TIA SÂMMILA - CLEPTOMANÍACA, PIRANHA, MAS MUITO GENEROSA – PARTE 1

Como todas as demais famílias, alguns parentes de mamãe, quando se juntam, ninguém merece. Sempre sobra pra Tia Sâmmila e pra mim. Nessas horas, geralmente vazo, pois se tem uma coisa que me enfurece, são mexericos de comadres, pois sempre saem de suas bocas carregados de veneno. Quase cem por cento das vezes, o alvo é essa minha tia que amo de paixão.

_ Não sabemos como confia e consegue ser tão íntimo de sua tia Sâmmila, Rubens. Está careca de saber que ela “RÔBA” tudo de todos e “DÁ”, pra qualquer um, que queira lhe comer, me dizia um pequeno e peçonhento grupo de parentes de mamãe.

Realmente e infelizmente, tia Sâmmila é cleptomaníaca e não perde nenhuma oportunidade para roubar objetos alheios. Não importa a quem pertençam. Há anos faz tratamento com psicólogos, sem alcançar resultados satisfatórios,

Mas como desgraça pouca é bobagem, minha querida tia ainda por cima é ninfomaníaca. Muito tarada e insaciável, dá pra qualquer um que se disponha a fodê-la. Dá pro chefe e pros amigos de trabalho, pros vizinhos, pros maridos de suas amigas, pro seu ginecologista, pros filhos maiores de 18 de suas amigas. Enfim se tem pistola, ela encara. Também não escolhe lugar para liberar sua buceta. Qualquer espaço suficiente para dois, mesmo que apertado ela se enfia e se deixa enfiar.

Nunca fiz julgamentos a respeito de seu comportamento, pelo contrário adoro ouvir suas aventuras. Que ela é cleptomaníaca tio Ricardo está careca de saber e tenta ajudar no que pode, mas não entendo, como ele nem desconfia de sua piranhagem, o que ela afirma e reafirma muito aflita e preocupada, pois além de não conseguir fechar suas pernas, tem muito medo que meu tio descubra suas putarias e se separe dela.

E mesmo cientes que me incomodavam e muito, os fofoqueiros de plantão continuaram:

_Temos pena mesmo é de Ricardo. Isso é que nós chamamos de azar. Poucos dias depois da lua de mel, foi transformado em corno e se não ficar bem esperto, já, já, sua esposa, piranha e gatuna, fará dele cúmplice de sua ladroagem. Há, há, há, há ...

Eu sempre fico muito irritado, demonstro minha indignação e me afasto, pois além da minha paciência ser minúscula, conheço muito bem, tanto os pontos fracos, como os podres de todos os mexeriqueiros da família.

Para humilhá-los e destruí-los, nem precisaria gastar muita energia, com poucas palavras resolveria o problema. Mas estou quase em meu limite. Já avisei mamãe, que tanto quanto eu, odeia fofocas e mexericos:

_ Atirarei para todos os lados. E tenha certeza, que tenho munição para uma guerra mundial, se for o caso. Tenho projéteis muito pesados e tão sujos, tão sujos, que com certeza farão estragos irreversíveis, nesses desocupados. Este foi meu último aviso.

Depois desse dia, felizmente passei meses sem rever os urubus, mas justamente no final de semana que, Tia Sâmmila, tio Ricardo, eu e meus pais, fomos visitar meus avós, os abutres também resolveram aparecer.

A cambada de filhos da puta é tão cínica e falsa, que quando viram minha tia e oi marido, falaram:

- SÂMIZINHA QUERIDA !!!!! QUE SAUDADES!!! COMO ESTÁ LINDA!! E ESSE VESTIDO, GAROTA? Maraaviiiilhhhoooosssooo !!! Safadinha!!! Aposto que veio com ele só para mostrar o quanto está bem de vida!!! Precisa nos contar tuuuudddddoooo, que anda acontecendo com vocês, menina. Nem imagina como estimamos vocês e torcemos por seu moderno casamento, queridinha.

Tia Sâmmila, mais do que vacinada contra peçonha familiar e com um tom carregado de sarcasmo deu somente uma resposta. Mas quem acabou mesmo com a festa, foi Tio Ricardo. Além de deixar todos mudos por um tempo, depois de me surpreender por demais, ainda me despertou uma sensação muito estranha e difícil definição. Algo parecido com admiração e tesão junto e misturado.

- Bom dia a todos! A recíproca é verdadeira. Não é mesmo, Ricardo.

- Claro amor!!! BOM DIA, LINDA SINCERA E DEDICADA FAMÍLIA!!! Peço um segundinho da atenção de todos, por favor, pois eu e Sâm, não podemos e nem devemos perder essa oportunidade, para informar que retribuímos a todos o dobro de tudo que há anos nos desejam. Somos tão agradecidos a vocês , que antes de recebermos as energias que nos emanam, fazemos questão de reenviá-la na mesma hora e duplicada a todos vocês.

Método bom para espalhar bolinho, como o que tio Ricardo acabara de usar, duvido que existir. Sua técnica, foi tão eficiente e assertiva, que em segundos não só estávamos completamente sozinhos na sede da fazenda, como nem de longe os vimos mais naquele dia.

No finalzinho da tarde, depois de jogar muita conversa fora, darmos muitas risadas e passarmos nossas vidas a limpo, resolvemos preparar um variado e completo lanche para todos.

Chamei papai e pedi a ele a tio Ricardo para irem até o pomar da fazenda, colher frutas para fazermos bastantes e variados sucos e assim que partiram eu e tia Sâmmila, fomos para a cozinha preparar o tal lanche.

Assim que ficamos sozinhos, Tia Sâmmila, me fez um pedido, que agradou-me demais:

- Quero te pedir uma coisa, mas..., mas... Quer saber de uma coisa , é melhor ir direto ao ponto, sobrinho.

- Fale logo, tia. Está me assustando desse jeito, mulher;

- Quero que vire amante de seu tio Ricardo. PRONTO!! FALEI!!! , Tesão por ele, vive me dizendo que tem o que já é mais que meio caminho andado. E aí o que acha? Pode ajudar sua tia a aliviar sua consciência e faturar seu titio?

- Claro que sim e com o maior prazer tia Sâmmila. Não está me pedindo nenhum favor, está é me dando um presentão. Mas não quero e nem posso me animar muito não. E se ele se recus...

CONTINUA ...

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/05/2018 11:26:08
ha quero continuação