GRATIDÃO DE MAMÃE

Um conto erótico de Goiano
Categoria: Heterossexual
Data: 14/07/2018 02:01:50
Última revisão: 15/07/2018 04:38:00
Nota 9.97

GRATIDÃO DE MAMÃE

Olá amigos leitores desse site, quero desde já agradecer a oportunidade de dividir com todos vocês uma história 100% verdadeira que aconteceu em minha família, especificamente comigo e minha mãe, portanto todos os nomes e detalhes aqui escrito não são fictícios, aconteceram exatamente assim entre Janeiro e Setembro de 2006 ok.

Meu nome é Márcio (17 anos na época), tenho 1,77m, 85kg, e sou branco, minha mãe se chama Márcia (36 anos na época), 1,70m, 65kg, branca de cabelos longos e anelados, minha mãe é a foto-cópia da Luma de Oliveira, poderia facilmente ser sósia dela pois são idênticas, já meu pai é o senhor Paulo César, vendedor autônomo de 48 anos, cabelos brancos, moreno bem claro, e 1,77m de altura também.

No ano de 2006, minha família morava na cidade de Rio Verde em Goiás, na rua Princesa Izabel precisamente, onde vivíamos muito bem pois sempre moramos em casas boas, sempre tivemos ótimos carros, lindas motos, enfim nos dávamos bem por lá, meu pai viajava e ficava até mês fora de casa e quando voltava ficava uns 7,8,10 dias conosco em nossa casa, sempre piadista, divertido e com muitos amigos. Um desses amigos começou a convidar meu pai a ir visitar uns cultos religiosos que ele participava, e em uma determinada oportunidade meu pai resolveu irmos.

Minha mãe era disparado a mulher mais bonita da família ou até mesmo da cidade, na sua juventude já havia ganhados 7 vezes consecutivas como miss da cidade e 4 vezes como miss da região, meu pai sempre investiu na beleza dela, e quando minha mãe se arrumava pra sair de casa era pra matar literalmente, cabelo lindo, corpo perfeito digno de musa de carnaval, seios totalmente naturais, bunda linda, linda, linda, e com um detalhe... sempre bronzeada.

Nos arrumamos e fomos à tal reunião religiosa, chegando lá todos os presentes miraram minha mãe como se fosse alguém de outro planeta e pra nós era natural pois sabíamos que ela realmente era bonita, pois bem, o culto ia bem até que o dirigente fez um convite ao meu pai pra ele se converter a religião, meu pai nos surpreendeu e aceitou o convite e se converteu àquela religião, nossas vida mudara ali naquele instante pois o princípio básico dessa religião é mudar os hábitos e costumes radicalmente.

Mesmo meu pai tendo se convertido sozinho, eu e minha mãe tivemos que entrar nos novos costumes da casa e nunca mais vi filme pornô, revista playboy, nada, absolutamente nada, parei de sair à noite, enfim eu perdi o fío da miada com minha turma do colégio, já minha mãe nunca mais pôde usar suas mini roupas, só bronzeava no quintal de nossa casa e as roupas à tampavam do calcanhar até o pescoço.

Éramos sócios do melhor clube da cidade, o thermas Park, um clube maravilhoso com 4 piscinas, zoológico silvestre, saunas secas e molhadas, campos de futebol, e pesque-pague, um dos zeladores e porteiro era o Clebinho, meu primo que sempre nos dava tratamento víp pois meus pais sempre levavam 50 reais separados só pra ele como incentivo, após a conversão de papai nós íamos bem menos ao clube e minha mãe só podia banhar na piscina de short e camiseta, enquanto meu pai ía pro pesque-pague.

Minha mãe e eu sempre aproveitávamos as viagens de papai pra voltar a nossa vida normal rsss, certa vez meu pai partiu pra Cuiabá-MT pra ficar 7 dias e nós aproveitamos que era o dia de manutenção no Thermas pra irmos nos divertir, minha mãe ligou pra Lucinha (esposa do meu primo Clebinho) e combinaram que íamos desfrutar do clube inteiro exclusivamente pra nós, fomos eu, minha mãe, Lucinha e sua irmã Cimeirinha, Lucinha (26 anos) e Cimeirinha (22 anos) são moreninhas tipo índias (Simone e Simária).

Chegando lá nos encontramos com Clebinho que logo nos ofereceu o que quiséssemos e eu logo pedí pra ligar as saunas molhadas pois tinha vapor de eucalypto e também pedí pra pôr no máximo possível (era assim que eu gostava), fomos pra área de piscina e as meninas logo se debruçaram à beira da piscina grande e começaram o bronze, todas de fío dental e de bumbum pra cima, eu entrei na piscina e fiquei nadando e admirando aqueles rabos maravilhosos ao meu lado, eu ficava atravessando a piscina de uma ponta a outra no menor tempo possível mas meus olhos sempre miravam as bundas da Lucinha e da Cimeirinha que eram 2 bundinhas redondinhas e maravilhosas e meu pau já começava até a lateijar , eu me esforçava pra não reparar minha mãe pois era minha mãe né, mas uma coisa eu confesso, inegavelmente minha mãe dava um show nas concorrentes, que corpo perfeito, que bunda maravilhosa, sem nenhuma estria sequer, sem celulite, era uma miss se bronzeando.

Eu tive a idéia de dizer que ia procurar o Clebinho pra conversar mas minha intenção era sair dali um pouquinho pra bater uma punheta gostosa pensando nas irmãs Lucinha e Cimeirinha, comecei a andar elo thermas vazío até que me lembrei da sauna e fui pra lá, chegando lá eu entrei e vi que o Clebinho tinha colocado no máximo mesmo pois não dava pra ver meio metro a frente dentro da sala da sauna, então eu fui e sentei lá no fundo na junção das paredes pra começar a “comer as meninas”, bati 2 maravilhosas seguidas e estavam dando um intervalinho pra terceira quando escuto as vozes da minha mãe, Lucinha e Cimeirinha bem bravas com o Clebinho por ter esquecido de ligar a sauna no lado feminino e demoraria de 30 a 40 minutos pra sauna feminina ficar no ponto certo, então Clebinho sugeriu pra elas entrarem na área da sauna masculina e trancarem a porta por dentro pra ficarem à vontade pois o clube inteiro era só nosso, elas toparam na hora e pediram pro Clebinho que se ele me visse me avisasse pra dar um tempo e esperar elas saírem de lá.

Foi dito e feito, elas entraram, trancaram a porta, tiraram os biquínis e entraram na sauna completamente nuas, e eu ali a poucos metros delas caladinho na penumbra da fumaça de eucalypto com o pau na mão, apesar de saber que as 3 estavam peladas não dava pra ver nem a sombra delas, era impossível, então resolvi curti a emoção que nunca tinha sentido de estar na mesma sala com 3 beldades nuas mesmo sem poder vê-las, elas estavam super alegres e conversaram de tudo, tudo mesmo, comida, shampoo, dinheiro, carro, manicure, festas, novela o clone, Zezé Di Camargo, família, e fofocas, até que minha mãe se lembrou de euzinho aqui;

Mamãe:

_Nossa gente, onde será que tá o Marcinho? O menino sumiu uai!

Lucinha:

_Aaaahhh tia, até parece que a senhora não sabe onde pra quê ele sumiu rsss!

Mamãe:

_Sei mesmo não, vocês sabem?

Cimeirinha:

_Dona Márcia, ele deve estar comendo a Lucinha nesse momento kkkk!

Lucinha:

_Eu???? Eutenho 26 anos e sou casada Meirinha, você que é novinha e solteira. Quem você acha que ele prefere hein?

Cimeirinha:

_Pode ser nos duas né, é melhor!

Lucinha:

_Ou nós três né tia, 17 anos dá conta de comer nós três e ainda sobra rsss!

Mamãe:

_Tadinho do menino gente, o coitado do Marcinho nunca comeu uma buceta, aliás eu acho que ele nunca viu uma pessoalmente, o muleke vivi em um regime ditador, aliás nós vivemos né!

Lucinha:

_Oquê tia, vai me dizer que você num fode!?

Mamãe:

_Tem 1 ano e 6 meses que eu dou 1 vez por mês e é só no papai e mamãe e olhe lá!

Cimeirinha:

_Sério dona Márcia? Mas por que? Você é um avião uai!!

Mamãe:

_Não sei te explicar, depois que Paulo Cesar virou religioso ele esqueceu de meter, parece até que só mete pra procriar como se eu fosse uma vaca reprodutora.

Lucinha:

_Credo Tia, não dá nem pra acreditar num troço desse, você é disparado a mulher mais gostosa da família, tenho certeza que todos os seus sobrinhos já bateram punhetas pra você, acho que até o Marcinho e o Tio num come um avião desse direito? Ah não, para com isso né!

Cimeirinha:

_Mas... e antes? Você dava? Como era?

Mamãe:

_Uai... eu adorava chupar, sempre gostei mas tem muito tempo que Paulo num me pede ou parece que não quer!

É me contentar agora né, tem dia que sonho, já até aluguei filme pornô e vi sozinha no meu quarto mas não passa disso.

Lucinha:

_Tia, você já deu a bunda? Gosta de dar? Eu imagino que sim porque a senhora tem a bunda perfeita dimais e dizem que pica ajuda a embelezar o traseiro da mulher rssss!!!!

