COMO ME DESCOBRI FEMEÁ E PUTA

Um conto erótico de PAULA
Categoria: Homossexual
Data: 21/05/2018 17:29:10
Nota 9.67

COMO ME DESCOBRI FEMEÁ E PUTA

Vou contar como tudo começou espero que gostem, e fiquem com bastante tesão, sou um homem normal, tenho um belo corpo meio afeminado, mas não tenho trejeitos femininos, passo bem por macho tem 1,70 alt. moreno, poucos pelos no corpo, pernas bem feitas e tetinhas de gordurinhas, que me ajudam a parecer mais feminina. Nunca tive namorados, mulher nem homens, uma tarde estava na praia andando pelo calçadão e encontro dois rapazes simpáticos, puxou conversa eu dei atenção e caminhamos juntos, no caminho percebi que eram um casal fiquei na minha, convidaram para ir à noite a seu apto. Comer pizza aceitou forneceram o endereço, ao chegar fui recebido com abraços, o Bob era lindo louro, alto simpático, e Marcelo era moreno jambo, uma delicia de pessoa, levei um bom vinho, estávamos conversando banalidades, até que Bob perguntou vc não tem ninguém Paulo? Eu disse antes só do que mal acompanhado e sorri para os dois, Bob então falou vai chegar um amigo nosso ele é hetero como vc, acredito que vc vai ser amigo dele também, Ricardo o amigo chegou era um belo exemplar de macho, lindo, olhos azuis, moreno claro, corpo de atleta, ofereci vinho ele aceitou e ficamos os quatro conversando banalidades, até que Ricardo falou Paulo vamos sair e caçar alguma mulher para comer, estou a perigo, Bob disse vai nada, vão ficar aqui conosco, afinal quem manda um de vcs não ser gay, ai estaria tudo resolvido, Ricardo Falou nem pensar meninas, eu quero mesmo e buceta, sou espada, eu sorri timidamente e pensei que pena que não sei como conquistar um macho destes para ser meu homem, sorri como que concordando com ele.

Trouxeram mais vinhos e cervejas e ficamos os quatro bem alcoolizados, sei que acabei dormindo no sofá com a cabeça em cima do Ricardo, quando acordei vi o Bob me olhando e sorrindo, falou beija ele Paulo vai ver que delicia. Eu me afastei e senti o braço de Ricardo me apertando para perto dele, pensei deve estar sonhando com mulher me entreguei, Bob saiu de fininho indo para o quarto do casal, eu fechei os olhos e sentia a respiração daquele homem delicioso, sentia o cheiro do macho, e naquele momento resolvi que iria ser femea daquele dia em diante, apaixonei por aquele cheiro delicioso, fiquei repousando a cabeça no seu colo, bem encostado nele, quando percebi que ele acordou, fingi dormir e ele com carinho me afastou, foi ao banheiro ouvi o barulho da descarga, quando voltou sentou-se da mesma forma e colocou minha cabeça em seu peito novamente eu adorei.

Eu já tomara minha decisão de ser mulher daquele dia em diante, mas não iria forçar nada com ninguém pela manhã acordei e ele acordou também, falou vc estava dormindo tão gostoso, que não quis te acordar, dormimos mal aqui não é amigo, eu disse tudo bem, esta doendo é a cabeça de tanto vinho, e sorri para ele que correspondeu com um sorriso lindo e delicioso. Falou estes dois nos deixaram aqui, pelo menos devíamos ter dormido no tapete e não assim no sofá sentado um por cima do outro e sorriu. Eu disse foi bom assim nem percebemos a noite passar, Ricardo neste momento me olhou nos olhos e falou vc já teve vontade de se entregar a algum homem? Eu falei até ontem nunca tive, porém a partir de hoje vou ter esta vontade sim, ele então disse estou confuso, mas atraído por vc sabe Paulo, quando dormi vc dormiu em cima de meu peito, e eu fiquei louco de vontade de acariciar vc, sentir seu calor no corpo inteiro, mas ajeitei vc em meu peito e voltei a dormir, feliz por sentir seu calor, desculpe.

Olhei dentro dos olhos azuis dele e ele olhou nos meus, e sem pensar em nada, sem falar nada fomos aproximando e nos beijamos na boca, eu senti sua língua tentando penetrar minha boca, abri e recebi aquela delicia de língua em minha boca eu chupava sua língua ele chupava a minha e ficamos nos beijando por vários minutos, ele passou a acariciar meu corpo eu me entregava em seus braços, senti a delicia que sente quem ama e deseja o ente querido, não era sexo era uma coisa mais sublime acredito que era uma atração a muito contida dentro de nos. Quando ouvimos a porta do quarto do casal se abrir nos afastamos, eles perguntaram dormiram bem, Ricardo falou no sofá sentado estamos os dois doloridos, Bob falou estão com uma cara boa de quem esta feliz, eu falei eu estou com dor de cabeça, mas feliz e calmo sim.

