Casa dos Contos Eróticos

Isabella – A policial mais gata e gostosa =D - Capítulo 7

Um conto erótico de Pekenina
Categoria: Homossexual
Data: 31/08/2018 22:50:43
Última revisão: 13/09/2018 22:10:31
Nota 10.00

Olá galerinha!

Quero agradecemos muito aos comentários de vocês que estão acompanhado nossa história. Fico feliz de saber que estão gostando ^^

Manu na área. Vamos lá dar continuidade =D

Fui direto para o plantão. Cheguei no trabalho e fui direito para vestiário me trocar. Quando Dani chega fazendo cócegas em mim.

Dani: Posso saber onde a senhorita andou essa noite, que te mandei mensagens e você não me respondeu?

Eu: Ah miga estou nas nuvens. – Falei dando um sorriso.

Dani: O que você aprontou Manu? – Perguntou toda curiosa.

Eu: Não aprontei nada miga. Ontem sai para jantar com a Isa e depois ela me convidou para ir a sua casa.

Dani: Mentira miga? – Disse ela toda curiosa.

Eu: Verdade miga. Foi a coisa mais perfeita. Ai miga ela tem um corpo maravilhoso não tinha como resistir. Fizemos amor à noite toda. – Falei lembrando da noite anterior.

Dani: Não acredito miga, que você transaram. – Disse ela desacreditando.

Eu: Sim. E não quero mais largar aquela morena miga. O pior você nem sabe, ela é policial civil.

Dani: Nossa amiga. Caracas, policial! – Disse ela surpresa.

Eu: Pode acreditar. Ela fez até café da manhã para gente tomar juntas. Fiquei toda boba.

Dani: Ai miga estou muito feliz por você. – Disse ela me dando um abraço.

Fomos para o nosso plantão. Hoje o plantão estava bem corrido, pois chegaram vários exames para realizamos (Sou biomédica). Não paramos um minuto. O plantão passou super rápido de tanto serviço que tivemos hoje. Fui me trocar e corri para academia. Cheguei na academia, foi guardar minhas coisas no vestiário.

Quando vi uma mensagem da Isa “Amor vou ter que ir mais tarde para academia, porque tive uma ocorrência para atender em outra cidade. Beijinhos sua morena.” Fiquei triste porque não iria ver minha morena, afinal hoje teria faculdade. Respondi na sequência “Sem problemas amor. Resolve suas coisas ai no trabalho, vamos ter muito tempo para treinarmos juntas. Beijos sua preta”.

Inicie o meu treino que era tríceps e peito e abdômen. Realizei minhas séries e depois fui correr um pouco. Subi tomei banho me arrumei e fui direto para faculdade. No caminho mandei mensagem para ela avisando que estava indo para faculdade.

Hoje a aula na facul seria de noções de direito. No caso seria pesada, pois leis e mais leis. E essa professora não gosta que mexa no celular durante a aula, então já viu né. Deu o horário do intervalo, quando olhei meu celular tinha uma mensagem da Isa “Boa noite amor! Já estou com saudades de você. Não vejo a hora de vê você”. Como largar uma coisa linda dessa. Respondi “Minha morena linda! Calma que logo logo estamos juntas”. Voltei para aula pensando nela para variar. A aula se encerrou me despedir da professora e fui embora. Quando chegou no portão, Isa estava parada na frente da facul, tomei um susto. Ela estava muito linda com um conjunto de moletom cinza da nike, tênis e cabelo preso em um rabo de cavalo.

Quando desci as escadas ela veio em minha direção e me deu um selinho.

Eu: O que está fazendo aqui amor? – Falei surpresa.

Isa: Vim buscar minha preta ué. Disse abrindo um sorriso lindo.

Eu: Como você sabe que eu estudo aqui amor? – Falei curiosa.

Isa: Tenho meus contatos amor. Disse dando risada.

Eu: Que medo amor. – Falei puxando ela pela cintura para mais perto de mim.

Isa: Medo do que amor? Você está aprontando senhorita Manoella? – Disse ela toda séria.

Eu: Eu não amor. Mal falo com o pessoal aqui da facul.

Isa: Então pronto. Agora vamos que estou com muita saudade e frio.

Entramos no meu carro e fomos para minha casa. Chegando lá fui direto tomar banho e falei para ela ficar a vontade que já voltava. Sai do banho de top preto e uma cueca box branca. Na mesma hora Isa virou e mordeu o canto da boca me olhando fixamente.

Eu: Que foi amor? – Falei curiosa.

Isa: Estou admirando toda essa beleza. – Disse ela sorrindo.

Eu: Boba. Não sei onde você está vendo tanta beleza assim. – Falei se aproximando e dando um selinho nela.

Isa: Estou vendo nessa preta linda na minha frete. – Disse dando um tapa no meu bumbum.

Eu: Fofa! Vou arrumar alguma coisa pra gente comer.

Enquanto isso Isa ficou na sala assistindo TV. Fiz um lanche natural e suco de laranja natural. Chamei ela pra comer. Ela disse que ia tomar um banho antes. Fiquei assistindo netflix enquanto esperava ela sair do banho. Ela saiu do banho com um conjunto íntimo branco de renda, estava muito linda, pois ela estava bem bronzeada então destacou em seu corpo. Ela veio da minha direção com aquele perfume maravilhoso dela que me deixa louca querendo pega-la. Vamos comer amor.