Mamãe:

_Não, nunca Lucinha, já tive muita vontade, curiosidade mas nunca dei não, já até pedí uma vez pro Paulo me arrombar mas ele fingiu que não ouviu ou não entendeu e arrombou só minha buceta mesmo rsss!

Lucinha:

_Nossa Tia, sua tatuagem é linda! Perfeita! Acho que você matava a garotada do coração quando mostrava essa tatuagem de borboleta cobrindo quase toda xana e além de tudo com essa marquinha de bikini né!

Nessa hora meu coração disparou pois eu não sabía que minha mãe tinha um tatuagem, muito menos na buceta!!! Eu tava louco da vida, meu pau trincava por escutar minha mãe falando de suas intimidades e por ouvir a Lucinha e Cimeirinha darem corda pra minha mãe, parece até que elas perguntavam tudo que eu queria ouvir!

Lucinha continuou:

_Tia, você já traiu?

Mamãe:

_Não, nunca. Nunca nem pensei nisso não.

Lucinha:

_Mas nunca nem teve vontade, nem oportunidade não?

Mamãe:

_Não.

Cimeirinha:

_Eu sei de alguém que iria adorar comer essa sua borboleta aí e ainda inauguraria seu rabo com o maior prazer né maninha?

Lucinha:

_Quem??? Não é quem eu tô pensando não né?

Cimeirinha:

_Ele mesmo, ele sim vai arrombar sua bunda que você vai dar o cú pra qualquer outro sem sentir nada Dona Márcia Rssss!!!

Mamãe:

_Hummm, quem é esse Lucinha?

Lucinha:

_Tia, é um rapaz lá da minha rua, ele tem um pau de 26cm você acredita? O Clebinho pensa que ele é peguete da Cimeirinha mas é eu que dou pra ele direto tia Rsss!!!

Mamãe:

_Você trai o Clebinho?

Lucinha:

_Fala baixo tia, quer que eu morra é?

Mamãe:

_Qual o nome desse felizardo?

Lucinha:

_O nome dele é Cézar kkkkkkkkk, é Cezinha tia kkkkkk

Mamãe:

_Ah não.... Não acredito!!! Isso deve ser sina uai!

Cimeirinha:

_Dona Márcia, pra você isso é bom! É bom que não corre o risco de você chamar o nome errado na hora errada entendeu Rssss!

Lucinha:

_Tia... se você quiser eu ajeito ele pra te comer do jeito que você sempre sonhou, aposto que você vai amar sentar numa pica daquele tamanho, tia é maravilhoso sentar num pau diferente, é muito mais gostoso!

Más tem um detalhe tia, ele adora, ama, sonha em comer o cú, ele vai comer sua buceta até conseguir o cuzinho, vai até te pedir Rssss, eu nunca dei conta de agasalhar aquele pauzão na minha bunda, já tentei, tentei mas nunca conseguí, sempre peço pra tirar! Mas tomara que você dê conta né, afinal sua bunda é linda e vai ficar ainda mais linda depois que ele te comer... O povo fala que pica faz a bunda ficar mais bonita Rssss!!!!

Cimeirinha:

_Márcia, você já deu o cú? Gosta?

Mamãe:

_Ahhh, já tive muita vontade de experimentar, curiosidade, sei lá... mas nunca dei não, ainda não né Rsss... Já até me insinuei, me ofereci pro Paulo César mas ele nunca quis ou pediu não, uma vez que ele me comia de jeito, eu até disse pra ele que só faltava ele me arrombar! Mas ele se fez de desentendido e não me comeu por trás não!

Lucinha:

_Mas... e aí? Será que você topa encarar 26 cm de pica no rabo?

Mamãe:

_Vou pensar no assunto e te falo, mas acho que esse plano não vai prestar viu!

Terminando o assunto elas se lembraram de mim e logo saíram da sauna pra me procurar pelo Thermas, eu esperei uns instantes e saí com as pernas bambas de ouvir a Lucinha falar com tanta veemência sobre sentar num pau, mas foi estranho ouvir aquilo da minha mãe.

Depois desse dia minha mãe e Lucinha criaram um vínculo de amizade muito maior do que já existia, eram horas no telefone, sempre rindo, e fuxicando bem baixinho até que tudo começou verdadeiramente a mudar em minha casa...

Meu pai avisou que viajaria pra Porto Velho – Rondônia e ficaria 21 dias pois iria criar campo de vendas, expandir os negócios e então partiu nos deixando à sós e cheios da grana, logo no primeiro dia notei uma mudança brusca no comportamento de minha mãe, passou a usar sempre curto, ou curtíssimo dentro de casa e o dia inteiro do amanhecer ao se deitar e sempre maquiada, cheirosa, e de 2 em 2 dias retocava o bronze ali no quintal mesmo, era uma beleza ver minha mãe semi-nua o dia todo, sem com fio dental e mini saia ou mini short mostrando um pedaço da bunda, até aí eu batía punhetas pensando na Lucinha e sua irmã Cimeirinha mas vendo minha mãe ultra gostosa quase pelada era impossível não comer ela em pensamentos, até que notei que minha mãe que dormia as 21 horas todo dia, passou a ficar acordada até não aguentar mais.

Eu sabia que tinha algo errado nessa história e passei a fingir de boboca e monitorar a situação, até que um dia vi que minha mãe havia acabado de entrar no banheiro do seu quarto pra tomar banho e deixou o celular em cima da cama, eu logo o peguei e fui direto pra as mensagens (nessa época não existia whattsapp), tinha uma mensagem recém chegada da Lucinha que dizia assim:

_Tia, tome um rebit (comprimido pra não dormir) do tio Paulo e vê se faz o Marcinho dormir e deixa o portão destrancado, ele vai esperar seu sinal e chega aí ok?

É hoje que a porca torce o rabo, cuidado viu tia, num gasta aquele picolézão tudo não, deixa um pouco pra mim viu! Rssss

Quando eu li isso meu coração disparou, senti ali que provavelmente outro homem comeria minha mãe naquela noite, me senti mal pois eu era o representante do meu pai dentro de casa e estava numa sinuca de bico.

Eu sai do quarto da mamãe e fui me deitar na rede da área, precisava pensar um pouco no assunto e estava até disposto a acabar com a festinha particular de mamãe mas fui desmoronado e hipnotizado pela imagem que apareceu na porta.... Minha mãe apareceu com um mini-mini-mini-short verde fluorescente quase transparente, com calcinha fio dental preta (lindíssima) e uma blusa preta que mostrava o umbigo, o mini-short era de cós baixo e realçava as marcas do bikini que saltava pra fora, nunca tinha visto uma mulher tão bonita pessoalmente e era impossível olhar pra minha mãe e não querer comê-la, meus olhos se fixaram na calcinha da mamãe que era nítida no short transparente, acho que se minha mãe saísse do portão pra fora ela não andaria meia quadra sem ser estuprada!!!

A deusa “Luma de Oliveira” estava na minha frente!!!

Não tem como descrever minha mãe naquele dia, linda, perfeita, gostosa, suculenta, deusa....

Más eu não permitia o fato de outro cara comer ela se não fosse meu pai e então travei um duelo comigo mesmo pra bolar um plano de como atrapalharia aquele outro plano.

Assistimos o fantástico, começou a passar o Domingo Maior e então resolvi entrar em meu quarto e fingir que ia dormir, os minutos eram uma eternidade e aguentei até as 02:20Hrs quando ouço o toc toc do salto da mamãe ir até o portão abri-lo, aproveitei esse tempo abri meu quarto, saí pra fora, tranquei a porta do meu quarto por fora e tirei a chave pra dar a impressão que eu estava trancado lá dentro e fui até o quarto de mamãe e entrei no closet de roupas no lado que pertencia ao papai e fiquei imóvel, “sem respirar”, e louco da vida né, do closet eu tinha uma visão super privilegiada do quarto e do banheiro da mamãe.

Foi em poucos instantes que vejo a porta do quarto se abrir, minha mãe logo trancou por dentro e desligou as luzes e acendeu uma luz neon vermelha de 1 watts que deixou o quarto com aparência de boate ou motel né, o tal Cezinha parecia não acreditar que ia comer minha mãe, não parava de falar que ela era linda (e era mesmo), foi logo pra cima lhe beijando e apertando a bunda dela como se fosse a última vez e logo meteu a mão pra dentro do mini-short e sentiu a pele macia da bunda dela que logo pediu pra ele desabotoar seu short e tirá-lo pois ficaria só de calcinha, ele logo obedeceu e tirou o mini-short e pôde vislumbrar aquele rabo maravilhoso, lindo, sem nenhuma estria, e redondinho!!!

O cara beijava, cheirava, chupava, apertava a bunda dela sempre seguidos de elogios que minha mãe recebia muito feliz, ela então disse:

_Deixa eu conferir seu pau logo, estou louca pra chupar!

Mamãe desabotoou o calção do rapaz e o abaixou até as canelas e encheu as mãos com aquele pau enorme, era perceptível a satisfação dela em estar segurando aquela pica, ela começou a lamber da base até a cabeça como se fosse um picolé, e também beijou até que o pôs na boca e engoliu a metade, a outra metade ela sempre molhava com lambidas, cuspes, babas e ficou assim muito tempo ajoelhada na frente do cara pagando boquete, Cezinha urrava e então segurou a cabeça dela pelos cabelos e tirou a pica da sua boca e começou a dar uma surra de pica na cara de mamãe!

