Ah minha enteada, como é safada....

Um conto erótico de Binho
Categoria: Heterossexual
Data: 24/07/2018 01:49:29
Nota 10.00

Olá pessoal, aqui vai mais um episódio da minha enteada, lembrando pessoal que isso tudo aconteceu de fato, faz algum tempo e no relato fica difícil lembrar de todos os detalhes mas na essência tô tentando ser o mais real possível, é óbvio que os nomes foram trocados hoje vou tentar falar mais dela mesmo, entra descrever sua aparência e personalidade, mas pra entenderem sugiro que leiam os outros contos, pois ao longo de 11 anos muitas coisas aconteceram, e só de relatar a jeba já fica dura, aqui está o link das outras historias:

https://www.casadoscontos.com.br/perfil/239254

Emily sempre foi magrinha, com 1,60 de altura e 48 a 40 kilos, peitos pequenos e durinhos, bundinha pequena e bem redondinha, sem muito quadril mas com cintura fina, bem branca de cabelos longos e escuros, rosto bonito e bem estreito, sua buceta e carnuda, apesar de ela ser muito magra tem uma bucetona com grandes labios bem salientes, seu grelo e daquele bem grandes tbm comeca bem em cima e vai ate o cuzinho, hoje com 24 anos ainda conserva essas características, quem não à conhece imagina que ela ainda e novinha e isso chama muito a atenção dos machos,

Ou seja uma perfeita ninfetinha, todo macho que come ela fica doido de tesão.

Desde muito cedo já descobriu pra servia aquela buceta carnuda, como já relatei ela começou cedo na fodelança, com 18 anos ja tinha perdido a conta de quantos caras ja tinho comido ela, nem ela tínhamos nem idéia, ela me contava tudo, chegou ao ponto de me ligar pra avisar que ia chegar mais tarde do trabalho porque ia foder com alguém, eu pedia pra me ligar quando estivesse dando pra eu ouvir, pior que ela ligava, safada demais, me provocava horrores, eu sou um cara até que bonito, branco, alto olhos claros cabelos claros porte avantajado, porém nunca frequentei academia.

Adoro bater punheta desde moleque quando aprendi até hoje bato punheta demais, não tenho um pau tão grande 18cm por 6 de grossura, mas modéstia parte e lindo meu cadete, bem reto, branco da cabeça rosa, saco pequeno, quando tá mole tenho vergonha porque e muito pequeno, mas duro goza muito.

Eu morria e morri de tesao por ela por muitos anos, Fernando e rodrigo já citados nos outros contos sabiam da minha aflição, por conta de Emily, ela desde novinha me provocava demais, coisas do tipo trocar de roupa no quarto com porta entreaberta, sair do banho enrolada na toalha de rosto que é bem pequena, usava fios dentais minúsculos, dormia pelada, e assim como eu era uma siririqueira, a menina batia varia siririca por dia, e me falava isso na boa, aliás a peguei no flagra várias vezes, ela tbm me pegou batendo punheta assistindo pornôs e lendo contos, não sei se pra me agradar ou oque mas sempre dizia que meu pau era lindo, que ela adorava, mas que nunca ia meter comigo afinal eu era marido de sua mae, pessoa essa que jamais imaginou tudo isso que eu relato aqui, e que sua filha é uma luta metedeira.

Voces devem estar se perguntando,

Mas é daí ser a que esse cara comeu ela, poise pessoal, calma, como disse isso não é história é real, e na vida real as coisas sao mais complexas que nos contos, eu pretendo escrever aqui alguns contos baseados em acontecimentos com mais objetividade, mas essa série aqui ser a mais detalhada mesmo, por isso deixem seus comentários e sugestões.

