Casa dos Contos Eróticos

NÃO TEM JEITO... CONTINUAM COMENDO MINHA ESPOSA! (Conto do TETE)

Um conto erótico de TETE
Categoria: Grupal
Data: 22/07/2018 08:21:13
Última revisão: 15/08/2018 20:56:34
Nota 9.33

A primeira e a segunda parte desse relato sacana vocês encontrarão no ranking da secção dos mais lidos no 19° e 23° lugar! Leiam...

Já era quase meio-dia quando terminei de atender meus clientes e estava louco de curiosidade querendo saber o que tinha rolado em minha casa entre o garotão pauzudo e minha linda esposa taradinha depois que sai de la e então liguei para ela que assim que atendeu disse:

-Oi querida, terminei agora de atender os clientes, queria saber se esta tudo bem com a minha esposa putinha!

-Oi amor... nossa... parece que fui atropelada, mas está tudo uma maravilha, o nosso macho foi embora agorinha, vou tomar um banho gelado para me recuperar da surra de pica grossa que levei, mas, faz uma coisa meu corninho lindo, passa no restaurante e traga comida pronta, não tô com um pingo de coragem de ir para o fogão fazer comida, vem logo pra casa amor... a gente conversa aqui.

Não demorei muito para comprar comida e chegar em casa e assim que entrei com o carro na garagem minha putinha loira estava peladinha me esperando e assim que desci ela me beijou com uma volúpia incrível e toda safadinha disse:

-Amor... você foi perfeito hoje de manhã... fez tudo do jeito que eu imaginava... eu queria que nosso primeiro ménage com outro macho fosse inesquecível e tenho certeza que isso aconteceu!

Durante o beijo já enfiei a mão no meio das pernas da putinha e encontrei sua bucetinha rosinha bem inchada e dedando seu cuzinho também deu pra notar que estava bem mais inchado que a buceta e todo sacana disse:

-Pelo jeito minha esposa putinha depois que sai pra trabalhar não saiu de cima do pauzão do garotão tarado, deve ter dado até cansar... quase nem acreditei quando você sentou de costas no pauzão do taradão e ele penetrou no teu cuzinho... você é uma louca tarada, engoliu a pica grossa dele até o talo... realmente você escolheu o macho certo pra nosso primeiro ménage... foi bom demais... também adorei!

Peguei a sacola com os marmitex e dei pra Sueli levar e fui atrás dela e olhando para seu bumbum todo vermelho brinquei dizendo:

-O nosso macho gosta de bater na bunda de putas e também na bunda de marido corno manso igual eu né... nossa, sua bunda vai ficar marcada uns três dias, acho que as marcas da minha bunda devem sumir amanhã, ele bateu pouco em mim!

Sueli deixou a sacola sobre a mesa da cozinha e me puxando pela mão fomos pra sala e depois de nos sentarmos no sofá disse:

-Amor... vamos convesar um pouco antes de almoçarmos... realmente o filho da faxineira é um tarado delicioso... nem senti dor apanhando na bunda... me deu mais tesão ainda... e meu maridinho corno também gostou... gozou chupando minha buceta gozada e levando uns tapas no bumbum... mas na verdade tudo correu como eu queria... quando o Carlos chegou cedinho você ainda dormia e assim que ele entrou na sala já começamos a nos pegar... ele ficou peladão com seu pauzão duro e cai de boca naquela maravilha, ele então me colocou no colo de frente e me fez cavalgar na pica grossa dele e gozei gostoso... quando fomos para o quarto já tinha levado muita rola na buceta, o garotão falou que sempre teve vontade de foder uma loira de buceta rosadinha como a minha, ele via nos filmes e imaginava socando seu pauzão numa puta loirinha e eu era o sonho de consumo do taradão pica grossa, depois que você foi trabalhar o taradão não parou de me foder... ele é insaciável... ele me deu uns tapas no rosto, mas não ficou muito vermelho... me puxou os cabelos e só gozou de novo um pouco antes de você me ligar... nossa... eu também gozei tanto que acho que até emagreci... o taradão me passou o numero do celular dele e disse que quando a gente quiser meter com ele de novo é só ligar, tenho uma coisa pra te dizer sobre o nosso macho pauzudo, ele falou pra mim que meu maridinho corno sabe com chupar uma rola de macho... ele adorou a tua boquinha... falou que é quente como uma buceta... ele até comentou que achava que você era viadinho na adolescência e teria chupado vários amiguinhos... eu defendi o meu maridinho corno dizendo que isso não era verdade... você tem pintinho, mas sempre foi macho... mesmo chupando o pauzão de outro macho! Rss.

-Nossa... o filho da faxineira é um tarado sádico que sabe como dominar sexualmente... eu até achei que depois dele me fazer chupar sua buceta toda gozada de porra dele e socar a pica na minha boca ele iria querer comer meu cuzinho, tenho que confessar que fiquei preocupado dele tentar fazer isso... nunca nem brinquei fazer troca-troca com outros garotos que tinham pintinho do mesmo tamanho do meu... o do Carlos é enorme!