Ela estava louca, olhei pra baixo e vi sua calcinha encharcada!

Nessa hora eu estava com o coração a mil, não acreditava no que via e ouvia, com o pau na mão duríssimo eu não conseguia me punhetar, meu pau latejava de tesão, mas sentia também uma tristeza de ver minha mãe naquela situação!

Foi então que Cezinha disse:

_vem cá sua vagabunda! Agora vou morder sua buceta e atolar meu dedo no seu cú!

Cezinha puxou minha mãe pelos cabelos e a atirou em cima da cama, terminou de tirar sua roupa e abriu as pernas da mamãe, se ajoelhou à beira da cama, afastou a calcinha dela de lado e expôs sua linda, bronzeada e tatuada buceta pela primeira vez!

Era a primeira buceta que eu vía ao vivo, e fiquei bobo com a tatuagem de borboleta que cobria quase toda buceta e era linda! Depilada no zero, coisa maravilhosa de se ver!

O cara começou a chupar minha mãe freneticamente e a morder também, enfiava o dedo lá dentro e socava no cú dela que não hesitava, eu olhava no rosto de mamãe e via seus olhos revirarem como se fosse desmaiar, era muito tesão acumulado!

Cezinha então virou ela de bruços e começou a chupar seu cú e abrir sua bunda com as mãos, ele enfiava literalmente a cara no rabo dela que revirava os olhos em transe!

O cara explorou o corpo dela literalmente!!!

Mamãe surpreendeu e disse:

_Goze na minha boca antes pois quero sua pica bem cansada pra me comer a noite toda!

Cezinha se ajoelhou em cima dos seios dela que estava deitada na cama e começou a se punhetar rapidamente e esfregar o pau na cara dela até que avisou que ía gozar!

Mamãe levantou a cabeça e abriu bem a boca com a língua pra fora pedindo porra que veio em grande quantidade nos jatos que saíam da pica do Cezinha, a porra escorria pelos cantos da boca de mamãe que ficou lambuzada de esperma!

Mamãe engoliu a porra que estava dentro da boca e com o rosto ainda bem lambuzado e babando disse:

_Deita aqui que eu quero sentar na sua pica!

Cezinha obedeceu!

Mamãe tirou a calcinha e ficou de pé em cima da cama, então ela agachou, pegou a picona de 26 cm e posicionou na borboleta e sentou bem devagarzinho...

_Aaaaaau que delícia!!!!

_Nossa isso é muito bom!!!

Mamãe enfim quicava na tão famosa pica de 26 cm indicada por Lucinha!

Ela estava adorando a situação, aumentou os movimentos e logo logo já engolia 100% do pau do cara! Ela se virou e começou cavalgar oferecendo seus lindos seios bronzeados pro Cezinha chupar! Os dois se beijavam com muito tesão!

Cezinha a colocou de 4 e a encavalou, foi a melhor visão que já tinha visto na minha vida!

Mamãe estava de 4 com a bunda toda exposta virada exatamente pra onde eu estava e sua buceta era arregaçada pela pica do cara que a comía vorazmente!

A “borboleta” engoliu o pauzão por uns 30 minutos naquela posição e então ele gozou dentro da buceta dela que ainda com o pau lá dentro se deitou de bruços e ele deitou por cima e ficaram ali uns minutinhos...

Cezinha disse que ía embora por medo de eu acordar e o ver ali, mamãe o beijou com a coca cheia de porra e disse:

_Nossa garoto! Que gostoso!

_Obrigado pela surra de pica viu! Acho que vou querer mais e ainda tem uma surpresinha pra você!

Cezinha:

_Hummm já sei, a Lucinha te disse que gosto de comer um cuzinho né?

_Você vai me dar?

Mamãe:

_Vou tentar sim... Mas te peço um pouco de paciência pois vou preparar minha cabeça e meu físico pra alojar essa picona na minha bunda!

Cezinha:

_Olha... Quando você der a primeira vez, nunca mais vai querer parar! Eu te garanto!!!

Mamãe:

_Ah é? Hummm tomara mesmo viu!

_Mulher nasceu pra ser comida... e bem comida!!!

Os 2 se levantaram, se vestiram e fora lá pra fora pra se despedirem no portão.

Rapidamente eu saí do closet e vi ali no chão a cueca do cara que ele não achou, ou não se lembrou de pegar! Peguei ela e levei pro meu quarto e escondí debaixo do meu colchão e fingí que sempre estive alí dormindo!

O resto da noite foi tenebrosa pra mim. Havia um misto de tesão e decepção se misturando em meus pensamentos!

Fiquei bolado e retraído nos dias que se seguiram e passei a ficar ainda mais na minha e no meu quarto calado, era de casa pro colégio e do colégio pra casa, e isso começou a incomodar minha mãe e meu pai pois ninguém sabía o motivo de eu estar assim, até que uma noite escutei uma conversa de meus pais sobre mim onde meu pai dizia que estava preocupado comigo, preocupado com alguns comentários que escutou, que eu poderia ser gay e isso sería um escândalo muito forte pra minha família principalmente pela religião de papai, minha mãe disse que achava um exagero aquilo e que era só uma fase minha mas meu pai disse que não correria esse risco e tinha um plano pra resolver isso.

No outro dia no jantar meu pai me chamou e disse que tinha uma surpresa pra mim, disse que meu aniversário estava próximo e que iria me dar 1000 reais pra mim ir na melhor boate de Rio Verde (Privê) e escolher uma ou duas das mulheres mais bonitas e caras e ficar a noite toda com elas, minha mãe já estava autorizada a retirar o dinheiro do banco e me dar, isso sería meu presente de aniversário, mas eu já sabía que aquilo era medo de eu ser gay.

Aquilo não me animou muito pois não saia da minha mente a imagem da mamãe de 4 sendo devorada pelo jumento!

Em uma segunda-feira eu cheguei do colégio as 23:15Hrs e estava com o semblante bastante fechado, minha mãe estava na sala vendo tv e logo puxou assunto comigo mas eu só respondia as perguntas e não estendia o assunto, mamãe percebeu que tinha algo errado e insistiu:

_Márcio meu filho, o que aconteceu lá no colégio?

Eu:

_Nada mãe, me deixa queto.

Mamãe:

_Como assim me deixa queto? Tá louco? Quero saber!!!

Eu:

_Mãããe, já disse que é melhor me deixar queto.

Mamãe:

_Marcinho, quero saber agora, olha pra mim. Vou lá no colégio e descubro pra resolver, você duvida? Ou vai me dizer?

Eu:

_Mãe, você não vai querer saber! Acredite!

Mamãe ficou de frente pra mim, segurou meu queixo e viu que meus olhos estavam marejados, então ela se assustou e acho que viu em meu olhar que verdadeiramente tinha algo sério acontecendo comigo.

Eu:

_Mãe, eu sei, ouvi e ví tudo!

Mamãe:

_Tudo o que Marcinho?

Nesse momento à puxei pelo braço e fiz ela me seguir até meu quarto. Acho que minha mãe já sabía que eu sabía.

Tranquei a porta do quarto por dentro e levantei o colchão e peguei a cueca do Cezinha e mostrei pra ela.

Ela com muito espanto e sem poder negar me perguntou:

_Más... como? Foi ele? Foi a Lucinha? Fala pra mim!

Eu:

_Mãe, eu estava calado dentro da sauna aquele dia com vocês, vasculhei seu celular e li toda caixa de entrada com suas mensagens e me escondi dentro closet naquela noite! Eu assisti de camarote tudo, tudo! Não adianta negar, poupe seu tempo ok? É por isso que estou assim!

Mamãe se ajoelhou aos meus pés já em prantos e se agarrou ao meu short com muita força, ela pedia, chorava, implorava, era constrangedora a cena:

_Meu filho!!!! Você precisa me ouvir, eu posso te explicador, por favor não conte à seu pai, por favor meu filho, isso vai matar ele e acabar com nossa família, Márcio por favor diz que vai me ouvir!!!

Eu:

_Mãe... Eu já pensei muito nisso e resolvi não contar pro papai, pelo menos por enquanto. Eu me sinto envergonhado por ter visto você e ter sentido tesão naquilo que aconteceu, nunca tinha visto uma mulher pelada pessoalmente e senti muito confuso e decepcionado com você mas não vou fazer isso com papai, só me dê um tempo pra digerir ok?

“Talvez eu nunca conte, Talvez”

Minha mãe me abraçou forte e repetiu umas 50 vezes Obrigado!!!!

Minha mãe disse que seria sempre grata e que sentia muito orgulho da minha atitude de ter pensado nas consequências antes de agir por impulso, disse que aquilo ficaria sempre guardado no coração dela!

Minha mãe passou a me tratar com muito carinho, não sei se por medo ou por gratidão mesmo, mas eu esquecia minha raiva ou decepção com o passar dos dias e comecei uma amizade que até então eu não tinha com mãe.

