ENQUANTO PAPAI ME PASSAVA UM SERMÃO, SEU MELHOR AMIGO ME PASSAVA A ROLA – PARTE 2

- Acho sua barba e seu bigode, muito charmosos !!! Parece ser bem cuidadoso com seu belo corpo, heim, Braga????

- Muito obrigado, Rubinho. Faço o que posso pra melhorar essa minha cara feia. Não é mesmo Rodolfo?

_ POOOORRRRAAA , MAAAACHOOOO!!!! Olhe pra mim, camarada!!! Onde foi, que amarrou o burro, Rodolfo? Desde que me viu que está estranho, nervoso e de cara amarrada, Véi !!!

Braga, sentado no banco de trás, não só reclamou, como apertou forte seu cacete, umas três vezes e concluiu, sua fala:

Qual é a sua, Dolfinho? Por que nos convidou, para a farra e subiu na serra desse jeito? Acho melhor, o Sr. melhor e comportar-se direitinho comigo, “PARCEIRO”. Se não, abrir logo essa cara e der um sorrisão, pra nós, acredite mano!!! Desfaço nosso combinado e ai sim, lhe darei motivo, pra ficar desse jeito... Bom... deixa quieto, por enquanto. Mas, depois não diga que não avisei, ok?

- Vá se ferrar, Braga!!! Porque não controla essa sai língua fofoqueira e fecha essa boca, “véi”e para de inventar história. Rubinho, vai acabar pensando que estamos de segredinho, em suas costas.

- Vou acabar pensando, não. Acabo de ter certeza, disso!! Mas como lhe conheço, muito bem, coroa. Certamente, nem vai falar, nem deixar Braga, contar. Acertei, papai?

- Viu, amigo da onça. Já me deixou de saia justa, com meu filho!!! Que tal trocarmos o assunto?

- Agora é minha vez de dar um a viso para o senhor. Como não quer contar o segredinho de vocês, não vou garantir nada, sobre aquele assunto, que tanto lhe tirou do sério, antes de sairmos e vou plagiar, seu amigo. Depois não diga, que não foi avisado. Correto, Sr. Rodolfo.

Pressionado por mim e pelo seu tesudo amigo, papai, na mesma hora abriu a cara e mudou de assunto.

-Fala aí, Braga? E a Estela, como vai? Continua gastando desenfreadamente seu dinheiro? Ainda bem, que minha querida esposa, não só confia pra caralho no macho dela, como ainda ganha seu próprio sustento. Mulher igual sua mamãe, está para nascer. Concorda Rubinho?

- SEEEEIIIII !!!! SEIIIII !!! ESPERTINHO!!! Por enquanto, para não gerar atrito, vou fingir que não sei de segredinho nenhum entre as “comadres”, ok? E respondendo a sua pergunta:

- Mamãe, é foda mesmo! Independente, sóbria, batalhadora e muito alço confiante. Gostaria que ela também tivesse uma ou um amant... Deixa pra lá. Quase falei demais!!!

- Pode concluir, rapaz. Acha que não sou confidente de seu paizão? SE de tudo, tudo e confesso que morro de inveja da putaria de vocês. Gostaria de ter um filhão, gostosinho, assim como você, Rubens para mandar-lhe rola!!!

- Muito obrigado, Braga. Me acha assim, tão gostos....?

Antes de terminar, minha pergunta, papai, se roendo de ciúmes, nos interrompeu agitadíssimo e tentando impedir a qualquer custo uma maior aproximação, entre Braga e eu:

- CONTINUAAAAAANDO MEU ASSUNTO... Onde mesmo... que ... parei... é... é... Ahhh me lembrei. Responda minha pergunta, macho!!! E a Estela, está bem? Continua consumista?

_ Porrra Dolfinho!!! Sabe, muito bem, que esse assunto, me dá nos nervos, “véi”. Parece que quer me sacanear, direitinho, né? Vou repetir... Cuidado, companheiro.... E respondendo sua maldosa pergunta:

- PUTA QUE ME PARIU, OU QUE PARIU A GOSTOSA DA ESTELA!!! Ela só pode ter sérios problemas. Não fica um dia sem gastar e não para de me perturbar, para aumentar seu closet, pois está abarrotado de roupas e sapatos, que ela nem sabe que tem. Se ela não tivesse a buceta mais gostosa que já fodi, na vida e não fosse tão safada na cama, a muito tempo, já teria me livrado dela. Mas sabem como são as coisas, né amigos. A carne é muito fraca e me viciei completamente na Xana dela. Portanto, só me resta, continuar pagando caro para foder aquela delicia de Xoxota. Só de me lembrar, daquela BUÇA DEPILADINHA .....HUMMMM !!! Fiquei taludo, pra caralho !!! Hoje com certeza vou ter que dar uma bela esporrada! Quem dera se lá no Rancho, aparecesse um buraquinho, disposto a tomar leitinho, HUMMMM!!! O danado ficaria ensopadinho de mingau cremoso! É REALMENTE UMA PENA ver meu leite grosso, escoando pelo ralo do banheiro, com tanto cuzinho faminto por ai. NÃO É MESMO, DOLFINHO? Tem alguma sugestão, para me dar, macho?

Tanto quanto eu, ao ouvir o tesão latente arraigado na voz do engenheiro, papai, ficou tão excitado, que dura e grossa como sua rola parecia estar, nunca tinha visto, mas o que ouvi a seguir é que me deixou furioso. Patolando a rola sem parar, o descarado do meu pai nas entre linhas de sua resposta, não só tranquilizou seu macho, como prometeu feliz da vida, dar-lhe seu buraco, mais tarde.

- Sabe como é essa vida né, Lucinho? Se quiser, assim que chegarmos no Rancho e enquanto Rubinho carrega as malas e dá uma arrumadinha em tudo, podemos dar umas voltas em seu entorno. Quem sabe não dá sorte e encontra um cuzinho guloso, para comer? Quem sabe, TE DOU sorte?

Nesse momento e já bem perto do Rancho, muito sacaneado e furioso com papai, pensei> Papai, perdeu completamente não só o juízo, como também a noção do perigo. Deixa ver se entendi direito, o que acabei de ouvir. Enquanto eu carrego, limpo e organizo tudo sozinho, ele todo solidário, sozinho, pega, chupa e dá o cu para o amigo tesudo? Com um pai desses, nunca vou precisar de inimigos. Deixa comigo, que vou mostrar pro safado egoísta, quem é que vai dar pra quem, nesse Rancho! Sei exatamente o que fazer, para impedir a voltinha deles! E ainda lhe darei o troco direitinho. Acharei um jeito de dar o cu para Braga , bem debaixo do seu nariz, sem deixa-lo sequer desconfiar da putaria. Ou não me chamo Rub...

CONTINUA ....

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
03/05/2018 19:29:48
RSSSSSSSSSSSSSS. VINGANÇAS. INTERESSANTE. APESAR DE NÃO CURTIR MUITO ESSE LANCE DE TRAIÇÕES E SURUBAS.