-Não se preocupe amor... o nosso macho falou que não curte foder cuzinho de homem, mas que não dispensa uma boquete de jeito nenhum... e pode ter certeza que da próxima vez o safadão disse pra mim que vai encher tua boca de porra, o meu maridinho corno soube como agradar o nosso macho com seu boquete perfeito... e eu adorei ver meu maridinho corno chupando o pau do macho que fodeu gostoso minha bucetinha!

-Bem... tenho que confessar que no começo achei estranho aquele pauzão fodendo minha garganta, me engasguei todo, mas depois que liberei meu lado feminino mamei gostoso mesmo... até fiquei com tesão sentindo aquela pica cabeçuda na minha boca, se da próxima vez ele gozar na minha boca não vou achar ruim... já engoli um monte de porra do safadão escorrendo da tua buceta e depois que fiquei sabendo que o taradão pauzudo não vai tentar arrombar meu cuzinho virgem... faço tudo que a minha esposa taradinha mandar.

Sueli caiu em gargalhadas e toda safada já foi tirando a minha roupa dizendo:

-Acho que meu maridinho corno não devia se preocupar em levar uma rola no cuzinho, se gostou de chupar pau, acho que não vai deixar de curtir ser enrabado por outro macho qualquer dia desses... claro que talvez seja melhor fazer isso com uma rola não muito grande na primeira vez... pra não machucar seu cuzinho... quando fizemos ménage com minha prima Sara adorei ter chupado a buceta dela e também senti muito tesão ser chupado por ela e se aparecer outra puta safada pra transar topo no hora, alias se pudesse escolher tenho até uma candidata, a mulata professora de funk da academia, acho ela muito gostosa e também tem cara de tarada, mas já que meu maridinho corno me proporcionou um dos melhores dias da minha vida tá na hora de retribuir, vai comer minha bucetinha e meu cuzinho bem inchados, vem meu corninho... me pega de 4 e pode bater na bunda da tua esposa putinha que eu mereço... sou uma cadelinha muito vadia... quero dar pra um bando de machos... to doida pra ser a puta de um dos bailes funk que o garotão tarado organiza... vem... me maridinho safadooooo... fode a sua esposa putinha!

Quando olhei minha loirinha puta de 4 no sofá com a bunda toda vermelha e a buceta com os lábios bem inchados me deu um tesão louco e antes de socar meu pintinho duro nela me ajoelhei atrás ela e enfiei o rosto naquela buceta tesuda e lambi gostosto, suguei o grelo teso da safada com força e já que ela pediu dei uns tapas bem dados naquele bumbum maravilhoso e Sueli era tão tarada que não demorou pra gemer alto e gozar na minha língua e a putinha sussurrou:

-Aihmmmm amor... que boca gostosa tem meu maridinho corno... sabe como chupar uma buceta tesuda... ahhhh... me fode... ahhhh.... delicia!

Me levantei ficando em pé e soquei meu pinto duro naquela buceta quente como fogo, o calor era tanto que parecia que ia derreter meu pau e depois de bombar varias vezes dei um grito incontido e gozei dentro dela, Sueli rebolava e gemia pedindo mais, mas meu pinto logo ficou molinho e me sentei no sofá ofegante, era muita emoção que havia rolado naquele dia louco e depois de descansar um pouco fomos pra um banho rápido e em seguidas para a cozinha almoçar e fizemos isso pelados, a fome era muita porque do que eu havia comprado não sobrou quase nada, transar bastante dava uma fome danada.

Após o almoço me sentei no sofá e Sueli logo em seguida se deitou com a cabeça sobre minha coxa e claro que a conversa continuo sendo sobre o que tinha rolado e o que ainda iria rolar e com certeza a safadeza tinha apenas começado, havia muita sacanagem para ser descoberta e vivida.

-Amor... tesão é uma coisa muita louca... nossa... gozei que nem uma cadela no cio e mesmo minha bucetinha estando toda ardida e inchada do pauzão enorme do Carlos... eu continuo com tesão... eu sinto minha bucetinha pulsando... nossa... acho que sou muito tarada!

-Sueli... acho que seu tesão passou pra mim... também to sentindo muito mais tesão que antes participando dessas sacanagens loucas, nem sei como meu saco consegue produzir tanto sêmen... do jeito que andei gozando era pra não ter mais nenhuma gota de porra... mas... tenho certeza que ta tudo ótimo e maravilhoso... quero mais também... acho que depois de tudo que aconteceu perdi qualquer tipo de preconceito!

-Amor... você foi incrível... muito mais do que imaginei... to podendo ser a puta que sempre tive vontade de ser e a safadeza logo vai aumentar!

-Com certeza minha esposa putinha tá virando uma ninfomaníaca... se colocar uma fila de machos de pau duro diante de você... acho que você não deixa nenhum sem gozar! Ahhh... por falar em fila de machos você falou com o garotão pauzudo sobre os bailes funk la no morro?