Nos dias que meu pai não estava ela fazia banquetes pra nós 2 e vestia roupas super curtas e sensuais, eu me alegrei só de ver a alegria dela, quando me pai chegava ela se recompunha um pouco mas ainda assim ela estava diferente e meu pai parecia aprovar a mudança dela, eu notei que tudo havia melhorado e estavam felizes demais!

Eu e mamãe estávamos indo bem, com nossa intimidade e confiança aumentando começamos a conversar igual eram as conversas dela com a Lucinha, certa vez meu pai foi pra igreja e fiquei com mamãe na sala vendo Jornal Nacional e teve uma reportagem sobre prostituição em Fortaleza, e conversa vai conversa vem entramos no assunto sexo:

Eu:

_E aí mãe, me conta... Por que você traiu o papai?

Mamãe:

_Oquêêê??? Tá louco menino? Pra quê você quer saber isso?

Eu:

_Aaaah mãe, você não disse que eu era cabeça? Então me conta uai!

Mamãe:

_Ah meu filho, é tão estranho falar isso pra você... Mas a resposta vai ser bem curta e objetiva, foi sexo!

Eu:

_Sexo? Mas sexo você tem com o papai!

Mamãe:

_Não é desse tipo de sexo que eu tô falando, é do sexo com volúpia, com algo à mais! Seu pai ficou estagnado à época que namorávamos e agora com essa história de religião eu acho que nunca vou ter com ele um avanço nesse sentido!

Eu decidi ter pelo menos uma chance de me sentir mulher de verdade, tá entendendo? E talvez eu ainda pague caro por isso pois você não me deu garantias que nunca irá contar pro seu pai!

Eu:

_Mas... e quanto ao presente?

Mamãe:

_Que presente Marcinho?

Eu:

_Aquele presente que você prometeu pro Jumento aquele dia!

Mamãe:

_Marcinho!!! Eu não vou falar disso com você!!! É muito vulgar me filho!!!

Eu:

_Aaaah mãe, para né... Você gosta! Eu ví que você gosta! Vamos ao que interessa! Afinal... Você me quer como amigo ou não? Se abre comigo e aproveita que estamos sozinhos vai!

Mamãe:

_Tá boooom! Você venceu, Más não ria, Não fale alto e nem conte isso pra ninguém ok?

Eu:

_Ok, isso eu juro Dona Márcia!

Mamãe:

_Olha... Eu sempre ouví de todo mundo que sou linda... Sou a mais bela da família... Que muitos homens me desejam... E levei inúmeras cantadas na minha vida. Mas no fundo eu sempre fui frustrada pois nunca tive coisas simples que qualquer menina na sua idade provavelmente tem todo dia!

Márcio... Já que você assistiu tudo, eu posso te falar... É.... Foi a primeira vez que alguém gozou em mim... Na boca entendeu! Eu já delirei de vontade de seu pai fazer isso mas nunca permitiu ou quis... Nem que seja só pra me agradar! Eu me mantenho sempre linda, bronzeio, faço academia mas isso é por auto estima mesmo pois seu pai não dá a mínima pra isso!

Ele só quer chegar, tirar a cueca, abrir minhas pernas e gozar e pronto! Tem 18 anos que é assim.... E mesmo assim eu ainda amo ele mas infelizmente não resisti a tentação aquela noite, alí eu fiz coisas que em 18 anos nunca tive a chance! Quanto ao “presente...” Rsss, acho pouco provável pois nunca fiz, não tenho prática, não tenho coragem de alugar filmes pornô na locadora e não vou aprender isso com um cara que tem 26 cm de pica Rsss! Tá satisfeito agora?

Eu estava hipnotizado com aquela conversa, meu pau estava duríssimo e mamãe estava de baby-doll vestidinho, sentada no sofá com as pernas abertas, a buceta escancarada na minha frente, só de calcinha praticamente!!!

Eu:

_Tô sim, é bom ouvir isso de você, me ajuda bastante a te entender! E quanto à surra? Você também gosta né? Eu ví!!!

Mamãe:

_Noooossa, Você se lembra de tudo hein, assim você me mata de vergonha!

Eu:

_Mato nada, pode confessar vai! E me fala, você não tem nojo do esperma na boca? Foi tão chocante pra mim ver você assim!

Mamãe:

_Marcinho meu filho, mulher gosta é de pica entendeu? Surra de pica, penetração, chupada, mordida, e porra, na boca ou onde for queremos porra, desde que seja de pica, pica entendeu? É isso que tô tentando te falar porra! Rssss!!!!

Eu:

_Kkkkkk, essa foi boa, bem objetiva viu, acho que agora te entendi direitinho viu Dona Márcia!

Mamãe:

_Que ótimo mas.... E você meu filho? Nunca me contou nada, não sei nada de você, me conta também!

Eu:

_Viiii mãe, é difícil contar o que não existe....

Mamãe:

_Oquêêê??? Como assim?

Minha mãe sabía muito bem que eu não tinha comido ninguém mas ela queria ouvir de mim, dava pra perceber que ela estava amando nossa conversa.

Eu:

_Mãe, sei tudo sobre sexo mas nunca pratiquei entendeu? Já vi todos os filmes e todo tipo de prazer mas não tive o prazer de ter prazer de verdade sabe! Posso te contar uma coisa?

Mamãe:

_Pode não... DEVE!

Eu:

_Você foi a primeira mulher que eu vi pelada e você também foi a primeira mulher que eu ví dando pra alguém!

Mamãe:

_Puxa Marcinho, sério menino? E.... Como foi pra você? Não tenha vergonha, me conte como se eu fosse seu divã vai, quero saber de tudo ok!!!

Eu:

_É.... eu sempre fui um punheteiro e sempre aguardei ansioso pra nós irmos pro Thermas pra ver aquelas mulheres de bikini fio dental deitadas de bunda pra cima, é muito bom ver!!! Imagina pegar e..... Bom, aquele dia eu fiquei hipnotizado de ver a Lucinha e a Cimeirinha lá no clube e fui pra sauna pra... Você sabe! Depois daquele dia no clube eu bati umas 100 pra elas Rssss, mas mãe.... Eu tenho que te contar uma coisa, É....

Mamãe:

_Fala, fala, to adorando, não para ou te mato!

Eu:

_Lá vai hein, Depois que te vi pelada, beijando, chupando e dando.... Não consigo pensar em mais ninguém na hora da punheta! Não consigo parar de bater punheta pra você! É mais forte que eu mãe.... Me perdoa? É que você é muito linda, e quando vi seus olhos revirarem quando estava sendo.... Você sabe! Eu na verdade estava com muito tesão naquela cena e gozei no closet sem nem me punhetar de tanto tesão!

Mamãe:

_Uaaaaau, que bom ouvir isso meu filho, não precisa se desculpar não, é um elogio ouvir isso, sempre quis saber que alguém batia punheta pra mim Rsss, E você? Gostou de me ver pelada?

Eu:

_Se gostei? Amei!!! Você é muito linda mãe, sem defeitos, sem estria e.... Gostosa, muito gostosa!!! Nunca imaginava que você tivesse uma tauagem de borboleta na.... Você sabe!

Mamãe:

_Aaaaah menino! Para com isso de “Você sabe”. Fala direito comigo se não, não tem graça! Concorda?

Eu:

_Tá bom, tá bom! Sua buceta é muito linda e qualquer um bateria inúmeras punhetas pra ela mãe! Sua bunda é espetacular e o cara que te comer por trás vai ser o cara mais sortudo do mundo, tomara que o papai acorde viu!

Mamãe:

_É.... Tomara que ele acorde viu, mas acho que não Rsss!!!

Eu:

_Mãe, se você quiser eu posso alugar filmes pra você ver quando ele viajar! Oque você acha?

Mamãe:

_Caracas Marcinho!!! Obaaaa! Nossa!! Morro de vontade de assistir meu filho!!! Quero sim!!! Ah se quero!!!!

Eu:

_Então, espera o papai viajar que eu alugo uns 7 filmes pra você ok? Os da produtora “As Panteras” são os melhores pois tem histórias e enredos!

Mamãe:

_Ah é? Quero ver todos os bons viu!

Eu:

_Mãe, você tem preferência por alguns estilo?

Mamãe:

_Lógico que é sexo anal! Esqueceu? Escolhe uma atriz que saiba muito disso! Vamos ver o que é que posso aprender!

Eu:

_Vou trazer alguns da Gabriela Muniz! Ela é uma morena que adora dar o rabo e é linda também! Igual você, Linda!

Mamãe disse que isso seria maravilhoso e que assim trabalhando em dupla nós nos ajudaríamos pois ela daria um jeito de me ajudar com algumas coisas também, minha imaginação foi nas nuvens com essa frase!

Mamãe olhou no meu short e viu que meu pau estava trincando, pôs a mão na boca e disse:

_Nossa Marcinho! Você está de pau duro meu filho?

Eu:

_Mãããe!!! Nós aqui falando de rabo, buceta, gozada, filme pornô.... E você quer que eu não fique assim?

Mamãe:

_É.... Mas tem um detalhe né?

Eu:

_Qual detalhe?

Mamãe:

_Estamos falando do “meu rabo”, da “minha buceta”, de gozada na “minha boca”!