Marcelo falou vcs dois não querem continuar esta conversa no nosso quarto, eu não disse nada, Ricardo falou não, vamos buscar pão para tomar um café bem gostoso, quem vai comigo? Marcelo falou acho melhor o Paulo ir e no caminho terminam a conversa meninos. Ricardo falou melhor o Bob ir comigo ele conhece as padarias na redondeza, e saíram os dois. Marcelo veio perto de mim e perguntou o que aconteceu? Disse até o momento nada, ele então falou vai interrogar o Bob para saber sobre vc e sorrindo para mim perguntou vc toparia uma aventura com homem? Falei Marcelo, dormi em cima do peito do Ricardo e seu cheiro, seu calor me fizeram resolver que vou tentar ser mais feminina possível para ele, se não der em nada vou procurar me aproximar de homens para me realizar sexualmente, vc acha que estou errado? Marcelo então falou vc é uma femea nata, somente não tinha descoberto isso amiga, eu também sou assim como vc, vivo com o Bob um amor maravilhoso sem posses, sem cobrança apenas felicidades, eu perguntei e qual dos dois é femea, ele então falou que entre eles não tem isso quem quer come o outro, depende do desejo na hora, eu falei não sei como será comigo, ele falou vamos ver o que ele vai querer de vc amiga, seja benvinda a irmandade. Eu falei sabe Marcelo ele me beijou hoje, como somente um macho sabe beijar e me deixou com gosto de quero mais, e sorrimos os dois.

Quando chegaram da padaria, Ricardo falou Paulo fique o dia de hoje aqui com os dois, vamos aproveitar o sábado, eu falei tenho de avisar a família, vou até o apto. E volto, Bob falou vc pode telefonar Paulo, não deixe o Ric sozinho esta assim de trans loucas por ele, e sorriu, não sabia como me portar, então Bob falou enquanto eles preparam o café venha até o meu quarto, eu fui ao entrar ele falou sabe Paulo, ele esta louco por vc ainda tem algumas duvidas, mas disse que foi uma noite deliciosa, sentindo vc respirando em cima do peito dele, e que o calor do seu corpo o deixou tarado, e que o beijo que lhe deu o deixou louco de tesão, queria saber de vc, mas eu somente sei o que aconteceu de ontem para hoje nunca tinha lhe conhecido, perguntei nunca tentei algo com alguém assim como ele será que ele vai me querer? Eu afirmei que vc também estava interessado nele Paulo agora é com vc, eu sorri e falei nunca procurei, estou amando lembrar no que aconteceu durante a noite sentindo sua respiração e seu calor, e terminamos com um beijo maravilhoso, vou me entregar Bob será que vou fazer certo???

Ao voltar à sala encontrei um café completo e Marcelo todo feliz falou nossa o Ricardo esta todo entusiasmado para deixar o Paulo feliz e ficar o dia todo conosco, tanto que fez este belo café da manhã, assim que saiu da sala Ricardo falou Paulo, como vai ser vamos tentar um compromisso ou vc não esta interessado nisto, eu todo sem graça respondi, Ricardo estou feliz e contente por ter te conhecido, mas não sei como fazer no inicio, ele então falou sabe eu também não sei, mas gostaria que vc fosse apenas femea e eu o homem da relação vc topa, eu falei sim topo, mas no inicio vamos os dois ficar sem saber como nos comportar terá paciência comigo, ele disse sim toda a paciência do mundo e perguntou posso lhe chamar de Paula de agora em diante, assenti com a cabeça e ganhei um selinho nos lábios, quando voltei a mim, falei vou arrumar a cozinha então espere no sofá, ele falou nada disso Paula, vou te ajudar e os dois deixamos a sala e a cozinha impecáveis, nesta hora os casal dono da casa entrou e falaram não nos arrumamos tudo vcs são convidados já tínhamos ajeitado tudo.

Ricardo falou aos dois, eu e a Paula a partir de agora somos namorados, somos iniciantes como gays, eles falaram parabéns que delicia Bob falou vou ensinar tudo a Paula, ela será uma menina muito feliz. Ric falou sabe vou comprar um enxoval bem lindo para a Paula usar para mim, e perguntou o casal não se veste assim? Eles falaram não nos dois somos bi ninguém é homem ou mulher na relação, mas achamos linda sua atitude, vc vai gostar de se vestir de mulher Paula? Eu disse vou amar se for o gosto do Ricardo.