-Claro que sim... ele disse que se eu quiser ele me leva até lá, mas abriu o jogo dizendo que o clima lá é bem barra pesada, as periguetes que frequentam os bailes toda semana não vão gostar nada que uma patricinha loira com cara de riquinha ficar se exibindo para os machos delas, com certeza iriam querer me bater e Carlos também falou que eu iria acabar sendo currada por mais de uma dezena de machos, todos iriam querer foder e abusar da loirinha puta de bucetinha rosa e o safado então disse que já que eu tava querendo participar de uma orgia o taradão deu a ideia de organizar um churrasco aqui em casa que ele traria seus amigos mais chegados pra divertir a putinha casada tarada, eu falei pra ele que iria combinar o dia com meu corninho, mas que com certeza quero que aconteça essa putaria bem rapidinho... quero dar pra todos os amigos dele!

-Hummm... que esposa mais putinha e gulosa que eu tenho... quer todos é sua vadia safada?

-Quero mesmo amor... nossa... eu só penso em foder... to toda arrombada e continuo querendo pica grossa! Rss.

-Ah... me lembrei de outra coisa... você chegou a conversar com o garotão tarado se ele come a própria mãe... você disse que ia perguntar!

-Não... eu estava mais curiosa em saber sobre os bailes funks que acabei não me lembrando de perguntar sobre a mãe safada do taradão, mas da próxima vez não esqueço!

-Mas... então vamos ao que interessa mesmo... amanhã cedo vai ter sacanagem com o nosso macho pauzudo em nossa cama?

-Que corninho mais tarado... não tem um pingo de dó da bucetinha e do cuzinho arrombado da sua esposa putinha, será que eu aguento foder com um pauzão delicioso igual do Carlos todos os dias?

-Sua vadiazinha safada... agora a pouco você falou que mesmo com a buceta toda inchada e ardida continuava com tesão... só sei que depois do que vi na nossa cama hoje de manhã e o que não vi depois que fui trabalhar, acho que a minha linda esposa loirinha dá conta de uma meia dúzia de machos tipo o taradão pauzudo... e eu iria adorar ver isso acontecer... alias acho que devemos aceitar a sugestão do nosso macho pauzudo e organizar rapidinho um churrasco com os amigos dele... já pensou minha esposa loirinha nuazinha no meio de um bando de machos!

-Safado... você também é um tarado de mão cheia... mas... infelizmente amanhã o nosso macho não vai poderia vir nos visitar... ele pegou um salão para pintar, mas que depois de amanhã ele vai estar livre pra nos visitar... até já deixei agendado! Rss. Mas... meu maridinho safado tem razão, vamos fazer o churrasco aqui em nossa casa, é bem mais seguro!

-É verdade... agora deixa eu ir colocar a roupa para ir trabalhar, preciso aproveitar que as vendas estão ótimas para ganhar bastante grana.

-Vai amor... sua esposa putinha vai ficar aqui mesmo no sofá... vou tirar uma bela soneca para recuperar as energias e na parte da tarde vou na academia pra manter meu corpo durinho e sexy!

-Verdade... quando to mais linda e mais gostosa a fila de machos vai crescer! Mas antes de colocar a roupa vou dar uns beijos nesse lindo bumbum toda vermelho e dar meia dúzia de lambidinhas nessa bucetinha inchada para ficar com o gosto dela nos lábios e trabalhar mais contente!

Minha esposa putinha toda safada ficou de 4 toda arreganhada e disse:

-Sou toda corninho lindo... faz o que você tem vontade... mas se me deixar com muito tesão... vai ter que comer a putinha antes de sair!

Enfie a cara entre as coxas da minha esposa taradinha e lambi gostoso e a safadinha rebolava toda safada dizendo:

-Aihmmm... que delicia sentir tesão... tõ me sentindo cada vez mais putinha... ahhhh... isso lambe a buceta da tua esposa safada! Ahhh....

Quando senti meu pinto começando a ficar duro novamente me levantei e fui me vestir para sair e Sueli então se deitou no sofá para repousar.

Tudo caminhava bem demais, vendas boas, sexo cada vez melhor e quando cheguei em casa depois do trabalho e encontrei minha esposa putinha assistindo TV nuazinha no sofá, a safadinha parecia que tinha virado índia, sempre sem roupa, ela então se levantou e me abraçando me deu um beijo cheio de volúpia e disse:

-Amor... tenho uma novidade pra te contar... e meu maridinho corno vai adorar saber! Enquanto eu preparo o nosso jantar, já deixei quase tudo pronto, aproveita e toma banho que depois a gente conversa!

Sai do banho e também passei a adotar o uniforme oficial da casa, totalmente pelado e assim que cheguei na cozinha minha esposa putinha havia colocado um avental que tampava a frente pra poder mexer no fogão, mas o seu lindo bumbum ainda vermelho dos tapas estava à mostra e todo sacana cheguei por tras e abracei-a dizendo:

-Assim que entrei na cozinha e vi minha esposa putinha com esse uniforme de cozinheira sexy acho que seria perfeito pra você usá-lo durante o churrasco para os amigos safados do filho taradão da faxineira, todos irão fazer o que eu fiz agora, te encoxar e socar a rola na tua bucetinha tesuda e no cuzinho guloso.

-Sabe que meu maridinho corno deu uma bela ideia, mas seria melhor um avental mais curtinho, eu tinha pensado em usar um baby-doll todo transaparente, mas no dia eu resolvo, na verdade talvez fosse mais quente recepcionar meus convidados peladinha seria muito mais sexy, pronta pra levar pica grossa em todos meus buraquinhos tesudos!