Eu:

_Já te confessei que penso em você nas minha últimas punhetas e já te disse que tento parar mas não consigo por isso; Não é nenhum segredo meu pau estar duro assim falando de você né!?

Mamãe:

_Relaxa menino, eu já imaginava que você estava assim desde o começo, ele deve estar pingando “melzinho” na sua cueca né Rssss

Eu:

_Mããããe!!!!!

Mamãe:

_Filho.... Posso pegar por cima do short? Só pra sentir o tamanho?

Eu:

_Hum? Tá louca mãe? E se o papai chegar?

Mamãe:

_Aaaah Marcinho! É só por cima do short, se ele chegar o portão faz barulho e aí você vai pro seu quarto. Faz assim.... Vai lá no seu quarto e pega uma coberta, se seu pai chegar, você disfarça no sofá e fingi que está com frio nos pés por isso está de coberta. O que acha?

Eu:

_Nossa mãe, Jura? Tá bom!

Corri ao meu quarto e peguei uma coberta grossa e voltei pra sala, me sentei ao lado da minha mãe e cobri as minhas e as pernas dela com a mesma coberta e continuamos à assistir tv como disfarce. Mamãe logo me disse:

_Filho, esse short é muito apertado não vai dar pra sentir praticamente nada, vai ter que abrir essas pregas aí!

Meu short era daqueles de surfista e ao invés de ter botões pra abrir o feixe, ele tinha pregas que faziam muito barulho pra abri-lo, mamãe começou a conversar comigo pra descontrair pois eu estava muito nervoso e pôs a mão em meu peito e devagar meio sem jeito foi descendo a mão até o feixe de pregas debaixo da coberta e então eu só escutei o barulho “rrrrraaaaaa”. Pronto, o caminho estava livre pra ela!

Mamãe enfiou a mão por dentro do short e sentiu meu pau em sua mão, foi a melhor sensação da minha vida até aquele momento, mamãe passava a mão bem levemente e sentiu minha cueca molhada com o “melzinho”!

Mamãe:

_Nossa filho!!! Você realmente estava gostando da nossa conversa né, seu pau tem um tamanho ótimo, nem grande demais e nem pequeno. Você sabe quanto mede?

Eu com a voz bem tremula:

_Não mãe, não sei. Por que?

Mamãe:

_Deve ter uns 20 cm eu acho, Olha só como sua cueca está molhada na ponta dele! Por dentro da cueca a cabeça dele deve star lisinha!

Eu:

_Você sabe de tudo né? Não adianta disfarçar!

Mamãe:

_Não mesmo Rsss, e quero saber mais ainda! Afinal.... Eu agora também sou a primeira pessoa a pegar no seu pau Rssss! Tá gostando?

Eu:

_Nossa mãe!!! Não sei te responder o quanto é bom! Muito bom!!!

Mamãe:

_É??? Também to curtindo demais isso, tá uma delícia!

Nossas respirações já estavam diferentes e minha voz tremula, eu olhava pra tv mas não enxergava nada, tenho certeza que minha mãe estava com a calcinha encharcada também, eu simplesmente não olhava pro lado e nem me mexía, eu estava entregue, minha mãe aproveitou que eu não olhava e passando a mão em meu pau chegou bem pertinho de mim e mordiscou bem de leve a minha orelha!!!

Mamãe:

_Hummm que delícia pegar no seu pau assim!!! Que delícia de cueca molhada!!!

Eu:

Mãe, assim eu vou gozar e lambuzar minha roupa!

Mamãe:

_Sério? Que bom! Pode gozar! Depois eu lavo sua roupa! Acho que vai sair muita porra né? O bom é sentir na mão mesmo sabe! Filho eu....?

Eu:

_Oi, pode falar!

Mamãe:

_Será que eu posso....

Nesse momento o portão de nossa casa fez barulho e minha mãe rapidamente tirou a mão e me deitei em seu colo todo coberto com a coberta e disfarçamos.

Eu nem dormi direito com o que aconteceu na sala, foi mágico sentir outra mão no meu pau! E que mão hein!!!

Minha mãe estava radiante nos dias seguintes, usava roupas curtas sempre mostrando um pedacinho da bunda e à noite sempre com baby-dolls semitransparentes me matavam e matavam o papai, acho que tanto eu quanto ela estávamos loucos pra conversar besteiras à sós outra vez e numa terça- feira meu pai nos avisou que iria pra Parauapebas no Pará na próxima quinta pra ficar 8 dias por lá, nessa hora foi inevitável, eu olhei pra ela e ela olhou pra mim! Papai foi ao centro da cidade e nos deixou a sós em casa, eu estava deitado na rede da área quando minha mãe chega e se senta ao meu lado em uma cadeira de fío, mamãe estava bronzeadíssima, linda da cor de jambo:

_Oi filho! Tá dormindo?

Eu:

_Não mãe, to só de boa, gosto de ficar aqui na rede pensando nas coisas.

Mamãe:

_Pensando nas coisas? Sei! Pensando em que? Em mim?

Eu:

_Ué mãe, pensando em tudo, inclusive em você também.

Mamãe:

_E aí filhão, você gozou aquele dia? Foi uma gozada diferente num foi?

Eu:

_Lógico que foi mãe, foi inexplicável, foi mágico!

Mamãe:

_Pena que não sentí sua pele! Você ia ver a diferença!

Eu:

_É mesmo? Você gosta de sentir a pele é?

Mamãe:

_Sempre filho, sempre! Ah! Aluga os meus filminhos hoje tá!?

Eu:

_Ok Mamy!

Meu pai chegou logo e eu peguei o carro e fui na locadora e aluguei 8 filmes das panteras, todos ótimos! Voltei pra casa e levei o pacote pro meu quarto e coloquei dentro do meu guarda roupas, minha mãe estava linda nesse dia, linda mesmo e eu estava de pau duro só de ter alugado os filmes pra ela, logo depois da janta fomos nós 3 pra sala, estávamos vendo tv quando minha mãe foi pro banho, eu e papai continuamos na sala e depois de uns 30 minutos ela chega de baby-doll vestidinho ultra curto e semi-transparente, com calcinha fio dental vermelha e sem sutiã, o baby-doll era tão transparente que eu via ela toda só de calcinha! Meu pau endureceu na hora. Depois da novela começou um filme na Terça Nobre na globo, o sofá era muito grande, meu pai em uma ponta e eu na outra, mamãe se deitou entre nós com a cabeça no colo do papai e com a bunda virada pra mim, a luz da sala estava apagada e o clarão da tv que clareava alguma coisa se a cena fosse clara, toda vez que a tv clareava eu olha aquela bunda maravilhosa! Que visão!!! Era uma tentação, Foi então que percebi papai de pau duro com a cabeça de mamãe sobre seu colo, logo mamãe começou a mexer a cabeça e em seguida disfarçadamente levou a mão até seu pau e começou a mexer, não resisti muito tempo, fingi que ia dormir e fui pro meu quarto mas não fechei a porta, deixei semi-aberta e de lá via na penumbra da sala o desenrolar da situação.

Mamãe levantou a cabeça mordeu a pica de papai por cima do short, ele sentado mesmo só abaixou o short e cueca de uma vez só, mamãe não perdeu tempo, abocanhou o pau com muita vontade e começou um boquete frenético, subia e descia a boca na pica, papai só inclinou a cabeça no sofá e degustava da mamada, quando a tv clareava eu via que mamãe olhava em direção a porta do meu quarto, como se soubesse que eu estava assistindo e depois de alguns minutos mamãe largou o pau do papai todo babado, se levantou e arrastou a calcinha pro lado e de uma vez sentou na pica de forma bem macia, era um show de sexo explícito pra mim, me sentei na cama e comecei uma punheta muito boa, a “borboleta da mamãe” subia e descia bem compassado, sua mão apertava seus seios, é muito bom ver uma mulher bonita dando gostoso! Papai gozou dentro dela que ficou sentada rebolando por alguns instantes! Eu gozei no chão do quarto muita porra, lambuzei o chão, me deitei e fiquei observando. Papai deu um tapinha na bunda dela como se quisesse que ela levantasse e foi o que ela fez, deram um abraço e papai foi pro quarto deles tomar banho, mamãe com a buceta encharcada voltou a calcinha pra não pingar no chão, ela olhou em direção ao meu quarto e veio, fechei os olhos disfarçadamente fingindo já ter dormido, mamãe entrou e pisou na minha porra, vi que ela se abaixou e passou os 4 dedos no chão e colocou contra a claridade e viu o líquido viscoso da minha porra, mamãe levou os dedos até a boca e chupou tudo, repetiu isso até não achar mais porra no chão, eu estava inerte na cama mas continuei fingindo, mamãe se aproximou e enfiou o braço debaixo da coberta e foi até meu pau que estava duríssimo só que dessa vez ela entrou por dentro da cueca, mamãe pegou com carinho e ficou alisando a cabeça que estava saindo “melzinho”, foi até o saco e sentiu minhas bolas e foi subindo até a cabeça novamente, tirou a mão e me deu um beijo na testa dizendo “te amo” e foi dormir com papai.

No outro dia me levantei e topei com papai e mamãe na mesa de café da manhã, dei um oi pros 2 e me sentei, mamãe disse:

_Oi Filho!!! E aí dormiu bem?