Uma vez ela estava se arrumando pra escola e a rotina da casa permitia que nos passassemosmuito tempo sozinhos, tomou banho e saiu do banheiro toda molhada só de camiseta, pois havia esquecido a toalha, entrou no quarto e começou se maquiar pelada, a porta como sempre entreaberta fui olhar, como estava sem meter a vários dias eu sentia um tesão fora do normal, o pau só de pensar em buceta endurecida e latejava, vendo aqui não resisti comecei bater uma espiando ela, deu algo em mim entrei no quarto e agarrei ela por traz de pau duro, ela se virou me empurrou gritou pra sair e ficou dias sem falar comigo, quando voltamos à conversar eu resolvi ser honesto pois já durava quase 5 anos aquela situação, falei que sentia um tesão por ela que me fazia passar mal, e porque ela me provocava tanto e na hora h me rexaçou, disse ela que tbm tinha tesão por mim, uma fantasia proibida, pela qual ela ja tinha se masturbado algumas centenas de vezes, já havia metido com vários caras pensando em mim, mas que sua consciência não permitia por em prática.

Se a dela nao permitia, a minha já tinha me liberado a muito tempo. Mas eu jamais iria fazer algo contra sua vontade, então me realizava conversando sobre suas medidas, vendo ela meter com Fernando, Rodrigo e até com vários de seu namoradinho, claro que esses nao pessoalmente,mas ela filmava na câmera e me mostrava, eu batia punheta e gozava muito ....

Até nessa época nada aconteceu, nunca a toquei e nem ela me tocou, mas aí a rotina mudou, ela começou trabalhar numa loja de artigos pra skate e surf, e marcas caras, e estudava a noite, eu comecei a trabalhar a tarde e a noite, então tornou se raro quase impossível nos ficarmos a sós pra falar sobre sexo etc, isso durou quase 8 meses, muito tempo sem nos falarmos, nesse meio tempo ela começou namorar, e eu comer uma vizinha (depois posso escrever sobre se vocês quiserem), entao nem em fim de semana nos víamos.

Certo dia uma tia da minha mulher com alguns problemas de saúde veio à nossa cidade pra se consultar e se hospedou em nossa casa no quarto de Emily, bom aí Emely durante a estadia da tal tia ficou dormindo na sala em uma colchão inflável, quando eu chegava do trabalho lá pelas 1h da manha via ela dormindo toda a vontade, só de calcinha fio dental, com a bunda virada pra cima e de pernas abertas, aquela buceta carnuda affffff me reacendeu todo no tesão novamente, a tia precisava ir embora pra sua casa no sabado, mas como era feriado prolongado na sexta e no sábado ela tinha uma consulta de manhã, ficou pra última hora correr atrás da passagem e não achou só teria pra segunda, ela pediu à minha mulher se nao poderia levá-la, pagaria as despesas, e minha mulher recorreu a mim, pois ela trabalharia no domingo, acabei mesmo a contra gosto topando, seria uma viagem de 4 horas na ida e mais 4 na volta, a coisa melhorou quando Emely se dispôs a me fazer companhia, que maravilha, na ida a tia dormiu logo ao entrar no carro saímos umas 21h conversamos um pouco mas com receio pois a tia estava meio doente mas era daquela velhas que ouve mais que o ouvido kkkk, chegamos lá depois da 1h e o combo aro era de descansar e voltar domingo durante o dia, mas Emily quis voltar em seguida, e falou pra tia que precisava estar domingo cedo em casa, falou piscando pra mim, eu confirmei e saímos, já de cara ela pediu uma ice e um energético eu parei no primeiro posto e comprei 4 ice e 3 energético, pegamos a estrada e ela já começou a beber e contar histórias sacanas dela de 8 meses, namora mas traía o namorado, histórias de sexo com colegas de trabalho da loja, sexo com gerente da loja, sexo com amigo do namorado, etc

Pior que ela foi bebendo e ficando digamos alegre, e como eu dirigia só bebi energético, não demorou querer ir ao banheiro, parei num posto que estava fechado, pois eu sabia que próximo estava longe e talvez ela não aguentasse esperar tava tudo escuro sono segurança veio conversar, expliquei a situação ele permitiu entrar no banheiro, mas disse que teria que ser no escuro pois naonpoderia ligar o disjuntor se não acendia tudo no posto e emprestou a lanterna, lá no banheiro ela pediu pra entrar junto estava com medo, eu entrei e mirei a lanterna ela ergueu a saia e sentou no vaso afff aquela buceta de novo na minha frente, safada fiquei doido, saímos e ela continuou bebendo e contando as histórias picantes dela, comecei a punheta meu pau de leve ,tirei pra fora e coloquei camiseta por cima, mais algumas dúzias de km pediu pra ir no banheiro de novo, parei num posto de caminhão mesmo , ela falou vamos e abriu a porta do carro acendendo a luz interna, eu falei que não dava pra se levantar ( pois estava com pau duro, melado e pra fora da bermuda) ela disse:

