Casa dos Contos Eróticos

Chupando o cu do meu irmão desfecho final

Um conto erótico de CEF
Categoria: Homossexual
Data: 16/06/2018 18:33:16
Nota 9.50

CEF CONTOS ERÓTICOS fictícios

Chupando o cu do meu desfecho final

Eu nunca dei o cu eu nem sei como é que dar. Eu ameacei o meu irmão porque flagrei ele fudendo com um colega de escola e consegui chupar o cuzinho dele, aliás um cuzinho muito gostoso e no dia seguinte não me contive e ameacei ele e por fim conseguir meter gostoso naquele rabo eu só consegui mesmo fuder com ele porque eu disse a ele que eu tinha um vídeo gravado no celular ele acreditou e foi assim que aconteceu. Mas a questão é que depois de ter trepado com ele eu falei para ele que não tinha vídeo nenhum ele se irritou me enforcou, e me pôs contra a parede eu estava sem saída aquele moleque agora queria o meu cu para não contar o que eu fiz com ele.

Eu estava sem saída às ameaças dele era perigosa e eu não ia pagar pra ver, depois de um tempo sentado no sofá da sala decidir que não tinha jeito e o jeito era dar meu rabo e acabar com aquela situação. Agora tô me sentindo uma uma putinha preste a ser dominada pelo seu macho dominador eu nunca imaginei que as coisas fossem chegar a esse ponto. Se bem que quando eu estava fudendo o rabo dele eu pude ver que a rola dele estava dura o que me deixa com medo é que o cacete dele é mas grosso que o meu, caralho essa caceta vai me arrebentar

Agora o caçador virou a caça, relachei e sem muito papo me deitei de bruços na cama dele esperando ele vim por cima, ele então me mandou levantar e falou - vai chupar meu cacete

Eu queria bater nele mas seria pior. Então segurei seu mastro e chupava sem muita vontade ele sussurrava baixo e pra mim pouco me importava o que ele estava dizendo. A rola do meu irmão é morena sabe eu sou mais moreno que ele quase um negão Ele é moreno claro puxou mais a minha mãe

Eu tenho 19 centímetros de pica e já a do meu irmão não sei ao certo mas deveria ter uns 18 cm por ai, confesso que me deu até um tesão enquanto chupava aquele cacete grosso meu pau tava mas duro que nunca

- vou fazer com você a mesma coisa que você fez comigo -

Ele disse enquanto eu ainda chupava seu cacete. O ódio deixou ele mas ativo quem acabou de ser dominado, agora dominava

Parei de chupar seu mastro e me deitei na cama de costas ele veio por cima de mim me deu dois tapas na bunda, eu até gostei mais depois sentir seu mastro no meio das minhas pernas, e com uma das mãos segurando sua vara ele encostou a cabeça do catete no meu rabo

- fica quietinho que eu vou trepar seu rabo - ele disse enquanto introduzia aquele jeba dentro de mim

Se deitou em cima de mim e no meu ouvido disse - relaxa que tá entrando -

Sentir aquela vara me invadindo e me rasgando as pregas tentei tirar ele de cima de mim, mas foi inútil ele me deu uma gravata por traz sem sair de cima de mim

- eu mandei você ficar quieto - ele disse me segurando

- tá doendo - eu disse com a respiração ofegante

- problema seu - ele disse e continuou metendo aquele cacete no meu rabo, eu só gemia e respirava baixo, ele então deu uma botada de vez sem dó nem piedade e seu pau entrou com tudo me fazendo gritar de dor

Não estava esperando que ele fizesse aquilo, meu rabo tava ardendo parecia que eu ia fazer coco sem falar numa pontada que sentir bem lá dentro do meu rabo

Se eu tentasse sair ele ia me enforcar então deixei ele continuar sem relutar, depois de meter tudo de uma vez ele começou um vai e vem não muito forte, e foi aí que eu sentia mas dor meu pau logo ficou mole aquela pica grossa tava toda dentro do meu cu e cada vez que ele metia doia muito queria que aquilo acabasse logo então depois de ter massacrado o meu cuzinho ele parou eu pensei que ele estava gozando ele começou a me foder devagarinho a tirar e botar aquela rola eu fiquei ali parado até que ele começou o vai e vem bem gostoso eu acho que a dor tava passando e o prazer chegando o meu pau começou a dar sinais de vida Aquilo me surpreendeu eu tava gostando

Ele pediu para que eu ficasse de quatro eu não queria mais Contrariar então fiquei de quatro e lentamente começou de novo enfiar em mim aquele cacete, pude sentir a cabeça me rasgando e o resto foi entrando sem nenhuma dificuldade meu cu já estava arrombado e quando dei por mim já estava de pau duro a cabeça da minha pica estava toda melada.

Ele começou a me foder bem gostoso já não sentia tanta dor tava até sentindo prazer confesso que no começo realmente doeu agora já estava gostando de ter aquele cacete entrando e saindo do meu rabo, ele metia bem fundo e as vezes bem rápido aquele muleke estava se revelando um verdadeiro macho dominador

Não pensei duas vezes e com ele me fudendo de quatro comecei uma punheta queria gozar sentido aquele cacete no meu cu. Não foi muito tempo e eu gozei pela segunda vez enquanto ele me fodia com vontade e muito tesão ficou um tempo metendo forte em mim

minutos depois aumentou freneticamente as bombadas e eu gemi muito com cada estocada até que pude sentir vários jatos de porra dentro do meu rabo ele parou um pouco e pude sentir seu pau pulsando dentro de mim em seguida ele continuou metendo, seu cacete continuava duro mesmo depois de ter gozado ele tirou aquela jeba do meu cu e seu gozo veio junto, ver aquele cacete grosso todo melado me deu um tesão incontrolável não pensei segurei aquele mastro e chupei com vontade ele gemia estava no êxtase do prazer, seu corpo suado e sua respiração ofegante me deu muito tesão aquilo tudo.

De joelhos chupava seu membro grosso e olhava pra ele, e ele me olhava de volta

Voltei a ficar de quatro ele logo veio e me enfiou novamente aquela jeba

- aí mete forte - assim eu pedi e ele fez , metia com vontade com volúpia e eu só queria aquele macho dentro de mim, ele por sua vez metia cada vez mais e mais fundo sem falar nas estocadas que dava uma vez ou outra

Meu cu melado da primeira gozada agora recebia a segunda gozada. Tirou aquele mastro de dentro de mim e pude ver que dessa vez seu cacete estava ficando mole.

- limpa tudo isso e vaza do meu quarto - ele disse e em seguida pegou sua toalha e foi tomar um banho, fiz o que ele mandou e fui pro meu quarto, confesso que não parei de pensar em tudo que aconteceu. Ele ficou quase um mês sem falar comigo direito até que um dia veio ao meu quarto e me ofereceu o cacete pra mim chupar

Se eu chupei ?

cai de boca naquela pica grossa em depois recebi uma bela gozada na minha boca. Atualmente tenho namorada mas quase sempre dou bem gostoso meu rabo ao meu irmão mais novo fiz dele um macho ( uma pena ele não querer mais me dar o cuzinho ) mas sua rola já me satisfaz o bastante tanto que eu quem o procura quase todas as vezes.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
06/07/2018 01:13:33
Massa
17/06/2018 00:16:25
Excelente.
16/06/2018 20:40:20
Nossa adorei que pena que acabou.
16/06/2018 19:17:07
POXA, PENA QUE TERMINOU. JUSTO AGORA QUE ESTAVA FICANDO INTERESSANTE.