Eu:

_Sim dormi mãe, muito bem!

Mamãe:

_Você alugou alguns filmes de ação pra gente ver?

Papai:

_Filmes? Então é com filmes que vocês se divertem sem mim?

Mamãe:

_Ué... Se quiser pode ver um com nós hoje Paulo Cesar! Afinal amanhã você viaja mesmo!

Eu fiquei amarelo na hora mas tive que disfarçar e ser convincente.

Eu:

_Aluguei sim mãe, 8 filmes com muita ação!

Mamãe:

_E aí grandão? Vai ou não vai ver com a gente?

Papai:

_Neeeemmmm, não tenho paciência pra filmes de jeito nenhum.

Mamãe:

_Mas você se importa se a gente ver?

Papai:

_Eu não, desde que seja no quarto do márcio e de porta fechada pra não atrapalhar minha tv aqui na sala!

Mamãe:

_Obaaa, deixa com a gente né meu filho? Vamos até trancar a porta, você não vai escutar nada!

Papai:

_Bom mesmo viu.

Mamãe passou o dia todo radiante e sempre que passava por mim me olhava com olhar sínico, eu não entendi direito o que ela pretendia e tive que perguntar:

_Mãe... Eu só aluguei filmes “daqueles” lembra?

Mamãe:

_Eu seeei.... Tô louca pra ver, nunca vi, você vai ter que ver comigo pra seu pai não desconfiar de nada.

Eu:

_Tá louca? Eu não. Você ficou doida é?

Mamãe:

_Olha Márcio... Você assiste se quiser ok, Acho melhor então você devolver aqueles filmes... No fundo você é igualzinho à seu pai!

Eu:

_Tá booooom mãe, relaxa, não precisa apelar né, só sou virgem, só isso!

Mamãe:

_Tem certeza? Não quero que ninguém faça ou veja nada sem querer!

Eu:

_Hum? Faça?

Mamãe saiu e me deixou ali, não entendi o que ela queria dizer com “faça” mas... era esperar pra ver né.

Quando deu 22:40Hrs estava no finalzinho da novela e papai queria assistir um programa esportivo e então mamãe toma a iniciativa:

_Ai ai.... Filho vamos né? Se não o filme fica muito tarde pra assistirmos tudo!

Eu:

_Sim, sim mãe.... É.... Vamos sim!

Papai:

_Vê se não me atrapalhem ok? Eu assisti essa porcaria de novela caladinho, portanto não façam barulho! Se virem e fechem essa porta pra não chamar minha atenção!

Mamãe:

_Okeeeei Paulo, Okeeei tá bom!?

Entramos no quarto e mamãe trancou a porta, ela estava deliciosíssima com camisola na metade da bunda! Sem sutiã e de fio dental! Eu e ela estávamos conversando por sinais e cochichando:

_Mãe, você tem certeza que quer assistir esses filmes comigo aqui? Te vendo? É muito louco isso!!!

Mamãe:

_Rssss.... Relaxa muleque, seria estranho se eu entrasse aqui sozinha, seu pai iria estranhar, é só você fingir que não está aqui igual você fez lá na sauna! Desliga a luz e põe logo essa porra!

Eu havia alugado um filme das brasileirinhas também, só aluguei esse por causa da atriz que tem muita semelhança com mamãe, bronzeada, cabelos castanhos meio cacheados, e gostosíssima que se chama “Dyane Galisteu” podem pesquisar e ver, o filme se chama “Sex Machine”. Na hora que mostrei a capa minha mãe já notou a semelhança, eu desliguei a luz, dei play no DVD e me sentei na cabeceira da minha cama de solteiro com uma almofada nas costas e de costas pra parede, mamãe fez o mesmo ao meu lado e colocou as pernas em forma de meditação (Borboleta) que expôs todo capô da sua buceta bem ali ao meu lado escancarada, a tv ficava de frente com o lado da cama, o filme começou com a Dyane em uma motona se exibindo, logo o pau quebrou, meu pau já estava duríssimo e eu não parava de olhar o capô de mamãe e notei ela mordiscar os lábios até virem os primeiros comentários cochichando:

_Hummm, ela chupa bem né?

Eu:

_O quê??? É.... Sim, sim eu acho!

Mamãe:

_Rummm bobinho, pode falar vai!

Eu:

_Aaaah mãe, é muito bom ver, mas eu nunca senti né!

Do quarto só víamos o clarão da tv da sala pela fresta da porta em baixo, papai estava à metros de nós, o ator comía a Dyane bem gostoso e meu pau estava supitando, mamãe já tinha percebido e então diz:

_Filho.... tira esse short e fica de cueca se não vai te machucar!

Eu:

_Oquê???? Não mãe, tudo bem assim, É.... Pode curtir seu filme!

Mamãe:

_Ah não, se for pra ter vergonha não tem graça, você me viu pelada, leu minhas mensagens e espiou minha aventurinha, tudo sem minha permissão esqueceu? Você já me viu arreganhada!

Eu:

_Certo mãe, certo... Você devia ser advogada sabia, tem argumentos convincentes pra tudo!

Tirei meu short e fiquei de cueca, meu pau estava nítido na cueca, mamãe arregalou os olhos e mediu com os olhos! O filme tava dimais, que cena top! Eu apertava meu pai disfarçadamente e mamãe manjava de rabo de olho, mas não falava nada até que depois de alguns minutos ía começar a fase do anal, o ator pôs a Dyane de quatro na moto e já ia enrrabá-la, mamãe se movimenta na cama, se deita de lado e coloca a cabeça na minha barriga como se fosse travesseiro, seu rosto ficou de cara pro meu pau, e pôs a mão direita na minha perna e ficou unhando devagarzinho, disse que queria curtir!

Meu pau latejava na cueca e mamãe estava de frente, não tinha como disfarçar, mamãe ficou passando as unhas na minha perna direita pra cima... pra baixo e aos poucos tocava meu pau que pulsava, o silêncio era total e a tv estava quase muda, então ela sobe a mão e enfia na minha cueca pela saída da perna direita e procura meu pau, meu pau estava deitado pro lado esquerdo, então mamãe foi acariciando ele todinho bem macio, eu estava mudo e sem reação, mãe via Dyane dar o cú bem gostoso e seus olhos brilhavam! Mamãe me punhetava bem de leve e discretamente, descía a mão até minhas bolas e apertava, passava o dedão no melzinho e espalhava na cabeça da pica! Isso tudo por dentro da cueca e sem falar nada. Acho que mamãe não estava aguentando e olhou pra cima e disse sussurrando:

_Hummmm, queria isso pra mim todo dia! Se seu pai quisesse eu dava assim todo santo dia!

Eu:

_tá vendo!!! Por isso que é bom assistir isso sozinho! É um tesão da porra ver essa mulher sendo devorada e ainda por cima tem esse rabo colossal da senhora aqui ao meu lado de fío dental! Aí você me mata mãe!!!

Mamãe disse sem voz:

_Pode pegar se você quiser! Pode passar a mão! Vai!!!

Era um sonho!!! Eu fui logo e passei a mão naquela bunda maravilhosa! Mamãe colocou meu pau reto pra cima e a cabeça saiu pra fora da cueca, então mamãe tirou a mão do buraco da perna e desceu a frente da cueca e colocou embaixo do meu saco e literalmente bateu punheta pra mim! Eu enchía a mão com a bunda dela!!! Que pele macía, aí comecei a encher a mão afundando mais no rego dela e sentí sua buceta por trás toda melada na calcinha!

Não podia aguentar mais!!! Mamãe olhava a Dyane dando o cú e eu olhava a bunda dela, quando sentí que ía gozar eu cutuquei o ombro dela que se virou pra cima, aí eu disse sem voz:

_VOU GOZAR!!!!!!!

Mamãe sentiu meu pau pulsar e num impulso engoliu minha pica até sentir meus jatos de porra invadirem tudo! Aaaaah! Que sensação maravilhosa! Não acreditava naquilo!

Mamãe com a boca cheia de porra começou a me chupar e babou no meu pau inteiro, ficou me chupando, chupando e eu via suas pernas se contorcerem, ela estava com muito tesão! Limpou meu pau todinho, deixou ele sem absolutamente nada! Mamãe se levantou sem dizer nada, abriu a porta, olhou pra trás e jogou um beijinho, a noite foi ótima pra mim, que sensação maravilhosa, sem explicação ser chupado pela primeira vez.... Inesquecível!

Papai viajou de madrugada e quando acordei ele já tinha ido, as 09:00Hrs da manhã eu acordei com conversas e risadas na área de casa, era a voz da Lucinha, Cimeirinha & mamãe, levantei, escovei, passei um bom perfume e saí do quarto e fui de encontro a elas, quando chego na área quase caio duro pra trás de susto... As 3 estavam estiradas no acimentado dos fundos de biquínis fío enterradíssimos e numa alegria só!!!!

Mamãe logo que me viu fez escândalo:

_Uoooou!!!! Até que enfim né!!!! Vem meu amor ficar aqui com a gente vem! Vamos conversar!

Peguei uma cadeira de fio e me sentei bem de frente pra bunda delas! Nossa!!!! Que visão!!! 3 rabanças deliciosíssimas na minha frente, elas estavam soltas, Lucinha estava uma delícia de se ver e era mais assanhada, e tem o detalhe de ela ser esposa de um primo né, isso dá um tesão a mais!