-Sua ninfomaniaca... no dia que isso acontecer não pense que eu vou socorrer minha esposa putinha... quero ver você sendo currada por todos!

-Hummm... por isso que eu adoro meu maridinho corno... ele quer minha bucetinha e meu cuzinho completamente inchados e arrombados, mas deixa eu te contar o que aconteceu hoje a tarde na academia:

-Cheguei na academia e comecei a fazer meus exercícios nos aparelhos e após uns 30 minutos levei um tapa forte, mas carinhoso no bumbum da mulata bailarina de funk que sorrindo sacana disse:

-Deixa de moleza loira gostosa... vamos malhar forte pra deixar esse bumbum na nuca!

Na hora decidi mostrar meu lado putinha pra aquela mulata de corpo perfeito dizendo:

-Não sei porque tanto os machos quantos as femeas tem mania de espancar o bumbum de loirinha indefesa... apanhando desse jeito nunca vai sumir as marcas dos tapas da minha bunda branquinha!

-Amor... a mulata na hora sacou que eu era bem mais cachorra do que ela imaginava e a safada então disse:

-Toda puta loira tem que apanhar no bumbum pra gozar gostoso e eu tenho certeza que você deve ser uma dessas cadelas... adoraria te encher de tapas sua putinha... tõ de olho em você desde que comecei a dar aulas de funk aqui... se eu te pegar de jeito vou judiar bastante de você!

-Pode ter certeza que eu adoraria ser judiada por você... to descobrindo que sou muito mais puta do que eu pensava e depois que meu maridinho liberou geral tô querendo experimentar tudo e mais um pouco... é só me pegar sua safada gostosa!

A mulata também mostrou que tão puta quanto eu imaginava porque apesar de faltar apenas 15 minutos para começar a dar aulas para seu grupo, ela disse que queria sentir meu gosto e falou para segui-la e fiz isso e em segundos entramos em uma sala onde ficavam equipamentos para conserto e assim que ela fechou a porta ela já me agarrou e colou sua boca na minha e adorei o beijo daquela mulata puta, rapidinho ela mostrou que era a femea dominante porque já foi empurrando minha cabeça pra baixo me fazendo ajoêlhar no piso e abaixando sua calça legging enfiou a buceta preta na minha carra dizendo:

-Chupa sua cadelinha vadia... lambe meu grelo... faz eu gozar... agora... mostra que você vale a pena sua vadia safada!

Fiz o que ela mandou e a safada me pegava pelos cabelos puxando meu rosto contra sua buceta preta tesuda e passei a lamber com vontade... que buceta quente tem aquela vadia tarada, a vagabunda gozou rapidinho e ela então me mandou apoiar em um aparelho e me fazendo empinar a bunda em enfiou a cara na minha bucetinha tesuda por tras e logo tomei uns tapas bem forte, rebolei como uma louca e gozei tão rápido quanto ela, a safada então enfiou vários dedos na minha buceta, e passou a me foder com força, gozei muito gostoso sentindo os dedos daquela maluta tarada fodendo minha bucetinha toda melada e tão rápido quanto começou logo terminou e saímos daquela sala sem que ninguém percebesse o que havia rolado ali dentro e Jussara, esse é o nome da mulata dançarina de funk disse que quando o namorado voltasse de viagem iriamos fazer sexo bem selvagem, ela comentou que o namorado era um negro com uma rola enorme que adorava foder loiras putas junto com ela e foi então que falei que topava tudo desde que meu maridinho corno estivesse junto e ela disse que não teria problemas, mas que ela só iria trepar com o namorado... ele não liberava a safada pra foder com outros machos, então amor vamos ter que esperar o namorado negão da mulata tarada voltar de viagem, ele volta em duas semanas e iremos viver novas aventuras sexuais bem loucas!

Após o jantar assistimos o jornal na TV e antes de irmos pra cama dormir rolou um sexo relaxante no sofá da sala, a buceta da minha esposa putinha parecia ta pegando fogo de tão quente, definitivamente ela era uma ninfomaníaca cada vez mais insaciável.

No dia seguinte acordei e sai bem cedo de casa sem me despedir de minha loirinha linda porque teria que visitar vários clientes nas cidades vizinhas e muitas vezes não conseguia voltar no mesmo dia, mas já todo empolgado que no dia seguinte minha esposa putinha já tinha combinado com Carlos o taradão pauzudo para vir logo de manhã fazer ménage a trois com a gente, não queria perder a “festinha sexual” de jeito nenhum.