Eu: Acho que estou afim de comer outra coisa amor? – Falei tentando puxar ela.

Isa: Ai amor sua boba. Estou falando serio. – Disse toda sem graça.

Eu: Mas eu também estou falando sério amor. – Falei dando uma mordida no canto da boca.

Isa: Vem logo comer amor. – Disse jogando a toalha em mim.

Levantei e fui para cozinhar comer. Sentamos na mesa e comemos. Ela ficou me encarando fazendo aquela cara de safada e mordendo a boca.

Eu: Assim você me deixa louca amor. – Falei levantando e sentando do lado dela.

Isa: Mas não estou fazendo nada amor. – Disse arranhando minhas costas de leve.

Eu: Ai amor me arrepiei toda. - Meu corpo estremeceu todo.

Isa: Percebi minha preta. – Disse dando uma chupada no meu pescoço.

Não resistir peguei ela no colo e levei para minha cama. Deitei ela na cama, dei um selinho nela tirei seu sutiã, comecei a chupar seus seios ela começou a gemer, fui descendo e tirei sua calcinha com a boca e olhei nos olhos dela e cheirei sua calcinha e depois joguei ela no chão. Vi que seu sexo estava inchada e vermelhinha.

Eu: Tudo isso por mim amor? – Falei dando mordida no lábio.

Ela balançou a cabeça dizendo que sim e disse:

Isa: Vê se não tortura hoje amor.

Sorri, e comecei a chupar seu sexo com vontade, enquanto isso apertava forte seus seios e ela gemia mansinho, fazendo eu ficar mais louca de tesão por ela. Continuei chupando seu sexo com mais vontade, até que penetrei dois dedos nela, sentir seu corpo arquear, comecei a fazer um vai e vem lentamente e fui aumentando a velocidade. Sentir seu corpo estremecer que iria gozar, parei e voltei a beijar e sussurrei em seu ouvido:

Eu: Amor fica de quatro pra mim. - Falei assoprando sua orelhinha.

Ela prontamente atendeu e ficou de quatro, penetrei novamente dois dedos e fazia um movimento rápido e ela gemia mais alto. Fiquei naquele movimento por alguns minutos até que ela não aguentou por muito tempo.

Isa: Vou gozar preta.

Eu: Goza minha delicia.

Ela gozou gostoso nos meus dedos. Limpei ela todinha e me deitei ao seu lado, olhei em seus olhos e disse:

Eu: Você é uma delicia. Não consigo resistir, você me deixa maluca amor. – Falei dando um selinho nela.

Isa: Ai amor, você falando assim vou me achar. – Disse ela toda envergonhada.

Eu: Pode se achar amor. Você é muito linda e gostosa.

Isa foi tomar banho, eu fiquei lá deitada mais um pouco pensando em tudo que estava acontecendo entre nós sem acreditar que tudo aquilo era real e não um sonho. Que estava saindo com aquela deusa. Me levantei e fui tomar banho com ela. Quando entrei no banho, Isa estava de costas, fui me aproximando devagarinho atrás dela, dei um beijo no seu pescoço, peguei ela pela cintura e virei para mim. Comecei beijar ela com desejo e vontade, minhas mãos passeavam por todo seu corpo, cheguei ao seu bumbum dei vários apertões e tapas, Isa gemeu baixinho na minha boca. Levei minha mão ao seu sexo, sentir como estava molhada, comecei acariciar seu clitóris, Isa solto um gemido alto, comecei a chupar o seus seios com força, brincava com os bicos, dava mordidinhas, Isa arranhava minhas costas com força. Penetrei dois dedos no seu sexo, Isa gemeu alto sentir que ela ia gozar novamente, comecei um vai e vem rápido, fiquei assim um tempo, me agachei e coloque sua perna no meu ombro e comecei chupar seu sexo com força e vontade, sentir seu corpo tremer todo, quando sentir seu gozo descer na minha boca. Limpei ela todinha, subir e comecei beijar ela bem calmo com os meus dedos entrelaçados em seu cabelo segurando ela pela nuca. Fui parando nosso beijo devagar terminamos de tomar banho e fomos deitar.

Continuaaa...

Bom galerinha fico por aqui, mas uma parte da nossa história. Não esqueçam de comentar, deixar a opinião de vocês, dúvidas, perguntas e etc para que eu possa continuar.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/09/2018 22:09:43
Literalmente Pucca =D
13/09/2018 13:07:50
Caralho que delícia! Demaiiiiiiiiiiiis
11/09/2018 02:02:23
Wow adorando
10/09/2018 00:26:57
Obrigada claudia29 por ser essa leitora fiel 😊
09/09/2018 22:48:26
Esse tbm não comentei mas estou passando agora com mais tempo pra fazer isso e dizer q a cada conto esta maravilhoso
03/09/2018 09:50:17
Está muito interessante gata, continue, Bjsss!!
02/09/2018 13:52:18
Como sempre muito bom Não demora a postar por favor. Fico ansiosa esperando por outro capítulo