Marcelo falou vamos ter de ir ao supermercado vc dois fique namorando a vontade, nosso quarto este as ordens usem como quiserem. Assim que ficamos sozinhos ele me abraçou e beijou meus lábios, entreguei-me a aquele beijo como se fosse o ultimo de minha vida, ele acariciava meu corpo, eu estava adorando seus carinhos ai tirou minha camiseta e beijava meus seios, pequenos durinhos, lambia meu corpo todo, acariciava minha bunda, minhas pernas, elogiando tudo o que encontrava, eu com jeito abaixei sua bermuda e tirei um pau lindo, delicioso, grosso e o beijei com amor, ele gemeu, continuei beijando e abri bem a boca e lambi aquele monumento de pau, depois engoli todo, e chupei até ele gozar, quis tirar da minha boca não deixei e tomei aquele leite quente e delicioso, foi maravilhoso tomar sua porra, ele ficou feliz como nunca tinha visto um homem tão feliz. Lambi até deixar o pau limpinho ele me virou de costas para ele e acariciando minha bunda foi tirando minha bermuda e lambia minha bunda, meu rego e enfiou a língua no meu cuzinho, eu amei e gozei sujando toda a minha cueca, foi simplesmente delicioso ser fodido pela língua do meu futuro macho.

Após ele ficou elogiando tudo o que fiz, e disse vou te fazer mulher com uma lua de mel planejada, com vc vestida de branco, com calcinhas soutiens, baby doll, ou camisolinha, e quero te fazer minha mulher para a vida toda está louco por vc meu amor, eu me entreguei a outro beijo maravilhoso. Quando o casal chegou estávamos abraçadinhos no sofá da sala namorando, e jurando amor, Bob me chamou no quarto e mostrando uma gaveta falou estes lingeries, biquínis e roupinhas era minha antes de conhecer Marcello, não uso mais se vc quiser experimentar para seu homem, é presentes meu Marcelo é que pediu para eu lhe dar minhas roupinhas, disse que se ficar aqui vai que eu resolva paquerar algum macho, por isso pediu para lhe dar todas as roupinhas. Amei as roupas tinha vários biquínis, conjuntos de lingeries, minissaias, vários tipos de vestidos, etc. etc. Fui até a sala e falei com Ricardo contando o que tinha ganhado, ele falou amor então se vista bem linda para o almoço, eles vão adorar ver vc de Paula a minha mulher.

Vesti com um lindíssimo conjunto de lingerie preto brilhante, e uma minissaia jeans bem curta e apertada, e soltei uma camiseta de alcinhas por cima branca quase transparente, olhando no espelho achei que fiquei lindíssima e tesuda, fiquei segundo Ricardo um tesão, me senti a mais gostosa das mulheres quando cheguei à sala todos elogiaram e Ricardo me beijando disse não falei que ela seria uma deliciosa mulher, dizem que fiquei vermelha de vergonha, nunca antes tinha me vestido como mulher, ainda mais em frente de três pessoas quase desconhecidas. Durante o almoço perguntaram quando seria a minha iniciação, ele falou ainda vamos combinar, pois quero que seja inesquecível, é para ela ter em sua mente a vida toda tem de ser algo maravilhoso e sublime, eu sorria de felicidades, e não sabia bem o que falar, apenas sorria com amor pelo meu futuro macho. Combinamos sair à tarde para tomar sorvete e Ricardo disse que eu iria de Paula, fiquei sem saber ai Bob falou vou te arrumar amiga vai ficar lindinha, e vamos a quatro ninguém vai perceber que não é mulher, venha vou te ajudar, e levando-me fez uma maquiagem delicada e penteou meu cabelo com um penteado mais feminino, disse para eu fazer um corte mais feminino estava cortado como cabelo longo, mas de homem, eu disse que faria isso sim.

Saímos às ruas eu de rasteirinha, que tinha entre as coisas de Bob e sentia como se eu sempre fosse mulher, Ric andava comigo de mãos dadas, como casal de namorados, bob e Marcelo também, estava tudo maravilhoso no fundo eu estava preocupada em perder minha virgindade, ai perguntei no ouvido de Bob se doeu muito quando ele deu a primeira vez, ele disse que doeu um pouco, mas que o prazer é tão maior que isto não atrapalha em nada, que eu iria amar ser deflorada, ela iria me ensinar alguns truques, eu sorrindo agradeci. Ao chegar ao apto eles perguntaram ao Ricardo, não pode ficar assim sem sexo, porque vc não antecipa a lua de mel para hoje, saímos e vcs. Fica sozinho aqui, ele falou realmente estou morrendo de vontade vc topa Paula, ir a um motel bem lindo, eu te faço minha mulher, eu disse vc é quem sabe vc é meu dono de hoje em diante meu amor. Todos sorriram e eu pedi a Bob vc me ajuda a preparar para isso amiga? Ele disse claro amor vamos venha ao quarto quero falar com vc, escolhemos as roupas que eu usaria, ela disse ele quer que vc use roupa Branca, então pegou um conjunto lingerie branco lindíssimo todo de renda, um vestido tubinho branco, somente não tinha sapatos, mas iria de rasteira mesmo, ai me arrumou toda, maquiagem, cabelos, roupas enfim sai uma noiva indo para o sacrifício, na saída e deu um tubo de um lubrificante chamado ky e fui encontrar meu destino.

