Casa dos Contos Eróticos

Rona minha historia parte 3

Autor: rona
Categoria: Heterossexual
Data: 11/07/2018 14:07:00
Nota 10.00

Como relatei no capítulo anterior tive que comer o cu de Nau mesmo sem querer, só para que ele não contasse a seus pais sobre mim e sua irmã MAR. Ainda botei no cu dele outras três vezes. Então após a terceira vez falei para ele que não mais o comeria, e se ele falasse para seus pais sobre Mar, eu tambem contaria o que fizemos. Ele se tocou e nunca mais veio me pedir para come lo. Ficamos livres eu Mar, e minha empregada MD. Pelo menos duas vezes por semana, ficávamos juntos os três. Passei a gostar de ver MD chupando a boceta de MAR. De tanto MAR ver MD me chupando passou a me chupar. Era demais, as duas passavam as línguas por tudo meu corpo, do pescoço aos pés. Depois as duas botavam meu cacete na boca uma chupando os colhões e a outra com o cacete na boca. Depois disto elas ficavam se tocando uma na outra, se esfregavam uma na boceta da outra, e quando gozavam sempre disputavam no par ou impar qual delas me faria gozar. Quando era MD, era sempre fodendo de posições diferentes, pror tras, de lado, no torno, frango assado, beira de cama. E quando era MAR, por ela ainda ser virgem, ela me chupava até eu gozar na boca dela, ou gozava em suas coxas, ou por cima de sua bundinha. Um certo dia ela me pediu para que eu colocasse na sua bundinha. Como eu havia feito com seu irmão. Fiquei atônito. Olhei para MD, e ela disse que contara tudo de seu irmão a ela. MAR falou, não se preocupe eu sei que voçe comeu a bunda dele porque ele fez chantagem sobre nos. Então veio MD com um creme passou no meu cassete, e passou no cuzinho virgem de MAR. Mais antes ela começou a botar o dedo no cu de MAR, dizendo que era para lubrifica-lo. Eu vendo aquela cena quase gozo antes de comer MAR. Mais ela parou e disse. Pronto mais este cabacinho será seu. Fui me colocando por tras de MAR, abri suas pernas, comecei a passar a língua por suas costas, seu pescoço, suas coxas, e ela sô faltava cair da cama. E a todo momento me pedindo para comer seu cuzinho. Me posicionei por tras dela, fui empurrando bem devagar, ela começou a movimentar a bunda, e meu cassete entrando, rasgando o cabacinho de seu cu. Quando meu cassete estava todo enfiado no seu cu. Ela ficou louca me pedindo para fude la gostoso, dizendo que iria morrer de tanto gozar, MD estava se lascando de tanta masturbação em sua boceta. Não demorou muito MAR também com os dedos em sua boceta seu uma gozada que ficou desfalecida. MD vendo a sensação de MAR, falou no meu ouvido que o próximo cabaço de cu que comeria seria o dela. Na primeira oportunidade que tivemos sôs MD disse que a ora chegara. Antes ela me chupou dos pês a cabeça, eu passei o casseta por todo seu corpo. Ela se masturbando. Depois pegou o creme, passou nos meus dedos, empinou a bunda para cima e me pediu para eu lubrificar bem seu cuzinho. Após passar bem o dedo no cuzinho ainda virgem, me coloquei em cima dela. Então ela falou que não seria assim. Pediu para eu ficar deitado de barriga para cima, ficou de cócoras em cima de me e ela mesma foi descendo em cima do meu cassete. Depois que teve seu cu todo invadido pelo meu cassete, ela começou a se masturbar, e pedindo arromba meu cu, me fode gostoso, me lasca todinha. Puxa esta sem duvida foi ate ali minha melhor gozada. MD disse puxa se soubesse que era tão bom já teria dado o cu. Mais foi melhor, depois de ter fudido com três caras. O cabacinho de meu cu foi do meu garoto gostoso.

Comentários

12/07/2018 22:35:26
interessante sua sorte 2 cia na mesma época
12/07/2018 05:43:31
Excelente

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.