Só que querer nem sempre é poder porque logo após o almoço fiquei frustrado ao descobrir que seria impossível voltar pra casa naquela tarde, meus clientes estavam comprando bastante e o tempo de atendimento que era de no máximo 30/40 minutos estava passando de uma hora e com certeza ficaria uns 3 ou 4 clientes para serem atendidos no dia seguinte e por esse motivo eu só poderia voltaria pra minha casa na tarde do dia seguinte, não tinha como deixar de terminar o roteiro e então liguei pra minha esposa putinha para avisá-la sobre isso e ela então disse:

-Amor... não faz isso com sua esposa putinha... não faz nem 10 minutos que falei com o nosso macho pauzudo... ele me ligou dizendo que seus amigos foram ajudá-lo na pintura do salão e como terminaram o serviço bem rapido ele se convidou pra vir em nossa casa no começo da noite para me para apresentar aos seus amigos, o safado abriu o jogo dizendo que havia falado pra eles que tinha comido uma loira casada que além de linda era super gostosae e como os amigos duvidaram que fosse verdade ele queria provar que não estava mentindo e o safado até sugeriu que comprássemos cerveja para servir pra eles e eu disse pro Carlos que iria ligar pra você e que ligaria de volta para deixar tudo certinho e agora você vem me falar que não vai dar para meu marido corninho voltar pra casa hoje... é muita sacanagem com uma putinha taradinha como eu e também com o nosso macho pauzudo!

-Sueli meu amor... sinto muito, mas não posso deixar de atender os clientes, são eles que proporcionam nossa boa vida, claro que eu adoraria estar ai junto contigo participando dessa sacanagem deliciosa, mas acho que minha linda esposa taradinha não deveria se privar desse prazer... eu sei que você deve ta louquinha pra se exibir toda gostosa para um bando de machos... liga pro Carlos e fala que eu não vou voltar pra casa hoje, mas que autorizei você fazer a festinha desde que ele não deixe os amigos dele abusarem muito de ti, só o que você quiser fazer!

-Ah amor... claro que vou ligar e dizer que topo sim, mas meu maridinho corno sabe que eu adoraria fazer essa safadeza com você assistindo... sei que meu maridinho corno iria adorar olhar sua esposa puta ser comida por um bando de tarados, mas, do jeito que ando taradinha eu não iria conseguir dizer não para o nosso macho pauzudo... ele disse que tá louco pra me foder inteirinha e mostrar pros amigos a puta que ele come!

-Então tá bom querida... faça o que tiver que fazer, goze gostoso... mas não deixe de me ligar pra contar o que vai rolar... não me deixe preocupado!

Fui atender meus clientes já sentindo meu pinto durinho dentro da cueca só imaginando o que minha esposinha puta poderia estar fazendo e já passava das 7 da noite quando fui para o hotel tomar um banho e em seguida jantar, eu estava cansado e excitado e no banho até pensei em bater uma punheta, mas preferi ficar de pinto duro e após o banho antes de descer para jantar resolvi ligar em casa e depois do telefone tocar varias vezes minha esposa putinha atendeu com a voz de quem estava com muito tesão e a safada disse:

-Oiii amor... não deu pra atender antes porque estava chupando um pauzão, nossa amor... que delicia... os rapazes chegaram aqui em casa não era cinco da tarde... to com a buceta e o cuzinho totalmente inchados... o nosso macho taradão logo que chegou com os amigos me levou pra nossa cama e me fodeu do jeito que eu gosto... seus amigos ficaram em pé ao lado da nossa cama vendo o taradão me fodendo inteirinha, ele trouxe 5 amigos, e tem dois negros bem tarados, Guto e Jonas, que tem paus enormes que me deixaram louca de tesão, fizeram até dupla-penetração na tua esposa putinha, gozei que nem louca, o nosso macho taradão todo safado falou pros amigos que o meu maridinho corno tem uma boca quente como uma buceta e os negros falaram pra mim que da próxima vez que eles vierem em casa vão querer foder a boca do meu maridinho corno, aiiii amor... como eu adoro pauzão na buceta e no cu... já faz 3 horas que quando um para de me foder vem outro e soca a rola nos meu buraquinhos... os tarados não se cansam de me foder e eu também continuo querendo macho me fodendo... minha bunda tá ardendo mais que a buceta de tanto tapas que tomei desses rapazes tarados... também... todos bem jovens, não ficam de pau mole de jeito nenhum, o mais velho deles tem apenas 20 anos. Amor... vou desligar, porque estão me chamando, mais tarde eu ligo pra você meu corninho lindo... eu adoraria que você estivesse aqui lambendo minha bucetinha cheia de porra dos garotões tarados que estão me comendo gostoso... meu maridinho vai dormir sem tomar leitinho dos machos que estão fazendo sua esposa putinha gozar deliciosamente.

Meu pinto durinho dentro da cueca queria explodir imaginando um gangbang rolando quente na minha casa, minha esposa putinha devia estar gritando e gemendo loucamente de prazer e eu sem poder estar participando da orgia.