Mamãe olhou marotamente pra mim e disse:

_Filho.... Tira camisa e vem passar bronzeador na gente por favor!!!!

Eu:

_Em você eu passo mãe, mas nelas?

Mamãe:

_Que muleque mole, você viu elas desaprovarem?

Lucinha:

_Pode vir Marcinho, só tá a gente aqui, o portão tá trancado e mão de homem é muito melhor que mão de baranga Rssss!

Manos do céu!!!! Eu obedecí e entrei na onda delas, sabía que aquilo era obra de Dona Márcia, peguei o bronzeador e comecei pela Cimeirinha, que gostoso era estar ajoelhado por trás delas e ainda passar a mão nelas todinhas, eu estava sonhando acordado! Lucinha sempre com tiradas:

_Passa direito na bunda!!!! Quero impressionar hoje!

O dia foi agradabilíssimo com elas, almoçamos juntos, passeamos de carro e lanchamos, deixamos elas em casa já eram 18:30Hrs quase escurecendo. Chegamos em casa e mamãe foi tomar banho, não tocamos na noite anterior, parece que nem tinha acontecido nada, mas eu tava curioso pra saber se ela deu pro papai, dizer a ela o quanto foi gostoso aquilo pra mim, enfim.... Falar de sexo!

Mamãe saiu do seu quarto com a mesma roupa que ela deu pro Cezinha, ela tava parecendo uma atriz pornô que está pronta pra cena! Que delícia de mulher, muito idêntica a Luma de Oliveira quando tinha trinta e poucos anos, mamãe se sentou no sofá da sala muito cheirosa e depois de algum tempo me disse:

_Filho... Pega lá os filmes e trás pra cá! Vamos ver um aqui na sala?

Eu:

_Sério mãe? Puxa que barato isso! Assistir na sala é muito show!

Mamãe:

_Põe daquela atriz que você me falou que é profissional no quesito “Anal”!

Eu:

_Ah tá ok, é a Gabriela Muniz mãe! Ninguém dá o rabo como ela!

Mamãe:

_Sério? Ó.... Quero só ver então!

Peguei os filmes, trouxe pra sala, tranquei o portão, fechei as janelas e liguei o ar condicionado, coloquei no filme no ponto e esperei só o sinal da mamãe pra começar!

Mamãe:

_Espera filho.... Vou ali no quarto ligar minha luzinha de Neon... Desliga essas outras lâmpadas aí!

A casa ficou no escuro terrível e só vinha uma pequena claridade vermelha do quarto da mamãe mas logo que dei o play a tv clareou toda frente da sala, tava parecendo um cinema! O filme tava muito bom pois os filmes das panteras tem história e mamãe tava adorando e fez vários elogios mas não falávamos nada da noite anterior, acho que nós 2 estávamos com vergonha de tocar no assunto, meu pau logo estava estourando em poucos segundos e mamãe não deu mole:

_Vai filho... Tira essa camiseta e esse short apertado, a casa está escura e trancada, já era pra você ter feito isso, você tem que ser mais oportunista, atirado entendeu?

Eu:

_Tá bom mãe, é que fico sem jeito de tomar a iniciativa de ficar assim de frente pra um filme pornô né, mas aos poucos eu aprendo mãe Rsss!

Gabriela dava um show de chupada, de gemidos e empinava o rabo com muito prazer pra ser atolada, mamãe ficou de boca aberta e fazia altos elogios e comentários:

_Caraaalho!!!! Que massa hein filho? Nossa olha como o pau desse cara já tá entrando no cú dela! Nossa!!!! Parece que tá muito bom ou ela fingi demais viu!

Eu:

_Que fingi nada... Do mesmo jeito que amamos comer, elas amam ser comidas!

Mamãe:

_Hum.... Você gosta de anal é?

Eu:

_Lógico!!! Eu só alugo filme com muito sexo anal mãe! Como acha que sei o nome dessas atrizes?

Mamãe:

_Acho que vou viciar também viu!

Eu não tava aguentando de vontade de bater punheta e acho que mamãe tava louca de esfregar a mão na buceta e então eu tomei coragem e disse:

_Mãe.... Acho que vou deixar você aí e vou ali! Num tô aguentando! Preciso mexer no pau! Isso é uma tortura!

Mamãe:

_Pode parar viu Sr. Márcio!!!! Tira esse troço aí mesmo e faz aí seu ritual, eu quero ver! A casa tá escura e ontem eu ví e até dei um bônus lembra? Por falar nisso você gostou filho? Me fala!

Eu:

_Se gostei mãe? Nossa Sinhora!!!! Eu Tô até agora doido!

Mamãe:

_Rssss.... É? Que bom! Também sei chupar um pau viu! Não é só a Gabriela Muniz não viu mocinho Rssss!

Eu:

_Mãe.... Vou fazer o que me disse mas, eu sei que você também tá louca né? Então tira esse short e pode se tocar também. O que acha?

Mamãe:

_Nossa filho, verdade viu, hummm..... Não vou disfarçar não tá, mas.... Vamos olhar pra tv ok?

Eu:

_Ok, fechado!

Tirei meu pau pra fora e vi os olhos de mamãe brilharem, ela tirou o short e meus olhos também brilharam, não batí punheta, só de tocar no pau e mexer um pouquinho tava ótimo, eu olhava de rabo de olho e via mamãe mexer discretamente com os dedos na buceta por cima da calcinha, ela também olhava pro meu pau e eu disfarçava.

Mamãe:

_ÉÉÉ.... quando será que vou ter a oportunidade de pelo menos tentar fazer isso pra ver se é bom?

Eu com voz já meio tremula disse:

_Mãe, olha.... se você quiser.... Você.... é.... você pode dar pro Cezinha de novo!

Mamãe:

_Sério filho? Caramba! Você me surpreende sabia? Mas não vou fazer isso não. Ví que não vale a pena filho, até me arrependi de ter feito aquilo! O jeito é me contentar com seu pai, mas olha essas travessuras nossas já estão sendo um alívio pra mim, é um tesão muito diferente e intenso ver você aí assim e assistir e conversar sobre pornô com você! Tá top viu! Obrigada filho!

Eu:

_Mãe, eu também tô amando isso e sou seu fã número 1, vou continuar batendo pra você sempre, minha musa Luma de Olveira!!!!

Mamãe:

_Nossa.... é.... eu amei te dar aquele presentinho ontem viu! Seu pau é maravilhoso, bonito, gostoso, e porra de rapaz novo é muito boa, a do seu pai era minha vitamina diária quando éramos namorados Rssss, Filho, as meninas vão amar te chupar, e... pode bater quantas você quiser pra mim viu! Isso me dá um tesão super diferente, me conta sempre ok?

Eu:

_Nossa mãe, não tô aguentando esperar....

Mamãe:

_Oquê????

Eu:

_Amanhã você tira meus 1000 reais? Acho que quero amanhã! Ontem eu delirei e quero provar o resto.

Mamãe coma voz bem diferente e trêmula disse:

_Hummm.... Vai escolher uma Gabriela pra te ensinar vai?

Eu:

_Não mãe, vou escolher uma bem parecida com você!!! O máximo possível!!!

Mamãe já com a mão dentro da calcinha olhou pra mim e disse:

_Filho? Você quer me comer?

Eu:

_Mãe, vou imaginar você sim, vou imaginar sempre!

Mamãe:

_Não filho.... Você quer me comer agora?

Eu:

_Nossa mãe, faz igual ontem? Eu quero!

Mamãe:

_Mas.... Você quer comer a mamãe também? Vou deixar você me comer todinha, não tô aguentando filho, você foi muito legal comigo e serei sua primeira mulher agora!

Mamãe se levantou, jogou um travesseiro aos meus pés e se ajoelhou em minha frente, arrancou sua blusa e segurou meu pau todo melado e disse:

_Hummmm que delícia!!!!

Mamãe colocou a ponta da língua no bico do meu pau e uma liga de semi porra ligou minha pica a ela, ela então abriu a boca e engoliu meu pau bem gostoso! Hummm que boca gostosa! Cospia nele e voltava a engolir! Mamãe tirou o pau da boca e pediu pra mim bater com ele nela:

_Bate filho, bate na minha cara, bate! Adoro isso!

Mamãe atravessava meu pau na boca literalmente!

_Goza na boquinha da mamãe goza!!!! Não precisa se segurar, eu chupo o tanto que você quiser!

E realmente eu não aguentei, gozei feito um louco na boca dela que chegou a se engasgar com tanta porra! Mamãe adorava beber porra, encheu bastante e abriu a boca pra mim ver e engoliu tudo, depois abriu a boca vazia:

_Nossa! Que delícia! Oque você quer agora filho?

Eu:

_Mãe, fica pelada pra mim?

Mamãe:

_É pra já!

Mamãe se levantou, virou de costas e tirou a calcinha empinando o bumbum pra mim, depois se virou de frente e disse:

_Pode pegar!

