Eu tenho um irmão mais novo de 16 anos que tem uma namorada da mesma idade que a dele. Ela se chama Laura. Laura tinha a pele morena, cabelos castanhos escuros, peitos pequenos e uma cintura normal pra idade dela, mas a bunda dela, a bunda dela era uma bunda de uma atriz porno. Grande, bem firme e empinada.

Laura e meu irmão saiam muito juntos, diferente de mim que faço o tipo anti social e prefiro ficar em casa do que sair pra alguma festa, e numa dessas saídas deles dois, acabou que ficou muito tarde para meu irmão levar Laura na casa dela, que era do outro lado da cidade, então eles tiveram a brilhante idéia de dormir na nossa casa e a Laura ir embora bem cedo antes dos nossos pais acordarem.

Nossos pais eram evangélicos e não permitiam que meu irmão dormisse na casa da Laura e nem que Laura dormisse na nossa casa.

Então, lá por volta de umas três e pouca da manhã eu ouço a porta da casa abrindo devagar, eu estava na sala terminando de assistir uma série da Netflix quando vejo os dois passando bem rápido pela sala numa tentativa de eu não perceber que eles tinham chegado juntos naquele horário.

Eu sabia que o risco dos meus pais pegarem eles era grande, então preferi não me envolver para não me ferrar também, então continuei assistindo minha série.

Depois de algum tempo eu ouço alguns gemidos abafados vindo do corredor onde ficava o meu quarto e o do meu irmão. Levantei do sofá e fui andando bem devagar para não ser percebido andando pelo corredor.

Quando cheguei na porta do quarto do meu irmão tive a certeza de que os gemidos vinham dali e óbvio que eles estavam transando.

Tentei ver alguma coisa pela fechadura da porta, mas nada consegui enxergar, apenas apertei meu pau por cima do short que dava sinal de vida por causa dos gemidos. Então voltei para o meu sofá e para minha série.

Depois de alguns minutos os gemidos já haviam parado e eu já estava indo dormir, já que a minha série havia terminado, quando levantei do sofá eu ouço a porta do banheiro se abrindo. Eu me sentei de novo no sofá, desliguei a TV e esperei quem quer que fosse que estava no banheiro sair e voltar a dormir, assim não teria problemas se algum dos meus pais me vissem acordado aquela hora.

Esperei um pouco e logo logo a pessoa saiu do banheiro, era a Laura. Estava usando uma camisa azul grande do meu irmão e ela foi até a cozinha beber água, parecia que ela nem se importava de ser pega pelos meus pais, eu estava pronto pra dar um susto nela quando eu olhei por cima do sofá e vi ela se debruçando para pegar a garrafa de água que estava na geladeira e tive uma surpresa.

Laura não estava usando nada por baixo da camisa, nada, eu pude ver perfeitamente sua buceta enquanto ela se debruçava, e que buceta, tinha lábios grandes e por um momento eu me imaginei chupando aquela buceta e me lambuzando com o seu mél.

Neste momento, Laura se vira e percebe que eu estou ali parado olhando ela por cima do sofá e quase deixa o copo cair por causa do susto que levou ao me ver. Ela termina de beber a água e vem até mim.

-O que você tá fazendo acordado uma hora dessas aqui?

-Eu estava vendo série, e você? O que tá fazendo na minha casa numa hora dessas? Sabe que meus pais não deixam e o pior, transou com meu irmão de baixo do nariz dos velhos.

-Você ouviu? - disse Laura com vergonha levando uma das mãos ao rosto.

-Ouvi sim, vocês são muito safados.

-Promete que não vai contar nada pra ninguém? Nem pro seu irmão?

-Por que eu deveria fazer isso? Eu posso conseguir muitas coisas usando isso pra chantagear aquele moleque.

-Não faz isso, por favor, faço tudo o que você quiser.

-Tudo?

-Sim...o que você tá pensando em? E porquê essa cara de safado?

-Sabe, quando eu ouvi vocês fudendo, eu fiquei com um pouco de tesão.

-E? Por que tá me falando isso, Gabriel?

-Porque eu quero gozar, quero que você me faça gozar.

-Ta maluco? Eu namoro com seu irmão.

-Olha, sei que você namora ele e por isso eu quero que você não me chupe, nem transe comigo, só quero que você me toque uma punheta.

-Você é nojento, não vou fazer isso.

-Então tá bom. Vou chantagear muito meu irmão caçula.

-....esoera, eu faço.

-Mesmo?

-Sim, mas só punheta, nada além disso se não é traição com seu irmão.

-Justo, vamos lá.

Tirei o short que eu estava e sentei no sofá. Ela se ajoelhou na minha frente e pegou no meu pau de 18 centímetros e começou a punhetar devagar.

Estava ótimo sentir aquela mão toda quente segurando meu pau e fazendo movimentos de vai e vem devagar.

-Delicia, Laura. Continua vai.

Ela continuava e começou a tocar mais rápido. Já estávamos algum tempo naquela, então pedi pra ela levantar a camisa para eu ver os seus peitos. Ela relutou de inicio mas acabou fazendo depois que eu ameacei contar para o meu irmão sobre a punheta dela em mim.

Pude ver aqueles peitinhos pequenos que com certeza cabiam direitinho na minha boca, fiquei imaginando eu chupando eles enquanto ela tocava uma punheta muito gostosa pra mim.

Foi quando eu senti que iria gozar, não avisei pra ela. Ela continuou punhetando e eu sem conseguir segurar mais gozei na mão dela que continuou punhetando por alguns segundos depois de eu já ter gozado. Ela estava com a mão toda lambuzada da minha porra.

Ela olhou pra mim e disse pra eu manter segredo ou ela me matava. Dei uma piscada de olho pra ela que se levantou, lavou a mão e foi em direção ao quarto do meu irmão dormir.

Agora eu estava satisfeito, tinha gozado na punheta da cunhada.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
10/08/2018 06:02:42
Amei seu conto e gostaria de ler todos outros, fotografoliberal@yahoo.com.br
10/08/2018 02:25:18
Leia os outros contos,vai gostar!
10/08/2018 02:16:52
Ótimo conto, mas sera q não aconteceu mais nada entre vcs 2 depois dessa punheta,se aconteceu nos conte em um próximo conto, mas apenas se tiver acontecido mesmo.