Fui jantar pra tentar não pensar muito em sacanagem e quando era 10.30 da noite meu telefone tocou e era minha esposa putinha dizendo sacana:

-Oi meu corninho lindo... agora que meus machos pauzudos foram embora podemos conversar tranquilos, você não faz ideia de como a bucetinha e o cuzinho da tua esposa putinha ficaram inchados, tomei um banho gelado de uns 10 minutos pra dar uma refrescada, minha bucetinha parecia que tava pegando fogo de tão quente... uma pena que meu maridinho não pode estar junto comigo, com certeza teria sido muito mais sacana... que bando de rapazes tarados... me comeram das 5 da tarde até 10 da noite... todos eles me foderam e gozaram dentro da minha buceta e do cu... engoli um monte de porra também... só faltou meu maridinho corno pra dividir a porra na boca... mas pode deixar que tera festa sacana de novo... já convidei os dois negros tarados, Guto e Jonas pra eles voltarem aqui em casa amanhã e transaram comigo junto com meu maridinho... eles toparam na hora... os rapazes negros são uma delicia amor... e um deles tem uma rola incrível de grossa e saco enorme, gozei mais gostoso com eles do que com o Carlos, quem mandou ele trazer machos novos e gostosos pra mim... vai ter que dividir a putinha com os amigos!

-Sueli sua tarada maluca... to deitado na cama do hotel peladinho com o pintinho duro que nem pedra, se relar eu gozo só de pensar em você gozando com esses negros pauzudos... nas nossas fantasias sempre colocavamos negros e agora elas se tornaram realidade... adorei você ter combinado sacanagem para amanhã... vou adorar participar com certeza!

-Amor... nem rela no teu pinto... deixa ele durinho assim essa noite e também amanhã até chegar em casa... quero o saco do meu maridinho cheio de porra e com muito tesão... os rapazes negros são muito tarados e safados... o que tem a rola muito grossa disse que quer foder meu cuzinho com meu maridinho corno chupando e lambendo minha buceta e já falei pra ele que você topa qualquer safadeza junto com sua esposa puta!

Foi difícil dormir naquela noite sozinho naquele quarto de hotel e no dia seguinte sai cedo para terminar minha rota de vendas e quando deu 3 da tarde voltei pra minha casa e quando entrei na garagem minha esposa putinha estava peladinha me esperando e me abraçou toda feliz e com cara de safada e foi me levando para o quarto e em segundos tirou minha roupa, meu pinto durinho estava prontinho pra explodir e a putinha safada me fez deitar de costas e toda sacana sentou no meu rosto dizendo:

-Sinta como minha bucetinha ainda ta toda inchada e quente... meu maridinho corno perdeu o melhor da festa ontem... já pensou se você tivesse aqui pra chupar e engolir a porra dos machos negros que fizeram sua esposa tarada gozar que nem louca... lambe... chupa seu corno safado!

Sueli toda tesuda rebolava no meu rosto quase não me deixando respirar e logo soltou um gritinho e gozou deliciosamente molhando meus lábios e a safada foi deslizando seu corpo pelo meu e quando sua bucetinha tesuda encontrou meu pinto durinho como aço ele pentrou por inteiro e bastaram três reboladinhas da putinha pra que eu soltasse um grito gozando que nem um cavalo, tive um gozo incrível e minha esposa putinha toda safada sussurrou:

-Que delicia sentir meu maridinho corno gozando na minha bucetinha arrombada... ahhh... amor... hoje a noite o bicho vai pegar legal... tenho certeza que vai ser bem mais quente do que com o filho t da faxineira, os dois negros são deliciosos e não ficam de pau mole de jeito nenhum!

Durante o banho Sueli me contou como tinha sido sua noite de gangbang com os 6 rapazes jovens e a putinha safada aguentou o tranco sem reclamar de nada, sua buceta e seu cuzinho continuavam bem inchados, mas isso não era empecilho pra tarada estar toda excitada querendo transar novamente com os dois negros que ela tinha adorado ser comida por eles foi então que eu quis saber o que eles tinham de diferentes dos outros rapazes e ela toda sacana disse:

-Amor... os rapazes negros são muito gostosos... um deles, o Jonas tem um pauzão bem parecido com o do filho da faxineira, grosso e cabeçudo, penetra e fode gostoso, agora o Guto que tem uma rola negra um pouco diferente de todas que já vi, a cabeça da rola dele não é tão grande, mas do meio pra tras até chegar no púbis vai ficando muito grossa, tem a grossura de um braço e o safado soca até o talo e fica rebolando em cima da gente sem tirar de dentro, nossa amor, meter daquele jeito me fez gozar gostoso demais, aquele pauzão negro me deixa louca enterrada no meu cuzinho e o pau do outro fodendo minha buceta, gozei um monte sofrendo dupla-penetração dos negros tarados!

A minha excitação era muito mais forte do que da minha putinha loira e quando era umas 7 da noite a campainha tocou e Sueli nuazinha só com uma sandália de salto foi atender o portão, eu também estava nu, até pensei em colocar um short, mas minha esposinha safada disse que não era pra vestir nada e logo em seguida ela entrou acompanhada dos rapazes negros e a primeira coisa que notei foi que eles eram bem fortes e cheios de músculos e minha esposa toda safada disse:

-Rapazes tratem de ficar pelados, aqui nessa casa é proibido usar roupa, mas antes vou pedir para o meu maridinho corno pegar cerveja na geladeira para servir meus machos negros... amor... sirva nossos convidados!

Fiz o que minha esposa putinha mandou e busquei latas de cervejas na geladeira e quando voltei pra sala encontrei os dois negros sentados no sofá com minha esposa loirinha sentada e se esfregando no colo deles então entreguei as latas pra eles e para Sueli e fiquei com uma pra mim e me sentei na poltrona bem de frente pro sofá dando goles na latinha.