Meu tesão tava grande demais, a puxei pelo braço e ela se debruçou em mim, pus a boca no seu lindo peito bronzeado e levei a mão direto na sua buceta molhada! Mamãe era uma musa de carnaval! Linda! Esfreguei a mão bastante na sua buceta, pegava como se pudesse arrancar e ela não relutava em nada, até que tomei coragem e atolei 3 dedos pra dentro! Hummm que sensação maravilhosa aquela!!! Mamãe rebolava na minha mão, então mamãe ajuntou minhas pernas, se virou de costas e pegou meu pau ainda muito duro, dei uma olhadinha pra trás e disse:

_Toma filho! Aproveita o momento! É assim que e dentro de uma buceta!!!!

Disse isso e sentou bem devagarzinho! Noooossa que delícia, segurei forte em sua anca, era inacreditável que eu estava comento uma mulher mais gostosa que as atrizes pornô!!! Minha mãe era uma vadia subindo e descendo e só murmurava: _Hummmm!!!!!

Eu:

_Mãe, fica de quatro igual aquele dia? Pode?

Mamãe:

_Pode, é minha preferida, vou sentir suas bolas baterem em mim! Pode enfiar e meter com força tá!?

Eu:

_Tá!

Mamãe ficou de 4 no chão em cima do carpete e colou o rosto no chão, me afastei um pouco e não acreditei naquela visão, que espetáculo!

_Tô bonita assim? Tô? Tô gostosa?

Eu:

_Nossa mãe!!! É inacreditável que papai nunca tenha comido seu....

Mamãe:

_Mete filho, mete na minha buceta mete!!! Enterra bem fundo!!!! Pode montar!!!!

Metí bem fundo e quase gozei! Fiquei fodendo ela alí até suar e ela só murmurava e revirava os olhos! Sussurrava com voz bastante trêmula:

_Aaaaai, hummmm, que bommmm, nossa filho aaaaaaai!!!!

Gozei ouvindo ela gemer assim, gozei dentro dela e ela adorou isso!

Saí de cima dela e sentei no sofá, estávamos bem suados e ela se deitou no carpete respirando bem forte, cansada!

_Mãe... Vou ali banhar e queria que você ficasse assim pelada pra mim te olhar mais um pouco, pode?

Mamãe:

_Claro filho, também vou ali banhar e volto pra cá ok!?

Nós nos banhamos e voltamos pra sala, eu de cueca e ela pelada, estava novinha depois do banhos! Veio enxugando os cabelos com a toalha, parou em pé em frente a tv e ficou enxugando os cabelos!

_Mãe? Posso ligar a luz da sala pra te ver?

Mamãe:

_Hummm...... Pode!

Quando liguei a luz vi ela bronzeadinha!!! Linda!!!! E fixei meu olhar na sua tatuagem na buceta, e fiquei de boca aberta!

_Nooooossa mãe! Como você é linda mano! Sua tatuagem é show!

Mamãe:

_É? Você acha? Você.... quer? Quer chupar também?

Eu:

_Você deixa? Eu quero!

Mamãe:

_Desliga a luz e vem cá no meu quarto.

Desliguei a luz da sala e deixei a tv ligada, fui pro quarto de mamãe e mamãe estava sentada na beira da cama de casal, o quarto estava com luz neon vermelha, show de ambiente! Mamãe ligou o ar do quarto e me mandou fechar a porta, colocou um travesseiro no pé da cama e disse “vem filho”!!!!

Me ajoelhei e vi a buceta dela bem de pertinho! Fiquei vendo o desenho de borboleta, admirando a beleza de sua buceta bronzeada e tatuada, linda! Minha mãe segurou minha cabeça e direcionou à ela, abri minha boca e comecei a chupar:

_Nossa que gostoso filho! Hummmm! Que bom! Nem parece que é sua primeira vez!

Chupava, mordia de leve e sempre fazia elogios!

_Caramba mãe! Não tem lógica alguém não te explorar tudo, sua bunda é perfeita, seus seios são macios e naturais, e você fica muito provocante com essas marquinhas de sol!

Mamãe:

_Nossa filho, isso tá muito bom!!! Você consegue meter mais um pouquinho?

Eu:

_Meu pau tá duro mãe, mas acho que vou demorar muito pra gozar!

Mamãe:

_Mete aqui mete!?

Mamãe se virou de bruços e ficou ali esperando, motei em cima dela e pus meu pau no meu da sua bunda, que delícia de entrada!!!! Deslizou pra dentro, bombei com muita vontade e força, mamãe aprovou minha atitude com seus gemidos:

_Isso garoooto, assiiiiimmm, iiiiiissooo!!!!

Eu:

_Nossa mãe sua bunda é perfeita!

Mamãe quase se derretendo:

_Você acha é meu amor? Tem coragem? Espera um pouco aí....

Mamãe saiu da cama e foi no closet e trouxe um gel escrito “KY GEL”, espremeu ele e lambuzou meu pau, ela enfiou seus dedos na bunda igual a Gabriela Muniz Ensinou, então mamãe se deitou de lado na beirinha da cama e eu fiquei em pé de frente pra sua bunda! Mamãe pegou a cabeça do meu pau e posicionou na entrada do seu cuzinho, meu coração acelerou na hora:

_Vai Márcio, empurra devagar igual no filme tá? Isso é novo pra mim também!

Pra nossa surpresa, não sei se por causa da posição ou pelo excesso de gel, meu pau entrou todinho com muita facilidade!

_Uuuuui!!!! Uaaau!!!! É diferente e muito bom ao mesmo tempo! Vai filho, faz o vai e vem nesse ritmo compassado tá?

Aproveitei que já tinha gozado 2 vezes e fiquei tirando o pau até quase sair e depois empurrava tudinho pra dentro de novo! Mamãe revirava os olhos do mesmo jeito daquela noite:

_Vai filho, arromba a mamãe! arrmoba? Hummmm que bom né?

Eu:

_Muito bom mãe, top dimais, nossa!!!! Posso meter mais rápido e forte?

Mamãe:

_Pode, mas se doer você tira tá?

Comecei a acelerar os movimentos e com força, mamãe gemia que nem louca e vi que ela chou foi bom, mamãe abriu as pernas e ficou de rente com as pernas bem abertas, eu comía seu cú e admirava sua buceta pulsando, metí bem forte até fazer barulho das estocadas!!! Até que parei e quase desmaiei gozando lá dentro!!! Debrucei em cima dela e enchi seu cú de porra!!!!

_Uaaau menino! Parabéns meu filho, puxa que gostoso, 10 pra você!

Eu:

_Pode pegar os 1000 pra você mãe Rssss!!!!

Mamãe:

_Obaaa!!! Virei puta de luxo Rssss!!! Filho?

Eu:

_Oi!

Mamãe:

_Isso foi muito melhor que eu imaginava, tô muito feliz e orgulhosa de ter sido sua primeira experiência sexual de punheta, boca, buceta.... Tudo!!!! E muito agradecida de você me libertar de um caos também, se você quiser eu te darei todo dia, o dia todo, me rasgue, arrombe meu rabo sempre que quiser, mulher boa nasceu pra dar ok? E eu tenho um rapaz de 18 anos só pra mim com uma pica de 20 cm, só o ouro hein!? E aí?

Eu:

_Mãe, vamos aproveitar esses oito dias de viagem do papai e fuder até!!!! Você é um sonho! Meu sonho!

Mamãe:

_Dorme comigo aqui enquanto seu pai viaja, isso será nosso segredinho ok?

CONTINUA....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
13/03/2019 14:54:15
maravilhoso gostei muito
13/03/2019 06:53:27
Que conto exitante adorei .....manda fotos dessa gostosa da sua mãe
09/03/2019 20:54:31
Excelente!
18/02/2019 17:06:16
Melhor conto, imaginei eu fodendo ela, nota máxima.....
16/02/2019 22:33:11
Nota 1000
16/02/2019 11:46:19
Muito bom
16/02/2019 08:56:13
PQP esse conto é mais queexcitante demais. Gozei umas 3x lendo..
16/02/2019 01:49:35
Excelente
15/02/2019 23:11:38
Top
15/02/2019 20:02:59
10
15/02/2019 17:27:46
Muito bom! Tesão a mil!!! romarmo2005@hotmail.com
31/12/2018 16:32:30
Nota 10 ,babei neste conto tem começo meio e o final é ...
31/12/2018 16:31:25
Cara babei neste conto ,conteúdo completo VC manda muito ,parabéns
19/12/2018 11:24:42
Estou aguardo a continuação!!! Nota R$ 1000
21/10/2018 16:15:22
Menino, que delicia de conto. Adoro histórias de maduras com novinhos. E havendo ainda mãe e filho, muito mais. Espero que não demore a postar a continuação. Eu fui amante do meu filho por um bom tempo. Beijos da Vanessa.
21/10/2018 14:13:14
Conto delicioso, querido. Com muita riqueza de detalhes e diálogos excitantes entre mãe e filho. Parabéns. Tenho um conto aqui, no qual narrei como iniciei meu filho mais velho. Quando puder, leia e comente ele. Para achar, clique em ¨Viuvinha¨. Nota dez e beijocas.
29/08/2018 14:55:09
fantástico man... não perca o pique
09/08/2018 16:16:35
E a continuação???
09/08/2018 09:26:41
Valeu apena ler, muito excitante
07/08/2018 23:57:52
Dahora

Listas em que este conto está presente

E
F