Eu sei que vc está batendo uma de leve desde lá atrás, levanta, não vou ver nada que já não tenha visto pelo menos uma 50 vezes, e levantou a saia pra minha surpresa sem calcinha, nusssssssss, que doideira, fui com ela naquele banheiro de caminhoneiros, sujo, encanďido, fedido, ela mijou e saímos, logo ela disse que estava com a buceta ardendo de tesão e que estava melado o banco do carro, eu disse que tbm, ela pediu pra eu continuar batendo uma enquanto dirigia, e eu tirei a Rola pra fora, na hora ela pegou com suas mãos pequenas e foi lentamente subindo e descendo a mão no meu pau, que delícia depois de tanto tempo ela pegando na minha rola, eu levei a mão na buceta dela, afff que macia, que inchada, que grelo gostoso, toda melada, ela caprichou na punheta e eu gosei muito tive de parar no acostamento, a mão dela ficou cheia de porra, cheia mesmo e ela colocou na boca engoliu o que pode chupou os dedos até não ficar uma só gota, e eu enfiei 3 dedos na buceta até ela tbm gozar e dessa vez eu é que chupei, senti o gosto que Fernando havia dito ser tão bom, o gosto daquela buceta tão desejada e proibida pra mim,

Só posso dizer que foi o melhor gosto de buceta que eu senti na vida.

Ela dormiu o resto da viagem, eu cheguei parcialmente realizado, sabendo de tantas outras aventuras sexuais dela e com mais tesão do que já sentia por aquela ninfeta safadaContinua....

Bom pessoal esse termina por aqui, sugestões, críticas ou elogios comentem aqui,

Se quiserem compartilhar algo especial ou quiserem que eu escreva seu conto mandem email..

fabio.fabio20@hotmail.com

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
26/07/2018 18:20:06
Putz!... Pensei que ia acontecer nessa viajem. Aliás, precisa dizer para a Emily que já aconteceu. Se ela te masturbou e ainda teve orgasmo com os dedos do padrasto, é o mesmo que se entregar por inteiro. Afinal, se a mãe souber, tanto faz se a transa foi completa ou não. Mais um dez pra vc... Beijaaauuummm*-*
26/07/2018 15:50:11
Dizem que o proibido é que é mais gostoso. Tanto desejo e vontade, porém, sem poderem realizar. Desta vez quase vcs chegaram lá. Essa enteada é bem tolinha. Não quer dar por causa da mãe e assim, o padrasto acabou pegando a vizinha. Não teria sido melhor se fosse com ela, ao invés de uma estranha? Rsrss. Nota 10 sempre. Estou adorando ler esta série. Bjs.
25/07/2018 17:25:33
Muito bommm
24/07/2018 12:34:10
Muito bom seu conto amigo, adoro ler contos com safadezas deste sentido. Não precisa ter uma relação sexual direta com a pessoa para tornar aquilo algo digno de um conto! Eu tenho histórias parecidas com estas postadas no meu perfil aqui neste site e em meu blog também! Dê uma conferida! Abraços.
24/07/2018 11:26:20
Bom relato!!
24/07/2018 07:23:58
Excelente
24/07/2018 06:33:43
Excelente e a esposa será que nunca desconfio de nada e talvez aprontasse também?
24/07/2018 06:03:01
Pqp evoluiu em amigo , muito bom
24/07/2018 04:24:47
Ótimo conto cara,seus contos com essa ninfeta estão me deixando louco d tesão, espero pelo próximo, ah ja q ela é tão safada assim veja com ela,se ela pode trocar whatsapp comigo, espero a resposta no próximo conto, até mais.