Realmente era impressionante o corpo daqueles machos negros, peitoral com braços fortes e no meio das pernas rolas duras e imponentes... logo percebi o pauzão em forma de cone do tal de Guto, era impressionante a grossura do meio da rola pra tras e minha esposinha puta toda taradinha tomou a latinha de cerveja rapidinho e toda safada olhou pra mim e disse:

-Amor... olha que rolas negras lindas que esses rapazes têm... adorei eles terem me comido ontem... e o mais gostoso foi a DP... nossa... que delicia uma pauzão na buceta e outro no cu... gozei demais... foi uma pena meu maridinho corno não poder ter participado da orgia de ontem, mas hoje vamos poder aproveitar e nos divertirmos bastante! Pega outra cerveja pra sua esposa putinha, quero perder o pouco de vergonha que ainda me resta... quero ser mais puta do que já sou!

Dei um sorrisso sacana e também tomei o resto da lata de cerveja e servi uma nova rodada a todos e logo minha esposa loirinha já estava sentada no colo e espetada na pica grossa e cabeçuda do Jonas rebolando que nem uma doida, na poltrona em frente eu assistia aquela bucetinha rosa engolindo aquele pauzão negro que entrava e saia com força de dentro dela, Sueli com uma das mãos punhetava o pauzão em forma de cone do Guto sentado do lado e não demorou nem um minuto pra safadeza ficar mais quente quando minha esposa putinha disse:

-Vem meu corninho lindo... vem chupar e deixar o pauzão do Guto bem molhadinho pra ele foder meu cuzinho junto com o Jonas na buceta!

Em segundos eu estava ajoelhado entre as coxas negras e fortes daquele macho pauzudo e quando peguei-o com as mãos pra enfiá-lo na boca meu corpo se arrepiou por inteiro, aquela pica enorme em forma de cone tinha um calor e um gosto incrivelmente tesudo e passei a mamar com vontade, Guto todo taradão rapidinho passou a segurar minha nuca e passou a forçar sua pica até minha garganta, eu engolia o máximo que conseguia, era muito grosso do meio pro fim e quase não cabia na minha boca, de meus olhos saiam lagrimas, mas meu pinto estava duro como uma rocha chupando aquele pauzão incrível e ele todo macho dizia:

-Isso... assimmm... corno safado... chupa o pau do macho da tua esposa puta, que boca gostosa... engole seu safado!

Me faltava ar, mas era assim que tinha que ser, o negão mostrava ser tão dominador quanto Carlos o filho da faxineira, mas eu estava gostando muito mais de chupar o Guto, suas bolas enormes eram deliciosas de pegar e apalpar e logo ele mandou parar de chupar e foi por tras da minha esposa putinha e encaixando a cabeça de seu pauzão no cuzinho dela foi penetrando com firmeza até o talo... Sueli gritou de prazer quando ele passou a foder forte seu cuzinho enquanto Jonas fodia sua buceta tesuda, fiquei ali bem pertinho admirando o cuzinho da minha esposa putinha sendo arrombado sem dó... a putinha tinha um orgasmo atrás do outro, logo a putaria aumentou de intensidade, Guto tirou o pau do cu da safada e puxando minha cabeça enfiou-o na minha boca, eu sentia o gosto do cuzinho da safada na minha boca e mamava com vontade, o tesão naquela sala era total... Jonas socando na buceta deu um gemido mais alto e gozou na bucetinha da minha esposa loirinha que toda safada sussurrou:

-Lambe a buceta gozada da tua esposa putinha meu corninho safado... engole a porra dos nossos machos negros!

Enfiei a cara por tras e a porra desceu de monte por entre meus lábios e lambi com vontade, o pauzão cabeçudo estava todo melecado de porra e fiz o serviço completo, deixei-o limpinho e ele continuava duro como aço e ele então colocou minha esposa putinha de 4 na poltrona e passou a foder seu cuzinho arrombado e ela toda putinha sussurrou:

-Aiihhmm... que delicia esse pauzão fodendo meu cu... adoro ser enrabada... gozo mais gostoso pelo cu do que pela buceta,,, fode... fode com força... vem Guto por tras da poltrona... fode minha boca com esse pauzão grosso... ahhh... delicia!

Guto deu a volta na poltrona e logo passou a foder a boquinha gulosa da minha esposa putinha e eu fui junto ficando ao lado dele, até tentei enfiar meu pintinho na boca da minha putinha loira, mas a safada só queria mesmo o pauzão negro grossão entre seus lábios e então fiz o que me deu vontade, me curvei e passei dividir aquele pauzão grosso com minha esposa puta, Guto fodia nossas bocas sedentas alternadamente e logo senti que o safado deslizou uma de suas mãos pelas minhas costas e quando chegou no meu bumbum deu umas apalpadas de leve em minhas nádegas e em segundos senti meu corpo se arrepiar todo e quase sem perceber dei uma empinadinha pra sentir um contato mais forte e o negão safado resolveu ser mais safado e continuou apalpando todo meu bumbum enquanto era chupado pela minha esposa putinha e também por mim e foi então que senti deus dedos deslizando no meu reguinho e quando me dei conta a ponta de um dedo grosso achou meu cuzinho virgem e me penetrou fundo, não contive um gemido e o safado continuou me dedando devagar, meu pinto parecia que ia explodir em gozo e foi então que talvez por medo ou ainda por um preconceito dei a desculpa de pegar mais cerveja e sai dali indo em direção a cozinha e então abri a porta da geladeira e fiquei ali um pouco inclinado vendo o que iria pegar pra tomar tive uma grande surpresa quando senti Guto me abraçando por tras com seu pauzão grosso duro como aço já perfeitamente alojado entre minhas pernas e ele todo macho disse:

