Militante petista negro fode casada de direita branca

Um conto erótico de Tesao
Categoria: Heterossexual
Data: 19/05/2018 05:28:47
Nota 5.20

Aline é uma mulher casada com um ex militar que é associado a um partido de direita.

Eles dois tem um filho de 6 anos, aline tem 1.65m 69kilos loira de 30 anos tipica de uma mulher bem estruturada que possuia uma vida tranquila. Mora em um apartamento de médio padrão a 2 quadras da pf em curitiba.

Recentemente um apartamento vizinho ao seu passou a estar a venda. Em contrapartida militantes petistas que tinham bastante presença nas redondezas passaram a observar com frenquencia a aline e seu filho no local onde moravam, até que um dos militantes resolveu comprar o apartamento por um tempo enquanto estava de passagem na cidade, trata-se de um bandido que vinha do maranhão chamado: claudinho, de pele negra, magro e de 1.60m nao tinha muita cara de bandido, mas muito esperto e safado dava em cima de mulheres na rua.

Até que encontrou aline e seu filho nas dependencias do prédio.

Logo de cara ele sentiu-se atraido por ela.

Aline diferente de seu marido nao se importava muito com politica e preferia manter-se reservada, mas claudinho resolveu se aproximar de aline como um vizinho boa gente, e assim o fez ao descobrir que precisava de ajuda pra entrar em contato com o sindico.

Aline o recebeu em sua casa deu o numero do sindico lhe ofereceu café e conversaram bastante até que ela descobriu que ele era petista.

Ele tambem descobriu tudo sobre o marido dela e nao se fez de rogado em continuar se aproximando da mulher casada.

Na semana seguinte o marido de aline teve que se ausentar, e por coincidencia claudinho descobriu

No final de semana claudinho que já tinha o contato de aline resolveu chama- la para conversa no seu apartamento e tomar um vinho.

Aline nao vinha bem no casamento o marido só se preocupava em detonar os petistas enquanto estava perdendo o jogo do amor para um deles.

Até que aline aceitou o convite.

Deixou o filho na casa da irma e ficou em casa para se arrumar para o encontro simples com claudinho

Aline se arrumou na sexta a noite

Colocou saia jeans que ficava na metade das coxas grossas, e uma blusa verde bem discreta com suas joias brilhantes.

Ao ve-la claudinho nao poupou elogios a ela

Os dois começaram a conversar e a beber vinho

Comeram alguns petiscos, dançaram forró ao terminar a primeira garrafa, na segunda garrafa aline já estava muito solta abraçando muito o claudinho e dizendo o quanto estava feliz e que nao sabia que os petistas eram tao legais claudinho já solto e sempre safado o aggarrava por tras e o encoxava aline falando varias coisas no ouvido dela

Ao terminar a garrafa

Claudinho puxou aline propositalmente para o sofá, ela sentou-se no colo dele e nao o resistiuu ao beijo quente do petista

Os dois foram em direçao ao quarto tirando suas roupas

Aline ainda tentou resistir mas claudinho ao tirar sua cueca exibiu um pau de 21cm fino mas bem negro

Aline começou a chupar muito e a se lambuzar toda no pau do petista chupou até o talo o negrinho que nao resitia e dava varias urradas

Depois ele a colocou de quatro e socou o pau no rabo da casada de direita, aline estava molhada e o pau entrava sem dificuldades mas la dentro aline nao suportava e gemia alto com prazeres indescritiveis que sentia na sua buceta preenchida pelo pau do petista

Aline gritava muito o tesao era forte o negrinho fodia muito ela

Depois de 30 minutos

Ela sentou se por cima dele e começou a cavalgar em seu pau

Xingava ele de todo nome

E ele a chamava de safada e ela dizia que era puta de petista

Os se beijavam ao mesmo tempo em que o pau socava toda a buceta de aline

Depois de 10 minutos claudinho resolveu colocar o pau no cu de aline

Que nao reeistia mais nem um minuto, ele socou com toda força na bunda grande e loira de aline

Ela gozou como nunca gritou muito e ele nao suportou tambem e colocou o seu pau na buceta dela e gozou tudo la dentro dela

O negrinho petista gozou litros dentro da casada loira de direita da bundona grande os dois dormiram juntos na cama ate o dia amanhecer

No dia seguinte aline fez o teste e descobriu que deu positivo

E nao sabia como iria contar ao marido

Que iria ter um filho negrinho e petista.

Comentários

Comente!

  • Desejo receber um e-mail quando um novo comentario for feito neste conto.
02/12/2018 15:12:54
só conto mesmo, porque militante petista gosta de vara, mais fácil se fosse querer o marido dela, fora que petista quando é hetero é corno
20/05/2018 00:26:11
Ainda bem que esse conto é curto.
19/05/2018 16:39:05
Boa história mas inverossímil Todos sabem que petista curtem vara
19/05/2018 12:48:09
Dez pelo sexo. Zero pela política. Média Cinco.
19/05/2018 11:44:11
Hm....
19/05/2018 06:21:47
muito bom continue