Meu amigo e minha enteada

Um conto erótico de Binho
Categoria: Heterossexual
Data: 17/07/2018 16:03:31
Última revisão: 17/07/2018 16:15:51
Nota 9.82

Re: Contos

FF

fabio fabio

dom:48

Caixa de Entrada

Para:

fabio fabio (fabio.fabio20@hotmail.com);

Tudo começou à 11 anos, minha enteada Emily magrinha peitinhos pequenos, bundinha pequena mas empinadinha, até então não havia chamado minha atenção, apesar de eu já ter percebido que ela usava só calcinhas minúsculas e ainda não tinha hábito de usar sutiã, comecei a prestar mais atenção quando achei embaixo de seu colchão uma folha de caderno com uma lista de nomes masculinos, uns 30 e tantos nomes, e um x nos nomes com umas letras que não fazia sentido, nessa época estava reformando a casa dos fundos, e já estava na etapa da pintura como a grana já estava no fim eu mesmo resolvi pintar e ela me ajudava, começava-mos as 18h e ia até depois das 1h da manhã todo dia, um dia durante a pintura perguntei à ela sobre aquela lista, ela ficou vermelha e perguntou se eu havia falado sobre pra alguém, eu disse que não, ela disse que era uma lista de alguns meninos que ela já tinha ficado, eu perguntei sobre os tais "x" e as letras ela não quis falar. Mas precisou de um álibi num dia que por algum motivo foi suspensa na escola, topei ser seu álibi (éramos muito amigos , e eu acobertava suas artes desde pequena) com a condição de falar sobre a lista, em suma BB era beijo na boca, MP e MX eram mão no pinto e mão na xereca, fiquei espantado, e mais ainda quando reconheci na lista o nome de dois meninos da rua pelos apelidos, aliás de meninos não tinham nada já eram rapazes um com mais de 24 anos, e justo nesse de 24 anos o Rapaz de apelido "Tambor" estava com "x" nas 3 letras, ou seja beijo na boca, mão no pinto e mão na xereca, caralho ela com aquela carinha de santinha já assim? Essa empreitada da pintura durou mais de 2 meses, tempo pra ficarmos até íntimos., as conversas já estavam bem picantes, eu a toa ja ficava de pau duro, ela notava e tbm parecia estar gostando, me perguntava coisas sobre sexo, e me dissera que em.nenhuma.das vezes tinha pegado nos meninos por baixo da calça e nem eles pegado nela, mas que morria de curiosidade. Numa conversa disse a mim que desde os 9 anos já tocava siririca e que já gozava desde então. Bom até aqui foi somente a apresentação do que que foi o começo de uma longa história, com capítulos incríveis e excitantes que de fato aconteceram e que duraram uns 8 anos. Eu tinha um amigo o Fernando na época tinha 26 anos e ele era bem liberal, não tinha pudores, falávamos sobre tudo, nós dois gostávamos de carros, e um dia ele me emprestou um CD-ROM com fotos de vários carros que ele ja teve, como eu naontinha computador fui assistir no dvd da sala as fotos, depois de ver pelo.menos umas 200 fotos abriu uma pasta com fotos de sexo, eram fotos de um cara com um pau grande e cabeçudo comendo várias bucetas, uma mais gostosa que a outra, passando as fotos percebi que algumas de corpo e outras aparecia o rosto dele, safado ....comia as mulheres e tirava fotos, ..... Mas alguém bateu ao portão e eu fui atender nisso Emily chegou e entrou, quando eu entrei ela estava vendo as fotos na sala, e perguntou quem era, falei que na segunda a noite conversava sobre aquilo durante a pintura, na segunda primeira coisa que ela perguntou foi sobre a aquilo, acabei falando a verdade, que era de uma amigo, ela ficou quieta e engoliu saliva, Certo dia ele apereceu em casa a tarde pra ver a pintura como ia, pois trabalhavamos na mesma empresa e eu havia falado sobre, nesse dia emely usava um pijama bem gasto, dava pra ver o fio dental que usava por baixo e que nao usava sutiã, quando ele entrou ja deu de cara com elae quatro pintando o rodapé, filho da puta adorava uma ninfeta, na hora vi o volume na sua calça de agasalho se formar, uma rola de uns 20 cm, ela tbm percebeu, e começou se insinuar.... Ela era cabaço, nunca havianvistonuma rola ao vivo, só havia pegado sobre a roupa nos tais meninos que já havia ficado, quando ele foi embora ela veio perguntar quem era, quando meu disse que era o cara das fotos ela ficou taradinha, e eu como bom sem vergonha acabei falando pra ele que ela tinha visto as fotos no dvd, daí que ele começou a perguntar sobre ela e eu comecei a falar tudo que conversavamos, inclusive sobre o fato de um dia eu chegar e ela estar no banho, eu não resisti e fui espiar pela fechadura, me espantei por duas coisas que vi, primeiro que apesar de magra tinha uma bucetinha greluda toda depilada, depois por ver ela.batendo uma siririca com a escova de cabelo, enfiava ate o talo... Entre idas e vindas eu já falava sobre ela pra ele e sobre ele pra ela, a coisa esquentou num sábado que eu já cedo estava saindo pra ir buscar meu carro que já tinha passado a semana inteira na oficina, ela pediu pra ir junto porque estava menstruada e queria fugir do serviço de casa, topei e deixei até mesmo porque adorava conversar com ela.sobte assuntos picantes, ela me contava suas aventuras até entao não muito sexuais kkkkk e eu até confidenciava algumas das minhas tbm, chegamos na oficina o mecânico disse que o carro ia estar pronto depois do almoço, confesso que até gostei, assim teríamos tempo e privacidade pra conversar, e na conversa surgiu o assunto do Fernando, várias perguntas ela tinha curiosidade de saber que tamanho o pau dele, eu falava que era normal pouco maior que o meu que tem 18 cm e e pouco curvo pra cima, o dele era bem, estávamos sentados num banco sob a sombra na frente da oficina quando pra nossa surpresa eis que ele aparece, foi um susto pois falávamos sobre ele, ou seja sobre as focas dele ,eu sabia de todas, já era quase hora do almoço e o mecânico após conversar com ele disse que teria de sair pra almoçar pra de tarde olhar o carro dele e finalizar o meu pra entregar, disse que sairia e fecharia a oficina, Fernando me chamou pra fazer um lanche e pediu pra que eu dirigisse seu carro, assim que saímos ele falou pra Emily que estava no banco de trás, "nao me cumprimenta não?" Ela fez menção de dar beijo no rosto e ele já virou e acertou em sua boca, ela retribuiu e ele ja agarrou ela, achei uma boa sombra numa rua sem saida e parei o carro, ele ja pulou para o banco de trás e começou a pegação, ali na minha frente, já pegou nos peitos dela que já estavam com biquinhos bem durinhos, quando ele foi pegar na buceta ela não deixou pois estava naqueles dias, falei pra ele, "mostra pra ela o que ela quer ver!" Nessa hora ele sacou a verga, pulou pra fora como uma vara, pra minha surpresa e dele tbm ela caiu de boca, chupou meio sem jeito, sem experiência, mas bastou pra em menos de 5 minutos ele gozar que nem um cavalo na cara dela, espirrou porra ate no teto do carro, e ela ficou admirando o cacete dele um tempinho e eu com tesão do caralho, depois ele nos deixou na oficina e foi embora, ela ficou algums dias com vergonha de mim..... Bom até aqui foi o começo dessa história com muitos fatos e acontecidos que irei relatar em breve pra não ficar longo demais , Comentem, pois nunca relatei issoContinua......