-Eu sei que você tá precisando pra gozar gostoso... você tá precisando de um macho igual sua esposa puta... sou louco pra foder cuzinho de machinho branco... e vou te comer bem gostoso... vem... debruça na mesa e empina esse bunda branquinha... vou te fazer viciar na pica grossa do negão... faz o que teu macho tá mandando... não fique com frescura senão vou te dar uns tapas e vou te comer do mesmo jeito!

Não esbocei nenhuma reação contraria e fiz exatamente o que ele mandou e logo em seguida senti um bafo quente da boca do taradão no meu bumbum me arrepiando até a alma e em seguida a língua áspera do tarado deslizou no meu reguinho e logo ele me linguava e eu rebolava na língua tesuda daquele safado e quando me dei conta a cabeça daquela pica grossa negra foi encaixada na portinha do meu cuzinho virgem e só consegui sussurrar:

-Por favor Guto... põe devagar... juro que sou completamente virgem, nunca fiz nem troca-troca quando era adolescente!

Guto ficou brincando de deslizar a cabeça de sua pica grossa no meu reguinho e todo safado disse:

-Fique tranquilo... sua esposa putinha já tinha falado que você era virgem... pode deixar que você vai adorar que eu seja teu macho... você vai ser meu viadinho e vai gozar gostoso com minha pica grossa atolada nesse cuzinho tesudo... empina esse rabo que vou te comer!

Quando a cabeça daquele pauzão negro penetrou na minha bundinha dei um gemido alto de dor, mas acho que era de medo, porque Guto foi enfiando e tirando bem devagar seu pauzão negro e o tesão que eu sentia era tanto que gozei que nem louco esguichando porra no piso da cozinha... o taradão aproveitou minha total entrega e cravou aquele pauzão até o talo, seus pelos colaram na minha bunda, seu saco enorme roçava nas popinhas do meu bumbum e ele então passou a rebolar atrás de mim sem tirar um milímetro aquele pauzão grosso do meu rabo arrombado... meu pinto continuava duro e Guto todo taradão deu um urro e começou a ejacular dentro no meu cuzinho desvirginado e o calor daquela porra fervente fez meu tesão entrar em ebulição e gozei novamente na pica grossa negra daquele macho.

Ficamos engatados alguns minutos, eu não sentia um pingo de dor, era uma delicia sentir uma pica grossa negra no rabo... quando abri os olhos minha esposa putinha estava do lado da mesa da cozinha de pé e toda safada disse:

-Eu sabia que meu maridinho corno também queria uma pica grossa negra no rabo... agora vamos ter que dividir nossos machos!

Guto saiu de tras de mim e em seguida já senti que tinha outra rola no meu cuzinho arromado... Jonas o outro negro passou a me foder bem forte... ele gostava de mais ação e também encheu minha bunda de tapas e me comeu gostoso também!

Depois de um banho fomos para a cama e a safadeza rolou até quase meia-noite e assim que nossos machos negros foram embora eu e minha linda esposinha puta ficamos batento papo sobre as loucuras que havíamos vivido e com certeza a safadeza estava apenas começando!

Skype: tete-cp1

Outros contos do TETE você encontra clicando no meu perfil:

https://www.casadoscontos.com.br/perfil/150463

hhhhhhhtrin1

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/08/2018 01:22:58
UAaaaaau!!!!! Que delicia! Já quero!
23/07/2018 02:12:59
Nossa eu fiquei louca aqui com esse conto.. Meu sonho é dar pra negros.. Ainda mais que sou branquinha.. Delícia..
23/07/2018 02:11:53
Excelente
22/07/2018 22:16:07
Demais
22/07/2018 18:30:50
Adorei o conto e ainda mais o fato de ser mulher fogosa. Adoro mulher com esses desejos, mesmo que seja em secreto mais que sabe que tem um tesão imenso dentro dela. Adoro conversar falar e explorar esses desejos e fantasias, quem sabe despertando ainda mais... whats (quatro, sete) oito, oito, três,oito-tres,meia,zero,oito. Quem sabe não aflora ainda mais esses desejos e vontades.
22/07/2018 12:33:45
Muito gostoso e excitante...
22/07/2018 11:24:34
muito gostoso esse conto. aninha.casada29@outlook.com
22/07/2018 11:24:17
Que delícia, tua gata é maravilhosa demais. A cumplicidade de vocês é fantástica. Eis meu e-mail/skype: envolvente47@hotmail.com . Espero vocês.