Ao sair ele me levou a um estacionamento, pegamos seu carro e foi procurar um bom motel, chegando me abraçou com amor, abriu um vinho delicioso e perguntou amor vc quer mesmo dar este passo, não irá se arrepender depois, eu falei entre beijos, amor à vida toda não sabia o que queria ser homem ou mulher, agora já sei quero ser sua mulher, hoje, amanhã e sempre o tempo que vc me quiser, depois se não der mais certo, vou continuar sendo femea, mesmo que te perca pelo caminho. Ficamos namorando entre beijos e goles de vinho, até que ele sempre me beijando foi tirando suas roupas, ficou completamente nu vi o tamanho todo de seu pau delicioso, já havia chupado, mas assim sem roupas e de pé, estava mais lindo ainda, falei observe vou me despir para vc meu homem, e tirei o vestido, ele deu até um gemido a me ver de lingerie branca, disse que delicia amor, seu corpo é simplesmente delicioso, eu fiquei de lingerie, ele abraçando soltou o fecho do soutiens e fiquei apenas de calcinha, falei vou ficar assim faça tudo o que quiser amor sou sua hoje, agora e sempre que quiser.

Deitamos na cama e eu acariciava seu pau e ele sempre beijando minha boca, chupava os bicos de minhas tetas eu gemia, ai quis lamber o pau que seria meu primeiro dono, e chupei quando estava quase gozando falou pare não quero gozar assim agora, me virou de bruços e lambeu meu rego, foi abaixando minha calcinha fio dental, e enfiou a língua no meu cu, quando preparou para colocar o pau, eu pedi para ele passar ky e ele sorrindo falou com vc esta com isso, contei que foi o Bob que me deu ele sorrindo colocou na ponta de seu pau e no buraco do meu cu e encostou a cabeçona, eu gemi de prazer ao sentir o calor do pau, ai enfiou bem gostoso, quando a cabeça entrou eu gritei de dor, ele falou calmo amor, somente vai doer no inicio ele parou e foi enfiando aos poucos eu chorava de dor e prazer, até que senti o saco batendo na minha bunda, ai ele sempre beijando meu pescoço, disse descanse acostuma com o pau no cu, e depois falou agora te vou foder minha Paula, e fodeu, mas como fodeu, eu fui do inferno ao paraíso, o pau entrava e saia eu gemia de prazer e dor, e ele então encheu meu cu de porra aquela porra que eu adorei tomar, foi divino maravilhoso tomar no cu, com o pau do ser amado e desejado fodendo, depois ficamos descansando ele em cima de minha bunda, dizendo palavras de amor.

Combinamos foder diariamente, eu morava com a família e ele sozinho em São Paulo, convidou-me para resolver com a família e ir morar com ele, eu aceitei, porém antes teria de preparar tudo com a família, ele concordou. Hoje vivemos apaixonados, a única coisa que não pensava que fosse assim é que às vezes ele deixa seus amigos me possuírem, mas eu gosto e faço tudo o que ele me manda, seus amigos brigam para ficar comigo desconfio que até paguem para me comer, ele somente deixa quando precisa de dinheiro ou fica com tesão de ver sua mulher dando prazer a seus amigos.

Caso os leitores queiram saber como é minhas fodas com seus amigos, basta pedir que conto tudo em outros contos.

Paula

Camipaula1@hotmail.com

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
05/06/2018 18:44:02
Muito bom meus parabéns
22/05/2018 12:01:22
Hmmmmmm gostei!!! Achei baladeiro menina!!! Bem delicinha gata!!! Arrasou garotah
21/05/2018 23:52:39
Porra parça, leve a mal não mas acaba sendo uma antítese você ter corpo afeminado e se passar bem como macho. Leve erro de pontuação e achei meio fraco na putaria. O texto parece ter sido digitado por alguém muito novo e extremamente biba, como diria meu grande Wanderson se não tivesse sumido desse site. Huahuahuahuahuahua. Vou te largar um nove aí meu parça, pra incentivar você pegar quente na próxima parada. 😎😎✌✌