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
28/08/2018 23:35:13
Bom
26/07/2018 12:58:47
Estreia deliciosa aqui na casa, Binho. Ter uma enteada danadinha dessas em casa, é certeza de muitas situações pra lá de excitantes. Se ela já caiu de boca na ferramenta desse amigo, imagine então o que irá fazer? Parabéns pelo conto e voltarei depois para ler o restante. Venha conhecer os meus. Beijos.
26/07/2018 11:29:20
Dizem que na vida tem que experimentar de tudo. Isso é o que essa tua enteada quer fazer. Aliás, fez, num oral no teu amigo. Com certeza, era vc que queria receber tal agrado da Emily, não é verdade? Rs. Grata pelas visitas. Bjs.
24/07/2018 17:42:01
Putz!... Viajei no tesão com este teu conto de estreia. A Emily é bem safadinha meeessmo, igual eu. RsrSrs... Com certeza ainda vai aprontar muuuiiito! Dez pra você até aqui... Tenho histórias com meu padrasto e se você comentar, eu vou ficar bem feliz. Bjs=-)
22/07/2018 10:09:13
Cara, começou bem a narrativa dessa história. Essa enteada ainda vai dar muito que falar. A curiosidade nessa fase é natural, mas, ela gosta de tirar prova de tudo. Rs. É claro que vou ter que ler a continuação. Muito obrigado pelo comentário no meu. Dá uma lida no relato ¨Nem acredito que deixei outro comer minha esposa¨ e você vai saber como tudo começou. Abraços.
19/07/2018 02:46:45
Muito bom
18/07/2018 17:43:50
Excelente
18/07/2018 16:41:10
Muito bom!
17/07/2018 23:46:41
Maravilhoso Parabéns espero o proximo
17/07/2018 20:54:28
Continua gostei...
17/07/2018 20:36:24
Ótimo conto, espero pelo próximo então .